Antes de começarmos a discutir sobre as fases do desenvolvimento infantil de 0 a 6 anos, é importante salientar que o desenvolvimento da criança, não é algo que ocorre de forma linear. O desenvolvimento ocorre de forma gradual e se sobrepõe e é sucedida em períodos contínuos de tempo.

Durante esse desenvolvimento, a criança demonstra avanços, porém também pode acontecer retrocessos, pois cada uma se desenvolve de acordo com seu organismo e necessidade. É importante que respeitemos esse desenvolvimento e sua personalidade, e mais importante ainda, é que entendamos que cada criança possui uma idade própria para manifestar determinados acontecimentos.

Quando os professores e pais tentam avançar etapas é gerado uma enorme situação de conflito para criança, esse mesmo sentimento ocorre quando ela não é estimulada. Por isso é muito importante que tanto a família quanto a escola conheçam as fases do desenvolvimento infantil e respeite cada uma delas.

Veja as fases do desenvolvimento infantil de 0 a 6 anos.

Fases do desenvolvimento infantil: de 0 a 6 meses

Nessa fase ocorre o fortalecimento gradual dos músculos e do sistema nervoso da criança, ou seja, é nessa fase que ela começa a ter controle de seus movimentos, os tornando menos bruscos e mais controlados, esse avanço contribui diretamente com o desenvolvimento do controle da cabeça e do tronco.

Com pouco mais de dois meses, a criança já é capaz de levantar a cabeça sozinha, por curtos períodos de tempo, quando é colocado de barriga para baixo, ela terá o controle completo quando completar seus quatro meses.

Nessa mesma idade, ocorre o controle da mão, de forma mais fina, onde é possível que ela segure um brinquedo, ação que até então não era executada, já que a criança permanecia por longos períodos com as mãos fechadas.

Nessa a fase, a criança utiliza seus membros para conseguir se movimentar, movimentos simples como rolar, é executado facilmente após os 5 meses. A criança nesse período, consegue dominar o seu ritmo de alimentação, bom como o seu sono.

Logo no início da vida, a criança não enxerga como nós, mas é nessa fase que ocorre o desenvolvimento da visão, quando a criança está atingindo os 6 meses, ela já consegue enxergar como um adulto.

Fases do desenvolvimento infantil: de 6 a 12 meses.

O desenvolvimento motor dessa fase é marcado pelo desenvolvimento dos músculos e do controle motor, podendo se sentar sozinho e aventurar-se a ficar de pé utilizando como apoio os móveis e objetos que estão a sua volta.

Ao atingir os oito meses a criança já é capaz de se locomover sozinha, ela consegue se arrastar e até mesmo gatinhar, esse processo é a chave para a próxima fase, onde a criança começa a andar, ainda com a ajuda dos móveis.

Fases do desenvolvimento infantil

Em relação a coordenação a criança já é capaz de segurar os objetos bem mais firme do que no inicio e consegue manipulá-lo de uma mão para outra. Além disso ela já tem a independência de colocar alimentos pequenos na boca, e o desenvolvimento da coordenação fina, começa com o controle do indicador.

Fases do desenvolvimento infantil: de 1 a 2 anos

Quando a criança atinge a fase do 1 ano ela já é capaz de dominar seu corpo e seu equilíbrio, ela sobe e desce escadas, móveis, e seu equilíbrio ainda é instável, já que seus músculos e as pernas ainda precisam ser fortalecidos.

Esse equilíbrio se torna completo quando a criança está entre 1 ano e 4 meses a 1 ano e 6 meses, nesse período ela consegue se locomover sem dificuldades e se manter em pé com total segurança.

A coordenação fina está totalmente controlada, e quanto mais estimulo melhor sua capacidade. Nesse período a criança já é capaz de segurar objetos, manipulá-los, consegue transferir de uma mão para outra, e quando já está próximo de completar os 2 anos, já é capaz de andar segurando o objeto.

