10 Filmes Do Mazzaropi 5

Os filmes do Mazzaropi é um tipo de filme, que são muito engraçados, e contam histórias de tempos muitos antigos e o linguajá muito caipira.

Mazzaropi foi o único artista que conseguiu ficar milionário fazendo cinema no Brasil. Considerado o maior cômico do cinema brasileiro, seus filmes foram fenômeno de público por mais de três décadas.

Então se você gosta de filmes muito engraçados e antigos, veja agora uma lista que o demonstre trouxe com 10 filmes do Mazzaropi.

Índice: hide

Filmes do Mazzaropi

Mazzaropi é um personagem brasileiro muito conhecido, pelo seu estilo jeca que faz as pessoas se divertir de uma forma nunca visto em outros lugares. E o personagens na maioria dos seus filmes, é o próprio produtor que coloca em cenas enredos muito legais.

Os “filmes de Mazzaropi” são todos produzidos na região Suldeste do Brasil, mais principalmente no interior de São Paulo, a maioria dos filmes são ainda em preto e branco, por conta dos anos que os filmes eram produzidos.

O jeca Macumbeiro – Filmes do Mazzaropi

O Jeca Macumbeiro é um filme de comédia brasileiro de 1974, dirigido por Pio Zamuner e estrelado por Mazzaropi.

Pirola (Mazzaropi) é um pobre caboclo que vive na fazenda do patrão, coronel Januário (Jofre Soares), morando num casebre com o filho Zé (José Mauro Ferreira). Um dia Pirola recebe surpreso a visita de um velhinho amigo, que, sentindo-se na hora da morte leva-lhe de presente um saco cheio de dinheiro. Ingênuo e transtornado, Pirola não sabe o que fazer e acaba confiando a fortuna ao patrão. Januário, que secretamente está às portas da falência, finge ser um pai de santo para tentar apropriar-se do dinheiro do pobre Pirola.

Ficha técnica O jeca Macumbeiro

Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 3 curiosidades
Orçamento 
Idiomas Português
Formato de produção 35 mm

Curiosidades O jeca Macumbeiro

Locação O filme foi produzido na Fazenda Santa em Taubaté, interior de São Paulo.

Trilha sonora “Luar do Sertão”, de Catulo da Paixão Cearense, interpretada por Mazzaropi “Tocando a boiada”, de Mazzaropi, interpretada por Miltinho e Messias “Lavadeiras do amor”, de Hector Lagna Fietta e Carlos Cesar

Sucesso de bilheteria Renda de Cr$ 18.578.277,84. Espectadores: 3.021.248. Figura em 1º lugar na lista de “As 10 maiores rendas de filmes nacionais em 1975”.

Razões para ver o Filme O jeca Macumbeiro

  1. O filme é muito engraçado.
  2. O filme é em preto e branco.

Trailer do Filme O jeca Macumbeiro:

Veja agora o trailer oficial do filme que se encontra no youtube.

A Banda das Velhas Virgens – Filmes do Mazzaropi

A Banda das Velhas Virgens, datado de 1979, é o trigésimo-primeiro filme de Mazzaropi, um ícone do cinema brasileiro.

O caboclo Gostoso é o maestro de uma banda feminina formada unicamente por mulheres idosas e beatas. Orgulho da pequena cidade, a banda é mantida pelos donativos recolhidos pela igreja. Os filhos de Gostoso se envolvem com os do patrão e ele resolve sair da fazenda para evitar perseguições a eles. Gostoso recomeça a vida na cidade, vasculhando o “lixão”, e se transforma no principal suspeito de um roubo após sua mulher encontrar um pequeno saco com jóias.

Ficha técnica A Banda das Velhas Virgens

Ano de Produção: 1979

Gênero: Comédia

Duração: 100 minutos

Curiosidades A Banda das Velhas Virgens

Não se conhece curiosidades sobre o filme.

Razões para ver o Filme A Banda das Velhas Virgens

  1. Você vai se divertir muito.

Trailer do Filme A Banda das Velhas Virgens:

Veja agora o trailer oficial do filme que se encontra no youtube.

O Corintiano – Filmes do Mazzaropi

O Corintiano é um filme brasileiro de 1966 do gênero Comédia dirigido por Milton Amaral. É o 19º filme de Mazzaropi. Foi um grande sucesso de bilheteria.

