Faça parte do nosso mundo mágico!

Por enquanto somos poucos, mas logo seremos uma legião! Inscreva-se! <3

Kendama – Brincadeira Oriental

Você já deve ter ouvido falar da Kendama por conta do seu nome popular aqui no Brasil: o biboquê. Presente em vários lugares do mundo, o Kendama é um jogo muito simples de reflexos, que pode ser praticado sozinho ou em grupos.

Hoje você vai conhecer um pouco mais dessa brincadeira, e como prepará-la para seus alunos.

Como preparar o Kendama?

Esta é uma brincadeira muito simples, e que pode ser praticada ainda nos jardins de infância, incentivando a criatividade. E como você poderá perceber, não existem mistérios para aplicá-la.

Kendama
Público alvo: o público da brincadeira são tanto meninos como meninas.

Idade: pode ser realizada em qualquer idade à partir de 06 anos.

Recursos: a brincadeira pode ser feita com um pote de plástico, barbante e uma bola pequena, que juntos permite criar o típico bilboquê. Além de um pedaço de madeira para o manuseio.

Objetivo: o objetivo da brincadeira é colocar a bolinha desse seu bilboquê em cima. Ao mexer a bola que está no barbante ela deve ficar em cima do brinquedo.

Passo a passo

  1. A brincadeira não exige que mais pessoas brinquem com a pessoa.
  2. Pegue o cabo com o polegar e o indicador para que colocar sua bola logo em cima do brinquedo, ou no caso, no orifício central que está ligando a corda com o suporte.
  3. O movimento é contínuo até conseguir o feito de colocar a bolinha em cima do brinquedo, na sua região central.

O Kendama pode ser aplicado de várias formas dentro de sala. Uma sugestão, inspirada em programas como Chaves, e permitir aos alunos criarem suas próprias versões do biboquês com os mesmos materiais. Elas podem fazer competições entre si também, como quem acerta mais encaixes por vezes seguidas sem deixar cair. Assim, a brincadeira se tornará ainda mais divertida.

Post Author
Felipo Bellini

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *