Fonética

Olá, pessoal. Hoje vamos falar sobre um importante elemento linguístico? A fonética. Espero que o texto seja útil para esclarecer tudo acerca disso.

A ciência da fonética

A fonologia é a ciência do estudo da fala de diferentes ângulos: pronúncia e audição. A pronúncia fonética descreve a maneira pela qual os dispositivos de fala humana geralmente produzem sons, consoantes e vogais. A terminologia usada para descrever a pronúncia da unidade de som é derivada da anatomia e da fisiologia e envolve quatro parâmetros principais:

I – o ponto ou posição da boca em que o som é produzido (a localização do gerador de som: lábios, dentes, língua, alvéolos e palato);

II – A maneira de esgotar o ar para produzir som (repentina e continuamente após a oclusão, e através da cavidade nasal, etc.);

III – O comportamento das cordas vocais (pode ou não vibrar quando o ar passa pela laringe);

IV – A posição do palato mole (pode ou não fechar a passagem de ar pela cavidade nasal). A fonética acústica é um ramo que se concentra nas propriedades físicas do som.

Nessa perspectiva, a análise das unidades de som utiliza princípios físicos e matemáticos, e os sons da linguagem são descritos como ondas sonoras que se propagam no ar. A percepção ou a fonética auditiva, por sua vez, envolve pesquisas sobre como o ouvido humano processa as informações auditivas. Esta área de pesquisa está relacionada à neurologia e psicologia, pois pretende estudar como o cérebro do ouvinte processa os sinais sonoros.

A fala e a linguística

A dimensão linguística da fala deriva da combinação de informações relacionadas às características físicas, acústicas e perceptivas do som e informações relacionadas à função da unidade de som no sistema de linguagem. Portanto, para estudar os pequenos componentes da fala, unidades segmentadas (consoantes e vogais), não basta considerar apenas os sinais acústicos físicos ou mesmo o movimento de pronúncia dos órgãos da fala, mas é preciso saber quais sons são responsáveis ​​pela comparação do idioma especificado ( Voz).

garota-gritando_23-2148168134-6202905-9222962-3113904

Se tomarmos as consoantes de fricção como exemplo, em termos de pronúncia, o selo de [s] e o entusiasmo de [z] diferem apenas devido à vibração das cordas vocais causada pelo ar que passa através da glote. Informações como essa estão relacionadas aos falantes de português, mas não ao espanhol, porque o sistema de idioma espanhol não contrasta as consoantes que compõem o par. Existem apenas [s] na lista espanhola, portanto, embora algum tipo de vibração seja gerada durante a circulação do ar, o falante não considerará essa vibração porque ele não é responsável pela comparação na categoria de atrito.

A metalinguística

Quando dizemos palavras como gato, conhecemos isso através de uma atitude metalinguística e, devido ao nosso conhecimento da linguagem, embora fisicamente falando, esse é um som contínuo, mas estamos fazendo quatro sons que foram ouvidos durante o processo.

Falando nisso, não pronunciaremos claramente um por um, mas, devido à pronúncia comum de consoantes e vogais, essas consoantes e vogais se fundem para formar unidades maiores, como sílabas. Embora não sejam objetos específicos para os professores de alfabetização aprenderem, as contribuições no campo da fonética ajudam os professores a entender os aspectos sonoros da linguagem e seu significado no processo de aquisição da escrita.

Gostou do texto sobre fonética?

Temos mais textos com informações tão interessantes e valiosas quanto, por exemplo, você já parou pra pensar nas nuances da fluência na leitura?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.