Projeto educação infantil até o 2 Ano – Eu, você e a nossa comunidade

Projeto educação infantil até o 2 Ano – Eu, você e a nossa comunidade, aprenda mais sobre como esse projeto pode ser o futuro da educação.

Projeto educação infantil até o 2 Ano - Eu, você e a nossa comunidade
Projeto educação infantil até o 2 Ano – Eu, você e a nossa comunidade

É muito importante para as crianças desde cedo conhecer a cidadania, assim tendo consciência de como é viver em sociedade de maneira correta, e criando noção de que vivemos juntos num mesmo espaço, o Projeto Eu, você e a nossa comunidade de educação infantil até o 2 ano é, vem a ser uma mão na roda para os professores usarem em suas aulas, assim aprimorando seus métodos de ensino, e beneficiando a educação dos alunos acima de tudo.

Projeto educação infantil até o 2 Ano – Eu, você e a nossa comunidade

Vamos aprender um pouco mais sobre como funciona esse projeto e entender como ele pode se tornar um pilar em sala de aula.

PROJETO EU, VOCÊ E A NOSSA COMUNIDADE DA EDUCAÇÃO INFANTIL AO 2º ANO

Projeto da PREFEITURA MUNICIPAL DE ITACARÉ – SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

TEMA: IDENTIDADE E AUTONOMIA PERÍODO: Iª UNIDADE

CLIENTELA: EDUCAÇÃO INFANTIL AO 2º ANO

JUSTIFICATIVA E APRESENTAÇÃO: identidade é o que se refere ao sujeito enquanto indivíduo social, político, cultural, cognoscitivo, que age e interage com seus pares no meio que os cerca. Ele tem um nome, uma origem, uma história, um ambiente e um grupo de outros indivíduos para interagir, fazer, conhecer e ser. Possui hábitos, valores, cultura e uma realidade sociopolítica, econômica e afetiva que lhes são próprias de seu contexto social. Seus pares, sejam da mesma idade e experiência ou não, também possui suas bases que igualmente lhes caracteriza como sujeitos. E nessa multimistura multiculturalista etc. que os sujeitos se relacionam, dialogam, trocam experiências, criam conflitos e soluções, aprendem e ensinam uns com os outros, interagem entre si, que se constroem e se constituem como sujeitos, indivíduos sociais, únicos, autônomos e dotados de uma identidade própria de seu grupo, de sua sociedade, mas principalmente, de si mesmo: sendo, fazendo, gerando significados e compartilhando ideias de si mesmo para este mundo de todos.

Este projeto é uma ação institucional que tem por objetivo saber sobre seu alunado quais são os seus conhecimentos prévios, quais suas possibilidades, quem ele é e quem pode vir a ser enquanto indivíduo cognoscitivo. E com base nesses pressupostos, construir parâmetros de onde partir para uma intervenção, buscar meios de como estruturar e adaptar o processo às necessidades dos alunos de forma que o mesmo venha (re) conhecer-se e valorizar-se enquanto sujeito aprendiz, capaz, único, autônomo e essencial para a sociedade qual faz parte, partilhando e aprendendo conhecimentos, habilidades, competências e valores que fomentam por uma sociedade melhor para todos.

Como metodologia, tal projeto se dividiu em três etapas processuais, que dialogam entre si: 1 – sondagem e diagnóstico; 2 – intervenção ativa (ação/reflexão/ação); e 3 – mostra de resultados. Na etapa do diagnóstico e sondagem a instituição fará testes de leitura, escrita, conhecimentos matemáticos e letramento para, com registro em mapa de acompanhamento, ter em mãos a ferramenta que embasará todas as demais etapas dessa ação educativa. Na segunda etapa, na intervenção ativa, as professoras farão uso da ação, reflexão e ação contínua e progressiva, que vão desde as formações continuadas, nas mudanças de concepções pedagógicas ao planejamento, na melhora do mesmo e das ferramentas e estratégias utilizadas, adaptando e programando as aulas, focando nos alunos e no desenvolvimento de suas habilidades e competências, respeitando seus limites e considerando suas limitações e necessidades em todo o processo, os avanços, empecilhos e os resultados. Por fim, na última etapa, tudo o que vier a ser feito durante o tempo de duração do projeto, será registrado, acompanhado, organizado o progresso dos avanços, analisado e apresentado à comunidade (a forma como isso ocorrerá será decido pelo grupo de professores e alunos da instituição) em data ainda a ser escolhida. Todas as etapas estão alinhadas ao Cronograma de Ações e demais programações da Escola e SEDUC Municipal.

