2 Plantas Parasitas

0

As plantas são de diferentes tipos e estão em diferentes lugares do planeta, e muita dessas plantas servem para uma grande quantidade de remédios, para diversas doenças.

Sendo um dos maiores e mais biodiversos grupos de seres vivos na Terra, as plantas verdes fornecem uma parte substancial do oxigênio molecular e são a base dos alimentos da maioria dos ecossistemas, especialmente dos terrestres.

Então o demonstre veio mostrar nesse poste uma lista recheada de “plantas parasitas”, que podem ajudar as pessoas em seus problemas de saúde chegando até a curar algumas doenças que as pessoas enfrentam.

Plantas Parasitas

As plantas parasitas é um tipo de parasitismo no qual uma planta parasita obtém parte ou a totalidade das substâncias nutritivas de que necessita para o seu desenvolvimento parasitando uma ou mais plantas hospedeiras.

Essas plantas costumam se escorar em outras para sugarem todos os seus nutrientes e sobreviverem a partir de outras,

Erva-de-passarinho – Plantas Parasitas

A erva-de-passarinho (Struthanthus flexicaulis) é uma planta parasita, da família Loranthaceae e uma das espécies de erva-de-passarinho mais comuns no Brasil, atingindo diferentes tipos de árvores hospedeiras, tanto no meio urbano como rural. Apesar do nome erva-de-passarinho englobar diferentes espécies de ervas parasitas, de diversos gêneros e famílias, ele será usado neste artigo para denominar a espécie S. flexicaulis, para fins práticos e didáticos, por ser esta uma das espécie mais comuns afetando as plantas em jardins. O nome popular se deve ao fato de que sua dispersão se dá por passarinhos, que ingerem os frutos das plantas e defecam ou regurgitam as sementes sobre as árvores hospedeiras.

A erva-de-passarinho é considerada epiparasita, por ser encontrada geralmente sobre os ramos das árvores e arbustos, e hemiparasita, por que é capaz de fazer fotossíntese, retirando cerca de 60% da sua necessidade de energia dos hospedeiros. A erva-de-passarinho em questão, possui ramos finos, longos e flageliformes que envolvem os galhos e tronco da planta hospedeira e emitem novas raízes espaçadamente. Com este longos ramos, elas também são capazes de afetar as árvores vizinhas à hospedeira inicial. Apresenta folhas oblongo-obovaladas, alternas, coriáceas e brilhantes. As flores são pequenas, discretas, hermafroditas, de cor verde clara a creme, e os frutos que se seguem são bagas alaranjadas ou amarelas, pequenas, globulares a elipsóides, com uma ou duas sementes.

Erva-de-passarinho – Ficha da Planta Parasita

  • Nome Científico: Struthanthus flexicaulis
  • Nomes Populares: Erva-de-passarinho, Enxerto-de-passarinho, Passarinheiro, Passarinheira, Visgo, Visco
  • Família: Loranthaceae
  • Categoria: Medicinal, Plantas Daninhas, Plantas Parasitas
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil
  • Altura: 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Erva-de-passarinho

A polpa dos frutos é pegajosa, o que facilita a aderência das sementes aos ramos do hospedeiro. Os frutos são avidamente ingeridos pelos passarinhos.

Vídeo sobre Erva-de-passarinho:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Fios-de-ovos – Plantas Parasitas

Cuscuta é um gênero de cerca de 150 espécies de plantas parasitas, comumente chamadas de fios-de-ovos. Elas são plantas trepadeiras volúveis, com caule herbáceo, filiforme, muito ramificado e delicado, desprovido de clorofila e, de acordo com a espécie, pode ser de coloração amarela, rósea, creme, vermelha ou laranja. Suas folhas são reduzidas a pequenas escamas e são imperceptíveis. As inflorescências surgem no verão, em rácemos, panículas ou cimeiras, e apresentam flores cerosas, pequenas, que podem ser róseas, brancas ou creme. Os fios-de-ovos produzem milhares de diminutas sementes, que podem permanecer viáveis por até 15 anos no ambiente.

Logo que germinam, as plântulas são verdes e possuem raízes, permanecendo vivas por até 10 dias sem depender de uma hospedeira. Assim que encontra sua vítima, a pequena muda se enrosca e emite haustórios, órgãos de sucção e fixação que penetram no tecido da planta afetada roubando-lhe a seiva elaborada. As raízes originais morrem então, pois não são mais necessárias. Seu crescimento é veloz e algumas espécies podem crescer cerca de 7 cm por dia.

Fios-de-ovos – Ficha da Planta Parasita

  • Nome Científico: Cuscuta spp
  • Nomes Populares: Fios-de-ovos, Aletria, Aletria-de-pau, Anó-peipa, Awó-pupa, Cipó-chumbinho, Cipó-chumbo, Cipó-de-chumbo, Cipó-dourado, Cuscuta, Erva-de-chumbo, Espaguete, Fios-de-ouro, Tinge-ovos, Xirimbeira
  • Família: Convolvulaceae
  • Categoria: Plantas Parasitas
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: África, América Central, América do Norte, América do Sul, Ásia, Europa, Oceania
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Fios-de-ovos

Eles se disseminam facilmente por sementes que são carregadas principalmente por pessoas e aves e por segmentos de caules que são levados pelas aves para a confecção de ninhos. Em geral, os fios-de-ovos preferem condições de sol pleno.

Vídeo sobre Fios-de-ovos:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Fim do poste sobre as plantas parasitas

Então estamos chegando ao film de mais uma lista de conteúdos, e nesse poste trabalhamos com “plantas parasitas”. Assim se você achou esse poste legal, e conhece alguém que está precisando ler isso, compartilhe com elas e também se possível em suas redes sociais, para que as pessoas possam desfrutar de mais conteúdos.