in

20 Plantas Ornamentais – Etapa 6

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6
20 Plantas Ornamentais - Etapa 6

Como sabemos as plantas são de diferentes tipos e estão em diferentes lugares do planeta, e muita dessas plantas servem para uma grande quantidade de remédios, para diversas doenças.

Sendo um dos maiores e mais biodiversos grupos de seres vivos na Terra, as plantas verdes fornecem uma parte substancial do oxigênio molecular e são a base dos alimentos da maioria dos ecossistemas, especialmente dos terrestres.

Então o demonstre veio mostrar nesse poste uma lista recheada de “plantas Ornamentais”, que podem ajudar as pessoas em seus problemas de saúde chegando até a curar algumas doenças que as pessoas enfrentam.

Essa é a lista 4 de plantas ornamentais que mostra diversas especies que estão presentes em nosso dia a dia e as pessoas simplesmente não percebem, essas plantas decoram jardins, calçadas e outros mais.

Índice: hide

Plantas Ornamentais – Etapa 6

Plantas ornamentais são divididas em diversas classes, logo porque são de todos os tamanhos e estilos, pois tem algumas pequenas sem flores, outras que são grande e tem flores. Na verdade o que deixa a uma planta fazer ornamentação de lugares é o quanto ela é diferente e pode chamar atenção das pessoas, que por ali passam.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6
20 Plantas Ornamentais – Etapa 6

Assim mostrando nessas listas plantas que algo chama a atenção.Na verdade o que deixa a uma planta fazer ornamentação de lugares é o quanto ela é diferente e pode chamar atenção das pessoas, que por ali passam. Assim mostrando nessas listas plantas que algo chama a atenção.

Aspargo-samambaia  – Plantas Ornamentais

O aspargo-samambaia é uma planta arbustiva e trepadeira, com folhagem de textura delicada e plumosa, muito decorativa. Suas raízes são fibrosas e os longos e ramificados ramos são modificados, do tipo cladódio. As folhas são verdes e afiladas, como pequenos espinhos, porém não são rígidas. O conjunto de ramos e folhas têm o aspecto das frondes de samambaias, o que lhe rendeu o nome popular. Na primavera e verão surgem numerosas flores brancas e minúsculas, de importância ornamental secundária, que originam frutos esféricos, pequenos, do tipo baga e de coloração preta. O aspargo-samambaia pode ser conduzido como folhagem, em vasos com suportes fibrosos, da mesma forma que jibóias e filodendros.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 1

No jardim ele se comporta como arbusto ou trepadeira, e desta forma pode ser aproveitado em renques junto a muros e para cobrir cercas, telas, grades, etc. As principais variedades são Pyramidalis (de ramagem ereta), Nanus (de porte anão) e Cupressoides (com folhagem semelhante a de cipreste). Seus ramos também são utilizados em arranjos florais e buquês. Os frutos atraem passarinhos.

Aspargo-samambaia  – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Asparagus setaceus
  • Nomes Populares: Aspargo-samambaia, Asparagus, Aspargo, Aspargo-plumoso, Asparguinho-de-jadim, Melindre, Melindro
  • Família: Asparagaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Folhagens, Trepadeiras
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, África do Sul
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Aspargo-samambaia

Devido a facilidade de propagação, o aspargo-samambaia é considerado planta invasora e caracteriza-se por cobrir e sufocar a vegetação nativa.

Vídeo sobre Aspargo-samambaia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://www.youtube.com/watch?v=MvFXnHhoihA

Aspidistra – Plantas Ornamentais

A aspidistra é uma planta herbácea, entouceirada de folhagem vistosa e caule rizomatoso. Seu porte é baixo, alcançando de 40 a 60 centímetros de altura. Ocorre ainda uma variedade de folhas pontilhadas de creme, a “Maculata”, e outra de folhas com variegações estriadas de cor branca, a “Variegata”. As flores são curiosas, mas de importância ornamental secundária. Elas são arroxeadas, campanuladas e surgem diretamente do rizoma, elevadas pouco acima do solo, onde ficam escondidas pela folhagem.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 2

O florescimento ocorre no verão e é raro em plantas envasadas. Os frutos são esféricos. Esta bela e tradicional folhagem é bastante rústica e apresenta crescimento moderado. Ela é indicada para formação de maciços ou bordaduras em locais pouco iluminados, como ao longo de muros ou sob a copa das árvores, sendo uma forração interessante para pequenos bosques. Apesar de suas qualidades paisagísticas, a aspidistra se tornou mais popular em vasos e jardineiras, decorando interiores próximos à janelas bem iluminadas.

