Aula de Japonês

Na aula de japonês você vai observar que a gramática da língua japonesa, embora bastante diferente da gramática da língua portuguesa, é relativamente simples e regular (fora algumas exceções), que permite seu aprendizado de forma até bastante rápida. Por este mesmo motivo, falantes nativos do japonês precisam de um esforço suplementar para o aprendizado de línguas estrangeiras.

Aula de Japonês

Antes da chegada do sistema de escrita chinesa ao Japão, entre o século V e VII, a literatura japonesa baseava-se principalmente na sua tradição oral.

Em várias sociedades sem sistemas de escrita, esta situação proporciona o surgimento de histórias e canções a partir de mitos, sagas, lendas, épicos e poemas. O Japão possuía três tipos de sociedades diferentes: Ainu, Ryūku e Yamato.

É uma língua aglutinante e caracteriza-se por um sistema complexo de construções honoríficas, que refletem a natureza hierárquica da sociedade japonesa, com formas verbais e vocabulários particulares que variam de acordo com o status relativo entre interlocutores.

O repertório de fonemas da língua japonesa é relativamente pequeno, e tem diferenciação léxica baseada em um sistema de acento tonal.

Introdução ao Japonês

A língua japonesa é o idioma falado no Japão e em outros lugares do mundo onde se encontram comunidades de imigrantes e descendentes de japoneses, ou nikkei. A maior dessas comunidades fora do Japão encontra-se no Brasil, seguida pelos Estados Unidos e China.

Como Aprender a Japonês:

  • Saber contar em japonês,
  • Conhecer a maioria dos sinais da língua (kanji, kana, katakana ou hiragana),
  • Pronunciar bem as palavras japonesas,
  • Ter um bom sotaque japonês,
  • Falar com nativos (por exemplo, tendo um correspondente japonês),
  • Dominar as partículas das palavras,
  • Conhecer os sufixos dos nomes (sama, kun, chan, senpai, sensei etc.)
  • Eventualmente, conhecer as especificidades da vida no Japão (cortesia, cozinha japonesa, conduta de uma conversa clássica, etc.).

Variedades de Tipo de Japonês:

As línguas japônicas e o coreano (hangul) são classificadas dentro do grupo das línguas altaicas devido a um grande número de analogias. Não se sabe, contudo, se as semelhanças são ocasionadas por origem comum desses idiomas ou por convergência. A gramática da língua japonesa assemelha-se muito à da língua coreana com partículas idênticas como ga e ka. A semelhança de pronúncia também é um indício de possível parentesco longínquo.

Variedades de Uso do Japonês:

Embora falada quase que exclusivamente no Japão, a língua japonesa tem sido, e ainda é, falada em outros países. Estima-se que o número de falantes seja em torno de 127 milhões de pessoas. Quando o Japão ocupou a Coreia, Taiwan, partes da China e várias ilhas do Pacífico, os habitantes desses locais foram forçados a aprender a língua japonesa sob imposição de programas de hegemonização imperial. Por isso, ainda há muitas pessoas nesses países que falam a língua japonesa, tão-somente ela ou tão bem quanto falam as línguas locais.

Como o Japonês Pode Ser Usado na Escola:

Conhecer estes diferentes pontos de vista agrega valor a você como pessoa, pois você tem uma carga maior de referências para que seu caráter e sua visão crítica se desenvolvam. Portanto, a escola deveria ensinar um pouco da cultura, fala e explicar sobre o povo da região.

10 Aulas de Introdução Para Aprender Japonês:

A língua japonesa sofreu influência maciça da língua chinesa por um período de, no mínimo, 1.500 anos. Muito de seu vocabulário foi importado da língua chinesa ou criado com base em modelos chineses. No entanto, vídeos vão abordar melhor a língua japonesa.

Apresentando-se em Japonês:

Nesse vídeo do canal VideoAulasdeJapones, vai ensinar você se apresentar em Japonês.

Aprender Japonês Dormindo:

Nesse vídeo do canal Eko Languages, vai trazer algumas das frases básicas mais utilizadas no Japonês. Para aprender até dormindo.

Aprender Japonês em 5 dias

Nesse vídeo do canal Education World, vai fazer com quer você aprenda Japonês em 5 dias com nossa lista de 600 expressões e palavras mais comuns.

Japonês de Forma Correta:

Nesse vídeo do canal Camila Pipoka, vai ensinar você falar a língua japonesa de forma correta.

13 Coisas Proibidas nas Escolas Japonesas:

Nesse vídeo do canal Déborah Hudz, vai aborda para você 13 coisas que são proibidas nas escolas japonesas.

Conversação Básica:

Nesse vídeo do canal Aprenda Japonês Com Suguru Tanaka, vai trazer um aula com a conversação básica do Japonês.

Aula de Hiragana:

Nesse vídeo do canal faleemjapones, traz algumas regras do hiragana (tsu pequeno, handakuon e dakuon), letras pequenas juntas com grandes, 25 letras e 12 palavras novas.

Aulas de Japonês K-on:

Nesse vídeo do canal Japão Pop, traz  frases e expressões usadas no nosso dia a dia,  em forma de conversação.

Como Aprender o Kanji:

Nesse vídeo do canal Aprender Japonês Rápido, você vai ter uma noção sobre os Kanjis da língua japonesa.

Comunicação Eficiente:

Nesse vídeo do canal Japonês Dake, traz um Programa feito para estrangeiros que moram no Japão, para aprender regras de conversação e linguagem.

FIM

Abordamos hoje, aula de Japonês, esperamos que aproveite o post, e tire o máximo de proveito dele, se você gostou compartilhe em suas redes sociais com seus amigos. agradecemos por acompanhar o demonstre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.