A digestão dos alimentos

0

O aparelho digestivo é constituído por um conjunto de órgãos e anexos que, trabalhando em conjunto, realizam a digestão dos alimentos.

O processo de digestão consiste em várias ações sofridas pelo alimento para que os nutrientes e vitaminas do mesmo possam ser aproveitado pelo organismo. O sistema é formado pela boca, faringe, esôfago, estômago, intestino e órgãos anexos (pâncreas e fígado).

Boca

A boca é a porta de entrada do sistema digestivo. É nela que os alimentos sofrem o primeiro processo da ingestão: a mastigação. Além do processo mecânico de trituração dos alimentos, os mesmos são dissolvidos com a ajuda da saliva, produzida pelas glândulas salivares.

A boca comunica-se com a faringe através do istmo, região localizada na parte frontal da garganta.

Faringe

A faringe é um conduto situado logo após a cavidade bucal. Comunica-se com as fossas nasais por meio de dois orifícios veia chamados coanas, e com a cavidade bucal pelo istmo da garganta. A faringe tem a forma de um funil e comunica-se inferiormente com o esôfago e a traqueia.

Esôfago

O esôfago é um tubo de 25cm de comprimento e que se estende da faringe ao estômago, atravessando o diafragma. Localiza-se atrás da traqueia e na frente da coluna vertebral.

Estômago

O estômago é um órgão que consiste numa dilatação do tubo digestivo, situado abaixo do diafragma e à esquerda do fígado. Possui formato variável, conforme seu estado de reflexão ou vacuidade, e de maior ou menor contração das fibras musculares que se encontram em suas paredes.

A capacidade do estômago de um adulto é de cerca de 1 litro e meio. O estômago possui uma pequena curvatura, côncava, voltada para o lado direito e uma grande curvatura, convexa, voltada para o lado esquerdo. A grande curvatura possui uma saliência superior chamada grande tuberosidade e uma saliência inferior chamada pequena tuberosidade.

O estômago conecta-se superiormente ao esôfago por meio de um orifício chamado cárdia e inferiormente com o intestino por meio de um orifício chamado piloro.

Intestino

O intestino é um longo tubo localizado no abdome e dobrado várias vezes sobre si mesmo, formando várias curvas chamadas alças intestinais. O intestino divide-se em duas partes: intestino delgado e intestino grosso.

Intestino delgado

O intestino delgado mede cerca de 6 metros de comprimento por 3cm de diâmetro. Permanece conectado superiormente ao estômago, do qual está separado por meio do esfíncter pilórico, e inferiormente comunica-se com a primeira parte do intestino grosso chamada ceco, da qual está separado por meio da válvula ileocecal.

O intestino delgado compõe-se de três partes

  • Duodeno, medindo cerca de 25cm e dispondo-se como um C. Recebeu este nome por medir cerca de 12 dedos;
  • Jejuno, que é a parte média e que recebeu este nome pois, na autopsia de cadáveres, se encontra geralmente vazio;
  • Íleo, que é a parte final do intestino delgado, não possui limite bem determinado de separação com o jejuno.

Intestino grosso

O intestino grosso mede cerca de 1,50m de comprimento por 5 a 8cm de diâmetro. Estende-se desde a válvula ileocecal até o orifício anal. Seu formato assemelha-se como um U invertido e divide-se em três partes:

  • Ceco, semelhante a um fundo de saco e comunicando-se com o íleo por meio de um orifício munido da válvula ileocecal. No ceco encontra-se um órgão rudimentar de 8 a 10 cm de comprimento, chamado apêndice vermiforme;
  • Cólon, que é a parte maior do intestino grosso e compreende uma parte ascendente chamada colo ascendente, que chega até a altura do fígado; uma parte transversal chamada colo transverso, que se estende do fígado ao baço; uma porção descendente, chamada colo descendente, que se estende do baço à fossa ilíaca e, finalmente, uma porção curva chamada “S” ilíaco, por ser sinuosa e estar em relação com o osso ilíaco;
  • Reto, que é um tubo retilíneo, última parte do intestino, a qual tem seu limite final no orifício anal.

Órgãos anexos: pâncreas

O pâncreas é uma glândula localizada atrás do estômago e estendendo-se do duodeno ao baço. É formado por duas espécies de células: umas segregam o suco pancreático, que é lançado no duodeno pelo canal de Wirsung e que toma parte ativa na digestão dos alimentos; outras que se dispõem em grupos, chamados ilhotas de Langerhans e que segregam uma substância chamada insulina. A insulina é lançada diretamente no sangue.

Fígado

O fígado é a maior glândula do corpo humano e está situado abaixo do diafragma, à direita do estômago, recobrindo-o em parte. É de cor vermelho escura e pesa cerca de 1400g aproximadamente. O fígado apresenta uma face superior e uma face inferior. A face superior é convexa e lisa e está em relação com o diafragma.

Sob o fígado encontra-se um órgão ovóide, chamado vesícula biliar, cuja função é concentrar e reservar a bílis segregada pelo fígado. Dessa forma, desempenha funções importantes no corpo humano, como o processamento de proteínas e armazenamento de vitaminas e sais minerais.

Além disso, atua na limpeza do sangue, apresentando propriedades antioxidantes contra elementos nocivos ao organismo, como a gordura e o álcool. Uma dieta saudável e bem elaborada é fundamental para a saúde da glândula.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.