CRONOGRAMA DE AÇÕES:

DIAGNÓSTICO E SONDAGEM (25/02 A 15/03)
INTERVENÇÃO ATIVA (18/03 A 10/05)
MOSTRA DE RESULTADOS E PROGRESSOS (13 A 24/05)

AVALIAÇÃO: a avaliação neste projeto, tem em vista o reconhecimento do trajeto da aprendizagem escolar, permitindo elementos para registrar, mensurar, analisar os diferentes níveis de aprendizagem dos alunos, buscando meios de como ajudar aos alunos a melhorarem suas experiências e resultados de aprendizagem. A mesma, neste projeto ocorrerá respeitando as três etapas que organizam o mesmo: a avaliação de sondagem para diagnóstico da realidade dos conhecimentos dos alunos tanto sobre os conteúdos sistematizados socialmente quanto sobre o conhecimento que eles têm de si mesmo como sujeito; a avaliação formativa que verifica constantemente tudo o que vem sendo ensinado e como vem sendo aprendido e quais intervenções serão necessárias para que o processo seja melhorado cada vez (neste período, as autoavaliações do professor e do aluno também ocorrerão); e a avaliação cumulativa onde todos poderão averiguar se o que acumularam durante o período de vigência do projeto obteve os resultados esperados quais, por fim, poderão ser apresentados à comunidade do entorno da escola.

DESENVOLVIMENTO:

COMPETENCIAS GERAIS

http://s3.amazonaws.com/porvir/wp-content/uploads/2017/05/22170810/info-competencias-gerais-bncc_fev2018.png

EDUCAÇÃO INFANTIL

DIREITOS DE APRENDIZAGEM:

 

Conhecer-se enquanto indivíduo socialmente incluído e dotado de direitos e deveres;

Conviver com os demais pares do grupo e da instituição qual faz parte, reconhecendo-se como parte integrante e importante desse ambiente educativo;

Brincar e partilhar ideias, brinquedos e brincadeiras e desenvolvendo-se ativamente e feliz no ambiente educativo;

Participar das interações e aprendizagens propostas e surgidas durante as aulas;

Explorar o espaço, as possibilidades e situações a fim de aprender e compreender a si mesmo e sobre o mundo que a cerca;

Expressar seus pensamentos, ideias, dúvidas, angústias e conhecimentos etc., usando a linguagem, gestos e expressões como ferramentas de comunicação e interação com os demais.

CAMPO DE EXPERIÊNCIA: EU, O OUTRO E O NÓS
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO
EI02EO01 – Demonstrar atitudes de cuidado e solidariedade na interação com crianças e adultos.

 

EI02EO02 – Demonstrar imagem positiva de si e confiança em sua capacidade para enfrentar dificuldades e desafios.

EI02EO05 – Perceber que as pessoas têm características físicas diferentes, respeitando essas diferenças.

EI03EO01 – Demonstrar empatia pelos outros, percebendo que as pessoas têm diferentes sentimentos, necessidades e maneiras de pensar e agir.

EI03EO02 – Agir de maneira independente, com confiança em suas capacidades, reconhecendo suas conquistas e limitações.

EI03EO05 – Demonstrar valorização das características de seu corpo e respeitar as características dos outros (crianças e adultos) com os quais convive.

CAMPO DE EXPERIÊNCIA: CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO
EI02CG01 – Apropriar-se de gestos e movimentos de sua cultura no cuidado de si e nos jogos e brincadeiras.

 

EI02CG04 – Demonstrar progressiva independência no cuidado do seu corpo.

EI02CG05 – Desenvolver progressivamente as habilidades manuais, adquirindo controle para desenhar, pintar, rasgar, folhear, entre outros.

EI03CG01 – Criar com o corpo formas diversificadas de expressão de sentimentos, sensações e emoções, tanto nas situações do cotidiano quanto em brincadeiras, dança, teatro, música.

EI03CG02 – Demonstrar controle e adequação do uso de seu corpo em brincadeiras e jogos, escuta e reconto de histórias, atividades artísticas, entre outras possibilidades.

