Piadas, ou anedotas, são um gênero textual humorístico, muito presentes no quotidiano, e que sofrem grandes modificações, conforme a sociedade muda.

Atualmente, elas são muito comuns na internet e também em programas televisivos, como séries ou stand-up, além das tradicionais pegadinhas.

Com as mudanças na maneira de pensar o coletivo, valorizando as diferenças, o respeito e os direitos humanos, elas estão muito em voga nas discussões, já que tem se discutido muito sobre os limites que as piadas devem ter, o que muitos chamam de “politicamente correto”.

Além de trabalharem as questões sobre atualidades e crítica social, as atividades com piadas são uma ótima maneira de estudar o português, a construção de uma narrativa – gênero literário presente nas piadas – e também as diferentes figuras de linguagem, como ironia.

Por isso, relacionamos 6 atividades com piadas para você realizar com seus alunos e trabalhar essas diversas questões em sala de aula.

Atividade com piadas 1 – passado e presente

Nessa atividade, os alunos deverão comparar anedotas do passado e as atuais, com o objetivo de identificar as mudanças na sociedade, como a maneira de se referir aos outros, a evolução da gramática portugues, e fenômenos históricos.

Materiais:

  • piadas antigas (de 1950 para antes);
  • piadas atuais (a partir de 2010);

Observação: as piadas devem ser impressas em uma folha, com cópia para os alunos, ou a atividade pode ser desenvolvida em ambiente virtual.

Desenvolvimento:

Passo 1:

O professor deve explicar sobre a importância das anedotas na sociedade, as características desse gêneo textual e as mudanças que podem ser identificadas em diferentes piadas, com o tempo.

Passo 2:

O professor distribui as folhas para os alunos; nelas, devem conter piadas atuais e do passado.

Passo 3:

Os alunos devem ter um tempo para identificar as diferenças entre as anedotas: o momento histórico, a maneira de escrever, a forma de se referir aos outros, possíveis preconceitos que eram naturalizados na época, etc.

Passo 4:

O exercício deve ser corrigido, com o professor convidando os alunos para darem suas opiniões e discutirem o assunto.

Eles podem dizer o que acharam da piada, qual foi o primeiro impacto que tiveram:se acharam sem graça, se acharam exagerada ou ofensiva, etc.

Dessa maneira, poderão refletir sobre como uma sociedade evolui em seu entendimento de respeito aos demais, e como é preciso que todos estejam abertos para essas mudanças.

Atividade com piadas 2 – identificando piadas inadequadas

Essa atividade é mais indicada a alunos concluintes do Fundamental II, pois seu conteúdo exige maior compreensão dos problemas sociais e reflexão acerca deles.

Materiais:

  • Piadas populares, podem ser de piadistas famosos ou até mesmo retiradas de jornais de grande circulação, na cidade, sites conhecidos ou livros de piadas.

Desenvolvimento:

Passo 1:

O professor deve apresentar a aula, explicando sobre o gênero textual piada, para os alunos, e quais as polêmicas e os problemas que elas envolvem.

Passo 2:

Os alunos devem ser separados em trios.

Passo 3:

Cada trio recebe a lista com piadas – devem ser as mesmas anedotas para todos os grupos.

Os alunos devem analisar elas e identificar quais são os problemas que podem ser verificados, como por exemplo, se a piada é ofensiva contra as mulheres.

Observação: a quantidade de piadas diferentes deve coincidir com a quantidade de grupos. Ex. 10 trios, deve haver 10 piadas diferentes.

Passo 4:

Após um tempo para realização da atividade, o professor convoca cada grupo para comentar a análise de uma piada, e relatar qual a conclusão que chegaram.

Os demais grupos podem participar dando a sua opinião, formando um interessante debate, onde eles podem desenvolver sua capacidade crítica, analítica, e compreender melhor sobre as questões sensíveis para a sociedade.

Outro ensinamento importante é sobre os limites que se deve ter ao elaborar um texto, já que em provas oficiais, por exemplo, é sempre necessário ser respeitoso, para evitar penalização.

Atividade com piadas 3 – elaborando uma boa piada

Essa atividade pode ser feita em complemento a de número 2.

Nela, os alunos criarão uma piada (ou podem adaptar uma existente) de maneira que ela seja engraçada e não seja ofensiva.

Dessa forma, eles trabalharão a capacidade analítica, criativa, e de elaborar textos adequados, que não ofendam os direitos humanos e não sejam ofensivos.

Isso será muito importante para quando estiverem no Ensino Médio, aprendendo a criar redações para ENEM e vestibulares, já que elas tendem a ser sobre temas polêmicos, e exigem uma visão respeitosa dos estudantes.

Materiais:

  • folha para desenho
  • lápis
  • borracha
  • lápis de cor e canetinha colorida

Desenvolvimento:

Passo 1:

O professor deve separar a turma em grupos. Caso a atividade seja feita em complemento a anterior, podem ser mantidos os mesmos trios.

