As plantas são de diferentes tipos e estão em diferentes lugares do planeta, e muita dessas plantas servem para uma grande quantidade de remédios, para diversas doenças.

É um dos maiores e mais biodiversos grupos de seres vivos na Terra, as plantas verdes fornecem uma parte substancial do oxigênio molecular e são a base dos alimentos da maioria dos ecossistemas, especialmente dos terrestres.

Então o demonstre veio mostrar nesse poste uma lista recheada de “plantas trepadeiras”, que podem ajudar as pessoas em seus problemas de saúde chegando até a curar algumas doenças que as pessoas enfrentam.

As trepadeiras são um tipo de planta que como o nome já diz, sobe em tudo que é lugar. Essas plantas são bem variadas, algumas colocam frutos comestíveis, outras se quer botam flores.

Conteúdo ocultar

Plantas Trepadeiras

Essas plantas são um tipo que decoram lugares e deixam bem diferentes, e podem ser em cima de cercas, armações de madeira e outros. As trepadeiras em sua maioria são plantas com ramas.

As trepadeiras podem ter flores, frutos, e outras diversidades, assim as trepadeiras são para jardins, cercas e outros locais.

As plantas trepadeiras são de tamanha beleza e apresentam uma grande variedades tanto de cores como estilos, que deixam lugares super bem planejados.

20 Plantas Trepadeiras 2

Trepadeiras podem encher uma treliça a tal ponto que não se vê a estrutura. Estas plantas adoram sol, mas deve ficar longe de bichos.

Bauhinia-trepadeira – Plantas Trepadeiras

A bauhinia-trepadeira é uma planta perenifólia, lenhosa, relacionada com a Pata-de-vaca (Bauhinia variegata), mas que ao invés de ter o porte arbóreo, sobe sobre os suportes através de gavinhas especializadas. Seus ramos são arqueados, flexíveis, finos e ramificados, com brotações de tonalidade inicialmente avermelhadas, e folhas pequenas, bilobadas e arredondadas, como borboletas.

20 Plantas Trepadeiras 3

Na primavera e outono desponta lindos rácemos de flores delicadas, pentâmeras, rosadas, de pétalas franjadas e estames vermelhos, com característico perfume de chocolate. Após a floração surgem frutos do tipo legume (vagem), achatados, avermelhados e com sementes oblongas. Há uma confusão com o nome científico desta planta que torna difícil classificá-la. Diversas fontes internacionais a consideram como Bauhinia corymbosa, enquanto que no Brasil e México, é mais comum a denominação de Bauhinia scandens.

Bauhinia-trepadeira – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Bauhinia scandens
  • Sinonímia: Bauhinia corymbosa, Phanera corymbosa, Bauhinia parvifolia, Phanera scandens, Lasiobema scandens, Bauhinia anguina, Bauhinia debilis, Bauhinia piperifolia
  • Nomes Populares: Bauhinia-trepadeira, Trepadeira-de-orquídeas, Pata-de-vaca-trepadeira
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, China
  • Altura: 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Bauhinia-trepadeira

No paisagismo pode ser utilizada na cobertura de diferentes suportes, como cercas, treliças, caramanchões, postes, pérgolas, entre outros. Também se presta ao coroamento de muros, arcos e pórticos. Além da floração encantadora, se destaca pela fina textura de suas folhagem.

Vídeo sobre Bauhinia-trepadeira:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Estrofantina – Plantas Trepadeiras

A estrofantinha é uma trepadeira lenhosa, escandente, semicaduca, florífera e ornamental, largamente conhecida por seus poderes tóxicos e medicinais. Nativa de diversos países do oeste da África, ela contém substâncias como a ouabaína, que dependendo da dose, pode ser um remédio para pessoas com insuficiência cardíaca, ou um poderoso veneno, aproveitado para envenenar as pontas de flechas e lanças utilizadas na caça, pelos povos africanos.

20 Plantas Trepadeiras 4

Floresce no final da primavera e início do verão, despontando inflorescências do tipo dicásio (cimeira dicotómica), com flores em forma de sino, pentâmeras, de sépalas arroxeadas e pétalas brancas ou rosadas, muito perfumadas. O fruto consiste de dois folículos elipsóides, divergentes e bivalvos, contendo numerosas sementes fusiformes e com longos filamentos. Eles necessitam obrigatoriamente de polinização cruzada para se formar e levam um ano até a completa maturação.

Estrofantina – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Strophanthus gratus
  • Sinonímia: Roupellia grata, Roupalia grata, Strophanthus stanleyanus, Strophanthus glaber, Nerium guineense, Strophanthus chopraie, Strophanthus gratus, Strophanthus ouaboio, Strophanthus perrotii, Strophanthus stanleyanus
  • Nomes Populares: Estrofantina, Ouabaína
  • Família: Apocynaceae
  • Categoria: Arbustos Tropicais, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, Burkina Faso, Camarões, Costa do Marfim, Gabão, Gana, Guiné Equatorial, Libéria, Nigéria
  • Altura: 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Estrofantina

Uma trepadeira vigorosa, de folhagem brilhante, ideal para cobrir pérgolas, caramanchões, cercas, treliças, arcos, entre outras estruturas. Além de servir como trepadeira, a estrofantina também pode ser conduzida como arbusto, com podas de formação, não ultrapassando assim dois ou três metros de altura. Também pode ser plantada em vasos e jardineiras.

Vídeo sobre Estrofantina:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Solano-azul – Plantas Trepadeiras

O Solano-azul é uma planta arbustiva, perenifólia, bastante ramificada e de folhagem e florescimento ornamentais. Ela é nativa do Brasil, Paraguai, Argentina e Bolívia e alcança cerca de dois metros de altura e largura, com um belo formato arredondado. As folhas são ovais a elípticas, acuminadas, simples, inteiras, alternas e de cor ver-brilhante ou variegadas de branco.

20 Plantas Trepadeiras 5

No verão surgem as numerosas flores, em forma de trompete, com o centro amarelo ouro, proeminente, e pétalas fundidas, em tons de azul ou roxo, de acordo com a variedade. Elas são delicadamente perfumadas e atraem polinizadores como borboletas e beija-flores. Os frutos que se seguem são pequenas bagas globosas, cordadas na base, de cor laranja ou vermelha, atrativas para os passarinhos, mas tóxicos para seres humanos e animais domésticos.

Solano-azul – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Lycianthes rantonnetii
  • Sinonímia: Solanum rantonnetii, Solanum rantonnei, Solanum corniculatum, Solanum muticum, Solanum urbanum
  • Nomes Populares: Solano-azul, Solano-de-flor-azul, Solano, Arbusto-azul-da-batata
  • Família: Solanaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Cercas Vivas, Trepadeiras
  • Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Solano-azul

Um arbusto gracioso, perfeito para a formação de cercas-vivas floridas, assim como topiarias e até mesmo como trepadeira. Pode ser plantado em grupos, linhas ou isolado, como destaque. Você pode conduzi-lo como arbusto informal, ou imprimir-lhe diferentes formatos, pois admite podas frequentes.

Vídeo sobre Solano-azul:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Cipó-alho – Plantas Trepadeiras

O cipó-alho é uma trepadeira perenifólia, de pequeno porte, da família das Bignoniáceas, a mesma família dos Ipês. Ela apresenta florescimento ornamental, além de interessantes qualidades condimentares e medicinais. Originária da floresta amazônica, ainda é pouco conhecida no paisagismo brasileiro, sendo difundida na Índia, África do Sul, Flórida (EUA), e em outras localidades de clima tropical. Produz diversos caules desde a raiz, que se entrelaçam entre sim e no suporte, atingindo de 2 a 3 metros de comprimento.

20 Plantas Trepadeiras 6

Suas folhas são lisas, opostas, glabras, divididas em dois folíolos também opostos, elípticos a ovados, acuminados, de cor verde-clara e brilhantes, com venações bem marcadas. Quando amassadas ou cortadas, as folhas da planta liberam um odor de alho. Floresce mais de uma vez ao ano, despontando inflorescências globosas, densas, formadas por flores em forma de trompete.

