Doenças Vaginais

Hoje vamos falar sobre doenças vaginais, as causas, sintomas e prevenção:

Doenças que afetam milhares de mulheres , que muita das vezes não querem se tratar, doenças não visíveis as pessoas, muita das vezes são escondidas, tentando acaber com esse preconceito, vamos explica um pouco mais.

Refletindo sobre a comum situação entre as mulheres, o Demonstre trouxe uma lista com as 10 doenças vaginais mais, comuns:

Doenças vaginais – Candidíase vagina

Uma infecção muito comum na mulher pelo aumento do fungo Candida albicans, está presente na flora da região íntima da mulher mas que se desenvolve muito em algumas situações, é muito propicio em mulheres grávidas.

Causas da Candidíase vagina

As causas pode ser pelo uso excessivo de antibióticos ou corticoides, a diabetes ou os maus hábitos de higiene, porque facilitam o crescimento de fungos.

Sintomas da Candidíase vagina

Os sintomas da candidíase vaginal, geralmente, aparecem quando a imunidade do organismo está diminuída e incluem:

  • liquido de cor branca, tipo leite coalhado;
  • Coceira intensa e sensação de ardência na região íntima;
  • Dor e ardência durante o contato íntimo;
  • Inchaço e vermelhidão da região íntima.

Prevenção da Candidíase vagina

Para se prevenir da doença a mulher deve sempre se manter limpa, lavar a região intima antes de dormir e enxugar, usar roupas não apertada, dormir sem calcinha.

Veja o vídeo sobre Candidíase vagina:

 

Doenças vaginais – Vaginose bacteriana

Uma doença provocada pelo grande número de bactérias, principalmente pela Gardnerella mobiluncos, tendo uma coceira intensa.

Causas da Vaginose bacteriana

É causada por uma alteração na flora vaginal normal da mulher, onde acontece uma diminuição na concentração de lactobacilos e predomínio de uma espécie de bactérias sobre outras.

Sintomas da Vaginose bacteriana

Os sintomas são:

  • coceira intensa
  • queimação ou desconforto ao urinar
  • cheiro fétido e corrimento branco pastoso

Prevenção da Vaginose bacteriana

Para se prevenir é bom não fazer duchas vaginais, usar preservativo em todas as relações, restringir o número de parceiros e realizar exames ginecológicos pelo menos uma vez ao ano.

Veja o vídeo sobre Vaginose bacteriana:

 

Doenças vaginais – Tricomoníase

É uma infecção genital causada pelo protozoário Trichomonas Vaginalis. Sua transmissão ocorre por meio das relações sexuais ou contato íntimo com secreções de uma pessoa contaminada.

Causas da Tricomoníase

O Trichomonas vaginalis é um parasita que só infecta o ser humano; costuma viver na vagina ou na uretra, mas pode também ser encontrado em outras partes do sistema geniturinário.

Sintomas da Tricomoníase

Os principais sintomas para detectar a tricomoníase são:

  • Corrimento amarelado ou amarelo-esverdeada;
  • Coceira;
  • Mau cheiro forte e desagradável;
  • Irritação vulvar;
  • Dor;
  • Dificuldade de urinar.

Prevenção da Tricomoníase

Essa é considerada também uma DST, deve ser prevenida usado preservativo na hora da relação sexual.

Veja o vídeo sobre Tricomoníase:

 

Doenças vaginais – Dermatite de contato

É uma doença que que é contagiosa atinge a pele principalmente a parte intima da mulher.

Causas da Dermatite de contato

É causada pelo contato com diversas substâncias, sem que o indivíduo precise, necessariamente, ter alergia a alguma delas. O quadro também pode ser ocasionado pela interação entre um produto para a pele e os raios ultravioleta do sol.

Sintomas da Dermatite de contato

Os sintomas da doença:

  • Parte intima irritada
  • Pele vermelha

Prevenção da Dermatite de contato

Evitar se expor ao sol, usar protetor solar, e não usar objetos de aço de outras pessoas.

Veja o vídeo sobre Dermatite de contato:

Esse é o mês da consciência negra no Brasil. Você conhece as leis que se relacionam com a história dos negros no Brasil?

E aí, você acha que a pedagogia de Paulo Freire é Marxista? Veja isto!

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Confira também as entrevistas que estamos realizando no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

 

Doenças vaginais – Infecção vaginal por fungo

É um fungo ou uma levedura, geralmente a Candida albicans, começa a crescer na vagina. Esse tipo de infecção é muito comum, mas podem se tornar séria se muito frequentes.

