Faça parte do nosso mundo mágico!

Por enquanto somos poucos, mas logo seremos uma legião! Inscreva-se! <3

Discursos Inspiradores – Dia da Consciência Negra

FRASES INSPIRADORAS DE PERSONALIDADES NEGRAS PARA O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Picture

Nossos heróis negros entoam a canção dos justos!

Dizem que o brasileiro é tão miscigenado que se for feito um suco de todos, esse caldo brasileiro seria cantante e de um vermelho tão borbulhante que deixaria a todos espantados. Sendo assim, somos todos em alguma instância negros, e como negros que somos devemos ter orgulho e entoar bravamente nossa raça, cultura, história e costumes, manchando as paredes de cores vivas e emoções fortes.

Para isso, selecionei 50 frases inspiradoras que darão orgulho à qualquer um para com as suas origens.

Sabendo que hoje se comemora o Dia da Consciência Negra e reconhecendo que é pública e notória a importância de grandes nomes de negros na história mundial em seus diversos campos, seja em destaque nos esportes, na militância social, na música, na política, decidi que era deles em especial que queria ouvir as canções desse dia. Então entoemos e na medida que formos inspirados, publiquemos as boas frases em nossos twitter, facebook, g+, whatsapp e assim vai.

A bondade humana é uma chama que pode ser escondida, mas jamais extinta. – Nelson Mandela.

Sim, nós podemos. – Barack Obama.

Ao enfrentar as situações impossíveis, as pessoas que amam o seu país podem mudá-lo. – Barack Obama.

A mudança não virá se esperarmos por outra pessoa ou outros tempos. – Barack Obama.

Nós somos aqueles por quem estávamos esperando. Nós somos a mudança que procuramos. – Barack Obama.

Michelle Obama, a primeira dama dos EUA durante convenção citou Nelson Mandela, dizendo “Tudo parece impossível até que seja feito”.

Sou uma jovem mulher que quer conquistar o mundo. – Sombo.

Sou uma jovem mulher que acredita que pode contribuir com seu continente, seu país, sua comunidade e sua família. – Sombo.

Nós temos que ter orgulho em ser quem somos. Almejar a excelência.
Quando fizermos isso, a América estará pronta para nos ajudar.  – Thabang.

O africano é conhecido por ser o protetor de seus irmãos e é isto que eu sou. Espero que um dia eu seja a mudança. – Maryam, da Nigéria.

Essa é uma das coisas estamos aprendendo aqui: a falar. – Ida.

E agora temos que ser escutados. Somos o futuro. Em resumo, é isto que eu sou. Eu sou o futuro. O futuro africano. – Ida.

Temos um desejo mais profundo, um anseio por um mundo melhor. – Sombo.

Temos uma vontade verdadeira de fazer melhor. – Sombo.

Não importa a cor quando duas mãos estão juntas projetando a mesma sombra. – Martin Luther King Jr.

Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra. – Bob Marley.

Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele. – Martin Luther King Jr.

Acredito na liberdade para todos não apenas para os negros. – Bob Marley.

Se um homem não descobriu nada pelo qual morreria, não está pronto para viver. – Martin Luther King Jr.

Não preciso ter ambições. Só tem uma coisa que eu quero muito: que a humanidade viva unida… negros e brancos todos juntos. – Bob Marley.

Nunca estarei satisfeito até que a segregação racial desapareça da América. – Martin Luther King Jr.

Não ficaremos satisfeitos enquanto um só negro do Mississipi não puder votar. – Martin Luther King Jr.

Enquanto imperar a filosofia de que há uma raça Inferior e outra superior, o mundo estará permanentemente em Guerra! – Bob Marley.

Nossa pretensão é de uma sociedade não racial. Não é uma questão de raça; é uma questão de ideias. – Nelson Mandela.

Eu tenho um sonho, que os negros e os brancos andassem em irmandade, e sentarem-se na mesma mesa em paz. – Martin Luther King Jr.

Nós não podemos pensar em nos unirmos com os outros até que sejamos primeiro unidos entre nós. – Malcon X.

