0 Shares 249 Views

Eleições de Mentira – Brincadeira para aprender sobre Cidadania

Bellini Bellini
maio 15, 2016
249 Views

Eleições de Mentira – Brincadeira prática para ensinar aos alunos o conceito de representação política

Em uma época de engajamento político forte, ensinar as crianças sobre a importância em escolher seus representantes não é apenas de frande importância, mas uma necessidade essencial. Você pode explicar os conceitos básicos desta parte da cidadania, ou mostrá-los na prática com a brincadeira a seguir. Conheça as Eleições de Mentira.

Como Preparar as Eleições de Mentira?

Assim como a brincadeira que mostramos a importância no voto, a as Eleições de Mentira podem vir como um complemento a ela, mostrando de maneira sucinta como exercer a cidadania em sua forma mais básica, e quem sabe até mesmo mostrar na prática aqueles que os alunos escolheram como seus presentantes. Veja como prepará-las.

Eleições de Mentira

  • Público alvo: pode ser realizada com crianças maiores, por exigir aos pequenos uma reflexão mais complexa sobre direitos e os deveres.
  • Idade: crianças à partir de 10 anos de idade, mas principalmente os adolescentes de 16 anos, que tem direito a voto facultativo.
  • Recursos: o professor pode usar caixas de papelão para criar urnas e papéis em branco para que os alunos escrevam o nome de quais os candidatos que desejam votar. A ideia é que os recursos possam ser usados como meios interessantes de promover o voto, ou no caso, a eleição que promove o ensinamento de cidadania desde bem cedo.
  • Objetivo: a brincadeira “eleições de mentira” é fazer as crianças aprenderem desde pequenas o seu direito em escolher qual o melhor representante para responder pelo povo. Se não quiser que a eleição seja de mentira promova uma eleição representante da sala e um suplente que sirva de apoio caso o representante tenha faltado.

Passo a passo:

  1. Na sala de aula, explique quais os direitos e deveres de uma votação, como ocorre o direito a cidadania para o povo, e então lance essa brincadeira para a turma.
  2. A brincadeira poderá durar mais que uma aula, e poderá selecionar os primeiros candidatos ao cargo de representante pela votação aberta. Os quatro que tiverem mais votos vão para a campanha.
  3. A ideia é deixar que a pessoa exerça seu papel de cidadão votando e tendo o direito de escolher aquele que melhor lhe representa na sua sala de aula.

Regularmente, aplique as eleições de mentira. Uma sugestão muito simples para explorar mais a fundo a brincadeira é definir um “tempo de mandato” para o representando de sala e suplente, para que eles elaborem planos pela sua turma e torná-la mais interessante. Se outras outras turmas aderirem a ideia, pode-se pensar em pontos como reuniões, assembleias e outros aspectos do tipo. Tudo vai depender da reação dos alunos, então capriche bem.

You may be interested

Dia do Eclipse Solar 2017 – 21 de agosto (guia de atividades)
Datas Comemorativas
32 views
Datas Comemorativas
32 views

Dia do Eclipse Solar 2017 – 21 de agosto (guia de atividades)

Felipo Bellini - ago 16, 2017

Fala, pessoal! O tema da vez é o Dia do Eclipse Solar 2017. Para conferir mais datas comemorativas exclusivas do Demonstre é só clicar nos links. Espero que gostem! Dia do…

Dia de São Bernardo – Guia de atividades
Datas Comemorativas
29 views
Datas Comemorativas
29 views

Dia de São Bernardo – Guia de atividades

Felipo Bellini - ago 15, 2017

Fala, pessoal. Tudo bem? O tema que será abordado hoje é o Dia de São Bernardo. Para conferir mais datas comemorativas exclusivas do Demonstre é só clicar nos links. Espero que…

Dia do Historiador – Plano de aula
Datas Comemorativas
42 views
Datas Comemorativas
42 views

Dia do Historiador – Plano de aula

Felipo Bellini - ago 14, 2017

Olá, pessoal! O tema que será abordado hoje é o Dia do Historiador. Para conferir mais datas comemorativas exclusivas do Demonstre é só clicar nos links. Desde já, lhe desejo uma…

Deixe uma resposta