0 Shares 157 Views 1 Comments

Adugo – Brincadeiras Indígenas para crianças

Bellini Bellini
maio 07, 2016
157 Views 1

Adugo – Brincadeira Indígena para ensinar cultura aos seus alunos

Na brincadeira indígena de hoje, vamos conhecer um pouco mais sobre um curioso jogo que lembra muito damas, mas praticado na terra e com pedras: em Adugo, temos um conflito dos cachorros, em uma alusão bem interessante sobre um dos inimigos naturais da selva, com os próprios indígenas.

Veja como preparar esta brincadeira, que pode ser muito bem instruída, e garantir um pedaço da cultura indígena pouco conhecido – o da estratégia.

Como fazer o Adugo?

Por lembrar um pouco damas, o jogo Adugo pode ser bem mais estratégico do que se imagina. A ideia de encurralar uma onça antes que ela os devore é genial, e por ser feita na terra, incentiva o jogo ao ar livre. Veja como fazer.

Adugo

  • Público alvo: as crianças, adolescentes e adultos que gostam de se divertir e tem fôlego suficiente para correr ao longo da brincadeira.
  • Idade: crianças à partir de 10 anos de idade. Pessoas de idade mais avançada como os adolescentes de 16, além de adultos acima dos 20, também podem fazer muito bem.
  • Recursos: um chão em que possa ser desenhado o tabuleiro do jogo, e pedras que possam servir como as peças da brincadeira. São cerca de 14 pedras pequenas e apenas uma pedra que deve ser bem maior.
  • Objetivo: a brincadeira Adugo tem por objetivo deixar a peça do seu adversário encurralada. No caso, a brincadeira é dividida entre peças pequenas que são os cachorros e as peças maiores que são as onças.

Passo a Passo:

  1. A brincadeira pode ser realizada em dupla, sendo que ele irá lembrar a dinâmica da disputa de damas.
  2. Com o tabuleiro desenhado, e suas peças definidas, começa a brincadeira.
  3. O competidor que ficará com os cães deve fazer com que eles deixem a onça encurralada, já para a onça todo o seu trabalho é comer o máximo de cachorros que conseguir no tabuleiro
  4. Ganha quem conquistar seus objetivos primeiro. Se os cachorros colocarem a onça no centro ou em uma das pontas do tabuleiro, eles vencem; se a Onça devorar todos os cachorros, ela vence.

O Adugo é em interessante para incentivar as crianças a brincar ao ar livre, sem perder o fator estratégico. Por precisar apenas de terra batida e pedras, ele pode ser fácil de colocar em qualquer ambiente – mesmo em um lugar asfaltado, um giz pode ser um bom substituto. Incentive com seus jovens.

You may be interested

Drácula de Bram Stoker: resumo e análise do livro
Resenhas Literárias
247 views
Resenhas Literárias
247 views

Drácula de Bram Stoker: resumo e análise do livro

Felipo Bellini - jun 21, 2017

Fala pessoal, tudo bem? Aposto que você já ouviu falar sobre... Nada mais nada menos do que, vampiros! Hoje iremos conhecer o pai de todos eles, o…

Montaigne e a Educação
Filósofos da Educação
144 views
Filósofos da Educação
144 views

Montaigne e a Educação

Felipo Bellini - jun 18, 2017

Hoje vamos falar sobre Montaigne e a Educação, relacionando as influências do ceticismo no âmbito educacional. Como sempre, a primeira parte do texto se refere a biografia do filósofo,…

Adaptação educacional: realidade ou mito? – Educação Especial
Educação Especial
236 views3
Educação Especial
236 views3

Adaptação educacional: realidade ou mito? – Educação Especial

Felipo Bellini - jun 17, 2017

Você sabe o que é Adaptação Educacional e Tecnologia Assistiva? Neste artigo vamos fundo no tema! Não deixe de ver nossos outros posts sobre Educação Especial e…

Comentário

  1. Publicação bastante interessante! Acho a cultura indígena fascinante e penso que ela deveria ser preservada não apenas por órgãos públicos, mas por todos. Afinal, a raiz da cultura e brasileira são os índios. Os índios são as primeiras páginas de uma história chamada Brasil.
    Gostei da brincadeira, pois é uma brincadeira que pode ser praticada por indivíduos de qualquer idade e, como diz o texto, é uma brincadeira que lembra o jogo de damas. Adugo é algo bem estratégico e divertido, feito com algumas coisas que a natureza oferece: as pedra e areia.

    Reply

Deixe uma resposta