Aspidistra – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Aspidistra elatior
  • Nomes Populares: Aspidistra,
  • Família: Ruscaceae
  • Categoria: Folhagens, Forrações à Meia Sombra
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia, China
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros, 0.6 a 0.9 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Aspidistra

As folhas são grandes, bonitas, lanceoladas, brilhantes, coriáceas, com longos pecíolos e de cor verde-escura na espécie típica.

Vídeo sobre Aspidistra:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Asplênio – Plantas Ornamentais

Com folhas inteiras, que nascem enroladas e tornam-se grandes e de textura coriácea, o asplênio é uma planta epífita, isto é, desenvolve-se sobre outras plantas. No entanto, pode ser cultivada em vasos e canteiros, desde que em locais sombreados.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 3

Apresenta crescimento lento, sendo que sua altura geralmente varia de 20 a 90 cm. Deve ser cultivado sob abundante luz difusa, em substrato rico em matéria orgânica, drenável, mas com boa capacidade de retenção de água, como fibra de coco, e irrigado freqüentemente.

Asplênio – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Asplenium nidus
  • Nomes Populares: Asplênio, Ninho-de-passarinho
  • Família: Aspleniaceae
  • Categoria: Folhagens, Plantas Palustres
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia
  • Altura: 0.3 a 0.4 metros, 0.4 a 0.6 metros, 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Asplênio

Fica muito bem se utilizada em vasos para interiores. Pode-se fazer maciços ou composições com outras epífitas em jardins de inverno e exteriores.

Vídeo sobre Asplênio:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Áster-arbustiva – Plantas Ornamentais

De aspecto delicado e charmoso, a áster-arbustiva é uma planta muito florífera. Ela apresenta ramagem bastante ramificada e folhas filiformes e pequenas, de coloração verde-escura. Os ramos vão lignificando com o tempo e desta forma tornam-se de cor marrom. As flores reúnem-se em capítulos pequenos, com pétalas brancas e centro amarelo e saliente, muito parecidas com margaridinhas.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 4

É muito conhecida e utilizada como flor-de-corte, assemelhando-se ao mosquitinho (Gypsophila paniculata) nesta função. Devem ser cultivadas à pleno sol, em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica, com regas regulares. Tolerante ao frio subtropical. Apesar de perene, perde o viço com o tempo e os canteiros devem ser reformados anualmente. Multiplica-se por sementes e por estaquia.

Áster-arbustiva – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Symphyotrichum tradescantii
  • Nomes Populares: Áster-arbustiva, Monte-cassino
  • Família: Asteraceae
  • Categoria: Arbustos, Flores Perenes
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América do Norte
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Áster-arbustiva

Contudo, pode ser aproveitada no paisagismo, adequando-se a bordaduras, maciços e composições, isolada ou grupos, e até mesmo em vasos e jardineiras. Sua floração ocorre no verão.

Vídeo sobre Áster-arbustiva:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Áster-da-china – Plantas Ornamentais

O áster-da-china é uma planta anual, de floração ornamental, que surpreende a todos com suas flores coloridas em tons de aquarela. Sua textura é herbácea, com caule ereto. As folhas são irregularmente denteadas, simples, alternas, verdes e espatuladas. Apresenta inflorescências do tipo capítulo, grandes, com o disco central amarelo e as lígulas (pétalas) dispostas em um fileira simples na variedade típica.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 5

No entanto, atualmente as variedades mais freqüentes são dobradas, com inflorescências cheias, esféricas. Suas cores variam de tons delicados de azul, rosa, vermelho, branco e violeta. Floresce no verão e outono. Também podem ser plantadas em vasos e jardineiras e suas flores podem ser colhidas para a confecção de arranjos florais graciosos. Em regiões quentes convém conduzi-las sob meia-sombra, resguardando-as do sol forte do meio dia.

