Estações do ano

Você já notou que ao longo do ano os padrões de temperatura variam algumas vezes? Percebeu que existem épocas mais chuvosas, outras mais secas, outras são mais quentes e depois mais frias? Essas variações são as estações do ano. Veja porque acontecem!

Estações do ano

As estações do ano são variações de temperaturas que acontecem no planeta terra, como o nome sugere, durante o ano. Essas variações possuem tempo determinado, sendo diferente para cada região da terra. São elas: primavera, verão, outono e inverno.

Há dois fatores determinantes para essas variações, o movimento de translação (aquele que o Planeta Terra faz em volta do Sol) e o eixo terrestre, que possui uma inclinação, conforme está representado pela linha vermelha e pontilhada na imagem a seguir.

q-e1543885927140-300x175-2896714-3938909

As estações nas diferentes Zonas Climáticas da Terra

Esses fatores fazem com que o Sol atinja a superfície terrestre de maneira desigual no sentido Norte e Sul, gerando uma diferença de calor e luminosidade. Assim, cada zona climática receberá luz e calor em intensidades diferenciadas. Veja como cada zona recebe radiação, o que caracteriza as estações em cada uma delas.

Zona Intertropical

A imagem corrobora com a afirmativa de que o hemisfério Norte está recebendo luz e calor com intensidades diferentes do hemisfério Sul, e que a zona intertropical recebe grande intensidade de radiação. Conforme a Terra executa seu movimento de translação, a intensidade varia em cada hemisfério, mas as regiões próximas à linha do Equador permanecerão recebendo radiação com bastante intensidade, fazendo com que a temperatura média anual seja elevada e não sofra grandes alterações, deixando as estações pouco definidas ou diferentes umas das outras.

Zona Temperada

Por estarem mais distantes da linha do Equador, as zonas temperadas recebem com maior variação a luz e o calor solar durante o ano, apresentando mudanças mais significativas em suas estações, sendo possível caracteriza-las com mais detalhes. O inverno e o verão são facilmente diferenciados, pois o primeiro possui a média de temperatura mais baixa, enquanto que no segundo período a temperatura é mais elevada. A primavera e o outono são períodos de transição entre inverno/verão ou verão/inverno, que possuem temperaturas moderadas nessas regiões.

Zonas polares

Em uma quase oposição à intensa radiação solar sofrida pelas regiões próximas à linha do Equador, as zonas polares não recebem uma considerável incidência de radiação, portanto, essas regiões apresentam temperaturas muito baixas durante todo o ano. Dessa forma, é difícil distinguir suas estações.

O eixo de inclinação expõe com maior intensidade um hemisfério em determinado momento, já em outro, pelo movimento de translação, expõe o hemisfério oposto, ou seja, estações “opostas”: quando no Norte é inverno, no Sul é Verão, e vice-versa. Enquanto na primavera e outono, a luz solar atinge a terra de maneira mais equilibrada.

Dica para sua aula sobre estações do ano

Trabalhar com as características das estações do ano de forma teórica pode ser algo mais compreensível para os alunos, pois as diferenças de temperatura e de umidade são fenômenos perceptíveis no cotidiano das pessoas. Porém, para que fiquem claros os fatores que influenciam essas mudanças ao longo do ano, seria interessante transformar o abstrato em algo visível, palpável. É possível trabalhar com diferentes produtos, até mesmo elaborá-los junto com os alunos. A seguir, duas formas para compreender de fato os fatores que influenciam as estações do ano.

Propostas de atividade

– Simule a translação da terra com uma laranja, um palito de churrasco e uma lanterna:

1º Perfure o centro da laranja (que será o Planeta Terra) com o palito, que representará o eixo da Terra;

2º Marque na casca da laranja a linha do equador e os hemisférios Norte e Sul;

3º Posicione a laranja em frente à lanterna ligada (o Sol);

4º Mantenha o palito ligeiramente inclinado na direção da lanterna, depois mude a inclinação no sentido oposto (pois isso ocorre com o movimento de translação) e observe a diferença com que a luz atinge os hemisférios.

img_20181203_085256-e1543884871805-300x199-5218136-3724287
img_20181203_085241-e1543884725988-300x199-8384809-1566519

Também é possível posicionar a laranja para que demonstre a incidência solar durante a primavera e o outono.

– Maquete para representar o movimento de translação e identificar os momentos em que ocorrem as mudanças de estações nos hemisférios: você pode ver o material necessário e como fazer aqui.

O resultado fica mais ou menos assim:

img_20181203_202529-256x300-7353552-3738216

Bom, essas são minhas sugestões. Obrigada por ler até aqui! Até a próxima 🙂

https://demonstre.com/teoria-do-conhecimento/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.