in , , , , ,

7 atividades sobre Cultura Islâmica

7 atividades sobre Cultura Islâmica 4

Atividades sobre cultura Islâmica, foram preparadas para ajudar o estudante a gravar informações de como se deu a expansão do islamismo.  Compreendendo que, ele teve seu início no 6º século da Era Cristã, na Arábia,parte do Oriente Médio.

 Ali viviam cerca de 5 milhões de pessoas. Naquele tempo e lugar, um  homem condutor de caravanas, um comerciante, chamado Maomé apareceu e começou a espalhar sua mensagem.

Índice: hide

7 atividades sobre Cultura Islâmica

Para entendermos um pouco sobre o islamismo e sua regra de fé, trouxemos para os estudantes  7 atividades que o auxiliarão a gravar dados sobre a cultura islâmica. Antes disso porém, vamos aos resumos?

Resumo: Cultura Islâmica

 Maomé, o fundador do islamismo, a princípio, admirava o monoteísmo, ou seja, a crença em um só deus, e criticava a maior fonte de renda de Meca, que era a peregrinação dos pagãos, adorando as inúmeras divindades locais.

Ele começou a pregar sua crença, mas  em Meca não deu certo, então, refugiou-se em Medina, cidade próxima a Meca. Essa retirada ficou conhecida como Hégira, marcando o início do calendário muçulmano, diferente do ocidental.

Maomé e sua ascensão

Aos 52 anos , Maomé se tornou um chefe poderoso, ganhando o respeito de amigos e também muitos inimigos. Com sua missão de espalhar a palavra de Alá, o nome que ele deu a Deus, realizou várias expedições pelas terras da Arábia, promovendo a unificação de tribos e cidades, mas fazendo também com que ficassem subjugadas a Medina.

Sua estratégia para divulgar a religião, em alguns casos, era fazer casamentos para firmar alianças, casando-se ele próprio com filhas ou irmãs de chefes de outros clãs e promovendo casamentos entre suas filhas e primas.

Jihad e características da cultura islâmica

Quando a aliança não dava resultado, Maomé travava batalhas, conquistando e derrotando os inimigos do Islã, sendo que essas batalhas ficaram conhecidas como jihad, ou esforço, embora tenha ficado conhecida como guerra santa.

Para os muçulmanos, os símbolos mais importantes são a família e a mesquita, centros da sua vida religiosa. Suas práticas religiosas são essenciais, como por exemplo:

  • As cinco preces diárias a Alá, que devem ser feitas voltados para a direção de Meca
  • O dever para com os mais pobres e carentes
  • O jejum do mês de Ramadan, quando não podem comer entre o amanhecer e o por do sol
  • A obrigação de peregrinar a Meca, pelo menos uma vez na vida, lembrando a peregrinação de Maomé.
  • No Islamismo não é admitido que se construa asilos, pois é honra para os filhos cuidarem dos pais envelhecidos.
  • Eles comem com a mão direita, considerada purificada

Casamento  Islâmico

No casamento muçulmano, regido pela religião do Islã, as mulheres não maioria das vezes  não sabem quem será seu noivo antes de as famílias acertarem o casamento. Ou seja, a mulher muçulmana não escolhe quem será o homem de sua vida. Antes do casamento, ela não tem informações nem sobre a idade do noivo.

As mulheres que seguem a religião do Islã são preparadas desde cedo para aceitar esse costume.

Veja a seguir algumas das tradições do casamento muçulmano, bem como um pouco mais da cultura regida pelo Islamismo:

1 – Os pais dos noivos é que assinam o contrato do casamento, uma espécie de acordo entre as famílias. Até este momento, os noivos ainda não se conhecem.

Dote e ritual

2 – O pai do noivo recebe um valor pelo casamento, um dote, porém os muçulmanos não usam esse term. Apesar de ser uma tradição, as famílias podem concordar com o casamento sem nenhum repasse de dotes.

3 – Depois da assinatura do contrato, geralmente acontece um ritual tradicional aos casamentos muçulmanos, chamado “Mangni”, no qual é oferecido um jantar às famílias do noivo e da noiva. Há também a troca de anéis de noivado, porém noivo e noiva não podem ficar sozinhos no mesmo ambiente.

4 – Após três meses da troca de anéis de noivado é que acontece o casamento.

5 – No dia do casamento, um grupo de mulheres se dedica a pintar partes dos braços da noiva com tatuagens de hena, com desenhos que têm significados religiosos.

