Olá meus queridos, hoje vamos falar um pouco sobre a avaliação do desenvolvimento motor infantil, e como ele ocorre no decorrer dos meses, conforme eles vão avançando na idade.

Avaliação do Desenvolvimento Motor Infantil

O desenvolvimento do bebê, mês a mês.

É magnifico quando acompanhamos mês a mês o desenvolvimento do bebê e como a sua coordenação motora se desenvolve de forma rápida e acelerada a cada dia.

O bebê de 1 mês

O bebê de 1 mês consegue reproduzir vários sons, e já é capaz de acompanhar com um olhar os objetos que são deslocados a sua frente. Nessa fase a criança é capaz de sustentar o seu pescoço, por rápidos momentos.

Algumas crianças quando atingem um mês e são colocadas de barriga pra baixo, são capazes de levantar a cabeça e até mesmo virá-la de um lado para o outro. De maneira mais exata, o bebê possui mais facilidade para firmar o pescoço quando possuem a seu favor um apoio lateral.

Avaliação do Desenvolvimento Motor infantil

O bebê de 2 meses

Quando o bebê atinge os 2 meses, as mudanças ocorridas no seu desenvolvimento motor. Nessa idade a criança já é capaz de ter seus movimentos um pouco mais controlados e mais calmos.

Nessa fase a criança começa a pegar objetos, por vontade própria, ao contrário de quando era recém-nascido, que buscava os objetos de forma involuntária.

O bebê de 3 meses

É a partir dessa idade que o bebê terá mais controle sobre suas pernas e braços. Nessa idade ele já é capaz de sustentar sua cabeça por longos períodos de tempo.

Nessa fase, já é possível deixá-los sentado e estimular sua coordenação com brinquedos suspensos, por exemplo.

A coordenação dos braços e das pernas começam a ganhar força nessa idade, é possível notar que eles começam a unir as mãos, e já conseguem ficar com os dedos abertos, porém ao tocar nos objetos, sempre permanecerá com as mãos fechadas.

É importante que nessa fase o bebê seja estimulado pelos pais, já que é através desse estimulo que ele se desenvolverá integralmente.

O bebê de 4 meses

Nesse momento é possível notar claramente o desenvolvimento obtido pela criança, já que além da cabeça, ao ser colocada de barriga para baixo, ela também consegue levantar os ombros. Esse movimento é essencial para o fortalecimento dos músculos do braço, por isso, é importante que os pais coloquem o filho na posição de bruços.

A criança ao atingir os 4 meses, na maioria das vezes, já é capaz de rolar de barriga para baixo, e vice-versa. Nesse momento, a estimulação dos pais também é importante.

O bebê de 5 meses

Como dito no começo do artigo, o desenvolvimento de um bebê ocorre de forma impressionante, com 5 meses ao ser colocado de bruços, ele já é capaz de erguer ao mesmo tempo, seus baços e pernas. E quando de barriga para cima, já faz tentativas para sentar.

Nessa idade, ele está começando a se equilibrar e consegue permanecer sentado por alguns breves segundos, é muito importante que o ambiente em que ele esteja seja forrado, e o proteja caso ocorra alguma queda.

Um bom estimulo, é deixá-lo brincando de bruços, dessa forma ele conseguirá fortalecer o seu pescoço, que no futuro contribuirá para o desenvolvimento de muitas outras funções motoras.

A fase exigi muito cuidado, já que a criança é capaz de segurar objetos e seu primeiro instinto é leva-lo até a boca, dessa forma, é preciso estar atento a brinquedos que soltam peças pequenas, tinta, ou que podem oferecer risco a criança.

Avaliação do Desenvolvimento Motor infantil

O bebê de 7 meses

Uma criança de 7 meses, já é capaz de sustentar o seu próprio peso, e a ação de “pular” se torna frequente e de fácil execução.

É nessa fase que se inicia o processo de desenvolvimento da coordenação motora grossa, a ação de conseguir passar os objetos de uma mão para a outra é aprimorada, e ele consegue até mesmo segurar determinados objetos com as duas mãos.

Para que esse processo seja desenvolvido é muito importante a estimulação, nesse caso, os pais poderão utilizar um brinquedo, onde deverá ser colocado longe da criança, para que ela seja estimulada a tentar agarrá-lo.

Esse estimulo é capaz de auxiliar na locomoção da criança, já que ao se balançar para frente e para trás, esse movimento abre portas para que a criança comece a engatinhar e a se locomover de forma independente no futuro.

O bebê de 8 meses

Está fase é marcada pelo início da locomoção, mesmo que o bebê ainda não esteja engatinhando, ele é capaz de se arrastar pela casa. E possível que ele já esteja sentando sozinho, e comece a se levantar com o auxílio dos móveis que tem a sua disposição.

Por mais que seja uma fase arriscada, em que a criança protagonize muitas quedas, é preciso deixa-la solta para poder se desenvolver. Claro que em situações que apresentem grandes risco é imprescindível que alguém esteja ao lado da criança, mas do contrário, é necessário que ela crie independência.

A mão da criança é ainda mais explorada por ela, nessa fase, ela já é capaz de utilizar os dedos indicadores e polegar para pegar algum alimento, ou até mesmo, algum brinquedo do seu interesse.

O bebê de 9 meses

É provável que o bebê esteja quase andando, ele se locomove novamente com a ajuda dos móveis. O fato de engatinhar se tornou ainda mais fácil, e ele já consegue subir degraus.

Essa fase exigi muita atenção dos pais, e consequentemente muito estimulo. E sempre importante ter em mente, que a criança necessita ser estimulada, independentemente da fase.

O bebê de 10 meses

Para as crianças que já engatinham essa é a fase do aprimoramento, elas ganham velocidade e mais facilidade de locomoção. A criança já consegue permanecer por breves segundos de pé sozinha, e começa a escalar nos móveis.

Ela irá começar a dar seus primeiros passos sozinha, sem o auxílio de adultos ou então dos móveis que costumava usar de apoio.

A coordenação fina, já está bem desenvolvida, a criança não encontra nenhuma dificuldade em pegar pequenos objetos que encontra no chão.

O bebê de 11 meses

Nessa fase o bebê se torna mais independente, ele possui controle total de suas ações, já consegue beber água por exemplo, segurando o copo sozinho, já é capaz de auxiliar no momento da troca, esticando ou retraindo os braços e as pernas.

O bebê de 12 meses

Ao completar um ano, o seu desenvolvimento motor não para de evoluir, nesse período ele já é capaz de se alimentar sozinho com auxílio de uma colher, e já anda livremente sem o auxílio de ninguém.

Avaliação do Desenvolvimento Motor infantil

A importância da Avaliação do Desenvolvimento Motor infantil

É muito importante que saibamos as fases do desenvolvimento da criança para podermos avaliar se tudo está correndo bem, e caso contrário intervir de forma rápida para que seja possível recuperar os danos causados.

Há um curso muito interessante, que explica e traz o assunto de forma completa e bem fundamentada, o curso Avaliação do Desenvolvimento Motor infantil, é muito importante para pais e professores acompanhar o desenvolvimento das crianças.

COMPARTILHE
Artigos anteriores10 poesias sobre água
Próximo artigoDia da Propaganda – Plano de aula

Professor de inglês e tradutor. Leciono na educação básica como concursado pelo governo do estado do Rio Grande do Norte atuando no: Ensino Fundamental II, Ensino Médio regular e na Educação de Jovens e Adultos – EJA; gerencio a empresa Traduza, onde me responsabilizo tanto pela tradução de livros e artigos científicos, como orientação da equipe; e sou mestrando do programa de pós graduação em linguagem da UFRN.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here