Olá pessoal, vamos falar sobre a história de A raposa e o porco espinho, e de como a vontade de ajudar sem dicernimento não vale nada. Preparados? Vamos lá!

Antes:
Curta nossa página no Facebook- www.facebook.com/demonstrec
Acesse nosso blog – http://demonstre.com/

Vamos para a fábula?

Pausa rápida na sua leitura, só para dois avisos:

Poema de bom dia: Amor

Então, estamos começando o projeto Poema de bom dia, e você pode participar. Para poder participar, basta enviar um e-mail para: [email protected] os seguintes dados: nome, idade, endereço, telefone, email e cpf + sua poesia escrita no corpo de e-mail + arquivo de áudio ou vídeo com a poesia declama.

Esperamos seu material!!!

Projeto Poema de bom dia

O projeto Poema de bom dia é uma realização da Produtora Demonstre. Uma homenagem aos poetas locais e nacionais do nosso Brasil. Poemas diários para preencher seu dia de inspiração!

Amor – Álvares de Azevedo

Amemos! quero de amor
Viver no teu coração!
Sofrer e amar essa dor
Que desmaia de paixão!
Na tu’alma, em teus encantos
E na tua palidez
E nos teus ardentes prantos
Suspirar de languidez!

Quero em teus lábios beber
Os teus amores do céu!
Quero em teu seio morrer
No enlevo do seio teu!
Quero viver d’esperança!
Quero tremer e sentir!
Na tua cheirosa trança
Quero sonhar e dormir!

Vem, anjo, minha donzela,
Minh’alma, meu coração…
Que noite! que noite bela!
Como é doce a viração!
E entre os suspiros do vento,
Da noite ao mole frescor,
Quero viver um momento,
Morrer contigo de amor!

Facebook: https://bit.ly/2qr1CXu
Instagram @poemadebomdia: https://bit.ly/2qrbzDI
Website: http://demonstre.com/

Não deixe de se inscrever no canal do demonstre: https://www.youtube.com/demonstrec

Depressão é algo sério! Veja este vídeo!

Nele explico o que é depressão, as causas da depressão e seus sintomas.

Agora pode voltar para o seu texto! <3

A raposa e o porco espinho – Fábula de Esopo

Uma Raposa precisava atravessar um caudaloso rio. No momento da travessia, foi surpreendida por uma forte enchente.

Lutando bravamente, ela conseguiu chegar na outra margem, estando quase sem fôlego. Exausta, caiu próxima do rio, satisfeita do seu empenho em sobreviver.

Não muito tempo depois, a Raposa foi atacada por um enxame de moscas que se alimentam de sangue, tentando pousar sobre  ela. Ainda fraca, conseguiu fugir de todas, escondendo-se em um canto.

Um Porco Espinho, observando todo o movimento, se colocou em ação para ajudar a pobre Raposa: “vou espantar estas moscas para você.”, disse o Porco Espinho com entusiasmo.

A Raposa, sussurrando, mas ainda assim com determinação em sua voz, respondeu:

“Não! Por favor, não me tenha por ingrata meu amigo, mas, não as perturbe. Elas já pegaram tudo aquilo de que precisavam. Se você as espanta, logo outro enxame faminto virá e irão tomar o pouco sangue que ainda me resta!”

Moral: Dependendo da situação o melhor remédio é a paciência. Precisamos saber discernir cada situação.

Autor: Esopo

Adaptação: Felipo Bellini Souza

Uma dos pontos mais interessentes, pequenos e nem tão pequenos, é que mais do que a intenção de ajudar, precisamos saber se aqueles a nossa volta estão mesmo necessitados, e quais as consequências que elas podem trazer. Praticar o discernimento é fundamental para se ter uma vida melhor.

FIM

Gostaram da fábula da raposa e o porco espinho? Então continuem acompanhando nosso canal, pois teremos ainda mais fábulas para vocês, e não deixe de visitar blog do Demonstre! Além de várias fábulas, temos lendas, dicas de estudo e muito mais material para vocês.

Muito obrigada por ter acompanhado mais esse post! Espero que tenha gostado! Deixe seu comentário com sua opinião e sugestões para o Demonstre! 😀

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here