A razão pela qual intolerância, sexismo, racismo e homofobia existem é o medo. – Madonna.

Tire o seu racismo do caminho, que eu quero passar com a minha cor. – Georges Najjar Jr.

A maior expressão do preconceito racial no Brasil está justamente na negação desse preconceito. – Demétrio Sena.

Não podemos pensar em ser aceitáveis para os outros até que tenhamos primeiro provado aceitáveis para nós mesmos. – Malcon X.

A má índole associada a falta de educação, leva ao racismo, preconceito, e até a marginalidade. – Milton Santos.

Se você não cuidar, os jornais farão você odiar as pessoas que estão sendo oprimidas, e amar as pessoas que estão oprimindo. – Malcon X.

Racismo é morte intelectual. – Paulo Henrique Moura de Souza.

Eu creio que a maior arma contra o racismo e o preconceito seja a educação! – Deka Rissi.

O primeiro passo antes dos outros acreditarem, é você acreditar. – Will Smith.

Se você não está pronto para morrer por ela, coloque a palavra “liberdade”  fora do seu vocabulário. – Malcon X.

Minha consciência é armadura, nas batalhas incansavelmente travadas contra o racismo. – Eli Odara Theodoro.

Racismo é igual a pessimismo, julga pior por que não se acha melhor. – Nicholas Fly.

Não se pode separar paz de liberdade porque ninguém consegue estar em paz a menos que tenha sua liberdade. – Malcon X.

O Dia da Consciência Negra é importante para lembrarmos que alma não tem cor. – João Carlos Soares.

Nosso país será justo quando os brancos, negros, indígenas e outras etnias viverem em condições de igualdade de direitos sociais. – Felipe B. Anezzi.

Dr. Martin Luther King não é um herói negro. Ele é um herói americano. – Morgan Freeman.

As únicas pessoas que realmente mudaram a história foram as que mudaram o pensamento dos homens a respeito de si mesmos. – Malcon X.

Negro é a história da história americana. – Morgan Freeman.

Educação é o nosso passaporte para o futuro, pois o amanhã só pertence ao povo que prepara o hoje. – Malcon X.

Vamos discutir a “indigenitude”, a “negritude” e a “branquitude”, assim chegaremos à “humanitude”. – Hernani Francisco da Silva.

O preconceito racial é uma “doença” que deve ser eliminada da sociedade brasileira. – João Carlos Soares.

Sociedade feliz é aquela onde há justiça social, sem preconceito racial. – Talita G. R. Mazelli.

A força de vontade deve ser mais forte do que a habilidade. – Muhammad Ali.

Não lutamos por integração ou por separação. Lutamos para sermos reconhecidos como seres humanos. – Malcon X.

E com isso acaba. Espero ter tocado vocês nesse dia tão especial. Se orgulhem de sua negritude, pois por mais branco que possa parecer, a chama da cultura africana ressoa em cada pedacinho do nosso Brasil, estando então impregnada em você, em cada parte, célula e molécula. E é por essa herança toda você é tão linda!

