in ,

10 Brincadeiras de Geografia

10 Brincadeiras de Geografia 1

Neste post, você encontrará diversas brincadeiras de geografia que com certeza irá divertir todo mundo. Confira a seguir.

10 Brincadeiras de Geografia

A Geografia é uma ciência que tem por objetivo o estudo da superfície terrestre e a distribuição espacial de fenômenos significativos na paisagem. Também estuda a relação recíproca entre o homem e o meio ambiente.

Neste post, você encontrará diversas brincadeiras de geografia que com certeza irá divertir todo mundo. Confira a seguir.10 Brincadeiras de Geografia 1

Brincadeiras de Geografia – O que tem no meu bairro?

Essa brincadeira é idealizada para as crianças, de modo que elas conhecerão a geografia do bairro em que elas moram de uma maneira bem divertida.10 Brincadeiras de Geografia 2

Recursos para a brincadeira:

  • Folhas de papel;
  • Lápis de cor.

Passo a passo da brincadeira:

  1. Primeiramente, junte as crianças em roda e peça para que elas pensem no bairro em que elas moram, peça que elas se recordem de todas casas e todos estabelecimentos que elas já passaram em frente.
  2. Em seguida, peça que elas dividam a folha de papel em quatro partes e desenhem quatro diferentes espaços.
  3. Cada lugar, equivale a 10 pontos, caso você seja único em sua escolha e ninguém mais tenha pensado no mesmo estabelecimento, se o estabelecimento repetiu, irá valer apenas 5 pontos.
  4. É importante que as crianças não vejam e nem se comuniquem com seus colegas para a brincadeira ter mais suspense.
  5. Ao final, peça que as crianças compartilhem suas observações e seus desenhos, some quantos pontos cada criança formou e veja quem venceu.

Brincadeiras de Geografia – Jogo das Bandeiras

Será que os adolescentes possuem uma boa memória? Essa brincadeira irá despertar a curiosidade de todo mundo e todos irão se divertir.10 Brincadeiras de Geografia 3

Recursos para a brincadeira:

  • Fotos de bandeiras.

Passo a passo da brincadeira:

  1. Primeiramente, divida todos os participantes em grupos. Ao dividir o grupo, peça que escolham um líder para que seja o responsável em ser a voz do grupo.
  2. Explique para a sala que você irá mostrar as bandeiras e quem falar primeiro a qual país a bandeira pertence, ganhará a rodada.
  3. É importante que somente o líder fale pelo grupo, para que a sala não vire uma verdadeira confusão.
  4. Vence quem acertar mais bandeiras.

Brincadeiras de Geografia – Qual a capital?

Essa brincadeira irá despertar a memória das pessoas participantes, todo mundo irá se divertir, ainda mais se a grau de dificuldade desta brincadeira for alto. Se uma pessoa não sabe nem a existência de um país, como ela saberá a capital?10 Brincadeiras de Geografia 4

Recursos para a brincadeira:

  • Tabela com nomes de países e capitais.

Passo a passo da brincadeira:

  1. Assim como a brincadeira anterior, primeiramente, divida todos os participantes em grupos. Ao dividir o grupo, peça que escolham um líder para que seja o responsável em ser a voz do grupo.
  2. Explique para a sala que falar o nome de alguns países e quem responder primeiro a respectiva capital deste país irá ganhar a rodada.
  3. É importante que somente o líder fale pelo grupo, para que a sala não vire uma verdadeira confusão.
  4. Vence quem acertar mais capitais.

Brincadeiras de Geografia – Complementando

Essa brincadeira irá embaralhar todos que brincarem, pois para está brincadeira, será necessária muita atenção para que você não se confunda.10 Brincadeiras de Geografia 5

Recursos para a brincadeira:

  • Nenhum.