Cipó-alho – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Mansoa alliacea
  • Sinonímia: Cydista aequinoctialis, Adenocalymma alliaceum, Adenocalymma pachypus, Adenocalymma sagotii, Bignonia alliacea, Pachyptera alliacea, Pseudocalymma alliaceum, Pseudocalymma pachypus, Pseudocalymma sagotti
  • Nomes Populares: Cipó-alho, Cipó-de-alho, Alho-da-mata
  • Família: Bignoniaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Sul, Brasil, Costa Rica, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru
  • Altura: 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Cipó-alho

O cipó-alho tem ampla reputação como medicinal pelos povos indígenas da Amazônia (Ver quadro “Medicinal” abaixo). Além disso, suas folhas são comestíveis e utilizadas para condimentar diferentes preparações, conferindo sabor semelhante ao alho. O seu óleo essencial também é aproveitado como fixador de perfumes, além de repelente de insetos e morcegos.

Melão-de-são-caetano – Plantas Trepadeiras

O melão-de-são-caetano é uma planta trepadeira, monóica e frutífera, originária da Índia e da China, e amplamente cultivada em diferentes regiões do planeta. De textura herbácea, sua ramagem é flexível, pubescente e ramificada, e fixa-se nos suportes através de gavinhas curvilíneas. As folhas são lisas, membranosas, alternas, pilosas e profundamente lobadas, subdividindo-se em três a sete lóbulos. Floresce no verão, apresentando cada planta flores amarelas, pentâmeras, masculinas e femininas separadas.

20 Plantas Trepadeiras 7

Elas surgem nas axilas das folhas, em inflorescências simples, isoladas. Após a polinização, seguem-se os frutos, semelhantes a pepinos, oblongos, de cor amarela ou laranja quando maduros, com uma casca rugosa de espinhos macios, e que se abrem em três valvas, expondo as sementes recobertas com um arilo vermelho e adocicado. As sementes são grandes e planas.

Melão-de-são-caetano – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Momordica charantia
  • Sinonímia: Cucumis argyi, Momordica chinensis, Momordica elegans, Momordica indica, Momordica operculata, Momordica sinensis, Sicyos fauriei
  • Nomes Populares: Melão-de-são-caetano, Melão-amargo, Erva-de-lavadeira, Melãozinho, Fruta-de-negro, Erva-de-São-Vicente, Fruta-de-cobra, Boizinho, Balsamina-longa, Caramelo, Erva-de-são-caetano, Fruto-negro, Melão-de-são-caetano-gigante, Meloeiro-de-são-caetano, Caramelo, Quiabeiro-de-angola
  • Família: Cucurbitaceae
  • Categoria: Frutas e Legumes, Medicinal, Plantas Hortícolas, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Índia
  • Altura: 0.3 a 0.4 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Anual

Para que serve Melão-de-são-caetano

Eles possuem polpa aquosa e crocante, e com eles pode-se fazer uma diversidade de preparações culinárias, tomando parte principalmente em saladas, conservas, cozidos, fritos, refogados e ensopados. Eles tem uma ampla reputação como medicinal em diferentes culturas (ver quadro abaixo do texto principal).

Solandra – Plantas Trepadeiras

A solandra é uma trepadeira ou arbusto escandente, lenhosa, de folhagem e florescimento ornamentais, ainda rara em cultivo. Ela é nativa das américas, principalmente de regiões tropicais a tropicais de altitude do México, Caribe e América do Sul. Seus ramos são longos, como cipós, entremeados por nós, de onde surgem ramificações e raízes adventícias, que auxiliam a planta em sua fixação e absorção de nutrientes. As folhas são ovais, verde-brilhantes, com pecíolos curtos, de textura coriácea a membranácea, glabras, simples, com cerca de 10cm de comprimento.

20 Plantas Trepadeiras 8

Floresce na primavera, revelando flores grandes, solitárias, terminais, em forma de sino, de cor amarelo creme a amarelo dourado, com raios amarronzados e longos estames. As flores apresentam a corola fundida em sua base e corpo, com as pontas recurvadas. No fim do dia a à noite, a flores liberam um perfume que lembra côco e é atrativo para morcegos, seus polinizadores. Os frutos que se formam são bagas, de cor branca a amarela, com numerosas sementes pequenas.

Solandra – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Solandra grandiflora
  • Sinonímia: Swartsia grandiflora
  • Nomes Populares: Solandra, Cálice
  • Família: Solanaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, México
  • Altura: 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Solandra

Pode ser plantada em vasos. Curiosidade: A solandra é utilizada por shamãs e pajés em rituais indígenas mágicos na América Central e do Sul, no entanto, por ser mais reservada para magia negra e outros objetivos obscuros e secretos, pouco se sabe sobre seus usos.

Vídeo sobre Solandra:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Clemátis – Plantas Trepadeiras

Clematis é um gênero de plantas trepadeiras ou escandentes e floração muito decorativa. De textura semi-lenhosa ou herbácea e folhagem que pode ser sempre verde ou decídua, elas são originárias do hemisfério norte e adaptadas ao clima temperado. Ocorrem cerca de 290 espécies diferentes de Clematis, e mais de 500 variedades resultantes de hibridizações e melhoramento genético.

20 Plantas Trepadeiras 9

Suas flores são isoladas ou reunidas em pequenos grupos, mas podem variar muito em forma e tamanho, de acordo com a variedade. Podem ser simples ou dobradas, abertas(planas) ou campanuladas, com pétalas estreitas ou muito largas, nas mais diversas cores e tons em dégradée, além de estames longos, como um tufo no centro das flores. A floração estende-se pelos meses quentes.

Clemátis – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Clematis x hybrida
  • Nomes Populares: Clemátis, Clematite
  • Família: Ranunculaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado
  • Origem: América do Norte, Ásia, Europa
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Clemátis

Presta-se para o plantio ao longo de cercas e muros ou apoiada sobre treliças, árvores e outros suportes.

Vídeo sobre Clemátis:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Ora-pro-nobis – Plantas Trepadeiras

A ora-pro-nobis é uma trepadeira ou arbusto lenhoso e tropical, de qualidades como comestível e ornamental. O nome curioso vem no latim e significa “rogai-por-nós”. Diz a lenda que os moradores de um vilarejo colhiam as folhas da planta no quintal da igreja, enquanto se ouvia o padre rezar, por isso o nome “ora-pro-nobis”. Ela pertence à família das cactáceas, mas é uma espécie bastante diferente dos cactos que estamos acostumados a ver, sendo considerada um representante primitivo da família. Suas folhas são elípticas, acuminadas, simples, decíduas, suculentas e de cor verde clara. Ela se inserem em ramos finos, escandentes, espinhosos, ramificados e bastante longos.

20 Plantas Trepadeiras 10

Nos ramos jovens, os espinhos tem a forma de pequenos ganchos, enquanto que nos ramos mais velhos, ocorrem grupos de espinhos retilíneos, longos, lenhosos e pontiagudos. Floresce no verão e outono, despontando inflorescências do tipo panícula, com numerosas flores brancas ou levemente rosadas, dobradas, com o centro alaranjado e um característico perfume de limão. As flores tem néctar abundante e atraem muitos ponilizadores. Os frutos que se seguem são bagas amarelas, comestíveis, esféricas, com numerosas sementes pretas.

Ora-pro-nobis – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Pereskia aculeata
  • Sinonímia: Pereskia acardia, Pereskia undulata, Peirescia aculeata, Perescia aculeata, Pereskia rubescens, Pereskia longispina, Pereskia pereskia, Cactus pereskia, Pereskia godseffiana
  • Nomes Populares: Ora-pro-nobis, Trepadeira-limão, Carne-de-pobre, Groselha-da-américa, Orabrobó, Lobodo, Lobrobô, Lobrobó, Rogai-por-nós, Rosa-madeira, Jumbeba, Azedinha, Surucucú, Lobolôbô, Espinho-de-santo-antônio
  • Família: Cactaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas, Folhas e Flores, Plantas Hortícolas, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Semi-árido, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, Argentina, Brasil, México, Paraguai, Peru
  • Altura: 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Ora-pro-nobis

No paisagismo, esta belíssima espécie, pode ser conduzida com trepadeira, servindo para cobertura de pérgolas, caramanchões, acompanhando cercas, gradils e coroando muros também.