Amplie seus horizontes e vivencie sua Consciência Negra

Bellini Bellini
Post Author
Felipo Bellini
Professor de inglês e tradutor. Leciono na educação básica como concursado pelo governo do estado do Rio Grande do Norte atuando no: Ensino Fundamental II, Ensino Médio regular e na Educação de Jovens e Adultos - EJA; gerencio a empresa Traduza, onde me responsabilizo tanto pela tradução de livros e artigos científicos, como orientação da equipe; e sou mestrando do programa de pós graduação em linguagem da UFRN. Na infância apresentei problemas de aprendizagem, o que me permitiu ter contato com diversas experiências para evoluir meu nível escolar, e no decorrer desse processo refletir a prática e interação como objetos necessários para a aquisição de conteúdo. Todo esse contato com as metodologias de aprendizagem e acompanhamento da minha família fez com que muito cedo assumisse minha primeira sala de aula, sendo monitor e depois professor em um curso pré-vestibular da cidade. O interesse na docência era claro, e com 17 anos entrei em Letras na UFRN. Participei desde o primeiro semestre de projetos de pesquisa e extensão; sendo os mais relacionados ao ensino o PIBID, o ÁGORA, o PROCEM e o Curso de Português para Estrangeiros com Cinema. Minha intenção era diversificar e experimentar o que estivesse ao meu alcance, afim de gerar o máximo de experiências na universidade. Por indicação consegui uma estadia para o País de Gales, no Reino Unido, onde fiquei durante 6 meses dando aula de português para estrangeiros na universidade de Cardiff, e recebi uma bolsa da CELTIC para cursar o nível C1 e um curso de literatura básico. No período fiz também o curso técnico de tradução acadêmica pela Cardiff Library (4 meses) e o de Counselor - Educational Issues (2 meses), o último me dando vivência dentro das escolas públicas do país. Após minha formação, em 2013, empreendi na área da educação, montando duas empresas. A primeira uma rede social para professores e alunos chamada TUTORA.ME, onde conseguimos a adesão de mais de 6 mil membros cadastrados, sendo mais de 25% deles ativos diariamente até o fim da plataforma no final de 2015. A segunda um cursinho popular chamado Garra-RN, onde o maior foco era o aprendizado dos alunos através da colaboração e aulas desafio. Esse método nos trouxe ótimos resultados na unidade de Goianinha, com mais de 70% dos alunos aprovados nos concursos públicos de interesse no fim de 2015 e início de 2016. Hoje posso dizer que minha maior motivação são as aulas que leciono no ensino público, onde sou concursado desde 2014. Adoro sair das aulas e ouvir dos alunos que eles tiveram a melhor aula até o momento. Minha busca está na transformação do espaço social e em como conseguir engajamento e metrificar a performance dos meus alunos através de suas atitudes pró-aprendizagem. Neste processo de formação docente que continuo passando encontrei no desenvolver da leitura e escrita com o alunado a resposta para precipícios sociais que nas dinâmicas e brincadeiras costumeiras das aulas de inglês não evidenciava. Passei a inserir dentro das aulas de inglês diversas atividades para resolver os problemas escolares e da comunidade, sempre na perspectiva do aluno. Foram desde cartas de protestos até fanpages para campanhas sociais. Pesquisas comunitárias, projetos de empreendedorismo e até um projeto de escola bilíngue que nas discussões me motivaram a seguir adiante e procurar o curso de Especialização do Ensino da Escrita, onde pretendo me aprimorar e retornar o máximo que puder para os meus alunos.

Comments

4 Comments
  1. posted by
    Maicon
    dez 8, 2015 Reply

    Acho que o pessoal aqui do sul é bem preconceituoso em relação aos negros. Apesar de serem as pessoas da raça negra quem sofre as consequência, acredito que o preconceituoso também é vítima. O preconceito esta tão arraigado na nossa cultura que o sorvemos junto com o leite materno e assim é passado de geração em geração. Acabar com o preconceito racial no Brasil e no mundo será um trabalho árduo. É preciso desconstruir a estrutura de muitas pessoas e de sociedades.

    • Felipo Bellini
      posted by
      felipobellini
      dez 8, 2015 Reply

      É complicado mesmo Maicon. Mas acredito que o primeiro passo está na divulgação da cultura. Conhecendo as pessoas desistem de seus preconceitos e se misturam. Por isso a importância das campanhas sociais, de textos sobre o assunto e muito mais! 😀

  2. posted by
    Antoine
    dez 16, 2015 Reply

    Inconcebível ter que falar sobre racismo, homofobia, perseguição religiosa em pleno 2015. A tecnologia se modernizou e se superou tanto, mas as pessoas infelizmente não acompanharam essa evolução. Continuamos com essa cultura de mesquinharia e preconceito.

  3. posted by
    Cezar
    dez 24, 2015 Reply

    Os negros são guerreiros, lutaram as piores batalhas sempre em desvantagem e estão aqui para conta a história da qual fazem parte. Todo negro deveria ter muito orgulho de fazer parte de uma raça tão valente.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *