7 atividades sobre a era dos Descobrimentos

0

A era dos Descobrimentos, trouxe novas possibilidades de ampliação e enriquecimento para alguns s países europeus, principalmente  Portugal e Espanha. Quando seus pequenos territórios foram afetados por pragas e perseguições, eles ganharam vida, ao encontrar nosso paraíso escondido.

Escondido sim, mas nunca esquecido, pois os índios já moravam aqui!

7 atividades sobre a era dos descobrimentos

Para memorizarmos alguns fatos sobre a era dos descobrimentos, preparamos 7 atividades que auxiliarão a criar uma aula mais divertida ou aprender para responder certo quando for enfrentar a prova do ENEM! Boa sorte minha gente!

Resumo sobre a era dos Descobrimentos

 A era dos descobrimentos,  compreende as grandes navegações, e trata-se do conjunto de viagens ocorridas ao longo dos séculos XV e XVI, quando navegadores europeus se lançaram ao mar em busca de novas terras e rotas marítimas para as Índias, visando a obtenção e comercialização das famosas especiarias (que possuíam elevado valor comercial).

A este período costumeiramente se dá o nome, entre outros, de As Grandes Navegações, Expansão Marítima ou mesmo Era dos Descobrimentos e seus principais atores são Portugal e Espanha, os pioneiros nas navegações.

Uma série de obstáculos e desgraças, como guerras e fome, forçou reinos e cidades da Europa a buscar rotas comerciais alternativas para abastecer o emergente comércio que por ali florescia.

Ainda que não de forma isolada, foi neste contexto de grandes turbulências que a Europa se preparou para começar sua expansão de fronteiras além-mar que culminou na colonização do planeta.

O sistema feudal sucumbia, dando lugar ao mercantilismo (“embrião” do capitalismo) que visava a acumulação de metais preciosos, como ouro e prata, para se criar uma nação bem estruturada e poderosa. Para isso, era necessário ter produtos valiosos a oferecer e nada melhor que as especiarias do Oriente.

De acordo com a doutrina mercantilista, o grande acúmulo de metais preciosos traria prosperidade à nação. Balança comercial favorável (mais exportação e menos importação), pacto colonial e protecionismo são marcas desse sistema que vigorou até o fim do século XVIII.

 Portugal e Espanha

Em meio a esse turbulento cenário, duas nações vizinhas se mostravam mais preparadas que as demais, eram os países iberos, Portugal e Espanha. Estes dois países gozavam de algumas vantagens, como a precoce centralização política na figura do rei e uma boa experiência naval. Juntos, inclusive, assinaram o Tratado de Tordesilhas.

Diferentemente da maioria das nações europeias que ainda viviam o Feudalismo, a formação dos reinos centralizados da Península Ibérica possibilitou a grande expansão marítima no século XV.

Grandes navegações Portuguesas

Portugal, um pequeno reino unificado ainda no século XII e consagrado com a vitória na Guerra de Reconquista, onde conseguiu — juntamente com a Espanha — expulsar os mouros (muçulmanos que viviam na Península Ibérica desde o século VII), mostrou-se igualmente obstinado na missão de abrir nova rota comercial com a Índia diante das dificuldades.

Seu governo centralizado, sua posição geográfica privilegiada e o potencial financeiro gerado pela burguesia fizeram o Reino de Portugal se empenhar com vigor nas navegações tanto na busca das tão desejadas especiarias quanto no desbravamento de novas terras.

Portugal entre a cruz e a espada

Portugal, que foi bem prejudicado pelo monopólio das cidades de Veneza e Gênova, também sofreu gravemente com a Peste Negra: estimativas sugerem que até metade da população de Portugal possa ter perecido diante da epidemia.

Essas dificuldades, entre outras, forçaram o pequeno e aparentemente frágil Reino de Portugal a buscar nova rota para o Oriente sob pena de sobrevivência, pois também era sabido que a sua vizinha, a Espanha, desejava seu território. Era preciso se tornar um reino forte e respeitado.

 A experiência naval dos portugueses

Portugal havia aprendido bastante com os árabes durante as Cruzadas. Os árabes possuíam grande tecnologia e se mostravam muito a frente dos povos europeus nas mais diversas áreas do conhecimento. A navegação era uma delas (e das mais importantes).

Com os árabes, os portugueses aprenderam a criar cartas náuticas e a construir bons navios, destacando-se o orgulho da marinha portuguesa: a caravela. As caravelas representaram uma verdadeira inovação tecnológica. Muito mais flexíveis que às imensas naus, mostraram-se muito mais versáteis e manobráveis para a navegação costeira (seria importantíssima para contornar a África).

Também aprenderam a usar com habilidade instrumentos de navegação marítima como a bússola, balestilha, astrolábio e quadrante.

