in , , , , , ,

7 atividades com a História do Renascimento

7 atividades com a História do Renascimento 2

A história do renascimento, ou do Renascentismo, como é conhecido, pode ser vista como, um retorno ao padrão clássico. Observa-se que, nos tempos da Grécia e de Roma, a liberdade do pensamento humano, era de certa forma valorizado. Contudo, na idade média, foram sufocados, vindo porém, com o renascimento, ressurgir.

Índice: hide

7 atividades com a História do Renascimento

Vamos conferir algumas mudanças ocorridas no renascimento? Primeiro teremos um resumo, logo depois, virão os exercícios.

Resumo sobre a história do Renascimento

Como sabemos, o Renascimento significa literalmente, nascer de novo. Renascentismo, foi um importante período da história, quando um movimento tanto intelectual quanto artístico, surgiu na Itália entre os séculos XIV e XVII. Ele contagiou toda a Europa, espalhando novas ideias sobre a arte.

Vejamos alguns acontecimentos históricos que contribuíram para o seu desenvolvimento. O Renascimento está situado num período de transição entre a Idade Média e a Modernidade, o que corresponde ao final do Feudalismo e início do Capitalismo.

Naquele momento, uma importante mudança no modo de perceber o mundo estava ocorrendo: passava-se de um pensamento predominantemente teocêntrico – onde tudo se explica a partir de uma origem divina – para uma visão de mundo antropocêntrica, onde o homem assume papel central em relação ao universo.

O Humanismo

Tais pensamentos resultaram no surgimento do Humanismo, um movimento intelectual que se dedicou a valorizar a condição humana e suas múltiplas possibilidades de realizações e descobertas em variados campos do saber, tais como a ciência, a literatura e as artes.

Os italianos daquela época identificaram esses ideais na poderosa Roma Antiga e, com o intuito de reviver esse período, buscaram retomar os seus valores, hábitos, literatura e mitologias.

Para isso, os artistas renascentistas estabeleceram como parâmetros para as suas produções as antigas obras clássicas greco-romanas, consideradas, por eles, o que de melhor havia sido produzido em termos artísticos até então.

Ao fato de reviver os padrões da antiga Arte Clássica, tais como realismo, simetria e beleza, é que consideramos o Renascimento como o segundo momento da Arte Clássica na história da arte.

Progressos durante o renascimento

Durante o Renascimento, houve um grande desenvolvimento naval, comercial e urbano, o que resultou em um significativo crescimento econômico, que deu origem a uma nova classe social, a burguesia. Em virtude dessa ascensão social de uma parcela da população, surgiu um modo diferente de relação entre a arte e a sociedade: o mecenato.

O mecenas foi uma figura de extrema importância nesse contexto, pois costumava patrocinar os artistas e suas obras, auxiliando assim na expansão de múltiplos talentos. Sem esse cenário econômico favorável, talvez o Renascimento não encontrasse condições para se desenvolver.

A arquitetura foi a primeira das artes a ser influenciada pelos ideais renascentistas. Inspirado nos modelos arquitetônicos clássicos, o arquiteto Filippo Brunelleschi, projetou a cúpula da catedral de Florença, Santa Maria del Fiore (c.1420-1436) com formas simétricas e harmoniosas.

Brunelleschi influenciou enormemente outros arquitetos daquele período e dos séculos seguintes. Leon Allberti, na elaboração da fachada, à maneira romana, da Igreja de S. Andrea (c.1460), em Mântua, é um exemplo da influência exercida por Brunelleschi sobre seus contemporâneos. Nas letras, vale destacar a produção de Dante Alighieri, Francesco Petrarca e Giovanni Boccaccio.

A pintura renascentista

Podemos identificar, as primeiras características da pintura renascentista a partir do século XIV, na produção de Giotto di Bondone. Em pinturas como A Lamentação (c.1305), Giotto rompeu com o estilo artístico de sua época, caracterizado por formas rígidas, ao inserir, em sua pintura, figuras mais realistas e sensação de profundidade na paisagem ao fundo, por meio da perspectiva.