A poligamia – Atividades sobre a cultura Islâmica

6 – Em vários países muçulmanos, é permitida para os homens a poligamia: ele pode ter até 4 mulheres, porém deve tratar igualmente todas elas.

7 – O homem muçulmano pode se casar com mulheres de outras religiões se ele quiser. Porém, a mulher muçulmana é expulsa de sua comunidade se decidir fazer o mesmo.

8 – O casamento pode acontecer em um templo, ou até mesmo no jardim da casa de um dos noivos, com uma tenda a céu aberto. Durante a celebração, são recitada as partes do alcorão, o livro sagrado muçulmano.

9 – No dia da cerimônia, o noivo entra ao som de tambores e é acompanhado por sua família. É celebrado um ritual simples, sem pajens ou damas, e sem a tradicional caminha a passos lentos do casamento ocidental.

10 – Após o casamento, já como esposas, as mulheres não poderão sair de casa sem a presença de seu marido, ou de um parente homem, como um irmão mais velho ou um tio ( fonte

Líderes – Atividades sobre a cultura Islâmica

Existem muito títulos para designar os líderes religiosos e políticos:

De Aiatolá a Imã

Aiatolá
O termo vem do árabe ayat allah (manifestação de Deus) e surgiu no Irã, no século XIX. Ele designava os juristas mais graduados, os maiorais da hierarquia dos mula (estudiosos do Islamismo). O aiatolá é a principal referência da comunidade xiita.

Califa
Do árabe khalifah, que quer dizer sucessor, o termo surgiu depois da morte de Maomé. Abu Bakr, um dos discípulos do profeta, foi nomeado seu sucessor, ou seja, califa. A palavra passou a designar o líder político e religioso de um Estado árabe. Os Califas governaram até a queda do império Otomano, em 1918. No começo viviam com simplicidade, mas a força do império deu aos califas ares de realeza.

Emir
O título não tem relação com a religião e é dado a lideranças militares, governadores ou autoridades. Surgiu da palavra árabe amir, que significa comandante ou príncipe.

Imã
O título gera bastante contestação e varia de acordo com regiões e seitas. Geralmente, o imã é a pessoa que coordena a oração na mesquita. Os sunitas chamam de imã um califa ou um teólogo islâmico. Já os sunitas, dão o título a um homem sábio que tem a tarefa de orientar os muçulmanos nas questões religiosas.

De Marajá a Sultão

Marajá e Rajá
No século XII, os rajás eram os chefes de pequenos Estados que formavam a Índia. A palavra vem do sânscrito rajan, rei. Os reinos eram controlados por um poder central chefiado pelo marajá, que significa grande rei. Quando os muçulmanos invadiram a região da Índia, os chefes foram depostos. Os invasores assumiram os governos e os títulos.

Marajá e Rajá
No século XII, os rajás eram os chefes de pequenos Estados que formavam a Índia. A palavra vem do sânscrito rajan, rei. Os reinos eram controlados por um poder central chefiado pelo marajá, que significa grande rei. Quando os muçulmanos invadiram a região da Índia, os chefes foram depostos. Os invasores assumiram os governos e os títulos.

Mulá e Ulemá
São as pessoas que estudaram o Islamismo e viraram autoridade no assunto: professores, teólogos e advogados. O termo mulá, do árabe muwla, que significa senhor ou chefe, é usado no Irã pelos xiitas. Ulemá, de ulama, os que possuem conhecimento, são da linha sunita.

Paxá
A expressão surgiu no século XIII para nomear os parentes do sultão. Mais tarde, o título de honra mais alto do Império Otomano passou a ser concedido a militares, governadores de províncias e vizires.

Sultão
Do árabe sultan, que significa potência, este título é dado a qualquer um que tenha autoridade política. É usado pelos soberanos do mundo islâmico, como nos países Omã e Brunei. No século XI, quando o califado começou a se fragmentar, os sultões passaram a governar os pequenos reinos que surgiram.

De Vizir a Xeque

Vizir
O termo quer dizer ?aquele que ajuda a carregar o peso? e vem do árabe wazir. A função surgiu no século VIII e cabia ao vizir ficar entre o califa e o povo. Mais tarde, o título foi estendido a todos os integrantes do ministério, até os oficiais e governadores. Durante o Império Otomano, o representante do califa era chamado de grão vizir para diferenciá-lo dos demais vizires.