Nepenthes – Plantas trepadeiras

Planta-jarro é o nome popular dado às plantas pertencentes ao gênero Nepenthes. Elas são plantas carnívoras, em sua grande maioria trepadeiras ou epífitas, cultivadas em todo o mundo por aficionados e colecionadores e que, ultimamente tem se popularizado ganhando os jardins comuns.

20 Plantas Trepadeiras 11

Elas perfazem cerca de 100 espécies e são originárias de diferentes regiões tropicais do velho mundo, notadamente da Ásia e Oceânia.

Ficha da Nepenthes – Planta Trepadeira

  • Nome Científico:Nepenthes spp
  • Nomes Populares:Planta-jarro, Planta-jarra, Planta-de-jarro, Nepentes
  • Família:Nepenthaceae
  • Categoria:Folhagens, Plantas Carnívoras, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, Ásia, Austrália, Bornéu, China, Filipinas, Índia, Indonésia, Madagascar, Malásia, Nova Caledônia, Nova Guiné, Oceania, Sri Lanka
  • Altura: 0.1 a 0.3 metros, 0.3 a 0.4 metros, 0.4 a 0.6 metros, 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Nepenthes

É uma planta que captura diversos insetos, e pode servir para capturar alguns insetos perigos, como o aedes aegypti.

Vídeo sobre a Nepenthes:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Glória-da-manhã – Plantas Trepadeiras

A glória-da-manhã é uma trepadeira volúvel e anual, de rápido crescimento, excelente para cobrir rapidamente pequenas estruturas. Seu caule é herbáceo e delicado, recoberto por finos pêlos amarronzados. Ele escala rapidamente o apoio oferecido, se enrolando em torno dele e alcançando de 2 a 3 metros de altura ou comprimento. Sua folhas são cordiformes ou trilobadas, verdes e muito vistosas.

20 Plantas Trepadeiras 12

As flores surgem na primavera e verão, abrindo-se pela manhã e fechando-se ao entardecer. Elas são grandes, em forma de trompete e podem se apresentar nas cores branca, rosa, roxa ou azul, em tonalidades diversas e muitas vezes multicolores. O fruto é uma cápsula trivalva com sementes grandes e triangulares, que germinam com facilidade.

Glória-da-manhã – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Ipomoea purpurea
  • Nomes Populares: Glória-da-manhã, Bom-dia, Bons-dias, Campainha, Corda-de-viola, Corriola, Jetirana
  • Família: Convolvulaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, América do Sul
  • Altura: 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Anual

Para que serve Glória-da-manhã

Esta ipoméia é um excelente curinga no paisagismo. Ela cobre rapidamente estruturas leves como treliças, cercas, grades de janelas, arcos, etc e é ótima para esconder e disfarçar entulhos e outras “feiuras” temporariamente no jardim.

Vídeo sobre Glória-da-manhã:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Maracujá – Plantas Trepadeiras

É uma planta trepadeira, de crescimento vigoroso e continuo; com sistema radicular pouco profundo, caule trepador, folhas lobadas e verdes com gavinhas (órgãos de sustentação). Em algumas espécies, as folhas são arredondadas e em outras são partidas, com bordos serrilhados. As flores são grandes, vistosas, de diversas cores de acordo com a espécie e a variedade. O principal polinizador natural do maracujá é a abelha mamangava.

20 Plantas Trepadeiras 13

A floração ocorre no verão. Os frutos são arredondados e com numerosas sementes achatadas envoltas pela polpa gelatinosa e saborosa. O gênero Passiflora compreende cerca de 400 espécies, sendo que entre estas, 2 espécies são as mais importantes na produção de frutos: o P. edulis e o P. alata.

Maracujá – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Passiflora sp
  • Nomes Populares: Maracujá, Flor-da-paixão, Maracujazeiro
  • Família: Passifloraceae
  • Categoria: Frutas e Legumes, Plantas Hortícolas, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, América Central, América do Sul, Austrália
  • Altura: acima de 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Maracujá

Os frutos tem ampla utilização culinária, prestando-se para o consumo in natura e para o preparo de sucos, geléias, sobremesas e molhos para carnes.

Vídeo sobre Maracujá:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Ervilha-de-cheiro – Plantas Trepadeiras

A ervilha-de-cheiro é uma trepadeira anual de inverno. Ela apresenta caule herbáceo, áspero e ascendente por meio de gavinhas que se desenvolvem nas pontas das folhas compostas. Suas flores são muito vistosas, perfumadas, solitárias e podem ser de cores e matizes variados, com degradés e combinações entre o azul, branco, amarelo, laranja, rosa e vermelho.

20 Plantas Trepadeiras 14

Após a polinização formam-se vagens curtas, com sementes semelhantes a ervilhas, porém venenosas. A floração ocorre na primavera e verão. Seus ramos floridos também podem ser colhidos para a confecção de buquês e arranjos florais perfumados. Há inúmeras variedades de ervilha-de-cheiro disponíveis, para diferentes gostos.

Ervilha-de-cheiro – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Lathyrus odoratus
  • Nomes Populares: Ervilha-de-cheiro, Ervilha-doce, Ervilheira-de-cheiro
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Flores Perenes, Trepadeiras
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado
  • Origem: Europa
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Anual

Para que serve Ervilha-de-cheiro

A ervilha-de-cheiro é uma excelente trepadeira para pequenos suportes, como treliças e até mesmo cercas. Sua altura não ultrapassa os dois metros. Ela é apropriada para esconder momentaneamente entulhos, arbustos caducos e outras estruturas pouco aprazíveis no jardim.

Guaimbê – Plantas Trepadeiras

Suas folhas são espetaculares! Gigantes, elas são profundamente recortadas, o que a torna uma planta escultural, diferente. Além disso, apresentam uma coloração verde escura e são muito brilhantes. As flores tem pouca ou nenhuma importância ornamental.

20 Plantas Trepadeiras 15

Confere um ar tropical aos ambientes. Deve ser cultivada em substrato rico em matéria orgânica, com regas regulares, à meia-sombra ou pleno sol. Tolerante a baixas temperaturas. Multiplica-se pela divisão das mudas laterais e por sementes.

Guaimbê – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Philodendron bipinnatifidum
  • Nomes Populares: Guaimbê, Banana-de-imbê, Banana-de-morcego, Banana-do-mato, Imbê
  • Família: Araceae
  • Categoria: Folhagens, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil
  • Altura: 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Guaimbê

Pode ser arranjada em vasos para decorações de interiores ou mesmo no jardim, plantada isolada ou em grupos.

Vídeo sobre Guaimbê:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Aspargo-samambaia  – Plantas Trepadeiras

O aspargo-samambaia é uma planta arbustiva e trepadeira, com folhagem de textura delicada e plumosa, muito decorativa. Suas raízes são fibrosas e os longos e ramificados ramos são modificados, do tipo cladódio. As folhas são verdes e afiladas, como pequenos espinhos, porém não são rígidas. O conjunto de ramos e folhas têm o aspecto das frondes de samambaias, o que lhe rendeu o nome popular. Na primavera e verão surgem numerosas flores brancas e minúsculas, de importância ornamental secundária, que originam frutos esféricos, pequenos, do tipo baga e de coloração preta. O aspargo-samambaia pode ser conduzido como folhagem, em vasos com suportes fibrosos, da mesma forma que jibóias e filodendros.

20 Plantas Trepadeiras 16

No jardim ele se comporta como arbusto ou trepadeira, e desta forma pode ser aproveitado em renques junto a muros e para cobrir cercas, telas, grades, etc. As principais variedades são Pyramidalis (de ramagem ereta), Nanus (de porte anão) e Cupressoides (com folhagem semelhante a de cipreste). Seus ramos também são utilizados em arranjos florais e buquês. Os frutos atraem passarinhos.

Aspargo-samambaia  – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Asparagus setaceus
  • Nomes Populares: Aspargo-samambaia, Asparagus, Aspargo, Aspargo-plumoso, Asparguinho-de-jadim, Melindre, Melindro
  • Família: Asparagaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Folhagens, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, África do Sul
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Aspargo-samambaia

Para sombra, pois devido a facilidade de propagação, o aspargo-samambaia é considerado planta invasora e caracteriza-se por cobrir e sufocar a vegetação nativa

Vídeo sobre Aspargo-samambaia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Hera-da-algéria – Plantas Trepadeiras

Presta-se à função de proteger taludes. Ela apresenta raízes adventícias, que utiliza para subir e fixar-se sobre suportes, e folhas largas e trilobadas, com recortes pouco profundos, de coloração verde com nervuras claras.

20 Plantas Trepadeiras 17

Ocorrem ainda cultivares de folhas variegadas de amarelo e branco assim como, de porte anão. Estas últimas, em floreiras, combinada com gerânios e outras flores tem um efeito pendente bastante interessante.

Hera-da-algéria – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Hedera canariensis
  • Nomes Populares: Hera-da-algéria, Hedera, Hera, Hereira
  • Família: Araliaceae
  • Categoria: Forrações à Meia Sombra, Forrações ao Sol Pleno, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Açores, África, Europa, Ilhas Canárias
  • Altura: 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Hera-da-algéria

Além de ser trepadeira, a hera-da-algéria serve como excelente forração substituindo gramados, principalmente sob a copa das árvores onde dificilmente os gramados se desenvolvem.

Vídeo sobre Hera-da-algéria:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Algodão-bravo – Plantas Trepadeiras

O algodão-bravo é um arbusto florífero, rústico e ornamental, mas potencialmente perigoso em criações de gado. De porte médio, atinge de 1 a 4 metros de altura. Seu caule é ramificado, ereto, com textura herbácea e interior esponjoso. As folhas são cordiformes, acuminadas, verdes e de superfície pubescente.

As flores campanuladas, surgem abundantes durante quase o ano todo, mas principalmente na primavera e verão. Elas podem ser róseas, violáceas ou brancas, de acordo com a cultivar. As sementes são algodonosas e se dispersam pelo vento e pela água. O algodão-bravo é uma destas poucas plantas que tem a capacidade de produzir flores vistosas em todas as estações. Apesar de arbustivo, também pode ser conduzido como trepadeira, com o devido tutoramento. Suas flores são atrativas para beija-flores, abelhas e borboletas.

Algodão-bravo – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Ipomoea carnea
  • Nomes Populares: Algodão-bravo, Algodão-de-pântano, Algodão-do-brejo, Algodoeiro-bravo, Campainha, Campainha-de-canudo, Canudo-de-lagoa, Canudo-de-pito, Capa-bode, Ipoméia-arbórea, Majorana, Mata-cabra, Mata-cobra, Mata-pinto, Salsa-branca, Salsão
  • Família: Convolvulaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Plantas Daninhas, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Algodão-bravo

No jardim ele pode ser plantado isolado ou em grupos, organizado em renques ou em formas livres. Ainda adapta-se muito bem ao ambiente aquático, adornando as margens de lagos e outros cursos d´água.

Unha-de-gato – Plantas Trepadeiras

Uma das trepadeiras mais utilizadas no paisagismo, a unha-de-gato é de efeito espetacular. Seus ramos são muito aderentes e dispensam totalmente o tutoramento. Para que cresça, basta lhe fornecer um suporte adequado, e em pouco tempo estará completamente formada.

20 Plantas Trepadeiras 18

Apesar de extremamente rústica, a unha-de-gato não deve ser utilizada em jardins que objetivam baixa manutenção. Sem as podas periódicas ela amadurece e se torna lenhosa, frutifica e destrói o suporte.

Unha-de-gato – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Ficus pumila
  • Nomes Populares: Unha-de-gato, Herinha
  • Família: Moraceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Japão, Vietnã
  • Altura: 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Unha-de-gato

Por ser excepcionalmente aderente é indicada para recobrir de verde muros, paredes, escadas, colunas e moldes de topiaria, preferencialmente estruturas sem acabamento.

Corações-emaranhados – Plantas Trepadeiras

É uma trepadeira pendente e muito delicada, de caule longo e arroxeado que pode alcançar de 2 a 4 metros de comprimento. Apresenta folhas suculentas, opostas, em formato de coração, de coloração verde-musgo, com um marmorizado prateado na página superior e arroxeadas na inferior. A floração é distribuída durante os meses quentes e as flores são em forma de um pequeno vaso, com corola rosada, e pétalas roxo-púrpura.

20 Plantas Trepadeiras 19

Os frutos são pequenas vagens, com sementes achatadas, que caem facilmente quando maduras. Por não tolerar o sol quente do meio-dia, deve ser protegida neste horário. Se a planta estiver ao ar livre, pode atrair beija-flores. A manutenção desta suculenta se limita às regas e adubações mensais na primavera e verão.

Corações-emaranhados – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Ceropegia woodii
  • Nomes Populares: Corações-emaranhados,
  • Família: Asclepiadaceae
  • Categoria: Bulbosas, Folhagens, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, África do Sul, Suazilândia, Zimbábue
  • Altura: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Corações-emaranhados

Os corações emaranhados podem ser utilizados na decoração de ambientes internos ou em varandas. Ganham destaque especial se cultivados em grupos de cinco ou mais mudas, em vasos ou cestas suspensas, assim como jardineiras e floreiras colocadas em locais altos.

Vídeo sobre Corações-emaranhados:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Jade-vermelha – Plantas Trepadeiras

A jade-vermelha é uma trepadeira escandente, tropical, vigorosa e de florescimento espetacular. Seu caule é volúvel, ramificado e inicialmente herbáceo, mas gradativamente lignifica, de acordo com a necessidade de suportar a planta. As folhas são trifoliadas, alternas, com folíolos elípticos a ovalados, acuminados, coriáceos e de cor verde brilhante. As inflorescências surgem na primavera e são do tipo rácemo, pendentes, longas e muito vistosas.

20 Plantas Trepadeiras 20

Elas podem alcançar até um metro de comprimento, com flores que vão se abrindo sucessivamente da base até a ponta. Elas são de cor vermelha brilhante e seu formato lembra o bico de um pássaro. No verão surgem as vagens, pilosas, deiscentes, contendo curiosas sementes que lembram um pequeno hamburguer. Esta é uma trepadeira muito especial, ainda rara em cultivo, mas que chama muita a atenção durante sua floração. Ideal para valorizar pérgolas, gazebos e caramanchões robustos e grandes, que possam ser apreciados de baixo.

Jade-vermelha – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Mucuna bennettii
  • Sinonímia: Mucuna bennetti, Mucuna albertisii, Mucuna novoguineensis
  • Nomes Populares: Jade-vermelha, Trepadeira-jade-vermelha, Trepadeira-filipina, Mucuna, Flama-da-Floresta, Trepadeira-da-nova-guiné
  • Família: Fabaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Nova Guiné, Oceania
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros, acima de 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Jade-vermelha

Mesmo sem flores é bastante ornamental, pois a folhagem é densa, vistosa além de produzir uma sombra fresca. Após bem estabelecida, torna-se uma espécie muito rústica. Não precisa de tutoramento e exige pouca manutenção, que consiste em podas para controlar o crescimento.

Vídeo sobre Jade-vermelha:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Jasmim-da-índia – Plantas Trepadeiras

O Jasmin-da-índia tem a característica interessante de produzir flores que mudam de cor. Elas nascem brancas e com o tempo se tornam vermelhas.

20 Plantas Trepadeiras 21

Suporta podas, que devem ser realizadas sempre após o florescimento. Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil, com adubações periódicas para uma floração exuberante. Pode ser propagada por estaquia, mergulhia e por alporquia.

Jasmim-da-índia – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Quisqualis indica
  • Nomes Populares: Jasmim-da-índia, Arbusto-milagroso, Madagascar
  • Família: Combretaceae
  • Categoria: Arbustos, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Índia
  • Altura: 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Jasmim-da-índia

Sua utilização no paisagismo é ampla, desde que lhe seja oferecido suporte adequado. Pode formar maciços ou ser conduzido como trepadeira.

Vídeo sobre Jasmim-da-índia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Céu-azul – Plantas Trepadeiras

Céu-azul é uma trepadeira volúvel, perenifólia e semilenhosa, de vistoso florescimento. Sua ramagem é fina, herbácea e ramificada, de cor verde a levemente avermelhada. As folhas são ovaladas a cordiformes, brilhantes, acuminadas, alternas, verdes e com nervuras bem marcadas. O florescimento se estende por todo ano, porém com mais intensidade no inverno e após as chuvas.

20 Plantas Trepadeiras 22

Suas flores são em forma de sino, azuis e delicadas, despontando em cachos nas axilas foliares. Elas se abrem pela manhã e permanecem abertas durante todo o dia, fechando-se à noite. Seu crescimento é rápido, controlado e ela é muito rústica. Apesar disso, não é muito grande e nem muito longeva, de forma que seu uso não é indicado para grandes suportes, com colunas muito calibrosas, em jardins com foco mais perene.

Céu-azul – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Jacquemontia pentanthos
  • Sinonímia: Convolvulus pentanthos, Convolvulus violaceus, Convolvulus umbellatus, Jacquemontia azurea, Jacquemontia houseana, Jacquemontia violacea, Jacquemontia canescens, Jacquemontia pentantha, Jacquemontia elongata
  • Nomes Populares: Céu-azul, Aguinaldo-azul, Amarra-cachorro, Trepadeira-céu-azul
  • Família: Convolvulaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, Estados Unidos, México
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Bienal, Perene

Para que serve Céu-azul

A trepadeira céu-azul é ideal para cobrir treliças, cercas de alambrado, e outras estruturas leves nas quais possa se enrolar e subir. No auge de sua floração, é possível ver mais de cem flores abertas em um só dia, com efeito espetacular.

Tumbérgia-azul – Plantas Trepadeiras

A tumbérgia-azul é uma trepadeira muito rústica e ornamental. Ela apresenta flores grandes de coloração azul com o centro branco, que aparecem o ano todo, mas com mais intensidade na primavera e no verão. Ocorre ainda uma variedade de flores brancas. Suas folhas são perenes, verde-escuras e um pouco dentadas.

20 Plantas Trepadeiras 23

Ela é muito atrativa para as abelhas mamangavas. Deve ser cultivada sob pleno sol em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. Adubações periódicas com farinha de ossos estimulam uma intensa floração. Tolera bem o frio subtropical. Multiplica-se por estaquia.

Tumbérgia-azul – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Thunbergia grandiflora
  • Nomes Populares: Tumbérgia-azul, Azulzinha
  • Família: Acanthaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Índia
  • Altura: 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Tumbérgia-azul

Tem boa velocidade de crescimento, sendo uma ótima opção para cobrir pergolas, arcos e caramanchões.

Vídeo sobre Tumbérgia-azul:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Planta-arame – Plantas Trepadeiras

A planta-arame é uma trepadeira dióica, semi-decídua, vigorosa e muito ramificada. Sua ramagem é entouceira, entrelaçada, um tanto esparsa, mas de crescimento uniforme, com aspecto de arame enredado e textura aerada e delicada. As folhas são pequenas, brilhantes, coriáceas e com formato redondo a cordiforme. Elas surgem de cor verde-limão no final da primavera, tornam-se verde escuras com a maturação, e finalmente adquirem tons bronzeados, logo antes de cair, no inverno.

20 Plantas Trepadeiras 24

Floresce no verão, despontando delicadas flores suculentas, de cor branca-amarelada. O frutos são do tipo baga, com sementes pretas e amadurecem no outono.  Como aceita muito bem as podas, é uma das espécies ideais para trabalhos topiários. Com esta espécie, é possível fazer verdadeiras cortinas vivas, capazes de reduzir o vento e a poeira. Também faz às vezes de forração, emprestando charme especialmente a jardins rochosos.

Planta-arame – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Muehlenbeckia complexa
  • Sinonímia: Calacinum complexum, Polygonum complexum, Sarcogonum complexum
  • Nomes Populares: Planta-arame, Cabelo-de-noiva, Cabelo-de-negro, Enredadera-de-alambre
  • Família: Polygonaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas, Folhagens, Forrações ao Sol Pleno, Gramados e Forrações, Trepadeiras
  • Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Nova Zelândia, Oceania
  • Altura: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Planta-arame

No paisagismo, a planta-arame é um verdadeiro curinga. Apesar de que é mais comum o seu uso como planta pendente, em cestas, cuias e jardineiras. No entanto, esta espécie pode ser utilizada como trepadeira se lhe for oferecido algum suporte, assim como cerca-viva, de estilo formal ou informal.

Vídeo sobre Planta-arame:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Teta-de-vaca – Plantas Trepadeiras

A teta-de-vaca é uma planta arbustiva muito peculiar devido ao formato curioso de seus frutos. Com porte entre 0,5 a 2 metros de altura, ela apresenta caule único que se ramifica logo acima da base. Sua ramagem é esparsa, com ramos retos a recurvados, de cor verde ou arroxeada, geralmente espinhosa e bastante pilosa. As folhas são simples, aveludadas, com veias bem marcadas e formato cordiforme, com lobos acuminados e triangulares. As inflorescências surgem na primavera e são axilares, com 2 a 10 flores lilases. Os frutos são pequenos, globosos a piriformes, com pequenas projeções na base, o que lhe valeu estranhos nomes populares, como teta-de-vaca, peito-de-moça ou cara-de-raposa (fox-face em inglês).

20 Plantas Trepadeiras 25

Sua casca é brilhante, cerosa, de cor laranja e sua polpa é carnosa, de cor clara, esverdeada, com muitas sementes. De frutificação decorativa, esta planta poder ser plantada isolada ou em grupos e também em vasos e jardineiras. Devido ao seu crescimento esparso, pode ser tutorada sobre suportes como uma pequena trepadeira anual. Os ramos carregados de frutos ainda podem ser utilizados em arranjos florais.

Teta-de-vaca – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Solanum mammosum
  • Nomes Populares: Teta-de-vaca, Juá-bravo, Jurubeba-do-pará, Maminha-de-vaca, Peito-de-moça
  • Família: Solanaceae
  • Categoria: Arbustos, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Teta-de-vaca

Em alguns lugares é reputada como medicinal contra doenças como pé-de-atleta e o suco de seus frutos têm atividade detergente e é utilizado para lavar roupas.

Filodendro-brasil – Plantas Trepadeiras

O filodendro-brasil é uma planta herbácea e tropical, que apresenta folhagem de cores vivazes, contrastantes entre si, oferecendo um visual estonteante. O nome ‘Brasil’, dado à cultivar é uma referência ao verde-amarelo da bandeira brasileira. Suas folhas são ovadas a cordiformes, acuminadas, brilhantes, coriáceas, de cor verde escura e com o centro verde-limão. As folhas jovens são mais cordiformes, menores, e com as cores demonstrando bem a cultivar. Como em outras espécies que apresentam variegação, com a maturação da planta ocorre a reversão da cor, e ela torna-se totalmente verde escura, como um filodendro comum.

20 Plantas Trepadeiras 26

No entanto, a maturação da planta é lenta e exige clima tropical úmido. Ou seja, podemos aproveitar sua beleza juvenil por muito tempo, antes que ela atinja a idade adulta. As inflorescênicas são axilares, solitáras e do tipo espádice. Este belo filodendro é ideal para plantar em vasos ou cestas pendentes, adornando interiores bem iluminados. Também pode ser plantado em canteiros, fazendo às vezes de forração de meia sombra. Para um visual ainda mais tropical e selvagem, experimente plantar algumas mudas de filodendro-brasil no entorno de uma árvore frondosa. Os ramos se fixam no tronco e sobem até o alto, depois pendem até tocar no solo e enraizam novamente.