Causas da Infecção vaginal por fungo

Pode ser causada  pela diabetes descontrolada, sistema imunológico baixo, a gravidez também.

Sintomas da Infecção vaginal por fungo

Os sintomas de infecção vaginal por fungos são:

  • Coceira e irritação na vagina ou entrada na vagina (vulva)
  • Sensação de queimação, especialmente durante o sexo ou ao urinar
  • Inchaço e vermelhidão na vulva
  • Dor vaginal
  • Secreção branca, espessa e livre de cheiro com uma aparência de queijo cottage

Prevenção da Infecção vaginal por fungo

Para se prevenir aconselha se a se alimentar bem, e ter higiene.

Veja o vídeo sobre Infecção vaginal por fungo:

Doenças vaginais – Gardnerella

Causas da Gardnerella

Sintomas da Gardnerella

Prevenção da Gardnerella

Veja o vídeo sobre Gardnerella:

Doenças vaginais – Coceira na vagina

A coceira é interna, ela pode ser causada pela presença de algum fungo ou bactéria e o sintoma pode vir acompanhado de inchaço e de corrimento.

Causas da Coceira na vagina

Pode ser causada pela presença de algum fungo ou bactéria e o sintoma pode vir acompanhado de inchaço e de corrimento.

Sintomas da Coceira na vagina

Sintomas característicos da coceira na vagina são:

  • Coceira na região interna e externa da região íntima da mulher;
  • Corrimento branco, tipo leite coalhado, com ou sem mau cheiro;
  • Dor/ardor ao urinar.

Prevenção da Coceira na vagina

Para se prevenir sembre é bom manter a vagina limpa.

Veja o vídeo sobre Coceira na vagina:

Doenças vaginais – Espinha na vagina

 É quase sempre resultado de uma inflamação das glândulas que ajudam a lubrificar o canal vaginal, conhecidas como glândulas de Bartholin e de Skene, e, por isso, geralmente não é sinal de um problema grave

Causas da Espinha na vagina

É causada pela inflamação das glândulas que lubrifica o canal vaginal.

Sintomas da Espinha na vagina

Sintomas como:

  • coceira
  • queimação ou dor pode indicar outros problemas que precisam de tratamento médico, como varizes, herpes ou, até, câncer.

Prevenção da Espinha na vagina

Se começar a sentir os sintomas procure um ginecologista.

Veja o vídeo sobre Espinha na vagina:

Doenças vaginais – vulvovaginite

A vulvovaginite, é conhecida pelos especialistas como Síndrome do Corrimento Inferior, é uma inflamação na vulva e vagina ao mesmo tempo, uma doença comum e atinge mulheres de todas as idades.

Causas da vulvovaginite

É causada por uma infecção por vírus, fungos ou bactérias. Contudo, pode ocorrer devido a falta de higiene pessoal e à alterações hormonais.

Sintomas da vulvovaginite

Os sintomas mais comuns da vulvovaginite são:

  • Irritação e vermelhidão na região íntima;
  • Dor ao urinar;
  • Coceira contínua;
  • Inchaço na vulva e vagina;
  • Corrimento vaginal anormal;
  • Dor durante a relação sexual;
  • Secura vaginal;
  • Sangramento pela vagina.

Prevenção da vulvovaginite

Para prevenir é bom ter bastante higiene, usar roupas limpas, e não usar calcinha molhada.

Veja o vídeo sobre vulvovaginite:

Doenças vaginais – corrimento branco

O corrimento branco quando acompanhado de cheiro e consistência diferente do costume, e bem incomodante.

Causas da corrimento branco

Pode ser sinal de infecção vaginal como candidíase ou de alguma alteração na flora vaginal normal como a vaginose bacteriana.

Sintomas da corrimento branco

Os sintomas, são:

  • ardência
  • coceira vaginal

Prevenção da corrimento branco

Para se prevenir não é recomendado ficar com a roupa íntima úmida ou molhada, não usar calcinhas de material sintético, optando pelas peças de algodão, usar roupas leves e evitar as calças jeans e shorts muito apertados.

Veja o vídeo sobre corrimento branco:

Obrigado por pesquisar sobre Doenças Vaginais

Muito obrigado por se preocupar e ter interesse pelo tema. Acreditamos que a informação é o principal aliado na hora de enfrentar as doenças vaginais.

Por favor compartilhe esse post e dissemine a informação para o BEM! Veja também outros tipos de doenças, como as psicológicas aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.