10 Poemas sobre Mulher

0
436

Oi pessoal, o post de hoje traz 10 “Poemas sobre Mulher” selecionados especialmente para todos vocês. Espero que gostem!

Poema sobre Mulher

Apresentação do Poema sobre Mulher – Mulher

O poema mulher é de Ivone Boechat que mostra as características de como as mulheres são, com alguns adjetivos.

Poema sobre Mulher – Mulher

Um aroma suave
exalou das mãos do Criador,
quando seus olhos contemplaram
a solidão do homem no Jardim!
Foi assim:
o Senhor desenhou
o ser gracioso, meigo e forte,
que Sua imaginação perfeita produziu.
Um novo milagre:
fez-se carne,
fez-se bela,
fez-se amor,
fez-se na verdade como Ele quer!
O homem colheu a flor,
beijou-a, com ternura,
chamando-a, simplesmente,
Mulher!

Autor Poema sobre Mulher – Mulher – Ivone Boechat

Natural do Estado do Rio; Membro da Academia Mundial de Cultura e Literatura; Membro da Academia Duquecaxiense de Letras e Artes de Duque de Caxias-RJ; Educadora; Medalha” Lux in Tenebris” do  Sindicato dos Professores do Estado do Rio de Janeiro;  Autora de 16 livros; PhD – Psicologia Educação; Consultora em Educação.

Vídeo sobre a Poema:

Apresentação do Poema sobre Mulher – lembranças

O poema rela características de uma mulher que nunca deixou de ser criança relatando diversas coisas que lembram a infância.

Poema sobre Mulher – Lembranças

Sou uma mulher madura
Que às vezes anda de balanço
Sou uma criança insegura
Que às vezes usa salto alto
Sou uma mulher que balança
Sou uma criança que atura

Autor Poema sobre Mulher – Lembranças – Martha Medeiros

É uma escritora, aforista e poetisa brasileira. É conhecida como uma das melhores cronistas brasileiras. Entre suas obras mais conhecidas estão “Divã”, “Doidas e Santas” e “Feliz Por Nada”. Seus livros já ultrapassaram a marca de 1 milhão de exemplares vendidos.

Vídeo sobre a Poema:

Apresentação do Poema sobre Mulher – Mulher é mesmo interessante

É um poema de Angela Cavalcante que mostra como a mulher é interessante e os homens não percebem para dá o devido valo.

Poema sobre Mulher – Mulher é mesmo interessante

Mulher é mesmo interessante…
Mesmo brava, é linda
Mesmo alegre, chora
Mesmo tímida, comemora
Mesmo apaixonada, ignora
Mesmo frágil, é poderosa!

Autor Poema sobre Mulher – Mulher é mesmo interessante – Angela Cavalcanti

Angela Cavalcanti é um poetisa e cantora brasileira que conta seus poema em forma de carinho.

Vídeo sobre a Poema:

Apresentação do Poema sobre Mulher – QUANDO CHEGAR

QUANDO CHEGAR é um belo poema de Martha Medeiros que mostra a história de um mulher que se planeja quando chegar 20 anos fazer diversas coisa que tem vontade.

Poema sobre Mulher – QUANDO CHEGAR

Quando chegar aos 30
serei uma mulher de verdade
nem Amélia nem ninguém
um belo futuro pela frente
e um pouco mais de calma talvez

e quando chegar aos 50
serei livre, linda e forte
terei gente boa ao lado
saberei um pouco mais do amor
e da vida quem sabe

e quando chegar aos 90
já sem força, sem futuro, sem idade
vou fazer uma festa de prazer
convidar todos que amei
registrar tudo que sei
e morrer de saudade.

Autor Poema sobre Mulher – QUANDO CHEGAR – Martha Medeiros

É uma escritora, aforista e poetisa brasileira. É conhecida como uma das melhores cronistas brasileiras. Entre suas obras mais conhecidas estão “Divã”, “Doidas e Santas” e “Feliz Por Nada”. Seus livros já ultrapassaram a marca de 1 milhão de exemplares vendidos.

Vídeo sobre a Poema:

Apresentação do Poema sobre Mulher – MULHERES IRRITADAS

Um poema de Augusto Branco onde a mulher é o ator principal do poema dizendo algumas características das mulheres tanto lógicas como físicas.

Poema sobre Mulher – MULHERES IRRITADAS

Adoro mulheres irritadas
Bravas
Explodindo de raiva

Poucas coisas deixam uma mulher tão sexy,
Tão charmosa,
E tão convidativa ao prazer
Quanto aquele olhar possesso,
Aquele ar de que vai quebrar tudo
E mandar o mundo pelos ares
Pelo simples fato de que algo não saiu ao seu gosto
Ou a contento seu

Mulheres assim são mais donas de si
Mais donas do mundo
E dos homens também
Tanto mais quando se sabe que por que por trás de tanta raiva, de tanta fúria,
Há sempre um encanto de mulher
Que apenas espera receber exatamente o que ela quer
E merece:

Todo o carinho,
Toda a atenção,
E todo o amor que existe!

