Esta fábula nos conta sobre uma raposa que encontrou um cacho de uvas perfeitos, mas que por preguiça de tentar pegá-los deixa escapar.

Fábula – A raposa e as uvas

Ao passar em um pomar, uma Raposa morta de fome percebeu um cacho exuberante de uvas negras, bem penduradas nas ramas de uma videira. E o melhor de tudo, percebeu ela, é que as uvas estavam maduras.

Sem pensar duas vezes, a Raposa decidiu colher o fruto, tomando o devido cuidado para não ser pega.

Utilizando seus dotes no melhor estado, a Raposa tentou de tudo para conseguir as uvas, mas sem conseguir alcançá-las, acabou por entregar-se à fadiga.

Deu meia volta e foi embora. Consolando a si mesma, dizia desapontada: “Na verdade, olhando com mais atenção, percebo agora que as Uvas estão todas estragadas, e não maduras como eu imaginei a princípio…”

Moral da fábula A raposa e as uvas

Às vezes, as pessoas enganam a si mesmas, por não aceitarem suas próprias limitações ou por preguiça de tentar, fazendo com que desistam do que desejam, e  perdendo a oportunidade de corrigir suas falhas.

Sugestão de discussão em sala

Discutir formas alternativas de fazer com que a raposa conseguisse alcançar as uvas.

Questões de interpretação e sintaxe sobre a fábula: A raposa e as uvas

  1. Quais sentimentos humanos você identifica no texto?
  2. Reescreva com suas palavras a moral da história.
  3. Quem é o protagonista da história?
  4. O que fez a raposa mudar de ideia em relação às uvas?
  5. De uma videira o que significa o termo em destaque ?
  6. De acordo com o texto, qual o nome da árvore que estavam às uvas?
  7. Utilizando seus dotes, conhecimentos e artifícios para pegá-las,… Substitua o termo em destaque sem que a frase perca o sentido.

  8. Crie uma frase com a palavra “Consolada”.

  9. Consolando a si mesma, dizia desapontada:  a quem se refere à frase?

  10. Como você avalia a postura da raposa?

Sugestão de dever de casa sobre a fábula de Esopo

Pesquise como funciona uma plantação de uvas.

COMPARTILHE
Artigos anteriores10 Brincadeiras Orientais
Próximo artigoContação de histórias na educação infantil – Vídeos
Professor de inglês e tradutor. Leciono na educação básica como concursado pelo governo do estado do Rio Grande do Norte atuando no: Ensino Fundamental II, Ensino Médio regular e na Educação de Jovens e Adultos - EJA; gerencio a empresa Traduza, onde me responsabilizo tanto pela tradução de livros e artigos científicos, como orientação da equipe; e sou mestrando do programa de pós graduação em linguagem da UFRN.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here