História da química é um dos conteúdos iniciais da disciplina de química no ensino médio. A partir dela podemos entender um pouco mais o conceito de química, quando surgiu, como essa ciência sempre esteve presente em nossas vidas e como ela evoluiu.

Mas afinal, como surgiu a Química?

História da química, e a ciência em si, surgiu como consequência do surgimento do homem na Terra. Isso porque, a partir do desenvolvimento do homem e de suas descobertas, como o fogo, esse pode transformar os objetos, pode cozinhar, pode obter luz e se proteger dos animais selvagens.

BB S2 Studio Lab Walt Jesse 560 6562273

Assim, a química sempre esteve ligada, no seu início, com a cozinha, que foi o primeiro laboratório químico da humanidade. Com a sua evolução, o homem foi descobrindo elementos, e produzindo teorias sobre como o mundo surgiu e do que era feito.

Ramos da química
Ramos da química

Atualmente a química possui vários ramos de atuação como:

  • Bioquímica (Química Biológica): estuda os processos, reações e interações químicas nos organismos vivos.
  • Físico-Química (Química Física): disciplina que combina as ciências de Física e Química para estudar as propriedades físicas e químicas da matéria. Engloba outras disciplinas importantes como a cinética química, a mecânica quântica, a espectroscopia e a eletroquímica, a termodinâmica química e a termoquímica.
  • Química analítica: ramo da Química que analisa amostras de material para identificação da composição química e estrutura.
  • Química mineral: ramo da Química que estuda os metais e suas combinações.
  • Química orgânica: ramo da Química que compreende o estudo de todos os compostos do carbono, analisando a estrutura, as propriedades, a composição e as reações químicas.

Portanto, podemos dizer que a química é a ciência que se dedica ao estudo da matéria, levando em conta a sua composição, as reações e as transformações.

Então, se você anseia saber um pouco mais da história da química, tente responder as questões a seguir. Ou se você já sabe o suficiente, teste seus conhecimentos a seguir.

10 atividade sobre a História da Química

A seguir selecionamos algumas questões para você testar seus conhecimentos acerca da história da química. Separamos essas questões de acordo com suas semelhanças com os principais vestibulares. Portanto, esse questionário é composto de questões estilo ENEM e estilo vestibular tradicional.

Estilo Vestibular Tradicional

01. Toda a matéria é formada por átomos. Parece fácil hoje em dia dizer isso, mas durante dois mil anos, os homens acreditaram que a matéria era formada apenas pela combinação de quatro elementos: água, terra, fogo e ar, além de 4 qualidades. Apesar disso, o nome “átomo” surge na Grécia Antiga, proposta inicialmente pelo filósofo:
A) Empedócles.
B) Lavosier.
C) Leucipo.
D) Lavosier

02. “Desde o início, Lavoisier adotou uma abordagem moderna da Química. Essa era sintetizada por sua fé na balança.” (STRATEHERN, Paul. O sonho de Mendeleiev: a verdadeira história da química. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002).
Do ponto de vista do método científico, essa frase traduz a relevância que Lavoisier
atribuía a:
A) teorias.
B) modelos.
C) hipóteses.
D) experimentos

03. Ao examinar um fenômeno biológico, o cientista sugere uma explicação para o seu
mecanismo, baseando-se na causa e no efeito observados. Esse procedimento:
01. Faz parte do método científico.
02. É denominado formulação de hipóteses.
04. Deverá ser seguido de uma experimentação.
08. Deve ser precedido por uma conclusão.
Dê como resposta a soma dos números das asserções corretas.

04. A partir das informações dadas, enumere as informações, em ordem sequencial, de acordo com as etapas do método científico:
( ) Conclusões
( ) Possíveis respostas para a pergunta em questão (hipótese)
( ) Etapa experimental
( ) Dúvida sobre determinado fenômeno da natureza
( ) Levantamento de deduções

05. Sobre a chamada Revolução Científica, marque a afirmativa INCORRETA:
a) A lei da gravitação universal foi formulada por Newton, a partir da teoria
heliocêntrica e da teoria do movimento dos astros.
b) O método da observação e da experimentação, aliado a razão matemática,
contribuiu para o desenvolvimento das ciências modernas.
c) A Revolução Científica foi um movimento de legitimação do poder absoluto
monárquico e de aumento do poder eclesiástico.
d) As novas descobertas científicas possibilitaram as grandes navegações e a
ascensão da burguesia.
e) As ideias racionalistas de Descartes e a física newtoniana influenciaram o
pensamento iluminista do século XVIII.

06. No contexto da Revolução Científica, levada a cabo no século XVII, as pesquisas de Galileu Galilei foram decisivas. A respeito da vida e obra de Galilei, assinale a única alternativa que não está correta:
a) Galileu desenvolveu o telescópio a partir do aperfeiçoamento de lunetas e lentes.
b) Galileu elaborou teorias consistentes sobre o movimento dos corpos, sendo a Lei da
Inércia uma expressão dessas teorias.
c) Galileu foi submetido ao tribunal da Inquisição para esclarecer suas opiniões a
respeito do movimento do planeta Terra em torno do Sol.
d) Galileu colaborou diretamente com Isaac Newton na elaboração do livro
“Philosophiae naturalis principia mathematica (1678).
e) Galileu conseguiu observar, por meio do telescópio, as imperfeições da Lua, como
as crateras que nela existem.

