10 Brincadeiras folclóricas para educação infantil

Neste post, você encontrará diversas brincadeiras folclóricas para educação infantil. Confira a seguir.

10 Brincadeiras folclóricas para educação infantil

Folclore é o conjunto de tradições e manifestações populares constituído por lendas, mitos, provérbios, danças e costumes que são passados de geração em geração.

20190707_213144_0000-4336558-5629595

Neste post, você encontrará diversas brincadeiras folclóricas para educação infantil. Confira a seguir.

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Conhecendo o Folclore

Folclore é um gênero da cultura de origem popular, que representa a identidade social de uma comunidade através de atividades culturais que nasceram, individualmente ou coletivamente, e se desenvolveram com o povo transmitidos entre gerações

Através dessa atividade, as crianças irão descobrir um pouco mais sobre as figuras e costumes do folclore brasileiro.

Recursos para a atividade:

  • Baú;
  • Objetos do folclore.

Execução da atividade:

  1. Primeiramente, forme uma rodinha para poder apresentar um baú para as crianças.
  2. Incentive-as então, a pensarem no conteúdo deste. Após ouvir as ideias do grupo abrir o baú e um a um ir retirando os objetos que estão dentro dele ( tapete de retalhos, trabalho em crochê, guarda-chuva de frevo, livros de literatura infantil sobre personagens folclóricos , anel, pé de lata, peteca, telefone de barbante, roupa de quadrilha, chapéu, etc.).
  3. As crianças deverão ser estimuladas para dizer quais são os objetos, o que se faz com os mesmos, se já conheciam estes objetos.
  4. Depois de explorarem o conteúdo do baú o/a professor/a revela para as crianças que tudo o que estava dentro do baú faz parte do folclore. Esta palavra costuma gerar muita estranheza pelas crianças, então, é um ótimo momento para explorar o seu significado, relacionando à cultura popular.
  5. Para finalizar este momento o professor pode propor uma brincadeira com um dos elementos do baú, como “Passar anel”.

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Visita monitorada

Nada como uma visita monitorada para ter um entendimento mais amplo sobre um assunto, não é mesmo? Atividades práticas é uma forma de fazer com que o aluno se depare com a realidade e também uma forma de despertar o interesse à aprendizagem, afinal, ele está saindo da zona de rotina.

Recursos para a atividade:

  • Algum local histórico e cultural da cidade.

Execução da atividade:

  1. Realize um passeio em um local como um mercado municipal, museu da cultura, tecelagem, ou outro espaço que exista na cidade onde as crianças possam conhecer mais sobre a cultura local e/ ou sobre as diferentes culturas. Este momento deve ser fotografado.
  2. Em rodinha, ouça as crianças sobre suas observações e sentimentos durante o passeio.
  3. Explorar a ideia de que as produções que conheceram são fruto do trabalho das pessoas e trazem elementos da sua região, e que muitos destes trabalhos são ensinados de geração para geração.
  4. Outra estratégia interessante é levar as fotos do passeio para relembrar o momento.
  5. Ao final, as crianças podem retratar suas impressões com desenhos e colagens.

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Oficina de brinquedo

Através dessa atividade, as crianças poderão desenvolver habilidades manuais e a criatividade.

Recursos para a atividade:

  • Uma folha de jornal;
  • Um pedaço de barbante ou fita Adesiva;
  • Tinta guache de variadas cores.

Execução da atividade:

  1. Realize uma oficina de brinquedo, explorando um dos brinquedos que estava dentro do baú citado na atividade “Conhecendo o folclore” (nesse caso, a primeira brincadeira deste post). Sugestionamos a peteca, brinquedo do folclore brasileiro.
  2. Para fazer a peteca, guie as crianças para fazer os seguintes procedimentos com os materiais listados:
    • Amassar meia folha de jornal, fazendo uma bola achatada. Colocar a bola no centro da outra metade da folha e envolvê-la, deixando as pontas soltas.
    • Torcer a folha na altura da bola e amarrar um barbante ou colocar um durex.
    • Depois é só deixar as crianças usarem a criatividade e pintarem as petecas com tinta guache.

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Organize as frases

20190630_220921_0001-7912281-7597314

Essa atividade fará com que você consiga analisar se os alunos conseguem formar frases com coerência.

Recursos para a atividade:

  • Lousa;
  • Giz.

Execução da atividade:

  1. Embaralhe a ordem das seguintes frases na lousa:
    • Mistura de homem e lobo, ataca em lua cheia.
    • Iara encanta os homens com seu canto.
    • É uma mula que não tem cabeça e solta fogo pelo pescoço.
    • Um boto que vira jovem, bonito e charmoso que encanta as mulheres.
    • Cuca é uma bruxa feia em forma de jacaré.
    • Negrinho do pastoreio era um escravo espancado pelo dono.
    • O saci adora fazer travessuras.
    • Curupira é o protetor das matas.
    • Não desrespeita a mata boitatá está de olho.
  2. Em conjunto, organize-as de maneira correta, de forma que você só irá transcrever o que as crianças estão falando.

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Interpretação de texto

20190630_221711_0001-8395704-4583086

Essa atividade irá prender a atenção da criançada e lhes dará a oportunidade de conhecer uma lenda muito famosa no Brasil.

Recursos para a atividade:

  • História da mula sem cabeça.

A mula sem cabeça

Existem muitas versões sobre a mula-sem-cabeça. Uma delas conta que uma mulher se apaixonou por um padre.