Autor Poema sobre Mulher – MULHERES IRRITADAS – Augusto Branco

É um poeta e escritor brasileiro, nasceu em Porto Velho, capital do estado brasileiro de Rondônia, filho de Rosa e Raymundo, dois ribeirinhos que foram morar na cidade. Escreveu seus primeiros versos ainda na infância entre os 7 e 8 anos, pouco antes de começar a trabalhar na loja de ferragens de seu pai.

Vídeo sobre o autor:

Apresentação do Poema sobre Mulher – RECEITA DE MULHER

É um poema de Vinicius de Morais, que relata os tipos de mulheres e como elas são, e que as pessoas tenham compreensão.

Quer se preparar para um concurso público dando aula? Veja esse vídeo!

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Confira também as entrevistas que estamos realizando no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

 

Poema sobre Mulher – RECEITA DE MULHER

As muito feias que me perdoem
Mas beleza é fundamental. É preciso
Que haja qualquer coisa de flor em tudo isso
Qualquer coisa de dança, qualquer coisa de haute couture
Em tudo isso (ou então
Que a mulher se socialize elegantemente em azul, como na República Popular Chinesa).
Não há meio-termo possível. É preciso
Que tudo isso seja belo. É preciso que súbito
Tenha-se a impressão de ver uma garça apenas pousada e que um rosto
Adquira de vez em quando essa cor só encontrável no terceiro minuto da aurora.
É preciso que tudo isso seja sem ser, mas que se reflita e desabroche
No olhar dos homens. É preciso, é absolutamente preciso
Que seja tudo belo e inesperado. É preciso que umas pálpebras cerradas
Lembrem um verso de Éluard e que se acaricie nuns braços
Alguma coisa além da carne: que se os toque
Como o âmbar de uma tarde. Ah, deixai-me dizer-vos
Que é preciso que a mulher que ali está como a corola ante o pássaro
Seja bela ou tenha pelo menos um rosto que lembre um templo e
Seja leve como um resto de nuvem: mas que seja uma nuvem
Com olhos e nádegas. Nádegas é importantíssimo. Olhos, então
Nem se fala, que olhem com certa maldade inocente. Uma boca
Fresca (nunca úmida!) é também de extrema pertinência.
É preciso que as extremidades sejam magras; que uns ossos
Despontem, sobretudo a rótula no cruzar as pernas, e as pontas pélvicas
No enlaçar de uma cintura semovente.
Gravíssimo é porém o problema das saboneteiras: uma mulher sem saboneteiras
É como um rio sem pontes. Indispensável
Que haja uma hipótese de barriguinha, e em seguida
A mulher se alteia em cálice, e que seus seios
Sejam uma expressão greco-romana, mais que gótica ou barroca
E possam iluminar o escuro com uma capacidade mínima de cinco velas.
Sobremodo pertinaz é estarem a caveira e a coluna vertebal
Levemente à mostra; e que exista um grande latifúndio dorsal!
Os membros que terminem como hastes, mas bem haja um certo volume de coxas
E que elas sejam lisas, lisas como a pétala e cobertas de suavíssima penugem
No entanto sensível à carícia em sentido contrário.
É aconselhável na axila uma doce relva com aroma próprio
Apenas sensível (um mínimo de produtos farmacêuticos!)
Preferíveis sem dúvida os pescoços longos
De forma que a cabeça dê por vezes a impressão
De nada ter a ver com o corpo, e a mulher não lembre
Flores sem mistério. Pés e mãos devem conter elementos góticos
Discretos. A pele deve ser fresca nas mãos, nos braços, no dorso e na face
Mas que as concavidades e reentrâncias tenham uma temperatura nunca inferior
A 37º centígrados, podendo eventualmente provocar queimaduras
Do primeiro grau. Os olhos, que sejam de preferência grandes
E de rotação pelo menos tão lenta quanto a da terra; e
Que se coloquem sempre para lá de um invisível muro de paixão
Que é preciso ultrapassar. Que a mulher seja em princípio alta
Ou, caso baixa, que tenha a atitude mental dos altos píncaros.
Ah, que a mulher dê sempre a impressão de que se se fechar os olhos
Ao abri-los ela não mais estará presente
Com seu sorriso e suas tramas. Que ela surja, não venha; parta, não vá
E que possua uma certa capacidade de emudecer subitamente e nos fazer beber
O fel da dúvida. Oh, sobretudo
Que ela não perca nunca, não importa em que mundo
Não importa em que circunstâncias, a sua infinita volubilidade
De pássaro; e que acariciada no fundo de si mesma
Transforme-se em fera sem perder sua graça de ave; e que exale sempre
O impossível perfume; e destile sempre
O embriagante mel; e cante sempre o inaudível canto
Da sua combustão; e não deixe de ser nunca a eterna dançarina
Do efêmero; e em sua incalculável imperfeição
Constitua a coisa mais bela e mais perfeita de toda a criação inumerável.

Autor Poema sobre Mulher – RECEITA DE MULHER –  Vinicius de Morais

Poeta essencialmente lírico, o que lhe renderia a alcunha “poetinha”, que lhe teria atribuído Tom Jobim, notabilizou-se pelos seus sonetos. Conhecido como um boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador.