Filodendro-brasil – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Philodendron hederaceum
  • Sinonímia: Arum hederaceum, Pothos hederaceus, Philodendron speciosum, Philodendron scandens, Philodendron prieurianum, Philodendron micans, Philodendron cuspidatum, Philodendron microphyllum, Philodendron oxycardium, Philodendron oxyprorum, Philodendron hoffmannii, Philodendron acrocardium, Philodendron pittieri, Philodendron harlowii, Philodendron miduhoi
  • Nomes Populares: Filodendro-brasil, Filodendro
  • Família: Araceae
  • Categoria: Folhagens, Forrações à Meia Sombra, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, Antilhas, Bolívia, Brasil, México, Peru
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Filodendro-brasil

filodendro é ideal para plantar em vasos ou cestas pendentes, adornando interiores bem iluminados. Também pode ser plantado em canteiros, fazendo às vezes de forração de meia sombra.

Gloriosa – Plantas Trepadeiras

A gloriosa é uma trepadeira muito singular, de textura herbácea, raízes tuberosas e flores muito decorativas. Suas folhas são lanceoladas, longas e brilhantes e apresentam uma modificação curiosa na extremidade, que torna-se uma gavinha, permitindo sua fixação e ascensão sobre os suportes. Seu crescimento é muito veloz nos meses quentes e pode atingir até 2 metros de altura.

20 Plantas Trepadeiras 27

As flores são o principal encanto desta planta diferente. Elas são solitárias, com longos estames e pétalas recurvadas, como se estivessem invertidas. De bordos ondulados, as pétalas são amarelas na base e vermelhas nas extremidades. Ocorrem ainda variedades de flores amarelas e de porte anão. Seu crescimento vigoroso permite a obtenção de florações sucessivas na mesma estação.

Gloriosa – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Gloriosa rothschildiana
  • Nomes Populares: Gloriosa, Garras-de-tigre, Lírio-trepadeira
  • Família: Colchicaceae
  • Categoria: Bulbosas, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África
  • Altura: 1.2 a 1.8 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Gloriosa

É uma trepadeira ótima para o cultivo anual, decorando suportes leves, como treliças delicadas, grades e cercas.

Vídeo sobre Gloriosa:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Solandra-amarela – Plantas Trepadeiras

A Solandra-amarela é uma arbusto escandente e trepador, florífero e nativo na América Central, América do Sul e México. É uma planta ornamental que se destaca principalmente pelas flores enormes, com formato de cálice e um belo tom de amarelo ocre. Produz longos e grossos ramos flexíveis, eretos a escandentes, lenhosos, que podem chegar a 60 metros de comprimento, com ramificações e raízes adventícias a partir dos nós.

20 Plantas Trepadeiras 28

Suas folhas são elípticas, coriáceas, muito brilhantes, de cor verde escura. Floresce esparsamente durante o ano todo, e com mais intensidade no outono e inverno ou na estação mais seca. Desponta inicialmente grande botões inflados, que parecem bexigas de ar. Logo que se abrem, as flores revelam a corola, fundida em sua base, formando assim uma taça bem aberta, com raios cor de vinho e longos estames.

Solandra-amarela – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Solandra maxima
  • Sinonímia: Solandra hartwegii, Solandra selerae, Solandra nitida, Datura maxima
  • Nomes Populares: Solandra-amarela, Cálice-amarelo
  • Família: Solanaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, México
  • Altura: 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Solandra-amarela

Ela gosta de muito espaço e pode ser utilizada para coroar muros, em cercas, pórticos, treliças, entre outras estruturas, desde que sejam robustas e reforçadas, pois trata-se de uma trepadeira lenhosa e frondosa, que pode alcançar um porte grande.

Vídeo sobre Solandra-amarela:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Coração-sangrento – Plantas Trepadeiras

O coração-sangrento é um arbusto escandente e tropical, originário da hibridização de duas outras espécies de clerodendro, a lágrima-de-cristo (Clerodendrum thomsonae) e o Clerodendro-vermelho (C. splendens). O cruzamento entre essas duas espécies originou uma planta rústica, de florescimento espetacular, com flores semelhantes ao da lágrima-cristo, porém com cálices coloridos e cachos mais densos. Sua ramagem é longa, de textura semi-lenhosa, e pode ser facilmente conduzido como trepadeira, através do tutoramento adequado.

20 Plantas Trepadeiras 29

As folhas são verde escuras, ovaladas, opostas, com nervuras bem marcadas e margens levemente onduladas. As inflorescências surgem na primavera e verão, e são do tipo panícula, terminais, com numerosas flores vermelhas e tubulares, com longos estames, envolvidas por um cálice branco, persistente, matizado de vermelho ou rosa-escuro. Da mesma forma como as plantas que lhe deram origem, o coração-sangrento é muito atrativo para beija-flores e borboletas.

Coração-sangrento – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Clerodendrum x speciosum
  • Sinonímia: Clerodendrum delectum
  • Nomes Populares: Coração-sangrento, Clerodendro-rosa
  • Família: Lamiaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Trepadeiras
  • Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, Ásia
  • Altura: 3.6 a 4.7 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Coração-sangrento

É utilizado com o objetivo de ser uma elegante trepadeira.

Vídeo sobre Coração-sangrento:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Jasmim-leite – Plantas Trepadeiras

O jasmim-leite é uma trepadeira lenhosa e florífera, que cresce além de 3 metros de altura e é de origem asiática. Apresenta ramagem fina, delicada e muito ramificada, com aspecto de arame, que exsuda uma seiva leitosa quando cortada. Suas folhas são verde-escuras, glabras, brilhantes e opostas, com formato oval a lanceolado.

20 Plantas Trepadeiras 30

Ocorre ainda uma cultivar de folhas variegadas de creme, com belo efeito, porém menor vigor que a forma típica. Floresce em meados da primavera, despontando cachos de flores pequenas, pentâmeras, com formato de estrela e muito perfumadas. Logo que surgem, as flores são brancas, mas com o tempo adquirem tons de creme. Elas são muito atrativas para as abelhas.

Jasmim-leite – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico:Trachelospermum jasminoides
  • Sinonímia: Trachelospermum asiaticum, Rhynchospermum jasminoides, Nerium divaricatum, Parechites thunbergii, Parechites adnascens, Parechites bowringii, Trachelospermum divaricatum, Trachelospermum bowringii
  • Nomes Populares: Jasmim-leite, Jasmim-estrela, Jasmim-de-leite, Jasmim-brilhante
  • Família: Apocynaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Coréia do Norte, Coréia do Sul, Japão, Vietnã
  • Altura: 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros, 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Jasmim-leite

No jardim, o jasmim-leite acrescenta uma textura fina e densa, criando assim cenários para outras espécies ou estruturas. Use a para suavizar a hispidez das construções como muros e paredes, podendo ser apoiada em diferentes tipos de suportes, como treliças, árvores, pérgolas, etc.

Vídeo sobre Jasmim-leite:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Jasmim-dos-açores – Plantas Trepadeiras

O jasmim-dos-açores é uma planta arbustiva, de crescimento ereto a trepador, textura semi-lenhosa e elevado valor como ornamental. Ele é nativo da Ilha da Madeira, onde encontra-se seriamente ameaçado, estando restrito a um número de menos de 50 indivíduos apenas. Emite longos ramos, finos e ramificados, formando um emaranhado bastante denso.

20 Plantas Trepadeiras 31

Suas folhas são opostas, perenes, coriáceas, trifoliadas, glabras e brilhantes, compostas por folíolos ovados a ovado-lanceolados. Seu período de floração é bastante extenso, iniciando na primavera e perdurando por quase todo ano em locais de clima quente. Inflorescências em rácemos terminais, reunindo flores estreladas, de um branco puro e deliciosamente perfumadas, de notas um pouco distintas de outros jasmins, que alguns afirmam lembrar o aroma da gardênia.

