in

10 A vida moderna

10 A vida moderna

Olá pessoal hoje o demonstre traz um trabalho diferenciado, onde fala das teorias da sociologia, e neste dia vamos falar da história da sociologia, com dos 10 Fundamentos da vida moderna.

Onde vamos falar dessas etapas de desenvolvimento, do inicio ao fim falando e mostrando todas as etapas do processo da criação da sociologia até os dias atuais, baseado nas origens, comentando sobre esse período.

A vida moderna

Esse é um tema bastante comentado nos dias atuais, onde as pessoas preocupam-se em ter status social, viver de aparência não buscando a felicidade. A vida moderna é viver nos grandes centros urbanos, ir a shopping centers, viver em meio a muita tecnologia.

10 A vida moderna 1

A vida moderna tem seus benefícios, mas também tem uma grande quantidade de defeitos, como: não ter uma grande liberdade por causa da grande violência, uma grande quantidade de pessoas viciadas em celulares, comidas enlatadas, drogas e outros.

A vida mental da metrópole

Fala que os problemas mais graves da vida moderna derivam da reivindicação que faz o indivíduo em preservar a autonomia e individualidade de sua existência em face das esmagadoras forças sociais, da herança histórica, da cultura externa e da vida técnica. É que a vida em sociedades urbanizadas é capaz de gerar conseqüências psicológicas nos indivíduos que dividem o espaço das cidades.

Resultado de imagem para A vida mental da metrópole

Georg Simmel

Foi um sociólogo alemão. Professor universitário admirado pelos seus alunos, sempre teve dificuldade em encontrar um lugar no seio da rígida academia do seu tempo.

Vídeo sobre Georg Simmel:

O direito à cidade

Um direito coletivo, ao invés de individual, pois esta transformação inevitavelmente depende do exercício de um poder coletivo para dar nova forma ao processo de urbanização. O direito a fazer e refazer nossas cidades e nós mesmos é, como quero argumentar, um dos mais preciosos, e ainda assim mais negligenciados, de nossos direitos humanos.

Resultado de imagem para O direito à cidade

Henri Lefebvre

Foi um filósofo marxista e sociólogo francês. Estudou filosofia na Universidade de Paris, onde se graduou em 1920. Cunhou o termo “Direito à cidade” com o qual defendeu que a população deveria ter acesso à vida urbana e que foi desenvolvido no livro de mesmo nome publicado em 1968 em francês: “Le droit à la ville”.

Vídeo sobre Henri Lefebvre:

Comunidade urbana

Uma Comunidade Urbana, era uma área urbana portuguesa, um dos novos conceitos de subdivisão administrativa do país na altura da sua criação. Deviam ter um número de habitantes superior a 150 000 e inferior a 350 000. Nos dias atuais as pessoas vivem em grande maioria na comunidade urbana.

Resultado de imagem para Comunidade urbana

Jane Jacobs

Jane Butzner Jacobs foi uma escritora e ativista política do Canadá, nascida nos Estados Unidos. Sua obra mais conhecida é Morte e Vida de Grandes Cidades, na qual critica duramente as práticas de renovação do espaço público da década de 1950 nos Estados Unidos.

Vídeo sobre Jane Jacobs:

Sistemas de comunicação

apresentação

imagem +

Niklas Luhmann

Niklas Luhmann foi um sociólogo alemão apontado como um dos principais autores das teorias sociais do século XX, deixando uma obra com mais de 14.000 páginas. Durante sua carreira acadêmica, Luhmann também abordou em seus estudos a política, as artes, economia, religião e os sistemas comunicacionais.

Vídeo sobre Niklas Luhmann:

Comunitarismo

O comunitarismo centra seus interesses nas comunidades e na sociedade e não no indivíduo, como o liberalismo faz. Eles creem que as comunidades são a base de todas as soluções para um mundo melhor e que o liberalismo não vem conferindo a importância que elas merecem, devido ao individualismo defendido pelo sistema liberal. Os comunitaristas acreditam que o individualismo do liberalismo prejudica as análises sobre as questões de nosso tempo, como, o aborto, o multiculturalismo, a liberdade de expressão, entre outras.

Resultado de imagem para Comunitarismo

Amitai Etzioni

Amitai Etzioni é um sociólogo germano-estadunidense-israelense. É um dos autores mais importantes da Abordagem Estruturalista mais precisamente da Teoria Estruturalista da Administração. Sociólogo e professor das Universidades de Columbia e de George Washington e membro do Instituto de Estudo de Guerra e Paz.

Vídeo sobre Amitai Etzioni:

Mcdonaldização

McDonaldização é uma reconceptualização da racionalização da e gestão científica. Onde Max Weber usou o modelo da burocracia para representar a direção desta sociedade em mudança, Ritzer vê o restaurante de fast-food como um paradigma contemporâneo mais representativo. O processo de McDonaldização pode ser resumido como a maneira pela qual “os princípios do restaurante fast-food começam a dominar mais e mais setores da sociedade norte-americana, bem como do resto do mundo.

Resultado de imagem para Mcdonaldização

George Ritzer

George Ritzer é um sociólogo estadunidense que estuda os padrões americanos de consumo e a globalização, além de contribuir para a metateoria e a teoria social moderna e pós-moderna. Conforme verificado em março de 2012, Ritzer atualmente é professor da Universidade de Maryland.

Vídeo sobre George Ritzer:

Capital social

É a parcela do patrimônio líquido de uma empresa através de investimento na forma de ações (se for sociedade anônima) ou quotas (se for uma sociedade por quotas de responsabilidade limitada) efetuado na companhia por proprietários ou acionistas. Abrange, não somente as parcelas entregues pelos acionistas, também os valores obtidos pela empresa que, por decisão dos acionistas, são adicionados no capital social sem devolução.

Resultado de imagem para Capital social

Robert David Putnam

Robert David Putnam é um cientista político e professor norte-americano, com atuação na Universidade Harvard. Para Putnam, capital social refere-se a práticas sociais, normas e relações de confiança que existe entre cidadãos de uma dada sociedade. Sistema de participação que estimulam a cooperação.

Vídeo sobre Robert David Putnam:

Disneyzação

 disneyzação é um processo da sociologia que envolve a caltura infantil baseado no que é visto através do marketing.

10 A vida moderna 2

Alan Bryman

Alan Bryman foi Professor de Pesquisa Organizacional e Social na Universidade de Leicester, antes disso, Bryman passou 31 anos na Universidade de Loughborough. Ele é mais conhecido por três áreas principais de trabalho.

Vídeo sobre Alan Bryman:

Gentrificação e vida urbana

A gentrificação corresponde ao processo de modificação do espaço urbano, em que áreas periféricas são remodeladas e transformadas em espaços nobres ou comerciais. A vida urbana é o processo de que as pessoas vivem a maioria atualmente em grandes centro muito pelo emprego, buscando uma melhor condição de vida.

Resultado de imagem para Gentrificação e vida urbana

Sharon Zukin

Sharon Zukin é professora de sociologia especializada na vida urbana moderna. Ela leciona no Brooklyn College e no Graduate Center da City University of New York.

Vídeo sobre Sharon Zukin:

FIM

Chegamos ao fim da lista que fala das etapas da Vida Moderna, falando e explicando como foi feito até os dias atuais, assim tanto nos negócios quanto na vida pessoal. Se você gostou compartilhe nas redes sociais.

O problema do Brasil é o herói - Vote direito!

O problema do Brasil é o herói – Vote direito!

O que é substantivo?

O que é substantivo?