O movimento e o equilíbrio na física

Olá pessoal hoje o demonstre traz um trabalho onde retrata do nosso dia a dia de acordo com o nosso modo de viver, com base no uso da física, e nesse post vamos trabalhar com o “O movimento e o equilíbrio na física”.

Onde vamos mostrar o modo de se relacionar das pessoas baseada em Conhecimentos básicos e fundamentais da Física, que demonstram como estão se sentindo.

O movimento e o equilíbrio na física

Em física, movimento é a variação de posição espacial de um objeto ou ponto material em relação a um referencial no decorrer do tempo.

O movimento e o equilíbrio na física

O equilíbrio é estabelecido quando a soma das forças que agem sobre um corpo é nula. O equilíbrio é essencial para qualquer pessoa e objeto sendo que mesmo em movimento tem que ter equilíbrio .Ele pode ser classificado como estático ou dinâmico.

Tempo, espaço, velocidade e aceleração

278px-acceleration_pt-svg_-3231044-6855418-5109247

O Tempo, espaço, velocidade e aceleração são indispensáveis em nossas vidas sendo que podem nos ajudar em diversos sentidos.

Tempo é a grandeza física que permite medir a duração ou a separação das coisas mutáveis/sujeitas a alterações (ou seja, o período decorrido entre o estado do sistema quando este apresentava um determinado estado e o momento em que esse dito estado regista uma variação perceptível para o observador).

Velocidade é o tempo que se leva para percorrer determinado espaço ou fazer alguma coisa. É também a qualidade do que é veloz e designa a rapidez de um movimento ou a celeridade de um processo.

Espaço físico

Espaço físico é uma concepção da Física e diz respeito ao meio que nos envolve. No entanto, na física existe muita discussão a respeito da definição mais precisa e abrangente para a referida expressão.

Vídeo sobre Tempo, espaço, velocidade e aceleração:

Relação histórica entre força e movimento

A relação entre força e movimento gerou inúmeras discussões na História da Ciência e foi foco da atenção de muitos estudiosos, como Aristóteles e Galileu Galilei. Para Aristóteles, a força estava vinculada à existência da velocidade. Era impossível, segundo ele, a existência de um movimento em que não houvesse a atuação contínua de uma força.

Trajetória retilínea

É a consequência da falta da aplicação de uma força e afirmou que o movimento pode ocorrer sem a ação de forças para quaisquer corpos, inclusive os corpos celestes.

Vídeo sobre Relação histórica entre força e movimento:

Quantificação do movimento

speeding_highway_667-6378561-5204903-6697012

A grandeza física que torna possível estudar estas transferências de movimento é a quantidade de movimento linear , também conhecido como quantidade de movimento linear. A quantidade de movimento relaciona a massa de um corpo com sua velocidade

Teorema do Impulso

O impulso de uma força, devido à sua aplicação em certo intervalo de tempo, é igual a variação da quantidade de movimento do corpo ocorrida neste mesmo intervalo de tempo.

Vídeo sobre Quantificação do movimento:

Descrição matemática e gráfica do movimento

movimento-1-5696070-1350605-8274562

A matemática tem a função de analisar e calcular algumas relações do movimento, como a proporção de intensidade do movimento a velocidade.

Vídeo sobre Descrição matemática e gráfica do movimento:

Inércia e os sistemas de referência inerciais e não inerciais

esquema-7809053-2800969-6377602

Referenciais inerciais são identificados pela propriedade de que compartilham as mesmas e mais simples Leis da Física. Em termos práticos, esta equivalência de referenciais inerciais significa que não existe nenhum experimento que cientistas dentro de uma caixa movendo-se uniformemente possam fazer para descobrir sua velocidade absoluta (de outra maneira seria possível determinar um sistema de referência absoluto).

Referenciais não inerciais

É difícil aplicar a definição newtoniana de referencial inercial sem a separação entre forças “fictícias” e forças “reais”. Por exemplo, considerando-se um objeto estacionário em um referencial inercial. Estando em repouso, nenhuma força resultante está aplicada. Mas em um referencial girando sobre um eixo fixo, o objeto parece mover-se em um círculo, e está sujeito à força centrípeta (que é provida neste referencial pela combinação das força de Coriolis e da força centrífuga).

Vídeo sobre Inércia e os sistemas de referência:

Dinâmica de massa e quantidade de movimento

movimento-impulso-colisoes-mecanicas-e-principio-da-conservacao-da-quantidade-de-movimento-6384121-2053088-1625110

Dinâmica de massa é uma grandeza física que é atribuída a um corpo, obtida após a comparação deste com a massa de um corpo padrão. Este pode ser o quilograma – padrão, que é um pequeno bloco de platina (90%) e irídio (10%).

Momento linear

Momento linear é o produto da massa pela velocidade de um objeto. No Sistema Internacional de Unidades é expresso em quilograma metro por segundo. É dimensionalmente equivalente ao impulso, o produto da força pelo tempo, que é expresso no SI em newton segundo.

Vídeo Dinâmica de massa e quantidade de movimento:

Força e variação da quantidade de movimento

billiards2241178640-3660729-3505741-6690730

Sempre que houver uma interação entre dois corpos, sendo que, ao menos um deles esteja em movimento, ou adquira movimento, a determinação da quantidade de movimento e do impulso é importante para o estudo dessa interação. A quantidade de movimento é uma grandeza vetorial determinada pela massa do corpo multiplicada pelo seu vetor velocidade.

Vídeo sobre Força e variação da quantidade de movimento:

FIM

Chegamos ao fim do poste onde falamos sobre O movimento e o equilíbrio na física, falando e explicando como foi feito até os dias atuais, assim tanto nos negócios quanto na vida pessoal. Se você gostou compartilhe nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.