Vídeo sobre a Poesia:

Apresentação do Poema sobre Mulher – Mulher

É um poema estranho que compara a mulher com elementos da natureza, de formas que mostra a realidade com amor.

Poema sobre Mulher – Mulher

Mulher lua
A outra face, a face nua
Mulher terra
O que é mistério, o que se espera
Mulher natureza
O que é firme, o que é beleza
Mulher força
A gravidade, a correnteza
Mulher água
O nascimento, a incerteza
Mulher vida
Por toda parte, a tua semente.
Mulher gente.

Autor Poema sobre Mulher – Mulher – Rayme Soares

Rayme compôs diversas canções interpretadas em shows pela banda de carnaval “Transe Azul”. Administrador e Pós-Graduado em Gestão de Pessoas, trabalha atualmente como docente de universidades e faculdades e é Diretor/Presidente do Núcleo de Educação, Pesquisa, Pós-graduação e Extensão (Neppe). Suas poesias são amplamente divulgadas em suas palestras.

Vídeo sobre a Poema:

Apresentação do Poema sobre Mulher – Com licença poética

É um poema de Adélia Prado que fala da mulher como se fosse algo qualquer, relaxando a mulher com um certo preconceito.

Poema sobre Mulher – Com licença poética

Quando nasci um anjo esbelto,
desses que tocam trombeta, anunciou:
vai carregar bandeira.
Cargo muito pesado pra mulher,
esta espécie ainda envergonhada.
Aceito os subterfúgios que me cabem,
sem precisar mentir.
Não sou tão feia que não possa casar,
acho o Rio de Janeiro uma beleza e
ora sim, ora não, creio em parto sem dor.
Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina.
Inauguro linhagens, fundo reinos
— dor não é amargura.
Minha tristeza não tem pedigree,
já a minha vontade de alegria,
sua raiz vai ao meu mil avô.
Vai ser coxo na vida é maldição pra homem.
Mulher é desdobrável. Eu sou.

Autor Poema sobre Mulher – Com licença poética – Adélia Prado

É uma poetisa, professora, filósofa e contista brasileira ligada ao Modernismo. Seus textos literários retratam o cotidiano com perplexidade e encanto, norteados pela fé cristã e permeados pelo aspecto lúdico, uma das características de seu estilo único.

Vídeo sobre a Poema:

Apresentação do Poema sobre Mulher – Alma de Mulher

Alma de Mulher é um poema que mostra como a mulher sofre em relação a emoções e fatos do dia a dia, mas não se deixa de cabeça baixa por isso.

Poema sobre Mulher – Alma de Mulher

Nada mais contraditório do que ser mulher…
Mulher que pensa com o coração,
age pela emoção e vence pelo amor.
Que vive milhões de emoções num só dia
e transmite cada uma delas num único olhar.

Que cobra de si a perfeição e vive
arrumando desculpas para os erros,
daqueles a quem ama.
Que hospeda no ventre outras almas, dá à luz
e depois fica cega, diante da beleza dos filhos que gera.

Que dá as asas, ensina a voar, mas que não quer ver partir
os pássaros, mesmo sabendo que eles não lhe pertencem.
Que se enfeita toda e perfuma o leito, ainda
que seu amor nem perceba mais tais detalhes.

Que como numa mágica transforma
em luz e sorriso as dores que sente na alma,
só pra ninguém notar.
E ainda tem que ser forte para dar os ombros
pra quem neles precise chorar.

Feliz do homem que por um dia souber,
entender a Alma da Mulher!

Autor Poema sobre Mulher – Alma de Mulher – Lucinete Vieira

É uma poeta brasileira, pouco conhecida que em suas obras á o melhor de si.

Vídeo sobre a Poema:

Apresentação do Poema sobre Mulher – O mar dos meus olhos

Um poema que faz uma grande relação entre o poema e o seu título, falando que os olhos de uma mulher é a sua principal arma para conquistar pessoas.

Poema sobre Mulher – O mar dos meus olhos

Há mulheres que trazem o mar nos olhos
Não pela cor
Mas pela vastidão da alma
E trazem a poesia nos dedos e nos sorrisos
Ficam para além do tempo
Como se a maré nunca as levasse
Da praia onde foram felizes

Há mulheres que trazem o mar nos olhos
pela grandeza da imensidão da alma
pelo infinito modo como abarcam as coisas e os homens…
Há mulheres que são maré em noites de tardes…
e calma

Autor Poema sobre Mulher – O mar dos meus olhos – Sophia de Mello Breyner Andresen

Foi uma das mais importantes poetisas portuguesas do século XX. Foi a primeira mulher portuguesa a receber o mais importante galardão literário da língua portuguesa, o Prémio Camões, em 1999. O seu corpo está no Panteão Nacional desde 2014 e tem uma biblioteca com o seu nome em Loulé.

Vídeo sobre a Poema:

FIM

Gostou? Deixe sua opinião sobre esse post e sugira novas ideias de temas para abordamos aqui no Demonstre. Visite também a página do Demonstre no facebook, e o meu canal no youtube.

Bom pessoal, muito obrigado por acompanhar o post até aqui e até mais!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.