Áster-da-china – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Callistephus chinensis
  • Nomes Populares: Áster-da-china, Astér, Malmequer-de-sécia, Rainha-do-mercado, Rainha-margarida, Sécia
  • Família: Asteraceae
  • Categoria: Flores Anuais
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Japão
  • Altura: 0.6 a 0.9 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Anual

Para que serve Áster-da-china

O áster-da-china é ideal para a formação de maciços e bordaduras no jardim. Suas flores com forma de pompom, em harmonia com as cores de “bebê”, remetem a uma atmosfera de fantasia, como em contos de fada.

Vídeo sobre Áster-da-china:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Astrapéia – Plantas Ornamentais

A astrapéia é uma arvoreta ou arbusto de ótimas características ornamentais, que se espalhou pelo mundo por sua exuberância e popularidade. Ela apresenta ramos pubescentes, e porte pequeno para um árvore, alcançando cerca de 2 a 5 metros de altura. As folhas são grandes, cordiformes, perenes, de cor verde brilhante e pubescentes na página inferior. As inflorescências surgem no outono e inverno, e são umbeliformes, sustentadas por longos pedúnculos, pendentes, globosas e com numerosas flores de cor rosa a avermelhada, ricas em néctar e delicadamente perfumadas. Produz frutos do tipo cápsula, que se dividem em cinco partes.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 6

A astrapéia é uma árvore de rápido crescimento e baixa manutenção, que se destaca principalmente em plantios isolados, mas que pode ser parcialmente sombreada por outras árvores ou construções. As inflorescências pendentes atraem muitas abelhas e possuem perfume agradável e suave, que lembra o côco. As flores velhas permanecem nos ramos, adquirindo uma cor amarronzada e devem ser removidas para um melhor aspecto da planta. Além disso essas flores velhas podem desprender um odor desagradável e atrair moscas. Com podas regulares de formação, é capaz de adquirir porte e formato arbustivo.

Astrapéia – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Dombeya wallichii
  • Nomes Populares: Astrapéia, Astrapéia-rosa, Dombéia, Flor-de-abelha
  • Família: Malvaceae
  • Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, Madagascar
  • Altura: 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Astrapéia

Há diversos híbridos comerciais disponíveis.

Vídeo sobre Astrapéia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Astromélia – Plantas Ornamentais

A astromélia é uma planta florífera, herbácea e rizomatosa, bastante difundida como flor-de-corte. Ela apresenta raízes carnosas e fibrosas, às vezes tuberosas, como as raízes das dálias. Os caules são eretos, ramificados na base, em geral com 20 a 25 cm de altura. As folhas surgem no topo dos ramos, são oblongas a elípticas e têm um comportamento muito raro em botânica: elas fazem uma ressupinação, isto é, elas são torcidas na base e, o que parece ser a página superior da folha é, na verdade a face inferior.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 7

As inflorescências são terminais e compostas por um número variável de flores tubulares. As flores da astromélia podem ser de diversas cores e são adaptadas à polinização por abelhas. Razão pela qual diz-se que são lírios em miniatura. As astromélias podem ser cultivadas em maciços e bordaduras, mas são mais conhecidas como flor-de-corte. As sementes produzidas são pequenas, duras e arredondadas.

Astromélia – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Alstroemeria hybrida
  • Nomes Populares: Astromélia, Alstroeméria, Astroméria, Carajuru, Lírio-de-luna, Lírio-dos-incas, Lírio-peruviano, Madressilva-brasileira, Madressilva-da-terra, Madressilva-de-canteiro
  • Família: Alstroemeriaceae
  • Categoria: Bulbosas, Flores Anuais, Flores Perenes
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil, Chile, Peru
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Astromélia

Elas apresentam seis pétalas idênticas ou quatro pétalas iguais e duas pétalas diferentes, que sinalizam o pouso para os polinizadores. Suas flores são semelhantes às flores dos lírios.

Vídeo sobre Astromélia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Aubrietia – Plantas Ornamentais

A Aubrietia é uma planta florífera, de textura herbácea, pertencente à mesma família dos álissos e das couves. Seu porte é baixo, com cerca de 15 a 30 centímetros de altura. Sua folhagem é ramificada, densa, de formas arredondadas, com folhas sagitadas, denteadas, pilosas e de cor verde acinzentada. As flores são simples, pequenas e delicadas, com quatro pétalas cada e cores que variam do branco ao azul, passando por diversas tonalidades de rosa, violeta e carmim. Floresce na primavera.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 8

Ocorrem variedades, raras em cultivo, de folhas variegadas de branco creme. No jardim a aubrietia é ideal para formação de maciços e bordaduras. Sua maior vocação, no entanto, são os jardins rochosos. Entre as rochas ela forma contrastantes massas de cor, sendo que uma das utilizações mais incríveis e ornamentais da aubrietia é entre as fendas de muros de pedra. Ela adora este ambiente, desenvolvendo-se em um véu cheio, pendente, atrativo. Também pode ser cultivada em cestos suspensos, vasos e jardineiras. Evite plantá-la em locais baixos do terreno, prefira conduzi-la sobre montículos ou canteiros elevados para favorecer a drenagem.

Aubrietia – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Aubretia deltoidea
  • Nomes Populares: Aubrietia, Aubrétia, Aubrieta
  • Família: Brassicaceae
  • Categoria: Flores Anuais, Flores Perenes
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Europa, Mediterrâneo
  • Altura: 0.1 a 0.3 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Aubrietia

No jardim a aubrietia é ideal para formação de maciços e bordaduras. Sua maior vocação, no entanto, são os jardins rochosos

Vídeo sobre Aubrietia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Avelós – Plantas Ornamentais

O avelós é um arbusto ou arvoreta, lenhoso, de seiva tóxica e aspecto único e decorativo. Seu caule é ereto e ramificado, de textura suculenta quando jovem, mas que vai lignificando aos poucos. Os ramos são cilíndricos e verdes, verticilados e desempenham o papel da fotossíntese da planta. Eles são geralmente verdes, mas sob sol forte adquirem belas tonalidades alaranjadas e avermelhadas.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 9

As folhas são esparsas e até mesmo ausentes, diminutas, alternas, fugazes e surgem nas extremidades dos ramos jovens. Inflorescências em cimas terminais, formando rácemos apertados de ciátios subsésseis. As flores ou ciátios são terminais, pequenos e de pouca importância ornamental. No paisagismo o avelós é uma escolha excelente para jardins de inspiração desértica ou rochosos. Ele serve como “pano-de-fundo” para outras espécies de suculentas e cactáceas, de formas e cores mais chamativas.

Avelós – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Euphorbia tirucalli
  • Sinonímia: Euphorbia rhipsaloides, Euphorbia viminalis, Arthrothamus tirucalli
  • Nomes Populares: Avelós, Pau-pelado, Coroa-de-cristo, Cachorro-pelado, Árvore-lápis, Graveto-do-diabo, Aveloz, Árvore-de-são-sebastião, Almeidinha, Árvore-do-coral-de-são-sebastião, Árvore-do-lápis, Cassoneira, Cega-olho, Coral-de-são-sebastião, Coral-verde, Dedinho, Dedo-de-diabo, Dente-de-cão, Espinho-de-Cristo, Espinho-de-judeu, Espinho-italiano, Labirinto, Mata-verrugas, Pinheirinho, Pau-liso, Pau-sobre-pau
  • Família: Euphorbiaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Árvores, Árvores Ornamentais, Cactos e Suculentas, Cercas Vivas, Folhagens, Medicinal, Plantas Daninhas, Plantas Tóxicas
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Semi-árido, Subtropical, Tropical
  • Origem: África
  • Altura: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros, 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Avelós

Ele serve como “pano-de-fundo” para outras espécies de suculentas e cactáceas, de formas e cores mais chamativas.

Vídeo sobre Avelós:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Avenca – Plantas Ornamentais

As avencas são plantas herbáceas e ornamentais, da mesma divisão botânica das samambaias e asplênios. Suas folhas são chamadas frondes, são grandes e subdivididas em muitos folíolos, de formatos interessantes como trapézio e cunha e com as margens recortadas, onduladas ou rendilhadas.

Resultado de imagem para avenca

As avencas são cultivadas em vasos, normalmente decorando ambientes internos com sua bela folhagem. São delicadas e exigem umidade, meia sombra e boa drenagem, além disso, não toleram baixas temperaturas. Elas apresentam cerca de 50 cm de altura.

Avenca – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Adiantum spp
  • Nomes Populares: Avenca,
  • Família: Pteridaceae
  • Categoria: Folhagens
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: América Central, América do Norte, América do Sul, Antilhas, Brasil, Estados Unidos
  • Altura: 0.1 a 0.3 metros, 0.3 a 0.4 metros, 0.4 a 0.6 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Avenca

No paisagismo, além de interiores podem ser utilizadas em canteiros e jardineiras, valorizando sua textura.

Vídeo sobre Avenca:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Azaléia – Plantas Ornamentais

As azaléias são arbustos de folhagem verde-escura e floração abundante. Suas flores simples ou dobradas podem ter cores diferentes, como branco, rosa, vermelho ou mescladas. Há muitas variedades com portes diferentes também, umas mais pequenas para plantio em vasos e para formação de maciços e outras maiores capazes de formar cercas vivas.

Resultado de imagem para Azaléia

Devem ser cultivadas sob pleno sol, em solo composto de terra de jardim e terra vegetal, com regas regulares, não é necessária a calagem já que os rododendros e azaléias apreciam solos ácidos. As azaléias ainda apreciam o frio e podem ser podadas com cuidado e sempre no final da floração. Multiplicam-se por estaquia.

Azaléia – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Rhododendron simsii
  • Nomes Populares: Azaléia, Azaléia-belga
  • Família: Ericaceae
  • Categoria: Arbustos, Cercas Vivas, Flores Perenes
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado
  • Origem: Ásia, China
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros, 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Azaléia

É uma planta muito utilizada também para a técnica milenar do bonsai.

Vídeo sobre Azaléia:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Azedinha-listrada – Plantas Ornamentais

A azedinha-listrada é uma planta herbácea, bulbosa e florífera, que chama a atenção por suas curiosas listras no verso das flores. As folhas são trifoliadas, como nos trevos, porém com folíolos lineares e delicados. As flores são brancas, em forma de funil e com cinco pétalas. Seu aspecto listrado se dá pois apenas um lado de cada pétala é margeado por uma listra vermelha no verso. No início da manhã é possível observar a beleza da planta em todo o esplendor, pois as flores em botão evidenciam as listras em espiral. Quando o sol já predomina, as flores abrem-se completamente, de forma que elas aparentam ser apenas brancas. O florescimento ocorre no final do inverno e pode perdurar até o verão.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 10

Como suas listras são vistas somente quando as flores ainda estão fechadas, ou quando sao vistas por baixo, é interessante plantá-las em jardineiras suspensas ou cestas, de forma que fiquem na altura dos olhos. Outro uso interessante é a combinação com outros tipos de azedinhas do gênero Oxalis, formando uma pequena coleção, preferencialmente em vasos rasos, largos e elevados.

Azedinha-listrada – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Oxalis versicolor
  • Sinonímia: Oxalis flaviflora
  • Nomes Populares: Azedinha-listrada, Trevo-listrado
  • Família: Oxalidaceae
  • Categoria: Bulbosas, Flores, Flores Perenes
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, África do Sul
  • Altura: 0.1 a 0.3 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Azedinha-listrada

No jardim, esta azedinha é ideal para formar pequenos “montinhos” vistosos em jardins rochosos. Também pode ser utilizada como bordadura ou na composição de jardins campestres.