Passo 2:

Cada grupo deverá criar uma anedota – os temas podem ser previamente relacionados pelo professor como:

  • Situações da escola
  • Profissões
  • Animais
  • Situações quotidianas

Se os grupos tiverem realizado a atividade 2, eles devem “corrigir” a piada que receberam, reescrevendo ela de maneira adequada, ou seja, criando uma anedota sobre o mesmo assunto, mas que seja respeitosa.

Passo 3:

Os alunos devem escrever a piada nas folhas, de maneira que fique visível (como um pequeno cartaz).

Eles podem colocar a piada antiga e, abaixo, a reescrita, caso tenham realizado essa modalidade da atividade.

Atividade com piadas 4 – piadas críticas

Com esse trabalho, os alunos deverão compreender qual a crítica por trás de algumas piadas, verificando que esse tipo de mensagem também é utilizada para uma reflexão social.

Nele, os estudantes desenvolverão sua habilidade de compreender diferentes figuras de linguagem.

Materiais:

  • diversas piadas sobre situações sociais, impressas em uma folha para ser distribuída aos alunos.

Desenvolvimento:

Passo 1:

O professor deve explicar sobre o uso das piadas para a realização de críticas sociais, e comentar sobre os elementos desse gênero textual.

Passo 2:

O professor distribui as anedotas para os alunos.

Essa atividade também pode se realizada em ambiente virtual, nesse caso, os alunos deverão fazer sua análise através dos fóruns disponíveis.

Passo 3:

Os estudantes deve avaliar as anedotas e identificar sobre quais problemas sociais elas se referem, como identificaram isso e quais as figuras de linguagem e outros elementos usados para contar a história.

Eles também devem ser capazes de compreender qual a crítica que o autor quis fazer.

Passo 4:

A turma deve debater sobre os resultados obtidos, comparando as análises dos colegas e verificando se todos chegaram à mesma conclusão quanto à critica feita e ao posicionamento do autor.

Atividade com piadas 5 – humor próprio

Nesse exercício, os alunos deverão desenvolver a autocrítica, criando anedotas sobre situações que vivenciam quotidianamente.

Material:

  • folhas de desenho
  • canetinhas coloridas

Desenvolvimento:

Passo 1:

O professor deve explicar sobre o gênero textual humorístico para os alunos, dando ênfase para as piadas.

Passo 2:

Cada aluno deverá criar uma anedota que fale sobre uma situação inusitada ou engraçada que enfrenta quotidianamente, por exemplo, a dificuldade em se vestir adequadamente quando está muito sonolento.

Elas deverão ser escritas nas folhas de desenho, como um pequeno cartaz, em sua versão final, e podem ter alguns elementos como desenhos (emojis) ou adesivos para deixar mais divertido.

Passo 3:

Os estudantes devem expor seus cartazes, se possível, na sala de aula, e circular pela sala para ver as anedotas dos outros colegas e debater com eles, identificando se passam por situação parecida, se entenderam as piadas, etc.

Atividade com piadas 6 – encenando a piada

Material:

  • roteiro com a piada
  • material para gravar e exibir o vídeo
    ou material para apresentar em sala de aula

Desenvolvimento:

Nessa atividade, os alunos irão encenar uma piada, como vemos em programas de humor ou em canais do youtube.

Eles poderão explorar mais sobre o elemento narrativo nas anedotas, e sobre as diferenças de transmitir uma mensagem escrita para a ação.

Passo 1:

Os estudantes devem ser dividos em grupos de 4 ou 5 alunos.

Cada grupo deve escolher uma piada diferente, que seja relativamente comprida, para encenar.

Passo 2:

Os alunos devem ensaiar para encenar a piada, e não pode haver narrador: é preciso que eles comuniquem a história através de falas e ações.

A encenação pode ser com pessoas, fantoches, bonecos ou outros elementos.

Eles podem, também, gravar o material.

Passo 3:

Os grupos se apresentam para a turma (ou exibem as filmagens), sem explicar sobre o que é a anedota, qual a crítica que irão fazer e qual o objetivo da história.

Após cada apresentação, a turma deve debater sobre o que compreenderam, e o grupo deve responder se estão certos ou errados, comentando quais os elementos que levaram a qual conclusão, e como poderiam ter feito diferente.

 

Conclusão:

Aproveite essas 6 diferentes atividades para ensinar sobre o gênero textual humorístico, a seus alunos, e correlacionar com os acontecimentos atuais e questões sociais que as piadas envolvem – como a crítica aos textos ofensivos.

Não esqueça de enfatizar a estrutura do texto, e as questões gramaticais envolvidas, bem como as figuras de linguagem que podem ser utilizadas na elaboração de uma anedota.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.