Brincar pode ser uma maneira divertida de aprender diferentes assuntos e até conhecer novas culturas mundo a fora. A cultura oriental é feita de muitos detalhes, e é interessante poder ensinar toda a história ou outros aspectos orientais através de brincadeiras que fazem sucesso em todo o mundo. Se tem criança ou adolescente em casa ou escola é interessante mostrar a eles algumas brincadeiras orientais que podem ser divertidas.

10 Brincadeiras Orientais

Confira abaixo cerca de 10 brincadeiras orientais para brincar com os seus filhos, primos ou seus alunos. O importante é aprender e, claro, se divertir.

1°) Brincadeiras Orientais para Aprender: Jô-Quem-Pô

  • Público alvo: Alunos de nível inicial ou primaria.
  • Idade: Essa brincadeira poderá ser realizada em todas as idades.
  • Recursos: Não é necessário muitos recursos, apenas o uso de suas mãos para poder fazer os movimentos com a mão do jô-quem-pô, mas claro, a brincadeira é realizada entre duas pessoas ou a mais.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é encontrar os vencedores da disputa pedra, papel e tesoura. Ela é feita para encontrar quais os ganhadores de uma disputa distinta ou para brincar entre amigos.

Passo a passo do Jô-Quem-Pô

  1. A brincadeira precisa ser realiza a partir de uma dupla, ou seja que o professor responsável deve colocar ambos alunos de frente um ao outro.
  2. A brincadeira consiste em cada um dos participantes devem jogar as suas mãos para a frente e então escolher qual será o elemento a ser representado em sua mão, seja pedra, papel ou a tesoura.
  3. A pedra é feita com a mão fechada, o papel é feito com a palma da mão aberta e a tesoura é feita com dedos indicador e médio estendidos.
  4. E tem as regras, pedra ‘quebra’ a tesoura, a tesoura ‘corta’ o papel e por fim o papel que irá ‘embrulhar’ a pedra. 

2°) Jogos japoneses: Beigoma

  • Público alvo: Geralmente o público alvo são meninos pequenos.
  • Idade: Essa brincadeira poderá ser realizada a partir dos 6 anos.
  • Recursos: Um pião normal, ou até mesmo um pião que é usado no Japão e conhecido pela criançada como Beyblade. Pode ser usado um barbante para os lançamentos dos piões, ou um disparador especial para esse jogo.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é encontrar os vencedores da disputa entre os beyblade, onde as crianças lançam seus piões e o que ficar mais tempo rodando no local específico será o vencedor.

 Passo a passo da Beigoma

  1. A brincadeira precisa ser realiza a partir de uma dupla e a mesma terá um pião ou mais em sua mão como for determinado logo no início da competição.
  2. Cada jogador deve lançar o seu pião em um local a qual foi escolhido para a realizar a competição a partir de um barbante e ou com outros disparadores.
  3. Ao lançar o pião deve fazer com que fique a mais tempo rodando do que o do outro competidor, sendo que se o pião permanecer rodando por mais tempo será escolhido como o vencedor.

3°) Brincadeiras Orientais para Aprender: Otedama

  • Público alvo: Meninas e meninos que sejam pouco mais velhos.
  • Idade: Essa brincadeira poderá ser realizada a partir dos 6 anos.
  • Recursos: Pegue pedaços de pano para compor pequenos sacos e coloque feijão ou outros itens para dar peso, costure-os ou então os feche com barbantes e linhas criando uns pequenos saquinhos.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é fazer uma vasta quantidade de movimentos enquanto um dos saquinhos está no ar. Ao jogar é necessário pegar os outros sacos e fazer os movimentos distintos.

Passo a passo da Otedama

  1. A brincadeira precisa ser realiza a partir de uma dupla e a mesma terá um conjunto de saquinhos na sua mão.
  2. O otedoma pode ser feito de maneiras distintas, mas a brincadeira típica é jogar um dos seus saquinhos para cima
  3. Enquanto ele está sendo lançado deverá fazer um monte de movimentos com os outros saquinhos que ficaram abaixo, aos jogadores que fizeram mais movimentos enquanto o seu outro saquinho estiver no alto poderá ser determinado como o ganhador daquele jogo.