EI03CG04 – Adotar hábitos de autocuidado relacionados e higiene, alimentação, conforto e aparência.

CAMPO DE EXPERIÊNCIA: TRAÇOS, SONS, CORES E FORMAS
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO
EI02TS01 – Criar sons com materiais, objetos e instrumentos musicais, para acompanhar diversos ritmos de músicas.

 

EI02TS02 – Utilizar materiais variados com possibilidades de manipulação (argila, massa de modelar), explorando cores, texturas, superfícies, planos, formas e volumes ao criar objetos tridimensionais.

EI03TS01 – Utilizar sons produzidos por materiais, objetos e instrumentos musicais durante brincadeiras de faz de conta, encenações, criações musicais, festas.

EI03TS02 – Expressar-se livremente por meio de desenho, pintura, colagem, dobradura e escultura, criando produções bidimensionais e tridimensionais.

CAMPO DE EXPERIÊNCIA: ESCUTA, FALA, PENSAMENTO E IMAGINAÇÃO
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO
EI02EF01 – Dialogar com crianças e adultos, expressando seus desejos, necessidades, sentimentos e opiniões.

 

EI02EF02 – Identificar e criar diferentes sons e reconhecer rimas e aliterações em cantigas de roda e textos poéticos.

EI02EF04 – Formular e responder perguntas sobre fatos da história narrada, identificando cenários, personagens e principais acontecimentos.

EI03EF01 – Expressar ideias, desejos e sentimentos sobre suas vivências, por meio da linguagem oral e escrita (escrita espontânea), de fotos, desenhos e outras formas de expressão.

EI03EF02 – Inventar brincadeiras cantadas, poemas e canções, criando rimas, aliterações e ritmos.

EI03EF05 – Recontar histórias ouvidas para produção de reconto escrito, tendo o professor como escriba.

CAMPO DE EXPERIÊNCIA: ESPAÇO, TEMPO, QUANTIDADES, RELAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO
EI02ET01 – Explorar e descrever semelhanças e diferenças entre as características e propriedades dos objetos (textura, massa, tamanho).

 

EI02ET02 – Observar, relatar e descrever incidentes do cotidiano e fenômenos naturais (luz solar, vento, chuva etc.).

EI02ET03 – Compartilhar, com outras crianças, situações de cuidado de plantas e animais nos espaços da instituição e fora dela.

EI02ET06 – Utilizar conceitos básicos de tempo (agora, antes, durante, depois, ontem, hoje, amanhã, lento, rápido, depressa, devagar).

EI03ET03 – Identificar e selecionar fontes de informações, para responder a questões sobre a natureza, seus fenômenos, sua conservação.

EI03ET04 – Registrar observações, manipulações e medidas, usando múltiplas linguagens (desenho, registro por números ou escrita espontânea), em diferentes suportes.

EI03ET07 – Classificar objetos e figuras de acordo com suas semelhanças e diferenças.

EI03ET06 – Relatar fatos importantes sobre seu nascimento e desenvolvimento, a história dos seus familiares e da sua comunidade.

CONTEÚDOS E AÇÕES COMPLEMENTARES

  • NOME PRÓPRIO
  • PARTES DO MEU CORPO
  • ÓRGÃOS DOS SENTIDOS
  • OBJETOS PESSOAIS
  • HIGIENE E SAÚDE
  • ÁRVORE GENEALÓGICA
  • LUGAR ONDE MORO
  • TRAJETO DE CASA PARA A ESCOLA
  • MINHAS PREFERÊNCIAS
  • CANTIGAS INFANTIS
  • PARLENDAS
  • CONTOS INFANTIS
  • PONTILHADOS
  • COLAGEM
  • TEXTOS COLETIVOS
  • BRINQUEDOS
  • PLANTAS FRUTÍFERAS PREFERIDAS
  • ATITUDES DE RESPEITO E EMPATIA
  • PINTURA E DESENHO
  • ATIVIDADES NO CADERNO
  • VOGAIS
  • ALFABETO
  • SONS DAS LETRAS
  • ENCONTROS VOCÁLICOS
  • QUANTIDADE 0 A 5
  • NUMERAIS 0A 5
  • ESCRITA ESPONTÂNEA
  • CORES PRIMÁRIAS
  • NOÇÕES TEMPORAIS
  • NOÇÕES ESPACIAIS
  • NOÇÕES DE LOCALIZAÇÃO
  • NOÇÕES DE DISTÂNCIA
  • RECORTE E COLAGEM
  • RECEITAS DA MAMÃE
  • CARTAZES
  • BRINCADEIRAS
  • INSTRUMENTOS MUSICAIS
  • FORMAS GEOMÉTRICAS
  • ATIVIDADES IMPRESSAS
  • ATIVIDADES PARA CASA

ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS

1º e 2º ANOS

COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA
COMPETÊNCIAS GERAIS DE LÍNGUA PORTUGUESA:

 

1. Compreender a língua como fenômeno cultural, histórico, social, variável, heterogêneo e sensível aos contextos de uso, reconhecendo-a como meio de construção de identidades de seus usuários e da comunidade a que pertencem.

2. Apropriar-se da linguagem escrita, reconhecendo-a como forma de interação nos diferentes campos de atuação da vida social e utilizando-a para ampliar suas possibilidades de participar da cultura letrada, de construir conhecimentos (inclusive escolares) e de se envolver com maior autonomia e protagonismo na vida social.

3. Ler, escutar e produzir textos orais, escritos e multissemióticos que circulam em diferentes campos de atuação e mídias, com compreensão, autonomia, fluência e criticidade, de modo a se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos, e continuar aprendendo.

HABILIDADES ESPECÍFICAS DE ALFABETIZAÇÃO
• COMPREENDER DIFERENÇAS ENTRE ESCRITA E OUTRAS FORMAS GRÁFICAS (OUTROS SISTEMAS DE REPRESENTAÇÃO);

 

• DOMINAR AS CONVENÇÕES GRÁFICAS (LETRAS MAIÚSCULAS E MINÚSCULAS, CURSIVA E SCRIPT);

• CONHECER O ALFABETO;

• COMPREENDER A NATUREZA ALFABÉTICA DO NOSSO SISTEMA DE ESCRITA;

• DOMINAR AS RELAÇÕES ENTRE GRAFEMAS E FONEMAS;

• SABER DECODIFICAR PALAVRAS E TEXTOS ESCRITOS;

  • SABER LER, RECONHECER, DECODIFICANDO E GLOBALMENTE, O PRÓPRIO NOME E DOS COLEGAS E PROFESSORA, EM TEXTOS ESCRITOS;

• SABER LER, RECONHECENDO GLOBALMENTE AS PALAVRAS;

• AMPLIAR A SACADA DO OLHAR PARA PORÇÕES MAIORES DE TEXTO QUE MERAS PALAVRAS, DESENVOLVENDO ASSIM FLUÊNCIA E RAPIDEZ DE LEITURA (FATIAMENTO).

UNIDADES TEMÁTICASOBJETOS DE CONHECIMENTO
LEITURA/ESCUTA COMPARTILHADA E AUTÔNOMAProtocolos de leitura

 

Decodificação/Fluência de leitura

Formação de leitor

Compreensão de leitura

PRODUÇÃO DE TEXTOS

 

(COMPARTILHADA E AUTÔNOMA)

Correspondência fonema-grafema Construção do sistema alfabético/

 

Convenções da escrita

Construção do sistema alfabético/

Estabelecimento de relações anafóricas na referenciação e construção da coesão

ORALIDADEOralidade pública/Intercâmbio conversacional em sala de aula

 

Escuta atenta Características da conversação espontânea

Aspectos não linguísticos (paralinguísticos) no ato da fala

Relato oral/Registro formal e informal

Contagem de histórias

ANÁLISE LINGUÍSTICA SEMIÓTICA

 

(ALFABETIZAÇÃO)

Conhecimento do alfabeto do português do Brasil

 

Construção do sistema alfabético

Construção do sistema alfabético e da ortografia

Conhecimento das diversas grafias do alfabeto/

Acentuação

Segmentação de palavras/Classificação de palavras por número de sílabas

HABILIDADES ESPECÍFICAS POR UNIDADES TEMÁTICAS

 

(A CRITÉRIO DO/A PROFESSOR/A)

  
COMPONENTE CURRICULAR: ARTES
COMPETÊNCIAS GERAIS DE ARTES:

 

1. Explorar, conhecer, fruir e analisar criticamente práticas e produções artísticas e culturais do seu entorno social, dos povos indígenas (negros e brancos), das comunidades tradicionais brasileiras e de diversas sociedades, em distintos tempos e espaços, para reconhecer a arte como um fenômeno cultural, histórico, social e sensível a diferentes contextos e dialogar com as diversidades, descobrindo e desenvolvendo o próprio potencial artístico.

