10 Atividades Sobre Cantigas Medievais 2
atividades sobre cantigas medievais

As cantigas medievais foram marcantes no período da Idade Média, pois faziam parte da literatura dos trovadores, os quais podemos comparar aos contadores de história.

Índice: hide

Atividades sobre Cantigas Medievais

As cantigas tratavam sobre o amor, a amizade, maldizer e até mesmo sátiras à sociedade medieval. Logo, é importantíssimo compreender o contexto histórico e social da época, assim percebendo os reflexos da cultura ibérica na literatura.

A História dos Contadores de História – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Imagem relacionada

A Idade Média foi um longo período da história entre os séculos V e XV, caracterizado especialmente pela presença do Teocentrismo (deus como centro do universo) e o homem ocupava um espaço secundário, vivendo a partir dos valores morais ensinados pela Igreja.

Recursos da atividade A História dos Contadores de História:

• Computador e data-show ou televisão com acesso à internet;

• Fita vermelha larga;

• 06 cartolinas;

• Canetas coloridas;

• Lápis e borracha;

• Tesoura sem ponta e cola branca;

• Imagens impressas.

• Espaço na parede.

Passo a passo da atividade A História dos Contadores de História:

  1. Sugerir uma leitura prévia sobre o contexto histórico e social da Idade Média;
  2. Dispor a fita vermelha larga em forma de uma grande seta ao longo de uma parede disponível;
  3. Separar os alunos em 06 grupos e cada grupo deve dispor de 01 cartolina e os materiais necessários para elaborar um quadro ilustrativo de um dos principais aspectos da Idade Média;
  4. As cartolinas devem dispor em sequência.

O Sistema Feudal – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

O Feudalismo foi um sistema, político, econômico e social, pautado na fé e na sociedade rural e autossuficiente. Nessa realidade, as classes sociais eram estratificadas, logo, quem nascia nobre morria como nobre, quem nascia camponês morria como camponês.  Assim, os senhores feudais, donos dos meios de produção, da terra e que usufruíam da produção, detinham de camponeses que trabalhavam em suas terras em uma vida miserável. E, devido a estrutura social da época até mesmo na arte havia distinções.

Recursos para a atividade O Sistema Feudal:

• Livros e/ou acesso à internet;

• Folhas A4;

• Canetas e lápis coloridos;

• Lápis grafite e borracha.

Passo a passo da atividade O Sistema Feudal:

  1. Solicite que, após uma pesquisa sobre o sistema feudal, façam um mapa mental sobre o assunto;
  2. Pode ser um desenho, um mapa mental, tópicos ou como preferirem;
  3. O Telecurso 2000 traz uma breve comparação sobre o sistema feudal e como funcionava a relação entre os donos de terra e os camponeses. É uma boa dica de revisão após as leituras dos alunos.

O Homem Medieval e a Igreja – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Imagem relacionada

A Idade Média foi um período marcado pelo aspecto religioso, visto que a Igreja Católica era a instituição social mais importante e representante do cristianismo. A Igreja ditava os valores, os modos, os costumes, comportamentos e pensamentos do homem. Assim, a sociedade medieval era pautada sobre regras inflexíveis e normas muito rígidas impostas em todos os aspectos da vida. Vamos compreendê-los um pouco melhor?

Recursos para a atividade O Homem Medieval e a Igreja:

• Livros e/ou acesso à internet.

Passo a passo da atividade O Homem Medieval e a Igreja:

  1. Solicite que os alunos pesquisem sobre  costumes e normas sociais da época medieval;
  2. Depois, em uma roda de conversa, discutam sobre os costumes que encontraram e o que pensam sobre o assunto.

Classes de Compositor – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Na Idade Média, as poesias eram melódicas, compostas e declamadas pelos trovadores, quem hoje consideraríamos poetas ou improvisadores, no geral eram homens que expunha-as  nos feudos. Entre os compositores havia classificações de trovadores de acordo com a origem socioeconômica: uma pessoa só poderia ser chamado de trovador caso possuísse origem nobre; compositores de origem pobre eram chamados de jogral e, se mulher, jogralesa. Vamos conhecer um pouco mais sobre esses poetas medievais?

Recursos para a atividade Classes de Compositor:

• Acesso à internet e/ou livros;

• Folhas de papel pautado;

• Lápis, borracha e canetas.

Passo a passo da atividade Classes de Compositor:

  1. Solicite uma pesquisa os poetas medievais e o motivo das distinções de nomenclaturas, visto que, de modo geral, todos eram compositores que contavam histórias de terras distantes;
  2. Peça que escrevam ou esquematizem o que encontraram, o que pensam do assunto e qual relação encontram sobre o que já estudaram sobre Feudalismo.

O Amor Romântico  – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Os trovadores do século declamavam que o verdadeiro amor só existiria fora do casamento, tendo em vista que não haveria o peso das convenções sociais. Além disso, a mulher passou a ser valorizada, a ser atendida em suas vontades e amada de forma incondicional, quase deificada. O canal ARKANA traz um pequeno vídeo ilustrado e bem explicativo sobre como a poesia lírica ibérica chegou em outras regiões da Europa e, especialmente na França, reinventaram-na para falar de amor.

Recursos para a atividade O Amor Romântico:

• Acesso à internet ou pendrive com vídeo salvo e data-show ou TV.

• Vídeo indicado acima.