Portugal iniciou sua série de conquistas marítimas conquistando Ceuta no ano de 1415, contornando o Cabo das Tormentas em 1888, chegando à Calicute, na Índia, em 1498, culminando no descobrindo do Brasil em 1500.

 Portugal contornando a África

A conquista de Ceuta, no atual Marrocos, representou a primeira grande conquista portuguesa que logo se multiplicou por todo continente e costa da África e que findaria com o descobrimento do Brasil e na chegada à Calicute, na Índia.

No decorrer do século XV, os portugueses, além do precioso acúmulo de experiência naval, obtiveram uma lucrativa série de conquistas territoriais, como a ilha da Madeira, as ilhas Canárias, o Cabo Verde e o Cabo do Padrão.

Em todas essas regiões feitorias foram fundadas para a comercialização de produtos locais, como pimenta, marfim, ferro, cobre e escravos. Também se extraiu ouro e outros materiais preciosos.

 Bartolomeu Dias ultrapassa o Cabo das Tormentas

Em 1488, o navegador português Bartolomeu Dias conseguiu contornar o temido Cabo das Tormentas, onde os ventos fortes que sopravam do Oceano Índico dificultavam a passagem de embarcações.

Esse feito comprovou a ideia de que os oceanos Atlântico e Índico se tocavam, reforçando a tese de que era possível chegar à Índia contornando o continente africano, uma vez que os turcos haviam fechado as rotas tradicionais.

Em comemoração ao feito, Dom João II, rei de Portugal, renomeou o cabo, chamando-o de Cabo da Boa Esperança. Com cartas náuticas para se navegar, tornou-se fácil e rotineiro repetir a travessia.

Descobrimento do Brasil

Uma das grandes conquistas das navegações portuguesas foi, sem dúvida, o Descobrimento do Brasil, feito concretizado em 22 de abril de 1500. À época o feito não parece ter sido tão comemorado, pois o objetivo era voltar às Índias para a compra de especiarias.

A frota que chegou ao Brasil foi liderada por Pedro Alvares Cabral, era composta por 13 embarcações (11 naus e 2 caravelas), sendo uma das mais caras e completas expedições da época.

A descoberta do Brasil, muitas vezes dita como o fruto de um erro ou simples desvio de navegação, atualmente tem sido bastante criticada por historiadores, afirmando-se que Portugal já tinha conhecimento de novas terras a oeste do Oceano Atlântico.

Por fim, com tamanhas conquistas e experiência adquirida, o Reino de Portugal teria se tornado a maior potência econômica da Europa e logo daria início à colonização da Terra Brasileira.

Ainda, muito mais que o já desbravado e alcançado, Portugal não parou de navegar e capturou novas e longínquas regiões, sempre instalando feitorias e estabelecendo comércio com os nativos na busca por novas mercadorias. ( Fonte)

Características da era dos descobrimentos

  • Movimento das grandes navegações
  • Expansão territorial e comercial
  • Conquistas de Portugal e Espanha ( principalmente )

7 Atividades sobre a era dos descobrimentos

1- Atividades sobre a era dos descobrimentos- Analise crítica

Cada um tem um jeito diferente de ensinar história. algumas versões são mais interessantes que outras. Que tal se você assistir a versão abaixo e nos dizer o que entendeu?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • Caneta

Passo a passo  sobre a era dos descobrimentos – Analise critica

  1. Assista a explicação do professor acima
  2. Em um caderno ou folha de papel, escreva tudo o que entendeu. Destaque pontos negativos e positivos das descobertas.
  3. Abuse, deixando sua opinião: Você acha que essa história é verdadeira ou inventada? Por qual motivo?

A verdade absoluta é aquela na qual insistimos em acreditar! Se você não acredita , não poderá ser verdade, pelo menos, não será a sua verdade!

2- Atividades sobre a era dos descobrimentos: Questionário

Vivendo e aprendendo, vamos construindo um mundo bem melhor!

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Folha de exercícios
  • Caneta

Passo a passo  sobre a era dos descobrimentos:  Questionário

  1. Quais os principais atores da era dos Descobrimentos ?
  2. Bem antes do Brasil ser descoberto, como se chamava o lugar que representou a primeira grande conquista portuguesa, e como se chama esse lugar atualmente?
  3. Em que data mesmo é atribuído o descobrimento do Brasil?
  4. Em comemoração ao feito, Dom João II, rei de Portugal, renomeou o cabo, chamando-o de…………………
  5. A frota que chegou ao Brasil foi liderada por Pedro Alvares Cabral, era composta por quantas embarcações.
  6. Dois países gozavam de algumas vantagens, e juntos assinaram o Tratado de Tordesilhas. Como se chamavam esses países ?