2. Desenvolver a autonomia, a crítica, a autoria e o trabalho coletivo e colaborativo nas artes.

UNIDADES TEMÁTICASOBJETOS DE CONHECIMENTO
ARTES VISUAISContextos e práticas

 

Elementos da linguagem

Matrizes estéticas e culturais

Materialidades

Processos de criação

Sistemas da linguagem

DANÇAContextos e práticas

 

Elementos da linguagem

Processos de criação

MÚSICAContexto e práticas

 

Elementos da linguagem

Materialidades

Notação e registro musical

Processos de criação

TEATROContextos e práticas

 

Elementos da linguagem

Processos de criação

ARTES INTEGRADASProcessos de criação

 

Matrizes estéticas culturais

Patrimônio cultural

Arte e tecnologia

HABILIDADES ESPECÍFICAS POR UNIDADE TEMÁTICA

 

(A CRITÉRIO DO/A PROFESSOR/A)

COMPONENTE CURRICULAR: EDUCAÇÃO FÍSICA
COMPETÊNCIAS GERAIS DE EDUCAÇÃO FÍSICA:

 

1. Compreender a origem da cultura corporal de movimento e seus vínculos com a organização da vida coletiva e individual.

2. Planejar e empregar estratégias para resolver desafios e aumentar as possibilidades de aprendizagem das práticas corporais, além de se envolver no processo de ampliação do acervo cultural nesse campo.

7. Reconhecer as práticas corporais como elementos constitutivos da identidade cultural dos povos e grupos. 8. Usufruir das práticas corporais de forma autônoma para potencializar o envolvimento em contextos de lazer, ampliar as redes de sociabilidade e a promoção da saúde.

UNIDADES TEMÁTICASOBJETOS DE CONHECIMENTO
JOGOS E BRINCADEIRASBrincadeiras e jogos da cultura popular presentes no contexto comunitário e regional
ESPORTESEsportes de marca

 

Esportes de precisão

GINÁSTICASGinástica geral
DANÇASDanças do contexto comunitário e regional
HABILIDADES ESPECÍFICAS POR UNIDADE TEMÁTICA

 

(A CRITÉRIO DO/A PROFESSOR/A)

AREA DE CONHECIMENTO: MATEMÁTICA
COMPETÊNCIAS GERAIS DE MATEMÁTICA:

 

2. Desenvolver o raciocínio lógico, o espírito de investigação e a capacidade de produzir argumentos convincentes, recorrendo aos conhecimentos matemáticos para compreender e atuar no mundo. 3. Compreender as relações entre conceitos e procedimentos dos diferentes campos da Matemática (Aritmética, Álgebra, Geometria, Estatística e Probabilidade) e de outras áreas do conhecimento, sentindo segurança quanto à própria capacidade de construir e aplicar conhecimentos matemáticos, desenvolvendo a autoestima e a perseverança na busca de soluções.

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICA PARA CICLO DE ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA:

 

No Ensino Fundamental – Anos Iniciais, deve-se retomar as vivências cotidianas das crianças com números, formas e espaço, e também as experiências desenvolvidas na Educação Infantil, para iniciar uma sistematização dessas noções. Desse modo, recursos didáticos como malhas quadriculadas, ábacos, jogos, livros, vídeos, calculadoras, planilhas eletrônicas e softwares de geometria dinâmica têm um papel essencial para a compreensão e utilização das noções matemáticas. Entretanto, esses materiais precisam estar integrados a situações que levem à reflexão e à sistematização, para que se inicie um processo de formalização.

UNIDADES TEMÁTICASOBJETOS DE CONHECIMENTO
NÚMEROSContagem de rotina;

 

Contagem ascendente e descendente;

Reconhecimento de números no contexto diário: indicação de quantidades, indicação de ordem ou indicação de código para a organização de informações;

Quantificação de elementos de uma coleção: estimativas, contagem um a um, pareamento ou outros agrupamentos e comparação;

Leitura, escrita e comparação de números naturais (até 100);

Reta numérica

Construção de fatos básicos da adição Composição e decomposição de números naturais;

Problemas envolvendo diferentes significados da adição e da subtração (juntar, acrescentar, separar, retirar).