4°) Brincadeiras Orientais para Aprender: Tako-age

  • Público alvo: Meninas e meninos que sejam de fato mais velhos.
  • Idade: Essa brincadeira poderá ser realizada a partir do 10 anos.
  • Recursos: Para criar sua pipa é possível usar hashis descartáveis e um saco de nylon de lixo. A pipa ou kite poderá ter qualquer tipo e formato desejado, sendo diferente das mais vistas no nosso país.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é se divertir e colocar sua pipa em evidência diante de outras pessoas. O interessante é deixar as pipas o mais alto possível e controlá-las através das linhas presas.

Passo a passo  da Tako-age

  1. A brincadeira é simples e não há necessidade para outros jogadores, pois pode ser realizada isoladamente.
  2. As crianças ou o adulto pode criar a pipa que desejar e em um local aberto com boa presença de vento poderá lançar a pipa, podendo também puxar ou afrouxar com as linhas presas a pipa do qual permitirá pegar mais força e direção para os locais que o vento carregar.
  3. Quando mais alto, mais legal será localizar a sua pipa. Crie uma bem divertida para criar um efeito diferente no céu.

5°: Brincadeiras Orientais para Aprender: Desenho cabra-cega

  • Público alvo: Pode ser feita por todas as meninas e os meninos.
  • Idade: A brincadeira poderá ser feita a partir de 6 anos de idade.
  • Recursos: Um cartaz que permita colar as partes de um corpo e as folha para desenhar as partes. Além disso, uma renda para que as pessoas tenham seus rostos vendados para iniciar a brincadeira.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é montar um rosto a partir de peças de rostos que foram criadas, mas o detalhe principal é ter os olhos vendados para deixar as montagens muito mais divertidas.

Passo a passo do Desenha da Cabra-cega

  1. A brincadeira é simples e ainda divertida, pode ser feita por um grupo de pessoas onde todos terão que montar um rosto com as peças que forem disponibilizadas na sua vez.
  2. Com os rostos vendados as pessoas terão que montar o rosto no painel sem ver qual a peça ou qual o formato do rosto disponível.
  3. Não há vencedores, apenas a diversão em montar um rosto divertido e que todos vão dar muitas risadas devido as trabalhadas diante dos olhos vendados por um lenço ou um outro pano.

6°: Brincadeiras coreanas para Aprender: Gangorra Coreana

  • Público alvo: O público alvo dessa brincadeira são as mulheres.
  • Idade: A brincadeira é feita entre mulheres a partir de 10 anos.
  • Recursos: É preciso ter uma gangorra por perto ou no caso criar a sua a partir de uma madeira grande e lisa que ficará apoiada sobre um toco de madeira no centro, além de outra pessoa para brincar.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira não é sentar na gangorra, mas ficar em pé e pular em sua extremidades o que acaba fazendo que a pessoa do outro lado seja impulsionado para cima pelo parceiro.

Passo a passo da Gangorra Coreana

  1. A brincadeira pode ser um pouco difícil, pois no Brasil as gangorras são usadas sentadas, mas a típica da Coréia faz as mulheres ficarem em pé sobre as extremidades da gangorra.
  2. Tanto uma a pessoa que irá impulsionar com a outra devem estar em pé.
  3. Uma delas fará o movimento de pulo na gangorra impulsionando a outra pessoa ser lançada para cima como em um salto e quando voltar para o mesmo.
  4. As brincadeiras podem ser arriscada, mas é muito divertida entre mulheres.

7º: Brincadeiras Orientais para Aprender: Go ou Baduk

  • Público alvo: O público da brincadeira são homens e mulheres.
  • Idade: Pode ser realizada em qualquer idade a partir de 10 anos.
  • Recursos: A brincadeira é um xadrez típico dos países orientais, e é por isso que ocorre a necessidade de usar um tabuleiro feito de madeira ou outro material, além pequena peças para movimentar.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é fazer com que os jogadores de fato exercitem a sua mente e possam criar estratégias para que as suas peças simulem quase que uma batalha pelo seu território.

