A Lenda do Chocolate – Uma Lenda Asteca

0
3070
A Lenda do Chocolate - Uma Lenda Asteca 10
chocolate flow

A Lenda do Chocolate – Como Surgiu uma das maiores iguarias do mundo?

Chocolate. Poucos alimentos despertam tanto desejo e fascínio como este derivado do cacau.
Seja ao leite, branco, amargo, meio-amargo, a grande maioria das pessoas não consegue recusar quando tem a oportunidade de saborear um bom chocolate.

Mas você já parou para pensar como este surgiu?

É uma história bem interessante, que remonta a pelo menos três mil anos atrás, na época em que a civilização Asteca dominava a região que vai do México até a América do Sul. Eles descobriram que a semente do cacaueiro fornecia uma bebida amarga, capaz de combater o cansaço, além de ser um estimulante sexual.

chocolate

Um fato interessante, é que no início o chocolate era considerado tão importante que apenas era consumido por reis, nobres e guerreiros, além de ser oferecido em sacrifício aos deuses. Para eles, este alimento era algo sagrado.

Com o passar dos séculos, o chocolate se tornou cada vez mais popular, à medida que viajantes de outros lugares do mundo começaram a chegar àquela região, levando para seus próprios povos. E então, o que antes era sagrado, se tornou o doce que hoje todos nós conhecemos e podemos encontrar em qualquer comércio perto de casa.

Mas você sabia que existe também uma lenda contando como o cacau chegou às mãos do homem?

Existe sim, e é essa a lenda que você ficará conhecendo a seguir.

Anúncios do Demonstre que vão te interessar:

Primeiro anúncio:

Estamos com o nosso aplicativo de formação de professores baseado em QUIZ já na Google Play. Baixe agora e teste suas habilidade docentes.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.demonstre.quizapp

O aplicativo é gratuito e recebe um teste novo por semana. Ideal para quem quer revisar o conteúdo ou estudar para concurso.

Obs: o aplicativo é preparado com uma metodologia baseada em reflexão de tarefa, então, cada questão e resposta são apresentadas de maneira a validar e construir o conhecimento do usuário.

Segundo anúncio:

Compre o nosso ebook de atividades educativas para o mês de julho. Material 100 ilustrado, com atividades e roteiros de atividades únicas e focadas no ensino de leitura e escrito:

31 atividades escolares para o mês de julho

Clique aqui ou na imagem para comprar o ebook por apenas 10 reais!

Terceiro anúncio:

Continuamos com o projeto Poema de bom dia firme e forte, com mais de 30 publicações. Para ter acesso basta visitar o canal do Demonstre no Youtube: https://www.youtube.com/user/demonstrec ou clicar no play aqui na nossa playlist:

Para enviar o seu poema, basta encaminhar o mp3 + o texto para o e-mail: [email protected].

Resumo da lenda

Entre as divindades que os Astecas adoravam, estava Quetzalcóatl, cujo nome significa “serpente emplumada”. Eles consideravam esse deus como representante de Vênus, e também representante da vida, da vegetação e do alimento.

Diz a lenda que Quetzalcóatl, em um certo dia, estava tão contente com os humanos que resolveu dar-lhes um presente – algo que lhes proporcionasse energia e prazer.

Chocolate - Quetzalcóatl

Mas havia um pequeno problema: o presente em questão era algo que não pertencia a Quetzalcóatl!

Convicto de que os humanos realmente eram merecedores, ele foi até os campos do Reino do Sol e roubou as sementes da “árvore sagrada”. É claro que, quando descobriram o que Quetzalcóatl havia feito, os outros deuses não lhe perdoaram, e como punição o expulsaram do Reino do Sol.

Antes que pudesse ser pego, Quetzalcóatl lançou as sementes da árvore sagrada para o mundo dos homens, e logo elas deram origem a belas árvores: os cacaueiros. Os humanos então provaram de seu fruto – inicialmente em forma de uma bebida, uma mistura de cacau e água – e ficaram fascinados em como aquele alimento lhes enchia de energia e prazer.

Com o passar do tempo, os europeus chegaram à região, e o chocolate começou a se espalhar por todo o mundo.

Curiosidades

  • Essa mistura de cacau e água foi a mesma que o imperador asteca Montezuma serviu ao espanhol Fernando Cortez, ao confundi-lo com o deus Quetzalcóatl.
  • O nome “chocolate” vem do termo xocolátl, que é uma fusão entre “xococ” (amargo) e atl “água”. Mas há quem atribua a origem desse nome à lenda de Quetzalcóatl.
  • Já o nome “cacaueiro”, árvore que produz o cacau, era chamado de Theobroma Cacao pelos astecas, nome que significa literalmente “alimento dos deuses”. Será mais uma referência à lenda de Quetzalcóatl?
  • No império asteca, o chocolate era mais valioso que a prata e o ouro.
  • O chocolate amargo é considerado o chocolate puro por conter cerca de 99% de cacau. Já o chocolate branco nem é considerado chocolate por alguns, por conter apenas 20% de manteiga de cacau.

Chocolate

Sites, textos e livros sobre o assunto

Sugestão de atividade para os professores utilizarem em sala de aula para fixar a lenda.

  1. Propor aos alunos que pesquisem e criem uma lista de produtos derivados de cacau. Depois mencionem quais são os seus favoritos, quais os que não conhecem e quais os mais conhecidos.
  2. Propor aos alunos uma pesquisa sobre as diferenças entre os povos Maia, Asteca, Inca e Olmeca, os povos que já dominaram as regiões da América referentes à lenda.
  3. Listar quais os benefícios, e quais os Malefícios do Chocolate para o Corpo Humano. Sua versão amarga, por exemplo, é um dos mais benéficos graças ao seu nível de cacu presente no organismo.
  4. Pesquisar sobre a possibilidade do chocolate se tornar um alimento raro nas próximas décadas.

Galeria de Imagens sobre A Lenda do Chocolate

Mais do que algo sagrado e muito gostoso, o chocolate pode ser um alimento saudável para o organismo. Consumido com o devido controle, você pode ter mais energia e uma certa felicidade c- afinal, que maneira seria mais agradável de garantir uma boa saúde além dele?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.