O termo tem origem persa: xah, que quer dizer rei. Desde o século VI antes de Cristo os líderes políticos da Pérsia, atual Irã, recebiam essa denominação. O título foi usado até 1979, quando a revolução islâmica no Irã instituiu o governo do aiatolá.

Xeque
A denominação pode ser usada por qualquer pessoa que tenha autoridade religiosa. Vem do árabe shaykh, que significa ancião. Os xeques são bastante respeitados na comunidade muçulmana.

Costumes em: Atividades sobre cultura Islâmica

Originalmente, a cultura muçulmana teve lugar entre os pastores semitas das diferentes tribos que foram reunidas pelo profeta Maomé.

Após sua morte, em 632, a Arábia foi unificada e teve início a expansão do Império Árabe. Ele esteve totalmente embasado nos preceitos do islamismo sendo liderado por um califa.

O sistema sociopolítico indicado pelo profeta e escrito nos livros sagrados da religião muçulmana se espalhou pelos mares Mediterrâneo, Vermelho e pelo Oceano Índico.

Ali, estabeleceram grandes rotas comerciais. Além disso, a cultura maometana em formação encontrou-se com as culturas bizantina, persa, chinesa e indiana, assimilando-lhes os aspectos culturais ao mesmo tempo em que preservava os costumes e crenças dos povos conquistados.

Sunitas e Xiitas

Por outro lado, vale destacar que os muçulmanos são divididos entre Sunitas e Xiitas.

Os Sunitas seguem os ensinamentos do Alcorão (ou Corão) e da Suna. Eles foram liderados por All-Abbas, tio do profeta Maomé após a sua morte.

á os Xiitas, são seguidores de Ali, genro de Maomé, e utilizam única e exclusivamente o Corão como forma de orientação sociopolítica.

Em seguida, podemos apontar a “Sharia”, o conjunto de leis baseadas nas escrituras sagradas como o “livro do direito muçulmano” e o guia de comportamento.

Neste sistema, os documentos legais são menos importantes que a palavra dita, a qual é tão importante quanto à posição social.

Agricultura, artes , ciência

Originalmente, os muçulmanos se destacaram na agricultura, com suas técnicas de irrigação para produzirem algodão, cereais e laranja. Além dela, destacam-se as manufaturas para a produção de tecidos de algodão, artefatos de vidro e fabricação de aço.

Outro destaque vai para a arquitetura muçulmana, responsável pela criação de magníficos de palácios, mesquitas e escolas. Destacam-se a influência bizantina e persa, com suas cúpulas, minaretes e colunas torcidas, decoradas por arabescos.

Do ponto de vista científico e cultural, os muçulmanos foram os responsáveis pela preservação e difusão da cultura helênica. Permitiram, assim, que o legado grego beneficiasse a cultura ocidental europeia.

Igualmente, os matemáticos muçulmanos criaram o sistema de numeração indo-arábico. Contribuíram para a evolução da trigonometria e álgebra, assim como seus físicos fizeram importantes contribuições nos estudos de refração da luz e da óptica.

Seus químicos descobriam os ácidos nítrico e sulfúrico, o nitrato de prata, o carbonato de sódio e os processos de destilação, filtração e sublimação que lhes permitiram produzir o álcool.

Seus médicos realizaram importantes estudos para desvendar as causas da tuberculose.

Filosofia , literatura, Ramadã

Na filosofia, tiveram muita influência os filósofos Aristóteles e Platão. Na literatura, as obras mais conhecidas no mundo ocidental são “As mil e uma noites”, “As Minas do Rei Salomão” e “Ali Babá e os quarenta ladrões”.

Outro aspecto muito importante acerca da cultura muçulmana é o “Ramadã” (ou Ramadão).

Essa lei determina o incitamento espiritual em determinado mês do ano (nono mês do calendário islâmico) e o jejum que proíbe o consumo de comida ou água antes do pôr-do-sol.

Culinária – Atividades sobre cultura Islâmica

De partida, vale frisar que alguns alimentos e bebidas são proibidos pela cultura muçulmana. São exemplos as bebidas alcoólicas e a carne de porco, além dos animais mortos em causas naturais ou por outro animal selvagem.

Portanto, a base da alimentação é composta por carnes de peixes, aves domésticas, cabras, gado, camelo e carneiro. Eles são servidos assados ou fritos e temperados com especiarias orientais.

A comida muçulmana é servida com pão (pão árabe), e degustada com grãos, verduras, legumes e frutas secas.

Os pratos mais conhecidos são o arroz com frango, o tabulem, os quibes crus ou fritos, os favos e as pasta de grão de bico (homus), de berinjela e coalhada.