Passo a passo da atividade O Amor Romântico:

  1. Exposição do vídeo indicado;
  2. Dispor os alunos em uma roda de conversa para ouvir a opinião dos alunos sobre o amor romântico.

As Ondas do Mar e a Sofrida Espera – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Na lírica medieval galego-portuguesa uma cantiga de amigo é uma composição breve e singela posta na voz de uma mulher apaixonada. Devem o seu nome ao facto de que na maior parte delas aparece a palavra amigo, com o sentido de pretendente, amante, esposo. Ainda que todos os poetas medievais fossem homens, utilizavam o ponto de vista feminino nas cantigas de amigo, que têm como tema o erotismo feminino e os conflitos resultantes da ausência do ‘amigo’. Caracterizam-se formalmente pela repetição e pela tema fundamental: o sofrimento do amor.

Recursos para a atividade As Ondas do Mar e a Sofrida Espera:

• Impressões suficientes;

• Lápis e borracha.

Passo a passo da atividade As Ondas do Mar e a Sofrida Espera:

  1. Distribua as atividades aos alunos;
  2. Solicite que, após a leitura, busquem interpretá-la e relacionar ao conteúdo abordado.

A Luíza de Tom Jobim  – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Tom Jobim foi um cantor, compositor, maestro, pianista, arranjador e violinista brasileiro, considerado um dos criadores e principais expoentes da bossa nova. Carioca,ainda iniciou uma breve carreira a arquitetura, mas desistiu para se tornar pianista. As influências impressionistas de pianistas e compositores Debussy e Ravel somadas à melancolia melódica, a leveza e a complexidade de suas canções tornou-o aclamado. Mesmo muito culto e considerado um renome entre grandes nomes da música, marcou gerações ao articular o erudito à música popular. O pianista morreu em Nova Iorque, no ano de 1994. Assim, a canção Luíza, de acordo com Revista Bula, a canção foi inspirada em uma moça muito bela que Jobim avistou em um bar. A idealização feminina, a devoção e as expectativas amorosas e a presença do termo trovador lembra sobre o que já tratamos neste post. Vamos ver se os alunos conseguem identificar?

Recursos para a atividade A Luíza de Tom Jobim:

• Acesso à internet ou música salva no pendrive ou celular;

• Caixas de som.

Passo a passo da atividade A Luíza de Tom Jobim:

  1. A música deve ser reproduzida em sala de aula de uma a duas vezes se necessário;
  2. Perguntar se os alunos o que interpretaram da música e se lembra-os de algum conteúdo.

Romance, O Filme – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Romance é um filme brasileiro, do gênero romance, lançado em 2008. A história se passa entre São Paulo e o Rio de Janeiro entre atores que se apaixonam durante os testes de uma peça Tristão e Isolda, um grande romance do século XII que influencia as histórias de amor ainda na atualidade. Entre a ficção do amor idealizado e o amor real vivem os personagens que se desencontram e reencontram-se entre atos e vida real. O que acha de prestigiarmos essa obra?

Recursos para a atividade Romance, O Filme:

• Reprodução do filme.

Passo a passo da atividade Romance, O Filme:

  1. A partir do filme, os alunos devem perceber as semelhanças entre o filme e os trovadores e entre outras questões como idealização do amor;
  2. Durante a conversa, pode-se citar filmes ou histórias infantis que reforçam a idealização do amor e de sua vivência;
  3. Perceba as opiniões trazidas pelos alunos: É um ideal problemático? É certo ou errado? Faz sentido para eles?

As Próprias Cantigas de Escárnio – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Cantigas de escárnio são aquelas que os trovadores fazem querendo dizer mal d´alguém em elas, duplo sentido, exigindo interpretação textual. Nessa classificação de cantiga, é interessante trabalhar também o comparativo entre as normas de morfologia atual e antiga, visto que os acordos ortográficos são partes importantes na história. Além da morfologia é um bom meio de perceber quanto à interpretação textual dos alunos.

 

Recursos para a atividade As Próprias Cantigas de Escárnio:

• Impressões suficientes;

• Lápis e borracha.

Passo a passo da atividade As Próprias Cantigas de Escárnio:

  1. Distribua as atividades aos alunos;
  2. Solicite que, após a leitura, busquem interpretá-la e relacionar ao conteúdo abordado;
  3. Além disso, pergunte se fazem uso da ironia e/ou se sabem o que significa ironia e sarcasmo.

O Bizu das Cantigas Medievais – 10 Atividades Sobre Cantigas Medievais

Resultado de imagem para mapa mental

Chegamos ao fim das atividades sobre as cantigas medievais. É assunto interessantíssimo que aborda diversos aspectos históricos para só assim os alunos realmente compreendam o assunto sobre o Trovadorismo, Idade Média e todos as ramificações que se partem desses tópicos. Vamos lá?!

Recursos para a atividade O Bizu das Cantigas Medievais:

• Acesso à internet e/ou livros;

• Folhas de papel A4;

• Lápis, borracha e canetas coloridas.

Passo a passo da atividade O Bizu das Cantigas Medievais:

  1. Após a distribuição dos materiais, peça que escrevam ou esquematizem o que encontraram, o que pensam do assunto e qual relação encontram sobre o que já estudaram sobre Feudalismo e os dias atuais;
  2. É importante para o aluno relacionar o passado ao presente, mesmo que ainda não possa escrever, eis um exercício para a memória.

Fim das Atividades sobre Cantigas Medievais.

Olá, espero que tenham gostado. Obrigado por tudo e até o próximo texto!!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.