Passo a passo Go ou Baduk

  1. A brincadeira exige que duas pessoas brinquem.
  2. Com um tabuleiro e peças (ou pedras) nas cores pretas e brancas é necessário ter as peças espalhadas no tabuleiro quadriculando, simulando uma espécie de batalha por território em um espaço limitado.
  3. As pedras não devem se mover, apenas colocadas e retiradas.
  4. O seu objetivo na brincadeira Go é criar um território maior e evitar que o seu concorrente tenha um amplo crescimento no seu território para que não saia vencedor dessa batalha.

8º: Brincadeiras do japão para Aprender: Hanetsuki

  • Público alvo: O público da brincadeira são homens e mulheres.
  • Idade: Pode ser realizada em qualquer idade a partir de 06 anos.
  • Recursos: A brincadeira é feita por uma peteca típica do Japão e a mesma pode ser feita com auxílio de madeira e panos. Ela é quase um leque e tem um taxo de madeira para ter um bom movimento.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é se divertir ao lado de todos os seus amigos, sendo que a peteca com taxo de madeira deve ter uma boa movimentação para jogar o item chamado badminton.

Passo a passo do Hanetsuki

  1. A brincadeira não exige que mais pessoas brinquem com a pessoa, devido a possibilidade de pegar sua própria peteca ou no caso, hanetsuki, para poder jogar para cima o item chamado de badminton.
  2. A ideia é que a pessoa comece a jogar para cima o badminton e não deixe ele cair ao chão.
  3. Faça manobras e movimentos distintos que permitem a brincadeira ficar ainda mais emocionante com o item voando mais alto.

 9°: Brincadeiras Orientais para Aprender: Kendama

  • Público alvo: O público da brincadeira são homens e mulheres.
  • Idade: Pode ser realizada em qualquer idade a partir de 06 anos.
  • Recursos: A brincadeira pode ser feita com uma potes de plástico, barbante e também uma bola pequena que juntos permite criar o típico bilboquê. Além de um pedaço de madeira para o manuseio.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é colocar a bolinha desse seu bilboquê em cima. Ao mexer a bola que está no barbante ela deve ficar em cima do brinquedo. A brincadeira é de fato interessante.

Passo a passo do Kendama

  1. A brincadeira não exige que mais pessoas brinquem com a pessoa.
  2. Pegue o cabo com o polegar e o indicador para que colocar sua bola logo em cima do brinquedo, ou no caso, no orifício central que está ligando a corda com o suporte.
  3. O movimento é contínuo até conseguir o feito de colocar a bolinha em cima do brinquedo, na sua região central.

10°: Brincadeiras Orientais para Aprender: Undokai

  • Público alvo: O público da brincadeira são homens e mulheres.
  • Idade: Pode ser realizada em qualquer idade a partir de 10 anos.
  • Recursos: A brincadeira não precisa de materiais mais intensos, é pelo fato de ser uma chincana com diferentes itens. Ou seja, terá o uso de itens aleatórios como cordas, garrafas e assim em diante.
  • Objetivo: O objetivo da brincadeira é realizar um competição bem grande entre a família e amigos, e a equipe que se sobressair será a campeã. A ideia é movimentar e também se divertir com todos.

Passo a passo do Undokai

  1. A brincadeira exige que um grupo de pessoas participem, por se tratar de uma gincana.
  2. A corridas de crianças com saco na cabeça e imitando pequenos gatinhos que devem seguir o som do tambor feito na lata, pescar garrafas e muitas outras brincadeiras

FIM

Obrigado por ter lido até aqui. Selecionar essas brincadeiras foi divertido e fez parte de um dos primeiro projetos que realizei aqui no blog. Postar eles reunidos agora da um “Q”de dever realizado, embora ainda tenho a pretensão de postar muito material referente a cultura coreana.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here