O Corintiano é um filme brasileiro de 1966 do gênero Comédia dirigido por Milton Amaral. É o 19º filme de Mazzaropi. Foi um grande sucesso de bilheteria.

Ficha técnica O Corintiano

Distribuidor PAM Filmes
Ano de produção 1966
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 
Orçamento 
Idiomas Português

Curiosidades O Corintiano

Não se conhece curiosidades sobre o filme.

Razões para ver o Filme O Corintiano

  1. É um filme Brasileiro.
  2. O filme tem um bom enredo.

Trailer do Filme O Corintiano:

Veja agora o trailer oficial do filme que se encontra no youtube.

O Lamparina – Filmes do Mazzaropi

O Lamparina é um filme brasileiro de 1964 do gênero comédia. Foi produzido por Amácio Mazzaropi, dirigido por Glauco Mirko Laurelli e filmado na Fazenda da Santa em Taubaté.

Bernardino Jabá (Mazzaropi), sua esposa Marcolina (Geny Prado) e os filhos do casal são confundidos com cangaceiros do bando de Zé do Candieiro. Bernardino ajuda a polícia a identificar os verdadeiros bandidos, mas acaba se perdendo da família. Um ano se passa e ele, considerado morto por todos, acaba retornando para casa, onde é confundido com uma alma penada.

Ficha técnica O Lamparina

Distribuidor PAM Filmes
Ano de produção 1964
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 
Orçamento 
Idiomas Português

Curiosidades O Lamparina

Não se conhece curiosidades sobre o filme.

Razões para ver o Filme O Lamparina

  1. O filme foi produzido por ele mesmo.
  2. O filme mostra lugares bonitos.

Trailer do Filme O Lamparina:

Veja agora o trailer oficial do filme que se encontra no youtube.

Jeca Contra o Capeta – Filmes do Mazzaropi

Jeca Contra o Capeta foi um filme produzido em 1975 em Taubaté, estrelado por Mazzaropi.

Resultado de imagem para Jeca Contra o Capeta

Numa cidadezinha do interior, o bandido encrenqueiro Camarão é morto e as suspeitas de assassino caem sobre o jovem filho do caipira Poluído, Augusto. Agora o jeca e sua família terão de provar que o filho não é o responsável pelo crime, mas muita confusão virá por ai, já que uma lei do divórcio a ser aprovada ronda a cidade e Dionísia, uma velha amiga de Poluído, o obriga a assinar os papeis de divórcio com a sua esposa Poluição, para se casar com ela, fazendo chantagem, pois o seu filho esta nas mãos dessa mulher, que no filme é uma bela e rica fazendeira, que vai infernizar a vida do jeca e fazer de tudo para conquista-ló.

Ficha técnica Jeca Contra o Capeta

Ano: 1975

Direção Pio Zamuner e Mazzaropi

Roteiro Pio Zamuner Gentil Rodrigues

Curiosidades Jeca Contra o Capeta

Não se conhece curiosidades sobre o filme.

Razões para ver o Filme Jeca Contra o Capeta

  1. É um dos poucos filme colorido.
  2. O filme tem uma história diferente.

Trailer do Filme Jeca Contra o Capeta:

Veja agora o trailer oficial do filme que se encontra no youtube.

Zé do Periquito – Filmes do Mazzaropi

Zé do Periquito é um filme brasileiro de 1960 do gênero “Comédia” estrelado e dirigido por Mazzaropi e produzido pela PAM Filmes.

Zenó (Mazzaropi) é um pobre jardineiro de tradicional colégio paulistano que se apaixona por uma das alunas do local, bem mais rica e jovem que ele. Disposto a conquistá-la, ele decide ficar rico, se envolvendo nas mais variadas encrencas e situações engraçadas.

Ficha técnica Zé do Periquito

Ano de produção 1960
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 2 curiosidades
Orçamento 
Idiomas Português

Curiosidades Zé do Periquito

Canções O filme contém canções como “Passe a viver”, letra e música de Heitor Carillo, cantam Hebe Camargo e Agnaldo Rayol; “Gostoso mesmo é namorar”, letra e música de Heitor Carillo, cantam Cely Campello, George Freedman, Paulo Molin, Tony Campello e Carlão; “Saudade me deixa”, letra e música de Bolinha, canta Mazzaropi; “Jóia do Sertão”, letra e música de Elpídio dos Santos, canta Mazzaropi.

