Faça parte do nosso mundo mágico!

Por enquanto somos poucos, mas logo seremos uma legião! Inscreva-se! <3

Aprenda a fazer um Robô!

Então eu e Mary estávamos dispostos a curtir o fim de semana e queríamos algo para fazer e nos divertir. Os projetos na escola tinham me inspirado a criar e a fazer também, pois o empoderamento que as crianças e adolescentes expeliam no projeto de Halloween, atividade que realizei nesse mês de outubro e que responsabilizava a turma por fazer TUDO com as próprias mãos – comidas, decoração, artesanatos, atividades, brincadeiras, contação de histórias – era contagiante!.

Motivados, nossa primeira experiência foi esse robô de papel. Ele é divertido pois a forma como fazermos ele permite criar dezenas de outros tipos de humanoides e monstrinhos que super vão fazer sucesso com as crianças e colorir a casa ou seu quarto.

Materiais para fazer um robô de papel

Super fácil de fazer, nós utilizamos o material que tínhamos em casa e acredito que você deve possuir todos eles também, mas se não possuir, encontre outras ferramentas em potencial. A ideia desses artesanatos é mais reciclar do que gastar propriamente dito.

  • Lápis Comum;
  • Papel Ofício ou A4 ou mais grossinho se tiver;
  • Caneta Hidrográfica;
  • Giz de Cera;
  • Tesoura;
  • Cola;
  • Linha de costura mais grossa.

Não se preocupe com quantidade. Para cada robô nós utilizamos exatamente uma folha de papel A4 90g, 15 cm de linha e o uso das ferramentas de decoração. – É legal também não se limitar, já que se você ou a criança quiserem, enfeites como lantejoulas, lã, brilho e qualquer outro material no estilo também são bem vindos. ​

como fazer um robô de papel?

A primeira etapa é desenhar o robô na folha de oficio. Faça o tronco humanoide e deixe as mão abaixo do quadril. Não se preocupe em desenhar as pernas agora, pois vamos utilizar as sobras de papel para dar um efeito todo especial.
Feito o rascunho do tronco, vamos colorir, enfeitar e recortar o contorno, dando um ar tecnológico ao nosso robô. – Como vocês podem ver minha capacidade de organizar cores é bem próxima a das crianças mais novas, então são se intimidem, ser baby também é bom! <3
Em seguida montar, pintar e recortar os pés. – Na minha opinião os pés são as partes mais charmosas do robô e indico que eles sejam grandões. Isso porque como as pernas vão balançar, eles lembram aqueles artesanatos italianos, das famosas casas de boneco, que possuíam os pés e tronco de madeira e as pernas e braços de corda.
O nosso penúltimo movimento está nas pernas, e para isso vamos aproveitar as sobras do nosso papel. A ideia é dividir em duas tiras, que eram justamente o contorno do robô. Com elas realizaremos dobras de ponto em ponto, e vamos colar cada uma ao tronco e pés. com isso vamos ter um toque de movimento ao brinquedo. O efeito é tão legal, que quando venta o boneco parece que está andando. – Nós enfeitamos as pernas dos nossos robôs o que deixou tudo ainda mais legal.
No último momento, vamos fazer um pequeno furo com a ponta do lápis no topo da cabeça do robô, onde colocamos a nossa antena, e passar a linha de lã, amarrando os dois ponto. Tendo feito isso não tem mistério, é só pendurar ele em alguma janela e apreciar ou dar para alguém que você gosta.

Sou professor a 7 anos, e sempre tive desconfiança com esses trabalhos manuais que não necessariamente estão falando de conteúdo. Mas na prática percebi que eles possuem um potencial impressionante, pois antes de tudo mostram para os jovens e adultos que eles podem sim fazer, criar e vencer desafios; em seguida valem para os desenvolvimentos motores e concentração. Por último, pensar que artesanato está longe do conteúdo em sala é uma besteira GIGANTE, pois tudo que utilizamos necessitou de trabalhos manuais, desde o projeto até a embalagem, então vamos mostrar esse processo para os alunos e pesquisar experiências em todas as áreas.

Esse robô retiramos do livro Divertindo-se com ARTE Reciclada! – da editora Ciranda Cultural. – um compilado de experiências com papel e restos de materiais escolares. Eu lembro de ter feito um semelhante anos atrás em um material por outra editora, mas artesanato é assim mesmo, todo mundo faz e todo mundo ensina. Seja mais um!​​

Post Author
Felipo Bellini
Professor ligado no 220v e disposto a transformar o seu espaço em prol de seus alunos e comunidade.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *