7 Atividades sobre o  Império Espanhol 2

O império Espanhol tem uma história, marcada por grande intervenção religiosa, diversas conquistas e inúmeras dores de cabeça! Se quer saber um pouco sobre seus imperadores, suas atitudes e algo mais, nos acompanhe na leitura, e posteriormente, nas atividades propostas.

Índice: hide

7 Atividades sobre o Império Espanhol

Que tal memorizarmos melhor os acontecimentos, sobre o Império Espanhol desenvolvendo algumas atividades? Mas antes disso, precisamos ler o resumo abaixo, para tomarmos conhecimento sobre o fato, vamos lá?

Resumo sobre o Império Espanhol

Durante a Idade Média, a Espanha prosperou sob o domínio muçulmano. Porém, os reinos cristãos do norte do país estavam determinados a reconquistar o resto da península. Gradualmente, os cristãos foram obtendo sucesso em sua Reconquista: por volta do século XVI, toda a Espanha estava unificada sob o domínio de um monarca católico, e se tornou o principal estado da Europa.

Em 1469, os herdeiros dos dois maiores reinos da Espanha, Isabela de Castela e Fernando de Aragão, se casaram. Eles continuaram a reinar como monarcas separados, mas tomaram medidas para unificar a Espanha: reduziram o poder da nobreza espanhola e obtiveram o apoio da Igreja católica.

Uma aliança com o papado, deu a Isabela e Fernando o poder de nomear, bispos na Espanha e nas colônias espanholas. Isabela e Fernando também estavam determinados a completar a Reconquista da Espanha dos muçulmanos.

Granada, o último reino muçulmano na Espanha, foi capturada pelos exércitos católicos em 1492. Fernando e Isabela reunificaram a Espanha após oito séculos de divisão política.

Perseguição Religiosa

Isabela e Fernando iniciaram uma cruel campanha de perseguição religiosa, pedindo à Igreja que reativasse a Inquisição, punindo assim severamente as pessoas acusadas de serem hereges.

Os judeus foram forçados a se converter ao cristianismo; aqueles que se recusavam, ou que ousavam praticar o judaísmo secretamente, eram torturados e até mesmo queimados vivos. Em 1492, os monarcas ordenaram que todos os judeus que recusassem o batismo deixassem a Espanha.

Os muçulmanos que permaneceram na Espanha após a reconquista de Granada foram inicialmente permitidos a continuar praticando sua religião. Mas em 1502, os governantes católicos insistiram que eles se convertessem ao cristianismo. Alguns muçulmanos assim o fizeram, porém continuaram a seguir alguns costumes islâmicos. Aqueles que se recusaram, foram expulsos da Espanha.

A campanha de terror religioso de Isabela e Fernando resultou em consequências desastrosas para a Espanha. Tanto os judeus como os muçulmanos haviam contribuído para as artes, cultura e vida intelectual espanhola.

Muitos deles eram grandes empreendedores e comerciantes e ajudaram a trazer grande prosperidade para a Espanha. Os muçulmanos haviam desenvolvido métodos de cultivo avançados, contribuindo assim para o desenvolvimento da agricultura espanhola.

As políticas de intolerância religiosa dos governantes espanhóis acabaram por prejudicar a riqueza cultural e intelectual do país.

O Reino de Carlos V

Carlos V, neto de Isabela e Ferdinando, nasceu em 1500. Ele foi membro da influente família Habsburgo da Áustria e herdeiro do império espanhol. Quando tinha seis anos, Carlos herdou a Holanda de seu pai e nove anos depois, foi proclamado Rei da Espanha. Em 1520, ele havia herdado as terras dos Habsburgos no oriente europeu: Áustria, Hungria e Boêmia. Foi também coroado Sacro Imperador Romano.

Inicialmente, os espanhóis consideravam Carlos V como um estrangeiro, mas o monarca lentamente ganhou a lealdade de seu povo, trabalhando na unificação e fortalecimento da Espanha. Durante seu reino, exploradores espanhóis conquistaram o Peru e o México e exploraram parte do que é hoje a região sul dos Estados Unidos.

A prata e ouro das colônias nas Américas começaram a ser trazidos em grandes quantidades para a Espanha. Na Europa, porém, Carlos V enfrentava difíceis desafios. Ele estava em constante desavença com os príncipes luteranos na Alemanha que se recusavam a aceitar sua autoridade como Sacro Imperador Romano.

Invasão dos turcos na Europa Central

Os esforços de Carlos V para trazer a Itália sob o domínio espanhol não foram bem-sucedidos. Posteriormente, durante o século XVI, os turcos otomanos invadiram a Europa Central, ameaçando as terras dos Habsburgos. A luta contra o império romano desgastou os Habsburgos – militar e financeiramente – durante mais de um século.

Incapaz de enfrentar todas essas dificuldades, Carlos V renunciou ao trono em 1556 e se aposentou num mosteiro. Seu irmão Ferdinando I herdou o título de Sacro Imperador Romano e os territórios orientais dos Habsburgos. O filho de Carlos, Felipe II, herdou a Espanha, a Holanda e as terras espanholas na América e na Itália.

O Governo de Felipe II na Espanha

Felipe II foi o rei da Espanha durante os anos 1556-1598. Seu principal objetivo como monarca foi o de fortalecer o poder da Espanha e da Igreja Católica. Assim como outros governantes espanhóis, Felipe II desejava que toda a Espanha fosse católica e, portanto, ordenou que todos os protestantes residentes no país se convertessem ou emigrassem.

Espanhóis que se recusaram à conversão eram presos, torturados e assassinados. O protestantismo começou a desaparecer do país.

Felipe II também passou a atacar os mouros – muçulmanos que haviam se convertido ao cristianismo, mas que mantinham sua cultura e praticavam o islamismo em segredo. Quando Felipe baniu o uso da língua árabe e impôs outras restrições em 1569, os mouros de Granada se rebelaram.

Após uma difícil batalha, os mouros foram derrotados pelos católicos e exilados para outras regiões da Espanha. Suas crianças foram sequestradas e adotadas por lares cristãos. Em 1609, o filho de Felipe II, Felipe III, obrigou os 300.000 mouros remanescentes no país a deixarem a Espanha.

O monarca espanhol objetivava conquistar Portugal. Em 1580, com a morte do rei português, Felipe II tornava-se sucessor do trono de Portugal. Mas os portugueses não queriam ser governados pela Espanha e, portanto, Felipe II enviou tropas para abafar qualquer rebelião. Portugal tornou-se parte da Coroa Espanhola e Felipe II adquiriu as ricas e extensas colônias portuguesas.

Rebeliões na Holanda

Felipe II acreditava que a Espanha deveria tirar proveito de suas posses territoriais na Holanda. Assim sendo, ele aumentou os impostos de holandeses e impôs leis comerciais que favoreciam comerciantes espanhóis.

Em 1566, a Holanda iniciou uma rebelião que durou muitos anos. O líder holandês foi Guilherme, príncipe de Orange, conhecido como Guilherme, o Silencioso. Com o passar do tempo, o país foi dividido. O norte se declarou uma república em 1581, mas levou muitos anos para a Espanha reconhecer a sua independência.

As províncias do sul, que eram em sua maioria católica, participaram da rebelião, mas depois retornaram ao domínio espanhol, denominadas de Holanda espanhola.

Conflitos com a Inglaterra

A guerra na Holanda resultou em um conflito entre Espanha e Inglaterra. A rivalidade entre os dois países já existia, em função dos constantes ataques dos piratas ingleses, contratados pelo governo, aos navios que carregavam tesouros espanhóis ao redor do mundo.

Quando a revolta holandesa eclodiu, Elizabete I, rainha protestante da Inglaterra, enviou tropas para auxiliar os protestantes na Holanda. O apoio inglês aos holandeses enfureceu o rei espanhol.

Em 1588, Felipe II, rei da Espanha, enviou uma frota, chamada de Armada Invencível, para invadir a Inglaterra. Aproximadamente 130 navios espanhóis, carregando 3.000 canhões, partiram em direção à Inglaterra.

No entanto, em vez de obter a gloriosa vitória que Felipe II esperava, a Armada enfrentou grandes dificuldades, tendo deparado com a marinha inglesa que estava pronta para defender seu país. Os navios ingleses eram menores e mais rápidos, e seus capitães e tripulação eram mais habilidosos que os espanhóis.

Em uma batalha naval no Canal da Mancha, os ingleses combateram a Armada e afundaram diversos navios espanhóis. Tempestades arrastaram muitos navios espanhóis remanescentes em direção ao Mar do Norte.

Para retornar à Espanha, o comandante da Armada levou sua frota ao longo da Escócia e Irlanda. No entanto, mais navios espanhóis foram perdidos na viagem de volta, e apenas metade da Armada original finalmente retornou à Espanha. A derrota foi terrível para a monarquia espanhola.

Guerras Religiosas na França

Trata-se de um período de lutas civis e operações militares principalmente entre católicos franceses e protestantes (huguenotes). O conflito envolveu as disputas faccionais entre as casas aristocráticas da França, como a Casa de Bourbon e a de Guise, e ambos os lados receberam assistência de fontes estrangeiras. Duraram entre os anos de 1562 e 1598.

Número de guerras

O número exato de guerras e suas respectivas datas são objeto de contínuo debate pelos historiadores, mas foram cerca de oito; alguns afirmam que o Edito de Nantes, em 1598, concluiu as guerras, embora o ressurgimento da atividade rebelde depois disso leve alguns a acreditarem que a Paz de Alaïs em 1629 é a conclusão real.

Durante as guerras, negociações diplomáticas complexas e acordos de paz foram seguidos por renovados conflitos e lutas pelo poder.

Consequências principais

Entre dois e quatro milhões pessoas foram mortas como resultado de guerra, fome e doenças e, na conclusão do conflito, os huguenotes receberam direitos e liberdades substanciais pelo Edito de Nantes, embora este não tivesse acabado com a hostilidade em relação a eles.

As guerras enfraqueceram a autoridade da monarquia, já frágil sob o governo de Francisco II e depois de Carlos IX, mas Henrique IV conseguiu, mais tarde, reafirmar seu papel como monarca. (Educa Brasil fonte de todo texto )

7 Atividades sobre o Império Espanhol

Agora que já viram quantas coisas aconteceram naquela época, confiram conosco 7 atividades que o ajudarão a entender melhor o Império Espanhol!

1- Atividades sobre o Império Espanhol: Questionário

Entre perguntas e respostas, podemos tirar maiores conclusões. Responda o questionário e abra espaço para entender melhor o que aconteceu.

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • caneta

Passo a passo para a atividade sobre o Império espanhol: Questionário – Responda!

  1. Quem autorizou Isabela e Fernando a nomear, bispos na Espanha e nas colônias espanholas?
  2. Em que resultou a campanha de terror religioso de Isabela e Fernando?
  3. Em que os judeus e os muçulmanos contribuíram para a vida intelectual espanhola?
  4. Quem foram os grandes empreendedores e comerciantes que ajudaram a trazer grande prosperidade para a Espanha.
  5. A guerra na Holanda resultou em conflitos entre dois países.Quais países seriam esses?
  6.  No entanto, a rivalidade entre esses dois países já existia, e qual era o motivo?
  7. Quando a revolta holandesa eclodiu, o que Elizabete I, rainha protestante da Inglaterra fez, para auxiliar os protestantes na Holanda?
  8. O que o apoio inglês aos holandeses causou ao rei espanhol?

2- Atividades sobre o Império Espanhol: A inquisição

“Isabela e Fernando iniciaram uma cruel campanha de perseguição religiosa, pedindo à Igreja que reativasse a Inquisição, punindo assim severamente as pessoas acusadas de serem hereges.”