Jasmim-dos-açores – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Jasminum azoricum
  • Sinonímia: Jasminum fluminense, Jasminum trifoliatum, Jasminum bahiense, Jasminum suaveolens, Jasminum blandum, Jasminum hildebrandtii, Jasminum holstii
  • Nomes Populares: Jasmim-dos-açores, Jasmim-açoriano, Jasmim-branco, Jasmineiro-branco, Jasmim-do-rio
  • Família: Oleaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Trepadeiras
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado
  • Origem: Europa, Ilha da Madeira
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Jasmim-dos-açores

As flores deste jasmim são bastante atrativas para borboletas e outros insetos polinizadores. Os frutos formados são bagas escuras e pequenas, de pouca importância como ornamental.

Vídeo sobre Jasmim-dos-açores:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Sete-léguas – Plantas Trepadeiras

A sete-léguas é uma trepadeira lenhosa, muito rústica e vigorosa. De crescimento rápido, apresenta ramos longos e ramificados, que podem chegar a 10 metros de comprimento. Suas folhas são compostas e de coloração verde-brilhante. As inflorescências são terminais, esparsas, formadas por flores grandes em forma de trombeta, perfumadas, de coloração rósea e com estrias avermelhadas.

20 Plantas Trepadeiras 32

Exige tutoramento inicial e amarrio, além de podas anuais no inverno, que controlam o crescimento da folhagem e estimulam uma floração mais intensa. Adapta-se muito bem ao litoral e fornece uma sombra valiosa nos dias mais quentes. São muito visitadas por mamangavas (Xylocopa sp).

Sete-léguas – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Podranea ricasoliana
  • Nomes Populares: Sete-léguas,
  • Família: Bignoniaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Oceania
  • Altura: 9.0 a 12 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Sete-léguas

A floração ocorre durante o ano todo, mas é mais abundante na primavera e verão. Às vezes formam frutos, que são do tipo cápsula, longos e aplainados. Por ser extremamente vigorosa, deve ser apoiada apenas sobre suportes fortes e grandes, como caramanchões, pérgolas, pórticos ou muros.

Vídeo sobre Sete-léguas:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Uva – Plantas Trepadeiras

A videira foi uma das primeiras plantas a serem cultivadas pelo homem, juntamente com o trigo, a oliveira, a ervilha, o linho, etc. Seu fruto – a uva – juntamente com o pão, é um dos principais alimentos da cultura ocidental. Para muitas religiões, a uva, a videira e o vinho são sagrados e carregados de simbologia, representando as pessoas, a alegria e promessas divinas. Na mitologia greco-romana, o vinho e as uvas, têm lugar especial e um deus próprio: Dionísio (Baco para os romanos), que é conhecido também como o deus da alegria.

20 Plantas Trepadeiras 33

As principais espécies de videiras cultivadas são a Vitis vinifera, espécie mais freqüente na Europa e utilizada na fabricação de vinhos finos, a V. labrusca, a V. rotundifolia, a Vitis riparia e a Vitis aestivalis, todas americanas. Durante os milhares de anos, desde a sua domesticação, foram desenvolvidas numerosas variedades e híbridos de videiras, para a produção de diferentes produtos e adaptação a uma ampla variedade de condições climáticas.

Uva – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Vitis sp
  • Nomes Populares: Uva, Parreira, Videira, Vinha
  • Família: Vitaceae
  • Categoria: Frutas e Legumes, Trepadeiras
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia
  • Altura: 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Uva

É utilizadas como porta-enxerto e para produção de uvas de mesa, de consumo in natura, sucos, geléias e vinhos.

Vídeo sobre Uva:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Chapéu-chinês – Plantas Trepadeiras

O chapéu-chinês é uma planta arbustiva, de textura semi-lenhosa de florescimento muito ornamental e peculiar. Apresenta ramos longos, um tanto pendentes e folhas ovaladas, com bordos serrilhados e pontas afiladas. As flores são um espetáculo à parte, possuem formato de trompete com o cálice em formato de chapéu, o que deu origem ao nome popular.

20 Plantas Trepadeiras 34

As flores são originalmente vermelhas ou alaranjadas, mas ocorre uma variedade completamente amarela. A floração ocorre na primavera e no verão. Ganha destaque especial quando plantado isolado, sobre extensos gramados, mas também forma excelentes renques em grupos.

Chapéu-chinês – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Holmskioldia sanguinea
  • Nomes Populares: Chapéu-chinês, Chapéu-chinês-amarelo, Chapéu-chinês-vernelho, Chapéu-de-mandarim, Holmskioldia-vermelha
  • Família: Verbenaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas, Trepadeiras
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado
  • Origem: Ásia, Himalaia
  • Altura: 2.4 a 3.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Chapéu-chinês

Devido aos ramos longos, pode ser conduzido como trepadeira sobre treliças e outros suportes, desde que adequadamente tutorada e amarrada. É considerada uma planta troquilógama, isto é, apropriada para a alimentação dos beija-flores.

Vídeo sobre Chapéu-chinês:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Trepadeira-mexicana – Plantas Trepadeiras

A trepadeira-mexicana, é uma liana muito graciosa e ornamental, ótima para jardineiros iniciantes pela facilidade de cultivo. Sua ramagem é muito ramificada, de textura semi-lenhosa e apresenta folhas cordiformes ou em seta, com margens serrilhadas e coloração verde-escura. As inflorescências são grandes, semelhantes a margaridas, com corola alaranjada e centro amarelo, que se torna vermelho com o passar do tempo.

20 Plantas Trepadeiras 35

A floração se extende pelo ano todo em regiões quentes, mas é mais abundante na primavera. Por sua rusticidade e rápido crescimento, a trepadeira-mexicana pode ser utilizada como anual também.  O plantio junto à árvores ou palmeiras que sirvam de suporte cria um belíssimo efeito também. Seu porte não é muito avantajado, normalmente não cresce mais que 3 metros, o que a torna adequada mesmo para pequenos jardins. Atrai muitas borboletas.

Trepadeira-mexicana – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Senecio confusus
  • Nomes Populares: Trepadeira-mexicana, Flama-do-méxico, Jalisco, Senécio-confuso
  • Família: Asteraceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Semi-árido, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América do Norte, México
  • Altura: 2.4 a 3.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Trepadeira-mexicana

É adequada para cobrir rapidamente suportes, como cercas, muros, treliças e esconder objetos no jardim, como entulhos por exemplo.

Vídeo sobre Trepadeira-mexicana:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Hera-americana – Plantas Trepadeiras

A hera-americana é uma trepadeira vigorosa, semi-lenhosa, decídua e de folhagem decorativa. Ela apresenta gavinhas que terminam em discos aderentes, capazes de fixar a planta em superfícies ásperas. Seu caule é inicialmente esverdeado, mas com o tempo se torna marrom e pubescente e pode alcançar de 10 a 30 metros de altura ou comprimento, dependendo do suporte. As folhas são alternas, longo-pecioladas, compostas, palmadas e tipicamente divididas em cinco folíolos elípticos, com margens serrilhadas. A cor das folhas varia conforme a estação do ano, sendo verde na primavera e verão e avermelhada no outono, antes de cair. As inflorescências surgem na primavera e verão, com numerosas flores pequenas, esverdeadas, de importância ornamental secundária.

20 Plantas Trepadeiras 36

Os frutos são esféricos, pretos, com duas a três sementes, semelhantes a uvas em cachos esparsos. Eles são venenosos para mamíferos, por conter ácido oxálico, mas muito apreciados pelos pássaros. De crescimento rápido, a hera-americana é uma espécie própria para revestir troncos de árvores, paredes chapiscadas, muros e cercas, substituindo a unha-de-gato (Ficus pumila). Ela necessita menor manutenção que esta última, com podas apenas no inverno, quando a planta não apresenta folhas.