Vale destacar que na cultura muçulmana estes alimentos são comidos com as mãos (sempre com a mão direita). ( Fonte )

Curiosidades!

  • Os muçulmanos comem apenas com a mão direita, pois consideram a mão esquerda imunda.
  • Em momentos de suas higienes pessoais, eles utilizam a mão esquerda, para se banharem e lavarem as partes intimas do corpo.
  • Uma das punições por roubo em meio aos muçulmanos, é cortarem a mão direita do individuo. Assim ele sofre duas vezes, uma por ficar sem a mão, e outra por ter que se alimentar com a mão esquerda, o que para eles é algo repugnante.

7 atividades sobre Cultura Islâmica

Para guardarmos um pouco deste mundo de informações,  vamos às atividades?

1-Atividades para sala de aula : Corresponda – Atividades sobre Cultura Islâmica

Nessa atividade, nós iremos numerar e relacionar os nomes dos líderes aos cargos correspondentes ao nome.

Idade

A partir de 14 anos

Material necessário

  • Folha de exercício
  • Caneta

Passo a passo para a atividade: Corresponda – Cultura Islâmica

  Peça aos alunos para numerar os cargos ou posições com os nomes ou títulos correspondentes, portanto,

  1. Distribua as folhas impressas entre os alunos
  2. deixe que façam a correspondência
  3. Permita que eles confiram entre eles e vejam se acertaram, ou faça a correção no quadro.

Coloque 1 se for Aiatolá,   2 Califa, 3 Xeque,   4 Marajá,  5 Vizir

( ) Passou a designar o líder político e religioso de um Estado árabe, governaram até a queda do império Otomano, em 1918. No começo viviam com simplicidade, mas a força do império lhes deu  ares de realeza.

(  ) eram os chefes de pequenos Estados que formavam a Índia. Os reinos eram controlados por um poder central chefiado por eles, que significa grande rei.

(  ) Significa: (manifestação de Deus) e surgiu no Irã, no século XIX. Designava os juristas mais graduados, os maiorais da hierarquia dos mula (estudiosos do Islamismo) era principal referência da comunidade xiita.

(  ) A denominação pode ser usada por qualquer pessoa que tenha autoridade religiosa. Vem do árabe shaykh, que significa ancião. Eles são bastante respeitados na comunidade muçulmana.

(  )  O termo quer dizer ?aquele que ajuda a carregar o peso? A função surgiu no século VIII e cabia a ele ficar entre o califa e o povo.

Após os exercícios, discutam sobre as posições que eles ocupam e como isso  influenciava e influencia na sociedade

2 Atividade para sala de aula : Exposição de mesquitas- Atividades sobre cultura Islâmica

Como sabemos, o lugar onde os muçulmanos se reúnem para orar chama-se Mesquita. Geralmente, elas são belas e luxuosas. Que tal colhermos algumas imagens delas e realizarmos uma exposição?

Idade

A partir de 11 anos

Material necessário

  • Internet
  • Papel

Passo a passo para a atividade Exposição de imagens: Atividades sobre a cultura Islâmica

1 – Divida a classe em grupos de 3 ou duplas

2- Procure na Internet , imagens de Mesquitas ao redor do mundo. Existem muitas

3 Organize a exposição na sala de aula

Observem que o cuidado com os amplos detalhes, mostram a importância que esse povo dá aos detalhes, na construção de seu lugar de oração.

3 Atividades para sala de aula – Marque com V ou F  Atividade sobre cultura Islâmica

Nessa atividade os alunos colocarão V se  a sentença for verdadeira e f se for falsa

( ) Maomé, o fundador do islamismo, a princípio, admirava o monoteísmo, ou seja, a crença em um só Deus

( )  A palavra “muçulmano” deriva do Grego (“aslama”) e significa “submetido a Deus”.

( )Para os muçulmanos, os símbolos mais importantes são a família e o trabalho, centros da sua vida. Suas práticas religiosas são segundarias

( ) Sultão significa potência, este título é dado a qualquer um que tenha autoridade política. É usado pelos soberanos do mundo islâmico, como nos países Omã e Brunei.

4 Atividade para sala de aula – Sorteio de perguntas- Atividades sobre a cultura Islâmica

Existem alunos que amam sorteio, há outros que não gostam, mas, como tudo na vida depende da coragem para se conquistar, vamos lá?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • Caneta

Passo a passo para a atividade : Sorteio de perguntas- Atividades sobre  cultura Islâmica

Nessa atividade serão sorteadas perguntas e o aluno irá responder as perguntas que houver tirado.