‘Os judeus foram forçados a se converter ao cristianismo; aqueles que se recusavam, ou que ousavam praticar o judaísmo secretamente, eram torturados e até mesmo queimados vivos.”

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • caneta

Passo a passo para a atividade sobre o Império espanhol: A Inquisição

  1. Após assistirem o vídeo reúna a turma, fazendo-os se assentarem em círculo.
  2. Exponha para eles o que foi e as consequências da inquisição.
  3. Tente abrir espaço para opiniões sobre o porquê da perseguição religiosa.
  4. Por qual motivo aqueles monarcas, unidos à igreja romana, se revoltaram contra os adeptos de outras religiões, se eles não faziam nenhum mau para a Espanha?
  5. Além da morte de muita gente, qual foi a grande consequência da Inquisição?
  6. O que os judeus, protestantes e muçulmanos fizeram para se manterem vivos?
  7. Se hoje ocorresse no Brasil, uma perseguição por parte do governo, a todos torcedores de seu time de futebol, se pudesse reagir o que você faria?

(    )  Trocaria de Time    (  )  Torceria escondido  (  )  morreria mas não negaria sua paixão pelo time  ou  ( ) mudaria para outro lugar em busca de liberdade de expressão?

Não é fácil renunciar algo em que se acredita ou criou raízes, as vezes a escolha pode surpreender o perseguidor. Afinal por qual motivo será que as pessoas perseguem a outras, as quais não possuem a mesma visão ou gosto do que elas? Já ou falar de  Kim Jong-un ?

3- Atividades sobre o Império Espanhol: Está certo ou errado?

Uma forma interessante de guardar os dados, é desafiar o próprio cérebro a reconhecer se as frases dizem a verdade ou estão mentindo a respeito da história, então vamos ver?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • caneta
  • Folha de exercícios

Passo a passo para a atividade sobre o Império espanhol: Está certo ou errado?

  1. Distribua a folha de exercícios entre a turma
  2. Marquem com C as  afirmações que estiverem certas, e com E as erradas.
  3. Deixe que resolvam e posteriormente corrijam os exercícios uns dos outros .

(     )  A guerra na Holanda resultou em um conflito entre Espanha e Inglaterra.

(    ) A rivalidade entre Espanha e Inglaterra já existia, em função dos constantes ataques dos piratas ingleses, contratados pelo governo, aos navios que carregavam tesouros espanhóis ao redor do mundo.

(     ) Em 1588, Felipe II, rei da Espanha, enviou uma frota, chamada de Armada Invencível, para invadir a Inglaterra.

(  ) Com nome de “Armada Invencível, ” aproximadamente 130 navios espanhóis, carregando 3.000 canhões, partiram em direção à Inglaterra.

(    )  Quando a revolta holandesa eclodiu, Elizabete I, rainha protestante da Inglaterra, enviou tropas para auxiliar os protestantes na Holanda. O apoio inglês aos holandeses deixou o rei espanhol transbordando de felicidade.

(    )  Felipe II foi o rei da Espanha durante os anos 1556-1598. Seu principal objetivo como monarca foi o de fortalecer o poder da Espanha e da Igreja Protestante.

O interesse dessa atividade e ajuda-los a gravarem os fatos históricos de forma correta.

4- Atividades sobre o Império Espanhol: Agricultura espanhola

Os muçulmanos haviam desenvolvido métodos de cultivo avançados, contribuindo para o desenvolvimento da agricultura espanhola.” Essa afirmação nos deixou curiosos concordam? O que exatamente eles cultivavam, e quais eram suas técnicas, vamos investigar?

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • caneta

Passo a passo para a atividade sobre o Império espanhol:Agricultura espanhola

  1. Montem vários grupos de investigação e descubram:
  2. Quais foram as técnicas que os muçulmanos desenvolveram para a agricultura espanhola?
  3. Essas técnicas ainda são usadas hoje?
  4. Pesquise e comente, a forma usada na agricultura pelos espanholes  atualmente.

5- Atividades sobre o Império Espanhol: Os piratas existiram mesmo?