Tais princípios de perspectiva, foram ainda mais desenvolvidos no século XV, com Masaccio e sua perspectiva matemática, o que pode ser observada na pintura A Santíssima Trindade (c.1420).

O Renascimento, foi repleto de inovações técnicas no campo artístico. A observação direta da realidade é um deles. Assim, os artistas costumavam desenhar exaustivamente, para melhor representarem, em suas pinturas e esculturas, aquilo que estava diante deles.

Pintura a óleo e auto retrato

Outras invenções importantes, foram a pintura de cavalete (com a utilização de uma tela colocada sobre esse suporte),  e a tinta a óleo (mistura de pigmentos com óleos vegetais), Eles permitiram, tanto o deslocamento e comercialização das obras, quanto uma maior vivacidade, nas cores e efeitos mais realistas nas pinturas.

Além disso, os artistas, antes anônimos, passaram a ser valorizados pela sociedade. Com isso, teve início a prática do autorretrato, que podemos comparar, em menores proporções, com as atuais selfies.

 Renascimento Pleno

O curto período chamado de Renascimento Pleno, (1500-1520) foi responsável, pelo surgimento das obras, dos três mais conhecidos artistas desse período: Leonardo da Vinci, Michelangelo Buonarroti e Rafael Sanzio. O interesse de Da Vinci por variados campos do saber, contribuiu para sua fama de “artista completo”, tão valorizada durante a Renascença.

Podemos notar sua inventividade, nos projetos para a construção de aeronaves, nos desenhos anatômicos, realizados a partir de cadáveres etc. Na sua pintura mais famosa, a Mona Lisa (1503-1506), estão presentes os ideais renascentistas de serena harmonia. A suave transição dos tons mais escuros para os mais claros, são o resultado de uma técnica criada pelo próprio artista, e chamada de sfumato (fumaça, em italiano).

Embora, não se considerasse um pintor e sim um escultor, não podemos deixar de nos impressionar, com a força das imagens presentes nos afrescos (técnica que consiste na realização, de pinturas sobre o gesso ainda úmido) realizados por Michelangelo no teto da Capela Sistina, em Roma (o processo de realização dessas pinturas, pode ser compreendido através do filme Agonia e Êxtase, de 1965).

O brilho da arte renascentista

Essa mesma força está presente na obra Davi (1501-1504), uma estátua de aproximadamente quatro metros de altura, que representa a determinação, e as belas formas, do jovem herói bíblico em sua batalha contra o gigante Golias.

É frequente, mencionar o mais jovem desses três artistas, Rafael, como a síntese dos talentos dos outros dois. Em Triunfo da Galateia (c.1512-1514), a mitologia é o tema para a execução de uma pintura linear, em que predominam os contornos.

Tudo nesta pintura, como em muitas outras do Renascimento, é extremamente nítido e claro, não existem áreas sombrias. Simbolicamente, nada existe que seja oculto ao homem renascentista. Não há nada que permaneça nas trevas do desconhecimento, pois através dos seus inúmeros saberes culturais e científicos, ele é capaz de lançar luz a todos os mistérios do mundo.

Eis um ideal renascentista que, em breve, não mais se sustentaria.( fonte )

7 atividades com a História do Renascimento

Confiram agora conosco, alguns exercícios de fixação, os quais nos ajudarão a entender melhor a história do Renascentismo.

1- atividades com a História do Renascimento – Numere as colunas

Relacione os fatos e nomes com a coluna correspondente, isso te fará associar melhor os fatos.

 

Idade

A partir dos 12 anos

Material necessário

  • Folha de exercício
  • Caneta

Passo a passo para a atividade com a história do Renascimento- Numere as colunas

1– Numere as colunas abaixo, de acordo com as afirmações  relacionada a elas:

  1. Eram comerciantes, contribuíram para o crescimento econômico, e a decadência dos senhores feudais.
  2. Foi uma figura importante para o renascimento, pelo fato de patrocinar os artistas e suas obras, auxiliando na expansão de múltiplos talentos.
  3. Foi a primeira das artes a ser influenciada pelos ideais renascentistas.
  4. O Renascimento Pleno (1500-1520) foi responsável pelo surgimento das obras dos três mais conhecidos artistas de todos os tempos eram eles:
  5.  Se considerava um escultor, e impressionava a todos, com a força das imagens presentes nas pinturas sobre o gesso úmido:
  6. Ele possuía interesse por variados campos do saber, sendo considerado um “artista completo”, foi responsável por diversas invenções além de ser o autor do quadro “Mona Lisa”
  7. Foi autor de: “Em Triunfo da Galateia(c.1512-1514)”, onde a mitologia é o tema para implementar uma pintura linear, na qual predominam os contornos.

(   ) Burgueses

(   ) Rafael

( ) Mecenas

(  ) Leonardo da Vinci

( ) Arquitetura

( ) Leonardo da Vinci, Michelangelo Buonarroti e Rafael Sanzio

(  )  Michelangelo

2 – Atividades com a História do Renascimento – O mistério de Mona Lisa

Quase todas as pessoas já viram ou ouviram, uma brincadeira ou lenda relacionado ao quadro da Mona lisa, não é mesmo? O famoso quadro, foi pintado por Leonardo da Vinci, e existem inúmeras histórias sobre o quadro. Vamos conhecer uma das a versões ?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Folha de exercício
  • Caneta

Passo a passo para a atividade com a história do Renascimento – O mistério de Mona Lisa

  1. Assistam atenciosamente o vídeo
  2. Busquem referencias diferentes sobre o quadro.
  3. Anote suas conclusões pessoais sobre a obra de arte, o que acha que ocorreu com Leonardo da Vinci, que o inspirou a fazer tal obra?
  4. Abram uma roda para discutirem sobre os mistérios que cercam Monalisa

Vai ter “pano pra manga” nessa atividade! Apenas não esqueçam que as opiniões são subjetivas, portanto, cada um deve pensar

3 – Atividades com a História do Renascimento – Leonardo da Vinci e suas criações

Leonardo da Vinci foi um gênio, criador de diversos objetos que nos são uteis até o dia de hoje! Se você ainda não havia pesquisado sobre o assunto, irá se admirar!

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Fotos dos inventos de Leonardo da Vinci
  • Replicas antigas e modernas dos modelos de suas invenções.

Passo a passo para a atividade com a história do Renascimento

  1. Primeiro peça que um dos alunos ( ou você mesmo)  se certifique de quantas invenções são atribuídas a Leonardo da Vinci.
  2. Distribua grupos de acordo com a quantidade de inventos
  3. Cada grupo se responsabilizará por uma das invenções
  4. Eles deverão, colher imagens, e mostrar com imagens e textos, a evolução dos inventos até chegarem  ao dia de hoje.
  5. A bicicleta por exemplo, o que mudou da primeira replica até as motos avançadas e até mesmo modelos de algumas bicicletas de hoje.
  6. Você poderá sugerir uma exposição, onde cada grupo além de mostrar as replicas, antigas em foto, e  modelos recentes reais, ( caso seja possível), ainda conte como sucedeu a história de sua criação ( caso exista)

Será uma atividade bem interessante de se realizar!

4 – atividades com a História do Renascimento – A vida de Michelangelo

Esse artista, foi tão importante para a história do renascimento, que suas fenomenais obras de artes são decorações em locais de suma importância. Mas, o que sabemos sobre ele? Até agora, muito pouco, mas, vamos saber mais?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Internet
  • Papel
  • Caneta

Passo a passo para a atividade com a história do Renascimento

  1. Convide a turma para pesquisar outros materiais que contenham dados Michelangelo
  2. Reúnam-se  com todos os dados pesquisados e abram a roda de discussão
  3. Comentem os achados sobre a vida do artista e permita opiniões.

Essa atividade servirá para reforçar o senso crítico dos alunos, permitindo que eles façam comparações, levantem hipóteses e aprendam a formar a própria ideia. Isso se contar que saberão mais sobre o renascimento, e sobre um importante colaborador dessa época que foi Michelangelo.

5 – atividades com a História do Renascimento – Coloque V ( verdadeiro)   ou F ( falso)

Um exercício com v ou f sempre auxilia na gravação de alguns detalhes importantes.

Idade

A partir de 12  anos

Material necessário

  • Papel
  • Caneta

Passo a passo para a atividade com a história do Renascimento – Coloque V ou F

 

  1. Distribua a folha de exercícios
  2. Deixe que os alunos resolvam, logo após confiram as respostas

(  ) O período chamado de Renascimento Pleno, (1500-1520) foi responsável, pelo surgimento das obras, dos três mais conhecidos artistas desse período: Monteiro Lobato, Cecilia Meireles e Aleijadinho.

(  ) Os argentinos daquela época, identificaram esses ideais na poderosa Roma Antiga e, com o intuito de reviver esse período, buscaram retomar os seus valores, hábitos, literatura e mitologias.

(  )Durante o Renascimento, houve um grande desenvolvimento naval, comercial e urbano, o que resultou em um significativo crescimento econômico, que deu origem a uma nova classe social, a burguesia.

(   ) Em virtude dessa ascensão social de uma parcela da população, surgiu um modo diferente de relação entre a arte e a sociedade: o mecenato.

(  ) O mecenas foi uma figura de extrema importância nesse contexto, pois costumava patrocinar os artistas e suas obras, auxiliando assim na expansão de múltiplos talentos.

6- atividades com a História do Renascimento – Peça teatral de Willian Shakespeare

Shakespeare, foi m ícone no teatro e poesia do tempo do renascimento, até hoje suas peças e poesias são encenadas. “Romeu e Julieta”por exemplo, é um clássico que já passou por diversas versões. Que tal criarmos uma também?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Roteiro da peça
  • Roupas e acessórios para a peça
  • Local para apresentação

Passo a passo para a atividade com a história do Renascimento – Peça teatral de Willian Shakespeare

  1. Reúna os alunos e decida o elenco
  2. Sugira que três ou mais alunos, faça uma adaptação na peça de Romeu e Julieta, para que fique fácil do publico entender.
  3. Eleja a adaptação melhor, tornando-a o roteiro para a peça
  4. Após alguns ensaios, marque o dia da apresentação para todos
  5. Sugiro que antes da apresentação, faça-se uma previa introdução sobre a vida do autor legitimo.

Conhecimento, faz bem a todos!

7- atividades com a História do Renascimento – Debate: Qual a diferença do renascimento para a pós- modernidade?

Prepare bem seus neurônios, pois essa atividade vai movimentar as ideias. Vamos colocar dois períodos frente a frente para comparação.  Qual seria a reação de Leonardo da Vinci, se pudesse hoje saber a proporção que seus inventos e obras tomaram! Hoje se pode duplicar, falsificar e dar outo sentido até para sua Mona-Lisa por meio de um computador. Isso seria tudo  de bom? Ou não?

Idade

A partir

Material necessário

  • Papel
  • caneta

Passo a passo para a atividade com a história do Renascimento

  1. Convide a galera para uma discussão, no qual o assunto de foco seriam:
  2. As tecnologias da pós modernidade, e as formas de pintar, esculpir e criar peças artísticas da antiguidade
  3. Após discutirem, anotem as principais mudanças que foram observadas. O que ficou, e o que mudou. O que acabou e aquilo que permanece até hoje da mesma forma.

Surpreendam-se ao ver, o quanto evoluímos em alguns aspectos, e o quanto somos eternos conservadores em outros!

Fim

Gostaram das atividades com a história do Renascimento? Espero que as atividades colaborem para o aprendizado de muitos estudantes. Que obtenham sucesso no ENEM, ou em concursos que venham prestar. Caso desejarem mais atividades como essa, bastam pesquisar em nosso blog, pois está repleto de sugestões para seu estudo.