  1. Escreva diversas perguntas relacionadas a cultura islâmica em tiras de papel
  2. Recorte as perguntas e dobre os papéis
  3. Você poderá selecionar alguns alunos para o sorteio, ou realizá-lo com toda turma
  4. Realize o sorteio e anote os alunos que responderam certo.
  5. Anote as perguntas que não conseguirem responder, busque as respostas e explique-as para a turma.

Para alguns, ser pego de surpresa é muito bom, para outros, é a causa de uma tremenda preocupação. Seja como for, essa é uma forma de estimular os alunos a estudarem, não apenas para terem condições de responder as perguntas, mas para memorizarem melhor os fatos históricos

5 Atividades para sala de aula – Construção Textual –Atividades sobre cultura islâmica

As mil e uma noites”, “As Minas do Rei Salomão” e “Ali Babá e os quarenta ladrões”. Você já conhece essas estórias? 

ou Acesse o Link https://www.youtube.com/watch?v=upPBp_u0M1E

  1. Assista o vídeo  ou outro dos três títulos apresentados, ou leia a história
  2. Peça aos alunos que façam uma construção textual, onde possam dar, sua opinião sobre o que essas histórias mostram com respeito a cultura islâmica.
  3. Você acha que as mil e uma noites tem a ver com o preconceito islâmico em relação as mulheres? Por quê?

Após escreverem os textos, abram roda e discutam sobre o fato, tentem ver como é possível uma crença ou costume ser disseminado até por meios de contos aparentemente inocentes.

6 Atividades para sala de aula : Qual a sequencia correta? Atividades sobre cultura Islâmica

Responda qual a sequência, na qual todas alternativas estão corretas

I – Em 632 depois de Cristo, a Arábia foi unificada e teve início a expansão do Império Árabe.

II – Os Sunitas seguem os ensinamentos do Alcorão e da Suna. Foram liderados por All-Abbas, tio do profeta Maomé após a sua morte.

III- O Império Árabe em 632 era considerado completamente Islâmico e conduzido por um califa.

IV – Os Xiitas, são seguidores de Ali, genro de Maomé, e utilizam única e exclusivamente o Corão como forma de orientação sociopolítica

V – Os filósofos Aristóteles e Platão influenciaram a cultura Árabe. Na literatura, as obras mais conhecidas no mundo ocidental sãoAs mil e uma noites”, “As Minas do Rei Salomão” e “Ali Babá e os quarenta ladrões”.

VI – O carbonato de sódio e os processos de destilação, filtração e sublimação que  permitem produzir o álcool, foram descobertos e criados pelos mulçumanos.

VII “Sharia”, o conjunto de leis baseadas nas escrituras sagradas como o “livro do direito muçulmano” e o guia de comportamento.

7 Atividades para sala de aula : Marque a resposta correspondente – Atividades sobre cultura Islâmica

Nessa atividade você deverá ser bom o suficiente para diferenciar o que pode  e o que não pode!

1 – Alguns alimentos e bebidas são proibidos pela cultura muçulmana. São exemplos:

( ) Frango caipira   e refrigerante

( ) Carne de boi do qual todo sangue é derramado fora e suco de uva

(  ) bebidas alcoólicas e a carne de porco, além dos animais mortos em causas naturais ou por outro animal selvagem.

2- Portanto, a base da alimentação islâmica é composta por:

( )  Linguiça, pernil, pão integral, leite e ervilhas

( )  Apenas vegetais, legumes, frutas e folhas

(  ) Carne de Rã, caranguejo e lombo suíno

(  ) carnes de peixes, aves domésticas, cabras, gado, camelo e carneiro. Eles são servidos assados ou fritos e temperados com especiarias orientais, além de servido com pão árabe, verduras, legumes e frutas secas.

3 -Na cultura muçulmana os alimentos são comidos com a mão ou as mãos :

( ) Mão esquerda

( ) As duas mãos

( ) A mão direita

Fim

Gostou das atividades sobre a Cultura Islâmica? Esperamos que tenha te ajudado na elaboração de seu plano de aula ou estudos, para avaliações, Enem e Vestibular dentre outros. Se desejarem ver mais atividades sobre os povos antigos, já postamos outros e continuaremos a trazer mais história, portanto, fique ligado na gente, pois com o Demonstre, você vai longe!

Um grande abraço, e até breve!