Vídeo sobre Azedinha-listrada:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Babiana – Plantas Ornamentais

A babiana é uma planta bulbosa, de textura herbácea, que encanta a todos com suas flores azuladas e delicadamente perfumadas. Suas folhas têm forma de espada, são eretas, plissadas, pubescentes, entouceiradas e alcançam de 20 a 30 centímetros de altura. Elas crescem no meio do inverno e permanecem até o verão, quando amarelecem, secam e caem. As flores surgem na primavera, em inflorescências elevadas acima da folhagem, por longas hastes. Elas são simples, com seis pétalas cada, em diversos tons de azul, roxo, rosa, amarelo, vermelho e branco, de acordo com a cultivar.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 11

Os canteiros são de média manutenção, exigindo apenas regas e fertilizações durante o crescimento e floração, além de renovação a cada dois anos. A babiana é conhecida também como flor-de-babuíno, Baboon flower em inglês, pois em seu habitat, elas têm seus bulbos desenterrados e comidos por estes primatas. Existem muitas cultivares e híbridos de babianas, em diversas cores e tamanhos diferentes. Também pode ser plantada em vasos e jardineiras.

Babiana – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Babiana stricta
  • Nomes Populares: Babiana, Flor-de-veludo
  • Família: Iridaceae
  • Categoria: Bulbosas, Flores Perenes
  • Clima: Mediterrâneo, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: África, África do Sul
  • Altura: 0.1 a 0.3 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Babiana

No jardim, esta florífera perfumada é excelente para a formação de maciços e bordaduras. Assim como outras bulbosas, ela confere sofisticação e charme à paisagem.

Vídeo sobre Babiana:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Babosa – Plantas Ornamentais

A babosa é uma planta suculenta muito versátil e popular, com aplicações medicinais, cosméticas e paisagísticas. Seu porte é arbustivo, atingindo de 0,5 a 3 metros de altura. O caule é ramificado e com base lenhosa. As folhas se apresentam dispostas em roseta e são longas, carnosas, de cor verde azulada e com bordos denteados por espinhos agudos.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 12

Quando cortadas, as folhas revelam uma seiva transparente, como um gel. O florescimento da babosa se dá no inverno, despontando inflorescências altas, eretas e muito vistosas. As inflorescências são do tipo rácemo, com numerosas flores vermelhas, laranjas ou amarelas, tubulares e bastante atrativas para beija-flores e abelhas. Os frutos são do tipo cápsula.

 Babosa – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Aloe arborescens
  • Nomes Populares: Babosa, Aloé, Aloé-candelabro, Aloé-do-natal, Babosa-de-arbusto, Caraguatá, Caraguatá-de-jardim, Erva-babosa, Erva-de-azebra
  • Família: Asphodelaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Cactos e Suculentas, Flores Perenes, Medicinal
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, África do Sul, Malawi, Moçambique, Zimbábue
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros, 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros, 1.8 a 2.4 metros, 2.4 a 3.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Babosa

Indicações: afecções da pele e anexos, reumatismo, úlceras, anemia, prisão de ventre, verminose, câncer, AIDS, imunodepressão, infecções respiratórias Propriedades: laxante, antiinflamatória, antibiótica, antiviral, anticârcinogênica, cicatrizante, antipruriginosa, hidratante, tônica, estimulante, anti-helmíntica, emenagoga, emoliente.

Vídeo sobre Babosa:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Babosa-de-pau – Plantas Ornamentais

Planta epífita de folhagem muito ornamental. As folhas são brilhantes com textura de couro e os pecíolos são como pseudobulbos. No jardim pode ser fixada em árvores como epífita ou plantada em canteiros ricos em matéria orgânica.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 13

Devem ser cultivadas sempre à meia-sombra, em solo fértil enriquecido com matéria orgânica mantido úmido. Planta tipicamente tropical, não é tolerante ao frio ou geadas. Multiplica-se por sementes e estacas.

Babosa-de-pau – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Philodendron martianum
  • Nomes Populares: Babosa-de-pau, Babosa-de-árvore
  • Família: Araceae
  • Categoria: Folhagens
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Sul, Brasil
  • Altura: 0.3 a 0.4 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Babosa-de-pau

No paisagismo é bastante versátil, podendo ser cultivada em interiores em vasos e jardineiras.