Passo a passo da brincadeira:

  1. Primeiramente, os jogadores irão se sentar em roda ou em fila. O primeiro jogador começa falando o nome de uma cidade, província, estado ou país. O participante seguinte deve falar o nome de outro lugar que comece com a última letra da palavra dita pelo primeiro e assim sucessivamente.
  2. Por exemplo: se a primeira pessoa disser “Brasil”, a segunda poderá dizer “Londres”, a terceira “São Paulo”, etc.
  3. O jogador que errar será eliminado e vence quem ficar por último. Use dicionários e mapas para ajudar a tirar dúvidas de ortografia e sobre a existência dos lugares.
  4. Para deixar o jogo mais emocionante, determine um tempo curto para as respostas – 30 segundos, por exemplo.

Brincadeiras de Geografia – Rosa dos Ventos

Essa brincadeira é extremamente perfeita para saber quem iria conseguir sobreviver em um espaço deserto utilizando apenas uma bussola. Você saberia se guiar?10 Brincadeiras de Geografia 6

Recursos para a brincadeira:

  • Desenho da rosa dos ventos.

Passo a passo da brincadeira:

  1. Mostre para os participantes a rosa dos ventos. Explique que será uma espécie de chamada oral entretanto de uma forma mais descontraída, ninguém deverá ficar preocupado com nota.
  2. Aponte um ponto da rosa dos ventos e chame alguém para adivinhar. A brincadeira ficará mais difícil se você deixar de lado os pontos cardeais, e explorar os pontos colaterais e subcolaterais.

Brincadeiras de Geografia – Jogo da Forca

Essa brincadeira todo mundo conhece e será a maior alegria entre a criançada, afinal, jogos de adivinhação sempre promovem muita diversão.

Sugerimos que o professor trabalhe com palavras referentes a termos e conceitos-chave que foram apreendidos ao longo do ano ou do bimestre a fim de que os alunos apreendam melhor os temas trabalhados e associem a matéria a algo divertido, o que pode fazer com que as aulas rendam mais.10 Brincadeiras de Geografia 7

Recursos para a brincadeira:

  • Lousa;
  • Giz.

Passo a passo da brincadeira:

  1. Estabeleça uma forma de sorteio, como uma numeração ou nome para cada grupo a ser sorteada em papéis dobrados ou por formas diversas.
  2. Escolha a palavra e uma dica, colocando o número de espaços referentes à cada letra da palavra a ser adivinhada e uma dica correspondente logo abaixo.
  3. Sorteie, a cada vez, o grupo que deverá dizer uma letra. Para cada acerto, é um ponto. Caso alguém acerte a palavra inteira, são cinco pontos. A palavra só poderá ser dita quanto faltar três letras para completá-la.
  4. Assim, vence aquele grupo que fizer a maior pontuação ao final da aula.

Brincadeiras de Geografia – Estações

Muitas crianças não sabem as diferenças entre as estações do ano. Nesta brincadeira, além de se divertirem ao som de Patati Patata, as crianças aprenderam sobre as estações.10 Brincadeiras de Geografia 8

Recursos para a brincadeira:

  • Letra da canção “As quatro estações do ano”, da dupla Patati Patata:

“As quatro estações do ano

As quatro estações do ano,agora você vai conhecer,
as quatro estações do ano,vale a pena aprender
Primeiro vai chegando a primavera,
eu vou colher as flores do jardim,
dar um bom dia para a amiga natureza e com certeza ela vai sorrir pra mim.
Logo depois vem chegando o verão,
e na praia nós vamos passear, tomar um banho de cachoeira e ver os peixes nadando lá no mar.
As quatro estações do ano, agora você vai conhecer,
as quatro estações do ano, vale a pena aprender.
Chegou o outono e as folhas vão caindo,
o vento forte vai soprando sem parar, anunciando que o outono está partindo e um novo tempo está pra chegar.
No inverno eu vou me agasalhar, pois do frio eu tenho que fugir,
lembrar que a primavera logo vai voltar e as flores novamente vão se abrir.
As quatro estações do ano, agora você já conheceu. Primavera, verão, outono e inverno.
Valeu a pena aprender”

  • Globo terrestre;
  • Animações e projeções em computador;
  • Cartolina e diferentes tipos de papéis;
  • Tesoura.

Passo a passo da brincadeira:

  1. Primeiramente, relacione as estações do ano com o clima.
  2. Utilize as estações do ano para falar sobre as frutas típicas de cada estação e os estimule a ter uma alimentação saudável.
  3. Discuta sobre os fenômenos da natureza que ocorrem em cada estação.
  4. Mostre como as estações do ano influenciam em setores da economia (sorvetes, turismo e agricultura).

Brincadeiras de Geografia – Aquecimento Global

O objetivo do jogo é aprender sobre o efeito estufa, inclusive sobre o fato de que as atividades humanas tem liberado grandes quantidades de gases de efeito estufa ao longo do último século. Isso faz com que o efeito estufa se intensifique, resultando no aquecimento global e nas mudanças climáticas.10 Brincadeiras de Geografia 9

Recursos para a brincadeira:

  • Sala ampla;
  • Giz;
  • Cartões coloridos.

Passo a passo da brincadeira:

  1. O facilitador pede a todos os jogadores para darem as mãos e fazerem o maior círculo possível. Em seguida, para soltar as mão e darem dois passos para trás.
  2. O facilitador desenha no chão um círculo com o giz (ou utilizando a fita adesiva ou linha), passando atrás do círculo formado pelos jogadores;
  3. No centro do círculo maior, o facilitador marca um círculo menor, de 1 metro de diâmetro;
  4. Há cerca de 3 a 5 metros de distância de um dos lados do círculo maior, o facilitador marca o chão com uma linha de partida. Os cartões de papel colorido são colocados em três pilhas sobre a linha;
  5. Os jogadores são divididos em duas equipes, A e B, com um número igual de pessoas;
  6. Informe aos grupos que o círculo menor representa a Terra, o círculo grande representa a atmosfera, e a linha de partida, o sol.
  7. O facilitador indica a equipe A como o time do Calor e a equipe B como o time do Efeito Estufa;
  8. O time do Efeito Estufa escolhe dois jogadores para começar no grande círculo. Todos os jogadores do time do Efeito Estufa devem sempre manter os dois pés sobre a linha do círculo grande marcada no chão, movendo-se para a direita ou para a esquerda. Os demais participantes do time esperam a sua vez de pisar no círculo do lado de fora;
  9. A cada 10 segundos (é preciso ser rigoroso com o tempo), o facilitador deverá adicionar um jogador do time Efeito Estufa ao grande círculo;
  10. O time do Calor começa atrás da linha de partida. Um de cada vez, cada participante deve pegar um cartão de papel colorido, correr para o círculo pequeno – que representa a Terra – e o tocar com um pé, voltando para a linha de partida o mais rapidamente possível;
  11. O time do Efeito Estufa tem por objetivo evitar que o participante do outro time consiga sair do círculo grande, marcando-o com a mão, mas somente depois que ele tiver entrado e tocado o círculo menor com o pé;
  12. Se o jogador do time do Calor for marcado, ele estará fora do jogo e o cartão de papel colorido será entregue ao time do Efeito Estufa. Se ele conseguir escapar do grande círculo de volta à linha de partida, o cartão será do time do Calor;
  13. O jogo termina depois de 3 minutos;
  14. Refaça o jogo, dessa vez com as equipes em papéis invertidos;
  15. A equipe com maior número de cartões de papel colorido ganha.

Brincadeiras de Geografia – Dengue

A dengue é uma doença grave e que pode matar. Alguns sintomas são: Febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos. A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti infectado.

Nesta brincadeira as crianças além de se divertirem, aprenderam a importância de se prevenirem e combaterem esse pequeno mosquito.10 Brincadeiras de Geografia 10

Recursos para a brincadeira:

  • Mosquito em pelúcia.

Passo a passo da brincadeira:

  1. A brincadeira é a da “Batata Quente”, só que a mesma foi adaptada a temática trabalhada pela equipe, que é a Dengue, tornando-se a “Mosquitinha Quente”.
  2. É feito uma roda com os participantes, coloca-se uma música, e as pessoas têm que ir passando uma “mosquitinha” de pano, de mão em mão.
  3. Quando a música pára, a pessoa que estiver segurando a “mosquitinha”, deve pegar uma pergunta dentro da mesma, e respondê-la. A atividade foi bem divertida e os alunos adoraram participar!