Esta mulher se transformou em mula-sem-cabeça, que nas noites de quinta para sexta feira, aparece relinchando, para assustar a todos que encontrar.

Apesar do nome, a mula tem cabeça sim, é que ela solta tanto fogo pelo nariz e pela boca que não dá para ver esta parte do seu corpo.

Se alguém for bastante corajoso para lhe arrancar o freio de ferro, ou então picá-la com um alfinete para fazê-la sangrar, conseguirá quebrar o encanto.

A mula toma forma de mulher e chora muito.

Execução da atividade:

  1. Primeiramente, organize um círculo com as crianças e conte a história da mula sem cabeça.
  2. Após relatar a lenda, faça um questionário oral para certificar de que os alunos estavam prestando atenção. As perguntas podem ser:
  • Segundo a lenda, quando uma mulher se transforma em mula-sem-cabeça?
  • O que a mula-sem-cabeça faz?
  • Quando é que ela aparece?
  • Por que as pessoas não conseguem ver a cabeça da mula?
  • Qual a maneira de quebrar o encanto da mula-sem-cabeça?
  • O que acontece com a mulher quando ela se livra do encanto?

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Ligação

20190701_170352_0000-8176955-4233467

Essa atividade será possível identificar o conhecimento dos alunos sobre o folclore brasileiro.

Recursos para a atividade:

  • Cópias da atividade.

Execução da atividade:

  1. Os alunos devem preencher as lacunas em branco com uma das informações respectivas a seguir:

(a) Dança do folclore popular brasileiro, com personagens humanos e animais fantásticos, que gira em torno de uma lenda sobre a morte e ressurreição de um boi.

(b) Ele é uma entidade das matas, um moleque de cabelos compridos e vermelhos, cuja característica principal são os pés virados para trás.

(c) É uma linda sereia que vive no rio Amazonas, sua pele é parda, possui cabelos longos e verdes, e olhos castanhos.

(d) Engravida mulheres solteiras.

(e) Muito divertido e brincalhão, ele passa todo tempo aprontando travessuras nas matas e nas casas. Assusta viajantes, esconde objetos domésticos, emite ruídos, assusta cavalos e bois no pasto. Apesar das brincadeiras, não pratica atitudes com o objetivo de prejudicar alguém ou fazer o mal.

(  ) Boi-bumbá (  ) Saci Perere (  ) Boto cor de rosa (  ) Curupira (  ) Iara

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Máscara de Boi-Bumbá

Bumba meu boi ou boi-bumbá é uma dança do folclore popular brasileiro, com personagens humanos e animais fantásticos, que gira em torno de uma lenda sobre a morte e ressurreição de um boi.

Recursos para a atividade:

  • Galão de água sanitária;
  • Estilete;
  • Tesoura;
  • Cola quente;
  • Retalhos de E.V.A. lisos e estampados;
  • Fitas coloridas.

Execução da atividade:

  1. Primeiramente, retire o fundo do galão e desenhe os chifres e orelhas seguindo o molde.
  2. Em seguida, recorte e arredonde a parte detrás para que encaixe na testa da criança.
  3. Recorte vários pedaços de fitas coloridas e faça dois montinhos.
  4. Usando o E.V.A., encape a tampa, será o focinho.
  5. Recorte todas as peças de E.V.A. seguindo o molde e decore o Boi Bumbá, cole também as fitas nas orelhas.

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Desfile

Essa atividade irá promover muita diversão e exigirá criatividade e empenho por parte dos alunos.

Recursos para a atividade:

  • Passarela improvisada.

Execução da atividade:

  1. Primeiramente, marque com os alunos um dia especifico para que todos levem fantasias feitas em casa, utilizando recursos baratos e de fácil acesso.
  2. No dia marcado, afaste as mesas e organize uma passarela improvisada.
  3. Cada criança irá desfilar um por vez, caracterizado como uma das figuras do folclore brasileiro.
  4. Ao atingir a frente da passarela, a criança deverá se apresentar, contar que personagem está representando e relatar as características dessa figura representada.

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Fale um nome

20190701_171015_0000-3200739-2882249

Através dessa atividade, será possível identificar o nível de conhecimento sobre o folclore brasileiro dos alunos.

Recursos para a atividade:

  • Lousa;
  • Giz.

Execução da atividade:

  1. Primeiramente, explique para as crianças o que é o folclore, entretanto, não cite exemplos.
  2. Em seguida, peça que um de cada vez, levante a mão e fale uma coisa que ele considere folclore.
  3. Ao decorrer da manifestação das crianças, irá vir a tona personagens, e assim, todos irão contribuir com exemplificações.

Brincadeiras folclóricas para educação infantil – Teatro

20190701_171016_0001-3286691-4090513

Através dessa atividade, será possível estimular o autoconhecimento e a comunicação, aumentar a autoestima das crianças e adolescentes, favorecer a interação entre os alunos, elevar o interesse pela leitura e estimulam a criatividade e aumentar o senso de responsabilidade e comprometimento.

Recursos para a atividade:

  • Auditório.

Execução da atividade:

  1. Primeiramente, peça que os alunos formem grupos, que será o grupo do elenco de uma peça.
  2. Em seguida, promova um sorteio de lendas com seus alunos.
  3. Após o sorteio, peça que os alunos pesquisem sobre o tema sorteado. Dê alguns dias para que os alunos possam se organizar e ensaiar e após os ensaios, marque o dia do espetáculo.

Até a próxima!

Espero que após esse post, você consiga trabalhar a cultura brasileira com seus alunos, e se possível, complemente com personagens famosíssimos do folclore exterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.