Hera-americana – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Parthenocissus quinquefolia
  • Nomes Populares: Hera-americana, Trepadeira-da-virgínia, Vide-virgem, Videira-virgem, Vinha-virgem, Vinha-virgem-da-virgínia
  • Família: Vitaceae
  • Categoria: Forrações à Meia Sombra, Trepadeiras
  • Clima: Subtropical, Temperado
  • Origem: América do Norte
  • Altura: acima de 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Hera-americana

De crescimento rápido, a hera-americana é uma espécie própria para revestir troncos de árvores, paredes chapiscadas, muros e cercas, substituindo a unha-de-gato (Ficus pumila). Ela necessita menor manutenção que esta última, com podas apenas no inverno, quando a planta não apresenta folhas.

Vídeo sobre Hera-americana:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Sapatinho-de-judia – Plantas Trepadeiras

O sapatinho-de-judia é uma trepadeira com inflorescências longas e pendentes, compostas de flores de coloração amarela com marrom avermelhado. Sua folhagem é bastante ornamental também, destacando as flores, pelo verde escuro das folhas.

20 Plantas Trepadeiras 37

Ocorre ainda uma variedade de flores totalmente amarelas. Atrai beija-flores. Deve ser cultivada a pleno sol ou meia sombra em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. Tipicamente tropical, não tolera o frio. Multiplica-se por estaquia.

Sapatinho-de-judia – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Thunbergia mysorensis
  • Nomes Populares: Sapatinho-de-judia,
  • Família: Acanthaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Índia
  • Altura: 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Sapatinho-de-judia

Ela é muito apropriada para cobrir pérgolas, pórticos e caramanchões, de forma que as inflorescências pendentes ficam muito evidenciadas.

Vídeo sobre Sapatinho-de-judia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Ipoméia – Plantas Trepadeiras

A ipoméia é uma trepadeira, de textura herbácea, muito rústica de rápido crescimento. Seu caule é volúvel, enroscando-se sobre os suportes. Possui flores de coloração rosa com o centro arroxeado, tendo outras variedades. Deve ser utilizada para cobrir treliças, cercas e muros. Também serve para esconder temporariamente entulhos e outras estruturas feias no jardim.

20 Plantas Trepadeiras 38

Como perde a beleza com o tempo, não é indicada para cobrir estruturas mais caras e maiores, como pérgolas e caramanchões. Devem ser cultivadas a pleno sol, em solos drenáveis, com regas regulares. Não exige fertilidade, crescendo mesmo em solos pobres. Apesar de não tolerar o frio intenso, pode ser conduzida em clima temperado, durante a primavera e o verão. Multiplica-se por facilmente por sementes.

Ipoméia – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Ipomoea cairica
  • Nomes Populares: Ipoméia, Campainha, Corda-de-viola, Corriola, Glória-da-manhã, Jetirana, Jitirana
  • Família: Convolvulaceae
  • Categoria: Plantas
  • Daninhas, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil
  • Altura: 2.4 a 3.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Anual

Para que serve Ipoméia

É rústica e apresenta rápido crescimento, sendo freqüente sua utilização como trepadeira anual.

Vídeo sobre Ipoméia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Ipoméia-rubra – Plantas Trepadeiras

A ipoméia-rubra é uma trepadeira semi-lenhosa e volúvel, de crescimento moderado. Ela apresenta folhas perenes, palmadas, com cinco a sete folíolos verde-escuros e brilhantes. Os botões florais se assemelham a pequenos frutos. As flores são grandes, em forma de funil e de textura cerosa.

20 Plantas Trepadeiras 39

Na forma típica são de cor vermelho-bordô, mas ocorrem variedades de flores brancas-rosadas, roxas e rosas-arroxeadas, mais raras em cultivo. Elas têm estames longos com anteras de cor creme. As flores da ipoméia-rubra são muito atrativas para os beija-flores, abelhas e borboletas. A floração se estende da primavera ao outono.

Ipoméia-rubra – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Ipomoea horsfalliae
  • Nomes Populares: Ipoméia-rubra, Glória-da-manhã, Trepadeira-cardeal
  • Família: Convolvulaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Indonésia
  • Altura: 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros, 6.0 a 9.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Ipoméia-rubra

É uma trepadeira tropical vigorosa, própria para revestir grades, treliças, cercas ou pérgolas. Apesar de delicada no seu primeiro ano, após seu pleno estabelecimento, ela se torna bastante resistente. Também pode ser cultivada em vasos e jardineiras, desde que lhe seja oferecido suporte adequado. Apesar de apreciar o calor, esta trepadeira pode ser plantada em ambientes protegidos, como interiores e estufas, nos países de clima temperado a frio.

Vídeo sobre Ipoméia-rubra:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Hera-japonesa – Plantas Trepadeiras

A hera-japonesa é uma trepadeira lenhosa, decídua, de folhagem ornamental e dotada de fortes gavinhas adesivas, que a tornam capaz de se fixar a muros e paredes. Ela pode crescer até 30 metros ou mais, em altura e comprimento, se lhe for oferecido suporte adequado. Suas folhas são simples, alternas, trilobadas, brilhantes e com margens serrilhadas, sendo muito semelhantes às folhas de parreira.

20 Plantas Trepadeiras 40

Elas surgem em tons avermelhados na primavera, se tornam verdes quando maduras e gradativamente adquirem tons dourados a acobreados no outono, antes de caírem no inverno. Suas flores são esverdeadas e discretas, e os frutos se assemelham a pequenas uvas arroxeadas, dispostos em cachos esparsos. Por recobrir e sombrear paredes ela se torna uma alternativa econômica para suavizar e refrescar as casas, prédios e muros nos verão.

Hera-japonesa – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Parthenocissus tricuspidata
  • Nomes Populares: Hera-japonesa, Falsa-vinha, Hera-de-boston, Vinha-virgem
  • Família: Vitaceae
  • Categoria: Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Temperado
  • Origem: Ásia, China, Coréia do Norte, Coréia do Sul, Japão
  • Altura: acima de 12 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Hera-japonesa

Esta belíssima trepadeira permite vislumbrar a beleza das diferentes estações do ano, impressa na sua folhagem camaleoa. No jardim ela é indicada para recobrir muros, paredes, troncos de árvores, cercas, entre outros suportes em que possa fixar suas gavinhas.

Vídeo sobre Hera-japonesa:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Cipó-uva – Plantas Trepadeiras

O cipó-uva é uma trepadeira perene, de textura semi-herbácea, própria para a decoração de ambientes internos. Apresenta caule ramificado, com ramos delgados, de cor castanha, recobertos de pelos e dotados de gavinhas para fixação. As folhas são compostas, com três folíolos de formato rômbico e margens denteadas. Algumas variedades possuem margens quase inteiras enquanto outras têm margens profundamente denteadas, praticamente lobadas.

20 Plantas Trepadeiras 41

Quando jovens, os folíolos são claros, revestidas de tricomas e à medida que amadurecem adquirem uma cor verde-escura e brilhante.  Há duas principais formas de conduzi-la: como trepadeira, oferecendo-lhe suporte para que se fixe com suas gavinhas, ou como planta pendente, plantada em vasos ou cestas suspensas. Seja qual for o modo escolhido, vale à pena plantá-la, pois é uma espécie muito ornamental.

Cipó-uva – Ficha da Planta trepadeira

  • Nome Científico: Cissus rhombifolia
  • Nomes Populares: Cipó-uva, Anil-trepador, Cisso, Cissus, Uva-brava, Uva-do-mato, Uva-selvagem
  • Família: Vitaceae
  • Categoria: Folhagens, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América do Sul
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Cipó-uva

O cipó-uva é uma planta excelente para crescer em locais semi-sombreados e até mesmo em interiores. Não obstante o crescimento moderado, ela é rústica e sua folhagem muito exuberante, tornando-a uma opção interessante para pendurar na sala, em cestas suspensas ou mesmo em jardineiras.

Vídeo sobre Cipó-uva:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Fim do poste sobre as plantas trepadeiras

Então estamos chegando ao fim de mais uma lista de conteúdos, e nesse poste trabalhamos com “plantas trepadeiras”. Assim se você achou esse poste legal, e conhece alguém que está precisando ler isso, compartilhe com elas e também se possível em suas redes sociais, para que as pessoas possam desfrutar de mais conteúdos.