0 Shares 774 Views 3 Comments

A Mulher e Sua Galinha – Fábula para Interpretação

Bellini Bellini
May 21, 2016
774 Views 3

A Mulher e Sua Galinha – Uma história sobre Paciência

Olá pessoal, tudo beleza? Hoje vamos contar uma história muito curiosa de Esopo, sobre uma galinha e de como uma mulher queria forçar ela a produzir ovos além de sua capacidade.

A Mulher e sua Galinha

A Mulher e sua Galinha

Uma mulher do campo tinha uma galinha especial, pois todos os dias, botava um ovo. Vendo esta situação, ela não deixava de pensar em formas que fizessem a galinha colocar dois ovos por dia.

Determinada a atingir seu objetivo, passou a alimentar sua galinha com rações reforçadas, duas vezes mais do que o normal ao dia.

Desde então, a galinha comia sem parar. E com o tempo, não botou mais ovo algum, já que estava gorda e preguiçosa.

Moral: É melhor ter pouco e aproveitar bem do que não ter nada.

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

A Mulher e sua Galinha

Questionário

  1. Qual a principal ideia expressada no texto?
  2. Você consegue identificar os sentimentos humanos no texto?
  3. De acordo com o texto, o que a mulher faz para ganhar mais ovos?
  4. E o que aconteceu no final, com a galinha?
  5. Aponte três substantivos.
  6. Identifique três verbos
  7. Localize três adjetivos
  8. passou a alimentar sua galinha com rações reforçadas, duas vezes mais do que o normal ao dia. – na frase em destaque, quem é o sujeito da frase?
  9. Qual a classe gramatical da palavra galinha?
  10. Determinada a atingir seu objetivo – substitua o termo por outro termo de coesão.

Para utilizar este material em sala de aula, você pode optar pelas versões em .PDF ou as imagens em .PNG. Veja a seguir.

Versão do Aluno

Versão do Professor

Ficha para Impressão – Versão do Aluno

Ficha para Impressão – Versão do Professor

Que triste esta história, não é mesmo? Como vimos, nem tudo pode ser no ritmo que queremos. Sendo seres e pessoas diferentes, cada um possui o seu ritmo, e dentro destas possiblidades, oferecem aquilo que tem de melhor. Portanto, descubra quais são os seus limites, para que possa dar o seu melhor a cada dia!

Obrigado por tudo, muita luz, energia e paz! E até a próxima fábula!

You may be interested

Dia Mundial sem Carro – Plano de Aula
Datas Comemorativas
5 views
Datas Comemorativas
5 views

Dia Mundial sem Carro – Plano de Aula

Felipo Bellini - Sep 19, 2017

Olá, hoje nosso tema é o Dia Mundial sem Carro, trabalhe a conscientização dos seus alunos. Boa Leitura! 22 de setembro – Dia Mundial sem Carro -…

Dia da Árvore – Plano de Aula
Datas Comemorativas
28 views
Datas Comemorativas
28 views

Dia da Árvore – Plano de Aula

Felipo Bellini - Sep 18, 2017

Olá meus queridos, o nosso tema de hoje será o Dia da árvore. Boa leitura! 21 de setembro – Dia da Árvore - Plano de Aula O…

Dia do Baterista – Plano de Aula
Datas Comemorativas
21 views
Datas Comemorativas
21 views

Dia do Baterista – Plano de Aula

Felipo Bellini - Sep 17, 2017

Olá, hoje vamos falar sobre o Dia do Baterista, confira nosso plano de aula. Tenha uma boa leitura! 20 de setembro – Dia do Baterista - Plano…

3 Comentários

  1. O texto é curto e sucinto, mas agrega uma ótima mensagem para o leitor. Outro ditado se encaixaria muito bem à moral do texto “quem muito quer nada tem”. A mulher – não satisfeita com apenas um ovo por dia -, quis forçar a sua galinha colocar mais ovos. Conclusão, ela acaba ficando sem ovos nenhum. A mensagem do texto é um retrato social. Por causa do egoísmo do ser humano, vivemos nos extremos. Ou temos demais, ou não temos o suficiente, e quando temos o suficiente, este suficiente não é satisfatório, tampouco motivacional. Queremos mais, até corrermos riscos de não termos nada. Escravizamos pessoas; no caso do texto, escravizamos animais, passamos por cima de tudo por causa da nossa ganância e egoísmo.

    Reply
    • Fernando, Ficamos muito felizes que você tenha gostado do poste e gostamos ainda mais de seu comentário. A linha de raciocínio dessa fábula é bem essa que você falou, a ganância muitas vezes leva a ações desastrosas. De que adianta querer meter os pés pelas mãos? Nada não é mesmo? É uma fábula de reflexão simples mas por demais vivida por todos nós no nosso dia a dia. Vale a pena? a resposta quase sempre é não. O custo é muito alto e ninguém quer pagar. Esperamos continuar a fazer posts de seu agrado. Qualquer insight de novo post para o Demonstre é só entrar em contato com nossa equipe! Hasta! ?

      Reply
  2. Fernando, Ficamos muito felizes que você tenha gostado do poste e gostamos ainda mais de seu comentário. A linha de raciocínio dessa fábula é bem essa que você falou, a ganância muitas vezes leva a ações desastrosas. De que adianta querer meter os pés pelas mãos? Nada não é mesmo? É uma fábula de reflexão simples mas por demais vivida por todos nós no nosso dia a dia. Vale a pena? a resposta quase sempre é não. O custo é muito alto e ninguém quer pagar. Esperamos continuar a fazer posts de seu agrado. Qualquer insight de novo post para o Demonstre é só entrar em contato com nossa equipe! Hasta! 😀

    Reply

Leave a Reply