0 Shares 165 Views 1 Comments

A Rã e o Sapo – Fábula para Interpretação

Bellini Bellini
maio 31, 2016
165 Views 1

A Rã e o Sapo – Um conto sobre a importância da Prudência

Olá Pessoal! Prontos para mais uma história de Esopo? Nesta fábula conta uma história de três animais, a rã, o rato e o falcão, e a forma como cada um enxerga as oportunidades que aparecem.

A Rã e o Rato

A Rã e o Rato

Um Rato em busca de aventuras corria sem medo próximo a margem de uma lagoa, onde vivia uma Rã.

Quando a Rã viu o Rato, ela nadou até a margem, e disse coachando:

“Você não quer me visitar? Prometo que, se aceitar meu convite, não vai se arrepender…”

Bem educado, o Rato aceitou a oferta sem pestanejar. Queria conhecer o mundo em seus maiores detalhes, e aquela parecia uma boa oportunidade.

Porém, consciente de que não sabia nadar, e que não era um animal da água, acabou por dizer que não entraria na lagoa sem ajuda.

Pensando em como ajudá-lo, a Rã teve uma ótima ideia. Amarrou uma das patas do Rato em sua fibra de junco, pulou dentro da lagoa com seu ingênuo companheiro.

Satisfeito, o Rato desejava o quanto antes voltar para terra firme. Mas o traiçoeiro anfíbio tinha outros planos. Aproveitando-se do fato de que ele estava preso a ela, a Rã puxou para as profundezas do lago, para afogá-lo.

Contudo, para a infelicidade do animal, um Falcão sobrevoava o lago, e percebeu tanto o Rato que boiava na água, como a Rã que tentava se desprender da fibra que a prendia ao já morto animal.

Com um voo rasante, suas fortes garras seguraram tanto a Rã como o Rato. E um só golpe, a Ave de rapina capturou ambos, com um farto jantar naquele dia.

Moral: Aquele que sempre procura prejudicar os outros através de suas próprias artimanhas, acaba machucando a si mesmo.

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

A Rã e o Rato

Questionário

  1. Quais os principais personagens do texto?
  2. 2. Quais sentimentos humanos você identifica na rã?
  3. 3. E na ave?
  4. O que fez o rato entrar na água?
  5. 5. Bem educado, o Rato aceitou­ substitua o termo em destaque por outro
  6. com mesmo sentido.
  7. 6. Mencione os adjetivos que são descritos para o rato no texto.
  8. 7. Mas a traiçoeira Rã tinha outros planos. Qual o sentido da palavra
  9. sublinhada?
  10. 8. qual a classificação animal da rã, do rato e falcão?
  11. 9. Como você entende a moral da história?
  12. 10.Em sua opinião, a rã teve uma postura correta?

Se você quer utilizar este material em sala de aula, use as fichas a seguir, tanto em sua versão .PDF como as imagens em PNG.

Versão do Aluno

Versão do Professor

Ficha para Impressão – Versão do Aluno

Ficha para Impressão – Versão do Professor

Gostaram da fábula? Na vida, sempre devemos buscar por oportunidades, mas sem prejudicar outras pessoas. E menos ainda, se aproveitar da ingenuidade de outros. Este tipo de atitude, cedo ou tarde, sempre pode se voltar contra nós, então procure sempre ser honesto e claro em suas atitudes.

Obrigado por acompanharem até aqui. Continuem com paz e luz e até a próxima fábula!

You may be interested

Como estimular o aluno com deficiência?
Educação Especial
92 views
Educação Especial
92 views

Como estimular o aluno com deficiência?

Felipo Bellini - maio 29, 2017

Hoje vamos falar sobre como estimular o aluno com deficiência. Na verdade implementei um guia com 9 dicas diferenciadas para conseguir dos seus alunos o engajamento necessário. Lembro…

Por que realmente aprender Inglês?
Blogs para alunos
62 views
Blogs para alunos
62 views

Por que realmente aprender Inglês?

Renato Gomes - maio 28, 2017

Por que realmente aprender inglês? Por que não aprender a língua mais falada por todas as pessoas do mundo? Existem milhares de motivos para aprender uma língua…

Como fazer atividades instigantes com uma caixa de papelão?
Dicas do Professor
41 views1
Dicas do Professor
41 views1

Como fazer atividades instigantes com uma caixa de papelão?

Felipo Bellini - maio 28, 2017

Como fazer atividades instigantes com uma caixa de papelão? Cada dia recebo uma proposta de artigo mais desafiador, principalmente quando tenho que ir além dos meus horizontes…

Comentário

Deixe uma resposta