O rato e a rã

O rato e a rã, representa de maneira simbólica, as grandes tragédias que ocorrem ainda em nossos tempos! Quantas crianças e pessoas inocentes, confiam sua segurança a sujeitos maus, que com suas artimanhas se aproximam com a falsa oferta de ajuda.tii-300x235-1637056-5212250rarara-300x279-4543485-9716225

O rato e a rã

Não se pode confiar em quem apresenta risco para nossa segurança, embora, nem sempre, se tenha o discernimento no momento preciso. Contudo, observa-se, que a maldade nunca ficará sem a devida punição, ainda que demore um pouco.

O rato e a rã – Fábula de Esopo

Um ratinho ansioso para atravessar o rio, buscava uma estratégia para conseguir vencer todas as dificuldades em atravessar as muitas águas e chegar do outro lado.

ppoo-300x300-7541703-2846152
riri-6430416-1323898

Uma velha e esperta rã, já acostumada com a vida  ali por perto, e com segundas intenções se aproximou do pobre rato lhe dizendo:

– Pois bem ratinho, vejo que não sabes nadar, estou certa?

– Sim dona rã, infelizmente não consegui aprender, mas, preciso tanto atravessar o rio! Daria o que tivesse para chegar do outro lado!

– Hora, hora ratinho! Para que tantas preocupações? Eu posso muito bem ajuda-lo!

– Verdade dona rã? Faria isso por mim? Seria imensamente grato se me auxiliasse nessa questão tão difícil para mim!

otimo-300x179-1404984-6024538

– Pois é claro! Suba já em minhas costas, mas, só tem um detalhe, precisarei conduzi-lo segurando sua patinha, algum problema?

– De forma alguma, dona rã, desde que me ajude, faça o que quiser!

A traição

        E dessa forma, o ratinho permitiu que uma de suas patinhas fossem seguras pela boca da rã . Esta, arrastou o ratinho para o lago e começou a nadar. No entanto, chegando à certa altura do lago, ela empurrou o ratinho para o fundo das águas com a intenção de afoga-lo.

O pobrezinho, entretanto, não sabia nadar, passando a empregar, contudo, suas forças para respirar.

predador-300x212-5013543-7893634

Não obtendo sucesso, ele acabou sucumbindo, e a esperta rã o tirando das águas ainda estava o abocanhando quando repentinamente um “milhafre”, surge, e com todas suas forças, devora a rã e sua presa!

Moral da história: “os maus quando atraiçoam aqueles que neles confiam, quase sempre recebem o mal que para outros ordenam; e se o inocente morre, não escapam os traidores do castigo merecido; ainda que se livrem do castigo temporal, cairão depois da morte num castigo ainda mais temível.”

Fábula de Esopo – Adaptação: Elaine Costa

Sobre Esopo autor da Fábula: O rato e a rã

Pouco se sabe sobre Esopo, no entanto, a primeira citação a sua pessoa foi feita por Heródoto, que comentou o fato de um contador de fábulas que fora escravo, encantava a todos.

Nascido de maneira suposta no século VI a.C. ou VII a.C., na Ásia Menor, Esopo foi um contador de histórias de grande cultura, o qual foi apanhado e levado para a Grécia para servir como escravo.

Esopo fez tanto sucesso na Grécia que o escultor Lisipes ergueu uma estátua em sua homenagem. O contador de fábulas teve um final de vida trágico, sendo condenado à morte por um crime que não cometeu.

Exercícios de leitura para fundamental I – O rato e a rã

  1. O que você achou dessa fábula, o que ela nos ensina?
  2. Qual era a verdadeira intenção da rã desde o princípio, ajudar o ratinho atravessar o rio ou come-lo?
  3. O que a rã pediu para o ratinho fazer que levantou suspeita de suas intenções, marque no parêntese certo:

( ) A rã pediu para o ratinho esperar ela buscar ajuda para ele

( ) A rã sugeriu o ratinho dar uma volta pela outra margem do rio

( ) A rã pediu para o ratinho colocar a patinha em sua boca.

4. Complete as frases abaixo com as palavras adequadas:

Uma velha e ———— rã, já acostumada com a vida ali por perto, e com segundas intenções se ——————do pobre rato lhe dizendo:

– Pois bem ratinho, vejo que não sabes————–, estou certa?

(nadar- esperta – aproximou)

 Proposta de atividade/dinâmica:

É preciso ter cuidado com os cochichos em nossos ouvidos, eles podem ter um outro sentido! Vamos brincar e aprender?

brincando-300x146-7481843-5065259

Telefone sem fio

  1. As crianças sentam-se em círculo
  2. o professor diz uma palavra à primeira criança que deverá sussurrá-la ao companheiro que está à sua direita e assim sucessivamente.
  3. O último do círculo deverá pronunciar a palavra em voz alta quando, então, será verificado se a palavra final não foi distorcida.

Essa brincadeira mostrará que nem sempre a mensagem é repassada com fidelidade, podendo ser distorcida durante a trajetória. Isso nos ensina a sermos cautelosos, tanto com o que ouvimos, quanto com o que passamos as informações.

 Veja em vídeo outra versão da fábula adaptada: O rato e a rã

Fim

Que tal essa fábula de Esopo: o rato e a rã?  Que essa história possa nos servir de Lição, para não cairmos na lábia de falsos ajudadores!

Se você gostou da fábula e quer ler outras como essa, ou que ver mais preciosidades de material didático da Demonstre, viste o blog! Você encontrará uma quantidade de novidades, dinâmicas e ideias fantásticas para aplicar em sala de aula e sair da rotina. Conte sempre conosco!

Um grande abraço e até breve! Nosso prazer é ajudar você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.