in

6º Período da História da Educação Brasileira

6º Período da História da Educação Brasileira

Hoje vamos apresentar um texto onde mostra trabalhos de diferentes representações e neste poste vamos falar um pouco mais aprofundado de “6º Período da História da Educação Brasileira” mostrando seus pontos principais.

Os pontos principais da educação brasileira, mostrando como pode ser aplicada na educação de crianças e jovens.

6º Período da História da Educação Brasileira

Esse foi um período da educação brasileira que passou por diversas transformações, onde foi criada as leis bases da educação brasileira, usando de maiores e melhores conceitos mundiais.

Teve a nova crise do modelo agrário comercial exportador dependente e início da estruturação do modelo nacional desenvolvimentista com base na industrialização.

O Modelo Nacional Desenvolvimentista

É esse contexto de redemocratização do país, com uma política baseada no populismo e nacionalismo, e no plano econômico pela opção ao desenvolvimento econômico nacional associado ao capital externo e da crescente urbanização das capitais de Estado, que explica as linhas gerais da educação nesse período e que foi marcada, principalmente, pela elaboração da lei de diretrizes e bases da educação nacional.

Resultado de imagem para O Modelo Nacional Desenvolvimentista

A quarta Constituição da República foi promulgada em 1946, inspirada na ideologia liberal-democrática. A União, com a atribuição que recebeu de “fixar as diretrizes e bases da educação nacional”, encaminhou uma proposta de LDB ao Congresso, que teve um período de treze anos de tramitação, com acaloradas discussões entre os educadores progressistas defensores da escola pública e os conservadores que eram partidários da defesa de privilégios à escola privada.

Educação no Estado Novo As Leis Orgânicas

As Leis Orgânicas do Ensino, que estruturou o ensino industrial, reformou o ensino comercial e criou o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI, como também trouxe mudanças no ensino secundário. Gustavo Capanema esteve à frente do Ministério da Educação durante o governo Getúlio Vargas, entre 1934 e 1945.

Vídeo Sobre Educação no Estado Novo As Leis Orgânicas:

A Constituição de 1946

Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – foi aprovada através da Lei 4024, em 1961. Como principais características desta lei, pode-se destacar: a garantia de igualdade de tratamento por parte do Poder Público para os estabelecimentos oficiais e particulares; a obrigatoriedade do ensino primário, conquistada na Legislação anterior, foi prejudicada pelas isenções que a Lei permitia e que, na prática, anulava a sua obrigatoriedade; a estrutura de ensino não foi alterada: continuava o ensino pré-primário, o ensino primário de 4 anos, o ensino médio, nas modalidades: ginasial em 4 anos e colegial em 3 anos, e o ensino superior;

Resultado de imagem para A educação em 1946

O Conselho Federal de Educação recebeu a delegação de determinar os valores das bolsas de estudo e financiamento para os graus de ensino, que a lei atribuia aos Estados, ao Distrito Federal e aos Territórios. Pode-se destacar, também, como aspectos positivos da LDBEN: a unificação do sistema escolar e a sua descentralização; a autonomia do Estado para exercer a função educadora e o da distribuição de recursos para a educação.

AnteProjeto da Lei de Diretrizes e Bases da Educação

A Lei de Diretrizes e Bases criou o Conselho Federal de Educação e introduziu profunda modificação descentralizadora na administração do ensino, conferindo àquele colegiado funções normativas que abrangiam o quadro da educação nacional. Tais funções também seriam gradualmente modificadas por diferentes leis, que transferiram ao ministro de Estado e a outros órgãos atribuições pertinentes àquele colegiado.

Vídeo Sobre a Constituição de 1946:

Aspectos Qualitativos e Quantitativos da Organização Escolar

Para o ensino de grau médio, o objetivo propagado era o desenvolvimento, a organização envolvendo múltiplos tipos de cursos e integrado o primário e superior. Para este, defendiam a organização universitária, visando o atendimento das necessidades profissionais e de pesquisa, e a criação da faculdade de filosofia e letras.

Imagem relacionada

Neste período o aspecto positivo está no fato de ter levado os educadores a diagnosticar as deficiências na estrutura escolar brasileira e a denunciá-las categórica e permanentemente.

Vídeo Sobre os Aspectos da Organização Escolar:

FIM

Chegamos ao fim de uma lista que foi recheada de conteúdos, e hoje falamos de 6º Período da História da Educação Brasileira com suas características. Se você gostou do assunto e do texto, compartilha nas redes sociais, e ajude a divulgar nossos trabalhos. Você também pode acessar as nossas redes sociais.

Como fazer maionese 4

Como fazer maionese

10 Brincadeiras para Piscina 1

10 Brincadeiras para Piscina