Brincadeiras de Geografia – Desigualdade social

Essa dinâmica tem como objetivo refletir sobre o papel da educação frente as injustiças cometidas pelo Estado. Também tem como objetivo refletir sobre o papel do cidadão frente a um Estado que rompe com o “contrato social” (no sentido  de Rousseau). Refletir sobre a desapropriação de bens em ações socialistas também faz parte dos princípios dessa dinâmica.10 Brincadeiras de Geografia 11

Recursos para a brincadeira:

  • Bombons;
  • Vendas para os olhos.

Passo a passo da brincadeira:

  1. Inicie a aula sem dizer os objetivos, apenas fale que será realizado uma brincadeira. Comunique a regra do jogo: ninguém pode emitir nenhum tido de som durante toda a dinâmica, apenas poderá falar (sim ou não) aqueles que o professor solicitar.
  2. Peça que todos coloquem os bombons sobre a mesa. Certamente alguns não levarão para a aula os bombons solicitados – isso faz parte da dinâmica (em escola pública, onde as desigualdades sociais são marcantes, a dinâmica funciona ainda melhor). Passe recolhendo todas os bombons. Lembrando que ninguém pode falar nada! Aleatoriamente, deve ser vendado os olhos de cerca  de 1/3 dos alunos. Redistribua os bombons de forma desigual (deixe uns alunos que estão com os olhos vendados sem bombons e outros com um, dois, três, cinco… ).
  3. Coloque em suas mãos para terem ideia (os que estão com os olhos vendados) que estão recebendo os bombons. Olhos vendados, bombons redistribuídos, pergunte a alguns alunos (um de cada vez) se tem se está tudo certo (só podem dizer sim ou não).
  4. Comece com os alunos de olhos vendados que nada receberam (como eles estão de olhos vendados, não terão nem ideia do que está ocorrendo), depois passe para os de olhos vendados que receberam mais de 3 bombons (pergunte a eles se estão satisfeitos, orientando que responda sim ou não, apenas), depois passe para os que estão com vendas, mas que receberam menos de 4 balas. E por fim, pergunte os que estão sem vendas. Nesse momento pergunte se estão satisfeitos e o por que.
  5. Mande que tirem as vendas e pergunte novamente (agora deixe eles falarem o que quiserem a respeito). Certamente agora os que se sentiram prejudicados reclamarão. Nesse momento explique a importância da educação (olhos abertos) para compreender o que se passa na sociedade e na Administração dos recursos angariados por meio de nossos impostos.
  6. Como os que pouco receberam estão insatisfeitos e os que mais receberam estão satisfeitos (especialmente aqueles que não levaram os bombons e agora ganharam), recolha todas os bombons e coloque na bolsa (como se fosse levar para casa). E diga que ficará com todos. Isso de forma bem ditatorial.
  7. Nesse momento eles não concordarão. Explique a partir dai, a importância de questionar o governo quando recolhe os impostos e nada ou quase nada faz.
  8. Diga que “para todos ficarem satisfeitos, será distribuído igualmente à todos, como no Socialismo. Faça assim. Haverá reclamação daqueles que trouxeram 4 bombons e ficaram com menos (devido ao fato de nem todos terem trazido, e na hora da divisão os que trouxeram 3 bombons ficarão com 2 ou 1 bombom).
  9. A partir dai discuta questões ligadas ao socialismo e a políticas redistributivas.
  10. Reflita que nem todos não contribuem devido as condições de comprar bombons naquele dia, assim como tem pessoas na sociedade que são impossibilidades por vários motivos de contribuir economicamente para o Estado. Seria justo a redistribuição dos recurso públicos de forma igualitária?
  11. Relembre a eles que o socialismo pregava que cada um deveria contribuir com sua capacidade e receber conforme sua necessidade.

Até a próxima!

Espero que após esse post, você venha ter diversos momentos divertidos de modo que a geografia seja inclusa nessas brincadeiras.

7 atividades sobre Grécia Antiga 5

7 atividades sobre Grécia Antiga

Filme Online: Anjo (1937) - Angel (1937) - Ernst Lubitsch

Filme Online: Anjo (1937) – Angel (1937) – Ernst Lubitsch