tobdae

Tobdaé – Conhecendo uma nova forma de Jogar Queimada?

O tobdaé é uma brincadeira indígena muito conhecida nos colégios Brasil a fora, muito praticada pelos estudantes de ensino fundamental e médio, mas com outro nome: queimada. Sim, as origens desta brincadeira-quase-esporte são indígenas, e sofreu tantas variações na queimada que hoje podem ser considerada duas brincadeiras diferentes, embora o objetivo continue sendo o mesmo. Veja como é o Tobdaé.

Como preparar o Tobdaé?

Como dito antes, o Tobdaé é a origem da queimada. E como entre as tribos ainda não existiam bolas, o jogo era feito com petecas. E são com elas que você deve preparar toda a brincadeira.

tobdae

  • Público alvo: crianças, adolescentes e adultos que gostam de se divertir, e têm folego suficiente para correr ao longo da brincadeira.
  • Idade: crianças à partir de 10 anos de idade, e pessoas de idade mais avançada como adolescentes de 16 anos, e adultos de 20 anos.
  • Recursos: um local que permita maior movimentação entre todos os participantes da brincadeira, e uma peteca que pode ser feita a partir de materiais variados, servindo como uma bola.
  • Objetivo: a brincadeira é a habitual queimada. Mas ao invés de uma variedade de pessoas, ocorre apenas entre duas, com a intenção de queimar o adversário para eliminá-lo, além de desviar das petecas.

Passo a passo:

  1. A brincadeira é realizada em dupla e não mais do que isso.
  2. A intenção é que cada um dos jogadores tenha uma peteca em mãos para ter que atingir o adversário e no meio disso tentar desviar de todas as petecas que são jogadas diretamente nele.
  3. O jogador que for atingido será um eliminado da rodada, dando espaço para que outro jogador entre no jogo.
  4. Vence a dupla que eliminar todos os membros da equipe em sequência.

O tobdaé pode ser jogado em várias equipes, e até mesmo com várias petecas. E como o jogo aqui é muito mais dinâmico, ele pode render momentos intensos para os alunos. Não deixe de incluí-lo.

COMPARTILHE
Artigos anterioresJohn Dewey e a Educação
Próximo artigoComo não gerar dúvidas nos alunos?

Professor de inglês e tradutor. Leciono na educação básica como concursado pelo governo do estado do Rio Grande do Norte atuando no: Ensino Fundamental II, Ensino Médio regular e na Educação de Jovens e Adultos – EJA; gerencio a empresa Traduza, onde me responsabilizo tanto pela tradução de livros e artigos científicos, como orientação da equipe; e sou mestrando do programa de pós graduação em linguagem da UFRN.

1 COMMENT

  1. Os índios possuem muitos jogos e brincadeiras indígenas e trazer isso para a infância dos nossos filhos é faz valorizar nossa cultura!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here