3 – Atividades sobre a era dos descobrimentos- Construindo uma bússola

Na antiguidade haviam diversos instrumentos de navegação marítima. Alguns deles eram  a bússola, balestilha, astrolábio e quadrante. Vamos construir uma bússola?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Uma agulha, fio, arame, alfinete ou clip… um objeto metálico fino (tem que ser magnético)
  • Um imã
  • Uma tampinha ou vasilha que possa conter água e água
  • Uma folha de EVA

Passo a passo  sobre a era dos descobrimentos – Construindo uma bússola

  1. Siga as instruções do vide o
  2. Construa sua bússola
  3.  Vá passear e faça um teste

Existem coisas simples que podem nos orientar em um momento de apuros!

4 – Atividades sobre a era dos descobrimentos – Construção Textual

Se você vivesse naquele tempo e acompanhasse as navegações, como será que a descreveria?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Caderno
  • Caneta

Passo a passo  sobre a era dos descobrimentos – Construção textual

  1. Convide aos alunos para escreverem uma narração
  2. Eles deverão se imaginar, entrando nas embarcações que se dirigiram para a América
  3. Devem contar como se sentiam, e como algumas embarcações desapareceram
  4. Incentive a imaginação e a criatividade
  5. O texto é fictício, portanto não necessita contar exatamente o que tem na história, pode-se inovar, desde que culmine no descobrimento do Brasil.

Cada vez que ouvimos uma narração imaginamos diferentes situação, e isso é fantástico!

5 – Atividades sobre a era dos descobrimentos – Encenando a descoberta do Brasil

Nessa atividade vamos propor uma encenação, sobre o descobrimento do Brasil!

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Roupas maiores que o tamanho normal para montar o look
  • Caixas de papelão e tinta para fazerem um barco
  • materiais para roupas dos índios

Passo a passo  sobre a era dos descobrimentos- Encenando a descoberta do Brasil

  1. separe os grupos
  2. Proponha que cada grupo crie seu roteiro e a forma de encenar
  3. o teatro poderá ser ao vivo ou filmado
  4. Separe o dia para a apresentação
  5. Eleja a apresentação mais  interessante e bem elaborada.

A arte sempre é importante  para o desenvolvimento.

6 – Atividades sobre a era dos descobrimentos – Certo ou errado?

Nos contam várias versões sobre as grandes navegações, e é claro, algumas estão certas, mas, outras completamente erradas!

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Folha de exercícios
  • Caneta

Passo a passo  sobre a era dos descobrimentos – Certo ou errado?

  1.  Em conformidade com o texto, exposto no princípio, marque a coluna com C quando a afirmação estiver certa, e com E quando for errada

(  ) A frota que chegou ao Brasil foi liderada por Pedro Alvares Cabral, era composta por 23 embarcações (21 naus e 2 caravelas)

(   ) A descoberta do Brasil, muitas vezes dita como o fruto de um erro ou simples desvio de navegação, atualmente tem sido bastante criticada por historiadores.

(  ) Alguns afirmam, que Portugal já tinha conhecimento de novas terras a oeste do Oceano Atlântico.

(  ) Ao conseguirem contornar o Cabo das Tormentas, Dom João II, rei de Portugal, renomeou o cabo, chamando-o de Cabo da Boa Esperança.

7- Atividades sobre a era dos descobrimentos – Pegadinhas culturais

Sabe aquele momento que te dá um branco, aí você acaba afirmando algo como correto, sendo que está completamente errado?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • Caneta

Passo a passo  sobre a era dos descobrimentos – Pegadinhas culturais

  1. Elabore diversas frases relacionadas  a era dos descobrimentos, no entanto, você deverá trocar algumas palavras com sutileza para testar a atenção dos alunos
  2. Abaixo daremos exemplo da elaboração de 3 frases, a partir dessas, você poderá criar outras. Experimente!

a) Em 1488, o navegador português Bartolomeu Souza, conseguiu contornar o temido Cabo das Tormentas, onde os ventos fortes que sopravam de qual Oceano ?

( os alunos possivelmente irão dizer: “Oceano Indico” ) Daí você completa: Mas quem era Bartolomeu Souza?     ( pois na verdade, o nome do homem era Bartolomeu Dias )

b) Portugal havia aprendido bastante com os árabes durante as Cruzadas. Os romanos possuíam grande tecnologia e se mostravam muito a frente dos povos europeus nas mais diversas áreas do conhecimento. A navegação era uma delas. ( Onde está o erro aqui ?)

Agora é sua vez, use a criatividade e elabore outras pegadinhas!

Fim

O que acharam das atividades sobre a era dos descobrimentos? Espero que venha servir de ajuda para suas tarefas escolares. Se desejar mais materiais como esse, temos ouros materiais interessantes, acesse e aproveite bastante!

Um abraço, e até breve!