Vídeo sobre Babosa-de-pau:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Babosa-espiral – Plantas Ornamentais

Com suas folhas matematicamente dispostas em uma espiral simétrica, ela encanta e nos faz duvidar de tamanha perfeição da natureza. Suculenta, ela é nativa de uma região montanhosa, a Cordilheira do Drakensberg, no Reino de Lesoto, um pequeno país completamente circundado pela África do Sul. Por muitas décadas, essa espécie foi predada por coletores que a levaram ao risco de extinção.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 14

Atualmente, devido à atratividade da planta, diversos viveiristas se empenham em multiplicá-la, o que não é nada fácil. A babosa espiral é uma planta acaule, com longas e calibrosas raízes, e de rápido crescimento, atingindo o tamanho adulto em 5 a 6 anos após o plantio. Nos primeiros dois anos, suas folhas são eretas, em roseta, como uma suculenta comum, e então ela começa a espiralar-se, em sentido horário ou anti-horário, adquirindo o tão característico aspecto da espécie.

Babosa-espiral – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Aloe polyphylla
  • Nomes Populares:Babosa-espiral, Aloe-espiral
  • Família:Asphodelaceae
  • Categoria: Cactos e Suculentas, Folhagens
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: África, Lesoto
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Babosa-espiral

Além de protagonizar coleções, ela pode ser aproveitada em jardins de suculentas, com inspiração desértica ou jardins rochosos.

Vídeo sobre Babosa-espiral:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Bailarina – Plantas Ornamentais

A bailarina ou globa é uma planta tropical, rizomatosa, de textura herbácea e folhagem e florescimento ornamentais. Apresenta rizoma subterrâneo, de onde surgem as hastes eretas, que sustentam as folhas lanceoladas, brilhantes e verdes. De porque pequeno, ela alcança de 60 cm a 1 metro de altura.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 15

A floração ocorre na primavera e verão, despontando do topo dos ramos belíssimas inflorescências do tipo rácemo, pendentes, com brácteas cor-de-rosa e flores miúdas, tubulares e amarelas. O formato e a posição peculiar da inflorescência lembram a delicadeza de uma bailarina dançando, o que lhe rendeu o nome popular. Há cultivares de brácteas róseas, róseo-arroxeadas, róseo-avermelhadas e brancas também.

Bailarina – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Globba winitii
  • Nomes Populares: Bailarina, Globa
  • Família: Zingiberaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Flores Perenes
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Tailândia
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros
  • Luminosidade: Luz Difusa, Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Bailarina

A bailarina é uma planta ideal para se ter em vasos, adornando ambientes internos em geral, desde que esteja em local bem iluminado e sem ar-condicionado.

Vídeo sobre Bailarina:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Bálsamo – Plantas Ornamentais

O bálsamo é uma planta suculenta, largamente conhecida por suas qualidades ornamentais e medicinais. Seu caule é ramificado, de textura herbácea e porte subarbustivo, geralmente entre 30 a 90 centímetros de altura. As folhas são carnosas, glabras, brilhantes, de formato espatulado a ovado, recurvadas para cima, de cor verde a bronzeada e dispostas em rosetas nas extremidades dos ramos.

20 Plantas Ornamentais - Etapa 6 16

As inflorescências surgem no outono e inverno, são do tipo panícula, terminais e compostas por pequenas e abundantes flores amarelas, pentâmeras e bastante decorativas. No paisagismo, o bálsamo pode ser aproveitado isolado ou em grupos, formando assim maciços ou bordaduras informais em jardins contemporâneos, desérticos ou pedregosos. Versátil, também pode ser plantado em vasos e jardineiras, adornando varandas, pátios e sacadas.

Bálsamo – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Sedum dendroideum
  • Nomes Populares: Bálsamo, Bálsamo-branco
  • Família: Crassulaceae
  • Categoria: Cactos e Suculentas, Flores Perenes, Medicinal
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Semi-árido, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Norte, México
  • Altura: 0.1 a 0.3 metros, 0.3 a 0.4 metros, 0.4 a 0.6 metros, 0.6 a 0.9 metros, menos de 15 cm
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Bálsamo

Por suas propriedades medicinais cicatrizantes, o bálsamo é uma espécie interessante para compor a horta doméstica.