Se você é daqueles fascinados por filme de piratas e caça ao tesouro, vai amar saber que realmente os ataques piratas existiram. Então, deve ter muito tesouro perdido no fundo do mar não é mesmo? Mas, vamos saber um pouco mais sobre isso?

“A guerra na Holanda resultou em um conflito entre Espanha e Inglaterra. A rivalidade entre os dois países já existia, em função dos constantes ataques dos piratas ingleses, contratados pelo governo, aos navios que carregavam tesouros espanhóis ao redor do mundo.”

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • caneta

Passo a passo para a atividade sobre o Império espanhol: Os piratas existiram mesmo?

  1. Após assistirem o documentário acima, reúna a turma para comentarem
  2. Se desejarem, essa é uma boa oportunidade para criarem uma peça teatral.
  3. Investiguem mais um pouco sobre os navios piratas, e criem um pequeno roteiro, desta forma ficará mais fácil para a turma entender, o que acontecia entre Inglaterra e Espanha.

Se quiserem convide os colegas para levarem pipoca, enquanto assistem a interessante encenação.

6- Atividades sobre o Império Espanhol: O desfile dos imperadores

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • caneta

Passo a passo para a atividade sobre o Império espanhol: O desfile dos imperadores

  1. Essa atividade poderá ser realizada, organizando a turma em duplas.
  2. Um da dupla será o imperador, e o outro será o narrador
  3. Escolha alunos para se vestirem como os imperadores: Isabela, Ferdinando, Carlos V, Felipe ll…   Enfim todos os imperadores  espanhóis citados aqui.
  4. Após se vestirem adequadamente, imitando os trajes da época, que poderão ser improvisados com ( roupas antigas, TNT, Tecidos… ) eles deverão ensaiar o desfile
  5. Enquanto cada imperador for passando, sua dupla deverá apresentá-lo, lendo um resumo sobre sua história e o papel que desempenhou no império espanhol.
  6. Se quiser, poderá haver votação, para escolherem o imperador mais simpático!

Esse é um meio menos maçante de contar história para um público jovem!

7- Atividades sobre o Império Espanhol: Sorteio de perguntas

Você pode escolher realizar as perguntas após assistir o vídeo, ou tomar com base o texto acima exposto.

Idade

A partir de 12 anos

Material necessário

  • Papel
  • caneta

Passo a passo para a atividade sobre o Império espanhol: Sorteio de perguntas

  1. Anteriormente, o professor deverá distribuir cópias do texto sobre o império espanhol para a turma estudar. Ou se preferir, poderão assistir o vídeo.
  2. Posteriormente, ele escreverá diversas perguntas sobre o império Espanhol em pequenas tiras de papel.
  3. Dobre-as e permita que cada aluno retire de suas mãos um papelzinho, com a pergunta escrita.
  4. Prepare um pequeno brinde ( pode ser uma bala ou bombom) para oferecer ao aluno que acertou a pergunta.
  5. Recolha todas as perguntas que foram feitas de forma errada, e ofereça a resposta certa para a turma, tirando dúvidas ( mas, cuidado para não constranger o aluno que errou, pois isso pode ocasionar bloqueio, mantenha-se discreto, nosso objetivo e transferir conhecimento, não é mesmo?) .

Na atividade 1 você tem algumas perguntas, as quais se desejar poderá usá-las. Contudo , criar perguntas com uma linguagem bem clara, poderá ser importante, para deixar a turma mais a vontade.

Bônus: 15 curiosidades sobre a Espanha!

Para a galera ficar mais antenada, aí vai um pouco de curiosidade para descontrair!

 Fim

Quer mais atividades como essa? Então entre no Demonstre e faça a festa! Aqui temos diversas atividades e material com fartura para você estudar para o ENEM, concursos, fazer suas atividades escolares, e sair lucrando com tudo de bom que o conhecimento oferece. Então fica conosco!

Nos aguarde pois tem mais novidades ok?

Um super abraço e até breve!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.