Estilo ENEM

07. “(…) Depois de longas investigações, convenci-me por fim de que o Sol é uma estrela fixa rodeada de planetas que giram em volta dela e de que ela é o centro e a chama. Que, além dos planetas principais, há outros de segunda ordem que circulam primeiro como satélites em redor dos planetas principais e com estes em redor do Sol. (…) Não duvido de que os matemáticos sejam da minha opinião, se quiserem dar-se ao trabalho de tomar conhecimento, não superficialmente mas duma maneira aprofundada, das demonstrações que darei nesta obra. Se alguns homens ligeiros e ignorantes quiserem cometer contra mim o abuso de invocar alguns passos da Escritura (sagrada), a que torçam o sentido, desprezarei os seus ataques: as verdades matemáticas não devem ser julgadas senão por matemáticos.”
(COPÉRNICO, Nicolau. De revolutionibus orbium coelestium.)

“Aqueles que se entregam à prática sem ciência são como o navegador que embarca em um navio sem leme nem bússola. Sempre a prática deve fundamentar-se em boa teoria. Antes de fazer de um caso uma regra geral, experimente-o duas ou três vezes e verifique se as experiências produzem os mesmos efeitos. Nenhuma investigação humana pode se considerar verdadeira ciência se não passa por demonstrações matemáticas.” (DA VINCI, Leonardo. Cartas.)
O aspecto a ser ressaltado em ambos os textos para exemplificar o racionalismo
moderno é:
a) a fé como guia das descobertas.
b) o senso crítico para se chegar a Deus.
c) a limitação da Ciência pelos princípios bíblicos.
d) a importância da experiência e da observação.
e) o princípio da autoridade e da tradição

08. O tema “teoria da evolução” tem provocado debates em certos locais dos Estados Unidos da América, com algumas entidades contestando seu ensino nas escolas. Nos últimos tempos, a polêmica está centrada no termo teoria que, no entanto, tem significado bem definido para os cientistas. Sob o ponto de vista da ciência, teoria é:
A) Sinônimo de lei científica, que descreve regularidades de fenômenos naturais, mas
não permite fazer previsões sobre eles.
B) Sinônimo de hipótese, ou seja, uma suposição ainda sem comprovação
experimental.
C) Uma ideia sem base em observação e experimentação, que usa o senso comum
para explicar fatos do cotidiano.
D) Uma ideia, apoiada no conhecimento científico, que tenta explicar fenômenos
naturais relacionados, permitindo fazer previsões sobre eles.
E) Uma ideia, apoiada pelo conhecimento científico, que, de tão comprovada pelos
cientistas, já é considerada uma verdade incontestável.

09. Leia o trecho a seguir: É em função da astronomia que se elabora (…) a nova física; mais precisamente: em função dos problemas postos pela astronomia coperniciana, e, especialmente, da necessidade de responder aos argumentos físicos apresentados por Aristóteles e por Ptolomeu contra a possibilidade do movimento da Terra.

(KOYRÉ, Alexandre. Estudos Galilaicos. Lisboa: Publicações Dom Quixote,
1992. p. 205.)
O historiador do pensamento científico, Alexandre Koyré, destaca que a “nova física”, que foi erigida sobretudo por Galileu e, depois, Newton, desenvolveu-se a partir das discussões em torno dos fenômenos astronômicos, sobretudo a respeito do movimento da Terra. Copérnico, Galileu e outros questionavam a física aristotélica e ptolomaica porque essa afirmava, entre outras coisas:

a) que as teses sobre a imobilidade da Terra não tinham valor porque foram
concebidas por pessoas ignorantes.
b) que o telescópio usado por Aristóteles não era preciso o suficiente para a
observação astronômica.
c) que as investigações de Aristóteles não puderam ser compreendidas, haja vista que
seus livros foram alterados pelos árabes.
d) que Aristóteles não poderia compreender bem os fenômenos naturais, pois viveu na
época errada.
e) que o cosmos estava organizado em esferas celestes e que a Terra era imóvel.

10. Os princípios básicos da química foram expostos no século XVII, a partir da obra “The Sceptical Chymist” (O Químico Cético), de autoria do cientista britânico Robert Boyle. Entre as concepções norteadoras do pensamento de Boyle, que inclusive era leitor de René Descartes, estava a defesa:
A) da ciência experimental.
B) do pensamento laico da Igreja Calvinista.
C) dos ideais científicos da Inquisição.
D) das explicações teológicas anglicanas.
E) do conhecimento não fundamentado na experiência.

Respostas

01.C/02.D/03.Somatório correto 3/04. 5, 2, 4, 1 e 3./05.C/06.D/07.D/08.D/09.E/10. A

Se você gostou dessas atividades, talvez você também goste dessa aqui.