0 Shares 140 Views

Aprendendo os Provérbios – Brincadeira para Classes Gramaticais

Bellini Bellini
maio 04, 2016
140 Views

Os provérbios está em um dos assuntos mais curiosos nas aulas de classes gramaticais, pois não se trata de uma, mas de várias palavras que formam uma mensagem única e impactante. Para quem está aprendendo os provérbios e ainda não tinha contato com tais frases, torna-se um exercício divertido…

… e ao mesmo tempo confuso. Existem uma quantidade enorme de provérbios, sobretudo na língua portuguesa em que as variações de região, e da própria língua, permitem muitas possibilidades. Para manter o aspecto divertido do estudo, vamos sugerir uma brincadeira que pode ser aplicada no mesmo dia em que o assunto for abordado. Veja como é fácil.

Aprendendo os Provérbios – Como Montar a Brincadeira

aprendendo os provérbios

  • Público alvo: pode ser adaptada para todo o ensino fundamental e ensino médio.
  • Idade: a brincadeira apresentada aqui é destinada a alunos de 3° série, mas pode ser adaptada a todos os níveis de educação.
  • Recursos: para realizar essa brincadeira com os alunos, será necessário confeccionar imagens que encaixe com um cartão azul conforme a imagem acima. Para cada ponta de cada carta, você deve colocar uma frase que representa um proverbio e em seguida a explicação. Ex: Flor que não se cheira…. Pessoa que não é de confiança… se associa com a imagem da menina cheirando um flor que cheira mal.
  • Objetivo: trabalhar de forma dinâmica e divertida os provérbios.

Passo a passo:

  1. O professor responsável deve separar a turma por duplas.
  2. Em cada mesa, deve colocar 6 cartas brancas e 12 azuis todas de cabeça para abaixo.
  3. O aluno retira a primeira carta branca e logo a azul.
  4. Se as características são corretas ambas são separadas
  5. Ganha quem concluir todas as cartas.

Se o professor perceber que existem alunos aplicados e já mais avançados no estudo de provérbios, ele chamá-los para fazer alguns dos cartões, podendo ser em segredo ou não, para incentivar tanto a criatividade dos mesmos, como ajudar os alunos que estão em maior dificuldade. No final, todos sairão beneficiados.

You may be interested

Sala de recursos multifuncionais – ponto de partida da educação especial
Educação Especial
219 views1
Educação Especial
219 views1

Sala de recursos multifuncionais – ponto de partida da educação especial

Felipo Bellini - jun 26, 2017

Hoje vamos falar sobre a sala de recursos multifuncionais. Texto especial, dentro da série sobre Educação Especial que estamos desenvolvendo aqui no blog e patrocinada pelos queridos…

Karl Mannheim e a Educação
Filósofos da Educação
119 views1
Filósofos da Educação
119 views1

Karl Mannheim e a Educação

Felipo Bellini - jun 25, 2017

Karl Mannheim e a Educação Karl Mannheim foi um sociólogo judeu que ficou conhecido pelas suas obras sobre reconstrução social e educação ocidental. O livro "Ideologia e…

Drácula de Bram Stoker: resumo e análise do livro
Resenhas Literárias
275 views1
Resenhas Literárias
275 views1

Drácula de Bram Stoker: resumo e análise do livro

Felipo Bellini - jun 21, 2017

Fala pessoal, tudo bem? Aposto que você já ouviu falar sobre... Nada mais nada menos do que, vampiros! Hoje iremos conhecer o pai de todos eles, o…

Deixe uma resposta