Karl Marx e a Educação

Imagem

Acho que os que me achavam comunista, ao ver esse título simplesmente me deletaram das redes sociais… Mas infelizmente, ou felizmente para dizer a verdade, é realmente impossível falar de educação e suas políticas sem tratar MARX.

Isso acontece porque todos os professores recebem uma boa dose desse filósofo ao estudar a escola como um bem político e instrumento de revolução social, onde o aluno entra e adquire conhecimentos para poder debater a realidade a sua volta e modificar sua posição e critérios sociais, tendo noção não apenas da sua tarefa, mas de tudo que está interligado ao sistema.

Karl Marx propôs o materialismo dialético que diz que a sociedade está em “constante transformação” e bem longe do que podemos entender por “pronta e acabada”. Essa nova proposta de Marx, dita como revolução social e que buscava a igualdade social tanto do homem, quanto do trabalho tinha como ponto de partida a Educação, que segundo Marx é uma ferramenta preponderante para combater a alienação afim de que a população defendesse uma sociedade igualitária.

Essa transformação educativa, primeiramente proposta por ele é o grande embasamento para que professores busquem na educação o meio de mudar vidas. Ao centralizar a educação como uma ferramenta para acelerar o movimento, Marx reconhece a sua importância e esclarece para os profissionais e diferentes comunidades sociais que tudo é possível se partirmos da educação.

Nesse momento, a educação toma uma importância nunca antes vista. Ela não era apenas uma ferramenta de revolução social para as ideias de Marx, mas a forma mais completa e diretamente inter-relacionada com outros centros sociais para gerar uma forma crítica de pensar e discriminar o papel dos homens dentro dos diferentes contextos sociais.

Então, ai está a relação de Marx com a educação. Para mim, este é o filósofo mais importante da atualidade, não que eu concorde com todas as suas ideias, não que eu seja comunista, mas alguém que entende e divulga a educação como real caminho para empoderar a comunidade merece nossos aplausos de pé.

E basta uma rápida reflexão para entender como suas ideias são atuais. A educação está em voga. Os que mais estudam tem o domínio da discussão e decidem o seu destino. A escola é um centro político, de ideias políticas e de formação de homens políticos. Os que não tem educação sempre tem as cabeças baixas. Estudar é dignificador. Os que estudam tem os papeis mais confortáveis na comunidade. Países pobres ou ditatoriais não permitem que sua educação evolua e sua população vive sobre cabresto. A estrutura é importante, o currículo é importante e a tecnologia é importante, mas o professor é essencial.

Espero ter esclarecido, não considere seu professor comunista por ele gostar do Marx, considere ele lido e veja que todos aqueles que percebem a importância da educação no contexto social reproduzem as ideias desse filósofo.

Obrigado e até a próxima!

“Uma ideia torna-se uma força material quando ganha as massas organizadas.”
KARL MARX

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here