Você sabe quais são as áreas da psicologia? E os ramos da psicologia? Essa é uma parada importante para podermos nos aprofundar na psicologia da educação e tudo o que ela representa.

Se estiver meio perdido com a discussão, estou fazendo uma série de texto para entendermos a psicologia da educação, suas correntes e pensadores. Visite meus dois primeiros textos: o que é psicologia da educação e história da psicologia que terá uma compreensão melhor do assunto.

Quais as áreas e ramos da psicologia?

Vamos então entender quais as áreas de discussão da psicologia:

Psicologia fisiológica – ramos da psicologia

Primeiramente, nos deparamos com a Psicologia fisiológica, que é o ramo da que tenta entender os eventos ocorrentes do corpo que influenciam o comportamento.

Psicologia geral – ramos da psicologia

Psicologia geral visa estabelecer os conceitos básicos que munam o profissional de um rico conhecimento acerca da mente humana e das abordagens existentes. Assim, pode-se determinar uma metodologia a ser adotada, pois essa ciência tem várias ramificações.

Psicologia do desenvolvimento – ramos da psicologia

Já a área da Psicologia do desenvolvimento aborda o desenvolvimento ontogenético, que abrange as mudanças no ciclo vital de uma pessoa. A psicologia do desenvolvimento é de imprescindível importância, pois sabe-se que os ciclos vitais ocorridos na infância e adolescência são responsáveis por mudar toda a mente humana.

O que alguém vivencia durante a infância e adolescência normalmente tende acompanhar o indivíduo por toda a sua vida adulta. Mas não para por aí; temos também outros ramos da psicologia que devem ser citados.

Psicologia do desenvolvimento

Você sabe como se dá a construção da moral durante o desenvolvimento infantil?

Entenda os motivos para trabalhar educação sexual na escola!

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Confira também as entrevistas que estamos realizando no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

 

Psicologia animal ou Psicologia comparada – ramos da psicologia

Entre as áreas da psicologia temos também a Psicologia animal, também conhecida como psicologia comparada, possui o objetivo de analisar o comportamento animal e compreender seu funcionamento. Feito isso, esses comportamentos são comparados com os dos seres humanos, tanto as diferenças quanto as semelhanças.

Psicologia social – ramos da psicologia

Psicologia social analisa o homem sob a ótica do contexto social, onde há infinitas variáveis e ocorre em diversas situações. Acredita-se que as variáveis sociais podem influenciar o comportamento humano individual e o grupal das mais diversas formas.

Psicologia diferencial – ramos da psicologia

O próximo conceito dentre as áreas da psicologia é o de psicologia diferencial, que basicamente tem a função de entender as diferenças entre os indivíduos. Isso faz-se por meio da segmentação de raça, capacidades, gênero, idade classe social e outras variáveis que possam influenciar o comportamento.

psicologia diferencial

Psicopatologia – ramos da psicologia

A psicopatologia estuda diretamente as neuroses e psicoses, que nada mais são do que o comportamento anormal, possuindo inúmeras causas e consequências tanto para o indivíduo quanto para o grupo no qual ele está inserido.

Psicologia da personalidade – ramos da psicologia

Chegamos a um momento crucial, onde nos deparamos com a psicologia da personalidade. Este ramo da psicologia tenta compreender todas as informações relevantes entregues por outros ramos da Psicologia, e por meio disso, integra os dados encontrados. Munida de tantas ferramentas à sua disposição, a psicologia da personalidade faz uso delas para compreender os fatores e nuances da personalidade individual.

Algumas outras ramificações: psicologia do trabalho, psicologia aplicada à medicina, psicologia jurídica e a própria psicologia da educação, que vamos nos aprofundar nos próximos textos.

psicologia da educação

Enquanto isso, conheça a gente um pouco mais e leia o meu texto sobre a não tão feliz realidade do professor.

Abraço!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.