0 Shares 144 Views

Carnaval – Quatro marchinhas épicas

Bellini Bellini
jan 09, 2017
144 Views

Cinco Marchinhas Épicas de Carnaval

Nossa, até parece que foi ontem que em 2016 publicamos nossa primeira leva de posts sobre o 909Carnaval. Então, aqui estamos nós novamente para mais uma lista de maravilhosas Marchinhas de Carnaval que vão encantar vocês e fazer com que o nosso carnaval já comece com muita alegria!

marchinhas de carnaval

Com essa seleção de marchinhas de carnaval com letras mirabolantes e sucessos históricos que marcaram o auge do carnaval brasileiro nas décadas de 1920 até 1970, você terá sem dúvidas um ótimo material em mãos. O reinado das marchinhas de carnaval foi sendo substituído aos poucos pelo samba-enredo das ascendentes escolas de samba, que como gênero musical, domina o carnaval até os dias de hoje. Certamente, porém, as fabulosas marchinhas deixaram sua marca na história e representam o marco inicial do carnaval no Brasil.

Veja, confira e comente, ok? <3

Saca-rolha. As águas vão rolar

Compositor: Zé da Zilda (1954).

Eis uma composição que fez parte do carnaval por vários anos aqui no Brasil, e tem sido lembrada ainda nos dias de hoje como uma das grandes marchinhas de carnaval de todos os tempos.

Letra de Saca-rolha. As águas vão rolar

As águas vão rolar,
garrafa cheia eu não quero ver sobrar,
eu passo a mão na saca, saca, saca-rolha.

E bebo até me afogar, deixa as águas rolar.

As águas vão rolar,
garrafa cheia eu não quero ver sobrar,
eu passo a mão na saca, saca, saca-rolha.

E bebo até me afogar

Se a polícia por isso me prender e na última hora me soltar, eu pego a saca, saca, saca-rolha e bebo até me afogar, deixa as águas rolar.

A pipa do vovô

Compositor: Manoel Ferreira e Ruth Amaral (Década de 1970).

Esses dois juntos foram a maior dupla de compositores carnavalescos de todos os tempos. Essa composição em especial foi uma das últimas marchinhas de carnaval que fizeram sucesso, e faz parte da “queda” do reinado das marchas de carnaval e o fim de uma época de ouro do carnaval brasileiro. Eles são casados e hoje em dia continuam a espalhar suas marchinhas de carnaval, buscando a manutenção dessa legítima manifestação popular. No ano de 2009 Manoel Ferreira e Ruth Amaral receberam uma homenagem por sua história no carnaval brasileiro em forma de desfile nas ruas do bairro onde moram.

Letra de A pipa do vovô

A pipa do vovô não sobe mais

A pipa do vovô não sobe mais

Apesar de fazer muita força

O vovô foi passado pra trás!

A pipa do vovô não sobe mais

A pipa do vovô não sobe mais

Apesar de fazer muita força

O vovô foi passado pra trás!

Ele tentou mais uma empinadinha

A pipa não deu nenhuma subidinha

Ele tentou mais uma empinadinha

A pipa não deu nenhuma subidinha

A pipa do vovô não sobe mais

A pipa do vovô não sobe mais

Apesar de fazer muita força

O vovô foi passado pra trás!

A pipa do vovô não sobe mais

A pipa do vovô não sobe mais

Apesar de fazer muita força

O vovô foi passado pra trás!

Jura

Composição: Sinhô (1928).

Essa canção foi abraçada no carnaval brasileiro e cantada vorazmente. É um dos maiores sucessos do compositor Sinhô e um clássico da música nacional, que possui uma melodia agradavelmente ímpar.

Letra de jura

Jura, jura, jura pelo Senhor!
Jura pela imagem
Da Santa Cruz do Redentor
Pra ter valor a tua…

Jura, jura, jura de coração,
Para que um dia
Eu possa dar-te o amor
Sem mais pensar na ilusão.

Daí, então, dar-te eu irei
O beijo puro da catedral do amor
Dos sonhos meus,
Bem junto aos teus
Para fugirmos das aflições da dor.

Me dá um dinheiro aí

Composição: Moacyr Franco (1959).

O ator, compositor, cantor e humorista Moacyr Franco ao interpretar um personagem chamado “mendigo” lançou a marchinha “Me dá o dinheiro aí” que na época estourou juntamente com outras canções do compositor. É sem dúvida uma das marchinhas de carnaval mais conhecidas e reverenciadas até os dias de hoje.

Letra de Me dá um dinheiro aí

Ei, você aí

Me dá um dinheiro aí

Me dá um dinheiro aí!

Não vai dar?

Não vai dar não?

Você vai ver a grande confusão

Que eu vou fazer bebendo até cair

Me dá, me dá, me dá, oi!

Me dá um dinheiro aí!

Ei, você aí

Me dá um dinheiro aí

Me dá um dinheiro aí!

Não vai dar?

Não vai dar não?

Você vai ver a grande confusão

Que eu vou fazer bebendo até cair

Me dá, me dá, me dá, oi!

Me dá um dinheiro aí!

Agradecimentos

Obrigado por tudo pessoal e vamos que vamos. Não deixem de comentar e sugerir mais marchinhas para compor as próximas listas, ok? <3

You may be interested

Makarenko e a educação
Filósofos da Educação
67 views
Filósofos da Educação
67 views

Makarenko e a educação

Felipo Bellini - jul 23, 2017

  Makarenko e a educação Makarenko foi um filósofo da educação que ficou conhecido pelo sua proposta de modelo escolar baseada na vida em grupo e na autogestão,…

Datas Comemorativas
107 views

Dia do Agricultor – Atividade de data comemorativa

Felipo Bellini - jul 21, 2017

E aí, pessoal! O tema de hoje é o Dia do Agricultor, um profissional extremamente importante para a manutenção da sociedade. Para conferir mais datas comemorativas exclusivas do Demonstre é só…

Cem Anos de Solidão – Uma análise completa e resenha literária
Resenhas Literárias
125 views
Resenhas Literárias
125 views

Cem Anos de Solidão – Uma análise completa e resenha literária

Felipo Bellini - jul 19, 2017

Cem anos de solidão e Gabriel García Márques são nosso ponto de discussão hoje. Depois de uma leitura aprofundada, de muitos diálogos e conversas, estamos aqui para…

Deixe uma resposta