ÁLGEBRAPadrões figurais e numéricos: investigação de regularidades ou padrões em sequências;

 

Sequências recursivas: observação de regras usadas utilizadas em seriações numéricas (mais 1, mais 2, menos 1, menos 2, por exemplo).

GEOMETRIALocalização de objetos e de pessoas no espaço, utilizando diversos pontos de referência e vocabulário apropriado;

 

Figuras geométricas espaciais: reconhecimento e relações com objetos familiares do mundo físico;

Figuras geométricas planas: reconhecimento do formato das faces de figuras geométricas espaciais.

GRANDEZAS E MEDIDASMedidas de comprimento, massa e capacidade: comparações e unidades de medida não convencionais;

 

Medidas de tempo: unidades de medida de tempo, suas relações e o uso do calendário;

Sistema monetário brasileiro: reconhecimento de cédulas e moedas

PROBABILIDADES E ESTATÍSTICASNoção de acaso;

 

Leitura de tabelas e de gráficos de colunas simples;

Coleta e organização de informações;

Registros pessoais para comunicação de informações coletadas.

HABILIDADES ESPECÍFICAS POR UNIDADES TEMÁTICAS

 

(A CRITÉRIO DO/A PROFESSOR/A)

AREA DE CONHECIMENTO: CIÊNCIAS DA NATUREZA
COMPETÊNCIAS GERAIS DE CIÊNCIAS:

 

1. Compreender as Ciências da Natureza como empreendimento humano, e o conhecimento científico como provisório, cultural e histórico. 2. Compreender conceitos fundamentais e estruturas explicativas das Ciências da Natureza, bem como dominar processos, práticas e procedimentos da investigação científica, de modo a sentir segurança no debate de questões científicas, tecnológicas, socioambientais e do mundo do trabalho, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.

COMPONENTE CURRICULAR: CIÊNCIAS
UNIDADES TEMÁTICASOBJETOS DE CONHECIMENTO
MATÉRIA E ENERGIACaracterísticas dos materiais

 

Propriedades e usos dos materiais

Prevenção de acidentes domésticos

VIDA E EVOLUÇÃOCorpo humano

 

Respeito à diversidade

Seres vivos no ambiente

Plantas

TERRA E UNIVERSOEscalas de tempo

 

Movimento aparente do Sol no céu

O Sol como fonte de luz e calor

HABILIDADES ESPECÍFICAS POR UNIDADES TEMÁTICAS

 

(A CRITÉRIO DO/A PROFESSOR/A)

AREA DE CONHECIMENTO: CIÊNCIAS HUMANAS – GEOGRAFIA
COMPETÊNCIAS GERAIS DE GEOGRAFIA:

 

1. Utilizar os conhecimentos geográficos para entender a interação sociedade/natureza e exercitar o interesse e o espírito de investigação e de resolução de problemas.

2. Estabelecer conexões entre diferentes temas do conhecimento geográfico, reconhecendo a importância dos objetos técnicos para a compreensão das formas como os seres humanos fazem uso dos recursos da natureza ao longo da história.

3. Desenvolver autonomia e senso crítico para compreensão e aplicação do raciocínio geográfico na análise da ocupação humana e produção do espaço, envolvendo os princípios de analogia, conexão, diferenciação, distribuição, extensão, localização e ordem. 7. Agir pessoal e coletivamente com respeito, autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, propondo ações sobre as questões socioambientais, com base em princípios éticos, democráticos, sustentáveis e solidários.