Vídeo sobre Bálsamo:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Bambu-barriga-de-buda – Plantas Ornamentais

O bambu-barriga-de-buda é uma planta rizomatosa, entouceirada e de hastes e folhagem ornamental. Seu uso ainda é restrito, mas vem se popularizando nos últimos anos como planta de dupla função: escultural e cerca-viva. Apresenta colmos com entrenós curtos e engrossados, o que lhe confere o aspecto tão característico e curioso. Inicialmente os colmos são verde escuros, mas com a maturidade adquirem tons amarelos a castanhos. As folhas são alongadas e de cor verde.

Resultado de imagem para Bambu-barriga-de-buda

Elas caem a cada novo crescimento. Assim como outros bambus, esta espécie raramente floresce. Os colmos “engrossados” deste curioso bambu necessitam de um tanto de estresse para se formarem. Assim, para gominhos bem evidentes, plante em vasos apertados ou em locais com solo bem drenado e pobre em nutrientes. Nestas condições o bambu-barriga-de-buda permanece com o porte controlado e com crescimento mais lento, porém muito escultural.

Bambu-barriga-de-buda – Ficha da Planta Orn

amental

  • Nome Científico:Bambusa ventricosa
  • Sinonímia: Bambusa tuldoides
  • Nomes Populares:Bambu-barriga-de-buda, Bambu-de-buda
  • Família: Poaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Plantas Esculturais
  • Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, China, Vietnã
  • Altura: 4.7 a 6.0 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Bambu-barriga-de-buda

Devido ao seu rápido crescimento vegetativo, este bambu pode se tornar invasivo em algumas situações.

Vídeo sobre Bambu-barriga-de-buda:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

Bambu-da-sorte – Plantas Ornamentais

Apesar do nome e aspecto, o bambu-da-sorte não é um bambu verdadeiro. Ele pertence à família Ruscaceae, a mesma da pata-de-elefante e outras dracenas, enquanto que os bambus verdadeiros pertencem à Poaceae. Se lhe for permitido crescer livremente, esta dracena apresenta porte médio, com 1 a 1,5 metros de altura, caules eretos e finos, de textura herbácea, e folhas lanceoladas, estreitas, perenes e de cor verde.

Resultado de imagem para Bambu-da-sorte

Há ainda belas variedades de folhas variegadas, com margens brancas ou amareladas. As flores são ocasionais e sem importância ornamental. Também pode ser utilizada isolada, em jardineiras e vasos, adornando pátios e varandas protegidas. No entanto, a forma mais comum de uso do bambu-da-sorte é envasado na decoração de interiores.

Bambu-da-sorte – Ficha da Planta Ornamental

  • Nome Científico: Dracaena sanderiana
  • Nomes Populares: Bambu-da-sorte, Dracena-fita, Dracena-sanderiana, Lucky-bamboo
  • Família: Asparagaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Folhagens
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: África
  • Altura: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve Bambu-da-sorte

No paisagismo, essa dracena é um opção de arbusto, com aspecto denso e tropical, interessante na formação de conjuntos e renques junto a muros, principalmente em locais com menor luminosidade.

Vídeo sobre Bambu-da-sorte:

Vídeo sobre a planta que está no youtube.

https://youtu.be/amOkn7o1rAk

Fim do poste sobre as plantas Ornamentais

Então estamos chegando ao film de mais uma lista de conteúdos, e nesse poste trabalhamos com “plantas ornamentais – etapa 6”. Assim se você achou esse poste legal, e conhece alguém que está precisando ler isso, compartilhe com elas e também se possível em suas redes sociais, para que as pessoas possam desfrutar de mais conteúdos.

Dinâmica Dinâmica da Flor

Dinâmica Dinâmica da Flor

Dinâmica Amigo caridoso

Dinâmica Amigo caridoso