0 Shares 113 Views

São Iguais – Brincadeira para Classes Gramaticais

Bellini Bellini
mar 30, 2016
113 Views

Considerada uma brincadeira para “velhos”, o bingo tem seu lado divertido por trazer um pouco de aleatoriedade e conhecimento atrelados ao divertimento. Por não ser cansativo, é possível jogar por um período considerável de tempo, e talvez daí esteja sua relação com os idosos, já que eles possuem bem mais tempo para aproveitar a brincadeira. Em “São Iguais”, o jogo busca uma ideia parecida, mas para ensinar os alunos as classes gramaticais.

O professor pode transformar este jogo em algo bem interessante, pois permite aos alunos, divididos em grupos, criar uma competitividade a ponto de quererem melhorar seus conhecimentos. E é disto que qualquer aluno precisa – desafio.

Como fazer a Brincadeira São Iguais?

Brincadeira - São Iguais

 

 

Público alvo: pode ser adaptada para todo o ensino fundamental e ensino médio.

Idade: a brincadeira apresentada aqui, é destinada a alunos de 1° série, mas pode ser adaptada a todos os níveis de educação.

Recursos: o professor ou responsável pela atividade deve criar cartelas com diferente nomes e imprimir algumas para brincar em sala (a imagem disponível acima pode ser utilizada para este fim). Por outro lado, deve formar pequenas cartelas com imagens que parecem em todas as cartela. Lembrando que cada cartela deve conter nomes diferentes, ou seja, que nem todas podem ser iguais.

Objetivo: trabalhar de forma dinâmica com os alunos a associação de imagens e palavras.

Passo a passo:

  1. Separe pequenos grupos.
  2. O responsável distribui uma cartela com nomes aos grupos.
  3. Em sequência sorteia as imagens aleatoriamente e mostra a turma perguntando bem alto, que imagem é essa.
  4. Cada equipe deve fazer um x na palavra que representa a imagem. Os que não tem a palavra aguarda um próximo turno.
  5. Ganha a equipe que marcar toda a cartela.

Não deixe de desafiar seus alunos! Ideias como esta, realizadas periodicamente, os deixarão mais animados para estudar, indo um pouco mais além do padrão didático de estudos apenas para avaliações. E ainda que estes métodos sejam aplicados, eles estarão bem mais preparados para este fim.

You may be interested

Sala de recursos multifuncionais – ponto de partida da educação especial
Educação Especial
219 views1
Educação Especial
219 views1

Sala de recursos multifuncionais – ponto de partida da educação especial

Felipo Bellini - jun 26, 2017

Hoje vamos falar sobre a sala de recursos multifuncionais. Texto especial, dentro da série sobre Educação Especial que estamos desenvolvendo aqui no blog e patrocinada pelos queridos…

Karl Mannheim e a Educação
Filósofos da Educação
119 views1
Filósofos da Educação
119 views1

Karl Mannheim e a Educação

Felipo Bellini - jun 25, 2017

Karl Mannheim e a Educação Karl Mannheim foi um sociólogo judeu que ficou conhecido pelas suas obras sobre reconstrução social e educação ocidental. O livro "Ideologia e…

Drácula de Bram Stoker: resumo e análise do livro
Resenhas Literárias
275 views1
Resenhas Literárias
275 views1

Drácula de Bram Stoker: resumo e análise do livro

Felipo Bellini - jun 21, 2017

Fala pessoal, tudo bem? Aposto que você já ouviu falar sobre... Nada mais nada menos do que, vampiros! Hoje iremos conhecer o pai de todos eles, o…

Deixe uma resposta