COMPONENTE CURRICULAR: GEOGRAFIA
UNIDADES TEMÁTICASOBJETOS DE CONHECIMENTO
O SUJEITO E SEU LUGAR NO MUNDOO modo de vida das crianças em diferentes lugares

 

Situações de convívio em diferentes lugares

CONEXÕES E ESCALACiclos naturais e a vida cotidiana
MUNDO DO TRABALHODiferentes tipos de trabalho existentes no seu dia a dia
FORMAS DE REPRESENTAÇÃO E PENSAMENTO ESPACIALPontos de referência
NATUREZA, AMBIENTE E QUALIDADE DE VIDACondições de vida nos lugares de vivência
HABILIDADES (A CRITÉRIO DO/A PROFESSOR/A)
AREA DE CONHECIMENTO: CIÊNCIAS HUMANAS – HISTÓRIA
COMPETÊNCIAS GERAIS DE HISTÓRIA:

 

1. Compreender acontecimentos históricos, relações de poder e processos e mecanismos de transformação e manutenção das estruturas sociais, políticas, econômicas e culturais ao longo do tempo e em diferentes espaços para analisar, posicionar-se e intervir no mundo contemporâneo.

2. Compreender a historicidade no tempo e no espaço, relacionando acontecimentos e processos de transformação e manutenção das estruturas sociais, políticas, econômicas e culturais, bem como problematizar os significados das lógicas de organização cronológica.

4. Identificar interpretações que expressem visões de diferentes sujeitos, culturas e povos com relação a um mesmo contexto histórico, e posicionar-se criticamente com base em princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA
UNIDADES TEMÁTICASOBJETOS DE CONHECIMENTO
MUNDO PESSOAL: MEU LUGAR NO MUNDOAs fases da vida e a ideia de temporalidade (passado, presente, futuro)

 

As diferentes formas de organização da família e da comunidade: os vínculos pessoais e as relações de amizade

A escola e a diversidade do grupo social envolvido.

MUNDO PESSOAL: EU, MEU GRUPO SOCIAL E MEU TEMPOA vida em casa, a vida na escola e formas de representação social e espacial: os jogos e brincadeiras como forma de interação social e espacial

 

A vida em família: diferentes configurações e vínculos

A escola, sua representação espacial, sua história e seu papel na comunidade

A COMUNIDADE E SEUS REGISTROSA noção do “Eu” e do “Outro”: comunidade, convivências e interações entre pessoas

 

A noção do “Eu” e do “Outro”: registros de experiências pessoais e da comunidade no

tempo e no espaço

Formas de registrar e narrar histórias (marcos de memória materiais e imateriais)

O tempo como medida

AS FORMAS DE REGISTRAR AS EXPERIÊNCIAS DA

 

COMUNIDADE

As fontes: relatos orais, objetos, imagens (pinturas, fotografias, vídeos), músicas, escrita, tecnologias digitais de informação e comunicação e inscrições nas paredes, ruas e espaços sociais.
O TRABALHO E A SUSTENTABILIDADE NA

 

COMUNIDADE

A sobrevivência e a relação com a natureza.
HABILIDADES (A CRITÉRIO DO/A PROFESSOR/A)
AREA DE CONHECIMENTO: CIÊNCIAS HUMANAS – ENSINO RELIGIOSO
COMPETÊNCIAS GERAIS DE ENSINO RELIGIOSO:

 

1. Conhecer os aspectos estruturantes das diferentes tradições/movimentos religiosos e filosofias de vida, a partir de pressupostos científicos, filosóficos, estéticos e éticos.

2. Compreender, valorizar e respeitar as manifestações religiosas e filosofias de vida, suas experiências e saberes, em diferentes tempos, espaços e territórios.

3. Reconhecer e cuidar de si, do outro, da coletividade e da natureza, enquanto expressão de valor da vida.

4. Conviver com a diversidade de crenças, pensamentos, convicções, modos de ser e viver.

COMPONENTE CURRICULAR: ENSINO RELIGIOSO
UNIDADES TEMÁTICASOBJETOS DE CONHECIMENTO
IDENTIDADE E ALTERIDADESO eu, o outro e o nós

 

O eu, a família e o ambiente de convivência

Imanência e transcendência

Memórias e símbolos

Símbolos religiosos

MANIFESTAÇÕES RELIGIOSASSentimentos, lembranças, memórias e saberes

 

Alimentos sagrados

HABILIDADES (A CRITÉRIO DO/A PROFESSOR/A)

Atividades e muito mais!

Se você gostou de aprender um pouco mais com a nossa descrição de projeto e quer continuar aprendendo cada vez mais sobre como aplicar as melhores atividades além de ter acesso ao nosso super acervo, aproveite para ler mais de nossos artigos e descubra um mundo de informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.

Demonstre Atividades - 2020 | Desenvolvido por Nixem Dev