Fases do desenvolvimento infantil: de 2 a 3 anos

Ao completar os dois anos, a criança já possui total equilibro e a capacidade de sua coordenação é elevada, com isso, ela já consegue saltar enquanto corre ou então trocar a base de apoio enquanto anda, por exemplo, na brincadeira da amarelinha, ela já é capaz de pular de um pé só, e enquanto anda, saltar de um pé para o outro.

A coordenação fina, está ainda mais desenvolvida, ela já é capaz de segurar um lápis fino para realizar desenhos, e de se alimentar sozinha com o auxílio de uma colher.

Durante esse período, dos 2 aos 3 anos, a criança já inicia o seu controle dos esfíncteres, inicialmente ela terá maior controle do intestino, e posteriormente de forma mais gradativa será capaz de controlar a bexiga.

Fases do desenvolvimento infantil: de 3 a 4 anos

Nessa fase a capacidade motora da criança é expandia, ela já é capaz de corres, saltar, se sente mais segura ao subir e descer as escadas de forma ereta, consegue pedalar, como por exemplo, motoquinhas ou triciclos, e não tem medo de encarar os desafios, pelo contrário, se sente tentada a realizar tarefas que antes não sentia segurança em fazer.

É importante que nessa fase, os pais a incentive em se vesti sozinha, não exigindo mais que sua capacidade, mas no momento de trocar a criança, é importante testar a sua independência e ver como ela se sai.

Outro estimulo muito importante nessa fase, é o ato de deixar a criança se alimentar sozinha, no início é importante que seja oferecido uma colher, quando se percebe o controle total dos movimentos, pode-se oferecer um garfo para que ela se alimente.

Em relação a coordenação motora fina, ela já é capaz de copiar figuras geométricas simples, normalmente, a criança inicia pelo círculo, para somente depois começar a desenhar formas mais complexas, como triangulo, hexágono e etc.

Se antes ela possuía um controle parcial dos esfíncteres, agora ela já os domina sem dificuldades, principalmente durante o dia, provavelmente durante algumas noites, ainda ocorrerão “acidentes”, mas não demorará para que isso seja controlado por ela.

Fases do desenvolvimento infantil: de 4 a 5 anos

A fase dos 4 aos 5 anos é marcada pelo rápido desenvolvimento muscular, a criança já possui a coordenação semelhante à de um adulto, e já consegue controlar de forma eficaz os seus movimentos.

A questão da independência com suas atividades se torna ainda mais forte, ela é totalmente capaz de escovar os dentes sozinha, ir ao banheiro, se vestir, e até mesmo pode-se arriscar em pentear o cabelo. É importante que ela tenha o apoio e o estímulo dos pais e professores, já que é fundamental para o seu desenvolvimento a independência dessas ações.

Fases do desenvolvimento infantil: de 5 a 6 anos

Com a aproximação dos seis anos de idade, já é possível reconhecer se a criança será destra ou canhota, já que sua preferência se estabelece nesse período.

A sua independência é confirmada nessa fase, ela já rejeita ajuda no momento de se despi e se vestir, além de ter controle total de sua higiene.

Ela já é capaz de manifestar dores, mal-estar e sabe exatamente dizer o que a incomoda, sua alimentação é variada e é muito importante que os pais a incentive a comer alimentos saudáveis.

Considerações finais sobre as fases do desenvolvimento infantil de 0 a 6 anos

Com base no texto, é nítido como a criança se desenvolve de forma rápida, e é fundamental que os pais e professores saibam exatamente qual a fase que a criança está atravessando para que os estímulos certos sejam aplicados.

Uma boa dica para quem deseja saber um pouco mais sobre esse assunto, é o curso Avaliação do Desenvolvimento Motor infantil. Ideal para pais e professores que necessitam entender melhor o desenvolvimento motor da criança.

 

Fonte: http://www.espacoeducar.net/2012/05/fases-do-desenvolvimento-infantil.html

 

 

 

 

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here