Estúdio Foi utilizado o estúdio filmagem da Vera Cruz (São Bernardo do Campo – SP), para a gravação do filme.

Razões para ver o Filme Zé do Periquito

  1. É um filme de estilo bem diferente.

Trailer do Filme Zé do Periquito:

Veja agora o trailer oficial do filme que se encontra no youtube.

O vendedor de Linguiça – Filmes do Mazzaropi

É um filme brasileiro de comédia em preto e branco de 1962 produzido pela PAM Filmes.

Resultado de imagem para O vendedor de Linguiça

História de um vendedor de linguiças (Amácio Mazzaropi), um homem simples às voltas com problemas de ordem familiar, adaptação ao meio e outros “bichos”. Flora (Ilena de Castro) é empregada e rouba roupas de sua patroa para aparentar rica e conquistar um namorado da elite social. No entanto, ela e sua família são presos e vão parar na delegacia. O rapaz rico, Pierre (Amilton Fernandes), trama um passeio para Santos no intuito de encontrá-la e sua mãe tenta impedir o casamento, mas acaba aceitando. Por causa das diferenças de classe cada vez mais postas em evidência, a união é rompida. Todavia, arrependido, o jovem rico novamente desfaz a confusão e a harmonia volta a imperar.

Ficha técnica O vendedor de Linguiça

Ano de produção 1962
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 2 curiosidades
Orçamento 
Idiomas Português

Curiosidades O vendedor de Linguiça

Lançamento O lançamento do filme foi no Art Palácio e Bandeirantes em 30 de Abril de 1962 (segunda-feira).

Repertório musical Canções “O Linguiceiro” e “Mocinho Lindo” de Elpídio dos Santos, canta Mazzaropi; “Olhar de saudade” de Pery Ribeiro, Geraldo Cunha e Laerte Vieira, canta Pery Ribeiro; “Não ponha a mão” de Mult, Arnô Canegel e Bucy Moreira, canta Elza Soares; “Poema do adeus” de Luiz Antonio, canta Miltinho.

Razões para ver o Filme O vendedor de Linguiça

  1. Todos os personagens são muito engraçados.
  2. O filme é muito divertido.

Trailer do Filme O vendedor de Linguiça:

Veja agora o trailer oficial do filme que se encontra no youtube.

O Grande Xerife – Filmes do Mazzaropi

O Grande Xerife é um filme brasileiro, lançado em 1972, dirigido por Pio Zamuner, e produzido pela PAM Filmes.

O carteiro de uma cidadezinha do Oeste se envolve com uma quadrilha durante um assalto. O grupo mata o delegado e, por troça, nomeia o carteiro xerife. Mas este faz tantas trapalhadas que acaba desmascarando o chefe do bando e prendendo todos os malfeitores.

Ficha técnica O Grande Xerife

Ano de produção 1971
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 4 curiosidades
Orçamento 
Idiomas Português

Curiosidades O Grande Xerife

Música “O grande xerife” de Paulo Kiko, canta – Mazzaropi; “Perguntei para a saudade” de Henricão, canta – Mazzaropi; participação especial do grupo folclórico Esticadinhos do Catanhede.

Estreia Estreou em São Paulo a 24 de janeiro, em bom circuito.

Outra Paródia Anteriormente, o cômico já havia parodiado as aventuras de faroeste, Uma Pistola para D’Jeca.

Direto de Taubaté O filme foi produzido na Fazenda Santa, em Taubaté, interior de São Paulo.

Razões para ver o Filme O Grande Xerife

  1. É um dos filmes mais engraçados do Mazzaropi.
  2. Teve um grande numero de telespectadores.

Trailer do Filme O Grande Xerife:

Veja agora o trailer oficial do filme que se encontra no youtube.

FIM

Hoje mostramos uma lista recheada de filmes do Mazzaropi, onde mostra algumas características que diferencia o filme de outros. Se você curti nossos textos, ajude-nos compartilhando em sua rede social, para que possamos continuar com nosso trabalho.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.