Tag: biologia diversas

Biologia

Olá pessoal hoje o demonstre traz um trabalho onde retrata do nosso dia a dia de acordo com o nosso modo de viver, com base no uso de biologias, e nesse post vamos trabalhar com a “Biologia”.

Onde vamos mostrar o modo de se relacionar das pessoas baseada em práticas biológicas, que demonstram como estão se sentindo.

Biologia

A biologia é o estuda da vida de seres vivos diversos, como estudar as plantas, animais. E a biologia também estuda os fatores mortes que tem meio a natureza, para entender o viver dos animais.

Projeto sem título 7

A biologia hoje tem que estudar acontecidos que envolvem os seres da natureza, o que causa uma grande acumulo de informações.

Problemas ambientais

Os problemas ambientais nos dias de hoje são uma grande preocupação para todos que entendem esse fato, pois pode causar grandes desastres a biologia, com já vem causando em alguns sentidos.

Resultado de imagem para Problemas ambientais

Algumas pessoas acha que etá tudo bem, e que não existe problemas nenhum, mas já está se agravando com alguns animais entrando em extinção, a poluição de rios e terras.

Evitar Problemas Ambientais

Os problemas ambientais podem ser evitados de várias formas, aqui estão alguns fatores que podem diminuir os problemas ambientais:

  • Aumentar a fiscalização em áreas de muita concentração biológica, como muitas especies de animais, e plantas;
  • Criar programas de conscientização da poluição com as pessoas;
  • Criar programas de retiradas de lixos;

Vídeo sobre Problemas ambientais:

Ecologia e Sustentabilidade

A ideia de sustentabilidade engloba diversas responsabilidades, partindo do princípio de desenvolvimento econômico de forma sustentável, ou seja, de forma cíclica.

Resultado de imagem para ecologia

A ecologia não pode seguir em frente se não for baseada em sua sustentabilidade, fazendo com que a natureza consiga crescer, e não se destruir aos poucos.

Boa sustentabilidade

Para que se tenha uma boa sustentabilidade pode usar projetos e ações que promovam a sustentabilidade são trabalhados com pensamento no médio e longo prazo. Alguns aspectos necessitam ser trabalhados juntos, como: a sociedade, a política, a economia, o espaço, os valores que serão agregados, os resultados que podem ser atingidos e a possibilidade do projeto se tornar auto-sustentável.

Vídeo sobre Ecologia e Sustentabilidade:

Imunização

A imunização é essencial para que as vidas não corram grandes riscos, pois nos dias atuais existe uma grande diversidades de seres e doenças diferentes.

Com base em grandes doenças e vírus são feitas vacinas que ajudam na imunização de pessoas e animais, que de tempos em tempos precisam ser renovadas.

Vacinas no Brasil

  • BCG;
  • DTP e HIB;
  • Hepatite B;
  • Pneumocócica 10;

Vídeo sobre imunização:

Evolução

É a mudança das características hereditárias de uma população de seres vivos de uma geração para outra. Este processo faz com que as populações de organismos mudem e se diversifiquem ao longo do tempo.

Resultado de imagem para Evolução

O termo “evolução” pode referir-se à evidência observacional que constitui o fato científico intrínseco à teoria da evolução biológica, ou, em acepção completa, à teoria em sua completude.

Evolução da Genética

A evolução pode ser definida como qualquer alteração no número de genes ou na frequência dos alelos de um ou um conjunto de genes em uma população e ao longo das gerações. Mutações em genes podem produzir características novas ou alterar as que já existiam, resultando no aparecimento de diferenças hereditárias entre organismos. Estas novas características também podem surgir pela transferência de genes entre populações, como resultado de migração, ou entre espécies, resultante de transferência horizontal de genes.

Vídeo sobre Evolução:

Ciclos do carbono, nitrogênio e água

O carbono é o quinto elemento mais abundante do planeta e presente nas moléculas orgânicas. Na atmosfera, é encontrado sob a forma de dióxido de carbono, também chamado gás carbônico, liberado da respiração dos seres vivos, decomposição e combustão da matéria orgânica. É retirado do ambiente através processo de fotossíntese realizado pelos seres autótrofos, representados principalmente pelas plantas.

O ciclo do nitrogênio é dividido em quatro etapas:
1ª etapa – Fixação do nitrogênio
A fixação ou assimilação do N2 do pode ser feita através da radiação ou com a participação de microorganismos, sendo esse processo denominado biofixação. As cianobactérias dos gêneros Nostoc e Anabaena e as bactérias Azotobacter, Clostridium e Rhizobium (vivem nas raízes de leguminosas).

2ª etapa – Amonificação
A amônia pode ser obtida tanto pela ação dos biofixadores como pela decomposição de proteínas, ácidos nucléicos, resíduos nitrogenados dos cadáveres e excretas pelos decompositores (bactérias e fungos).

3ª etapa – Nitrificação
É a conversão da amônia nitrato através da nitrificação que é dividida em duas partes:
-Nitrosação: converte amônia em nitrito pela ação das bactérias nitrificantes (Nitrosomonas, Nitrosococcus, Nitrosolobus) que são autótrofas quimiossintetizantes e utilizam a energia da nitrificação para a síntese de substâncias orgânicas.

4ª etapa – Desnitrificação

As bactérias desnitrificantes (Pseudomonas denitrificans) transformam utilizam o nitrato para oxidar compostos orgânicos e produzir energia, sendo transformadas em gás, reiniciando o ciclo.

O ciclo da água é representado basicamente por dois processos, a evaporação e a transpiração. Com base nisso, esse ciclo é dividido em: Curto: quando a água dos oceanos, rios, mares, lagos evaporam e retorna à superfície na forma de chuva e neve; Longo: quando a água passa pelo corpo dos animais antes de voltar para o meio ambiente. A água é retirada do solo pelos vegetais para a fotossíntese ou passada para outros animais da cadeia alimentar, retornando à superfície através da evapotranspiração (conjunto de transpiração e evaporação), respiração, fezes, urina ou decomposição.

Vídeo sobre Ciclos do carbono, nitrogênio e água:

Genética e mutações

Mutações são mudanças na sequência dos nucleotídeos do material genético de um organismo. Mutações podem ser causadas por erros de cópia do material durante a divisão celular, por exposição a radiação ultravioleta ou ionizante, mutagênicos químicos, ou vírus.

Resultado de imagem para genetica

Em genética, a transmissão de informação envolve quatro elementos básicos: a diversidade de estruturas celulares com inúmeras formas especificando aspectos diferentes do organismo; um mecanismo de replicação que copia a informação e repassa à prole; a capacidade de mutação para que haja maior variabilidade; e a capacidade da prole em traduzir as informações herdadas em proteínas.

A mutação e suas consequências

Muitas vezes, porém, a mutação pode ser prejudicial. Na anemia falciforme, a substituição do aminoácido ácido glutâmico pelo aminoácido valina, em uma das cadeias de hemoglobina, conduza a uma alteração na forma da proteína toda. Essa alteração muda o formato do glóbulo vermelho, que passa a ser incapaz de transportar oxigênio. Outra consequência, grave, é que hemácias com formato de foice grudam umas nas outras nos capilares sanguíneos, o que pode provocar obstruções no trajeto para os tecidos.

Vídeo sobre Genética e mutações:

FIM

Chegamos ao fim do poste onde fala das Estudo das práticas bilógicass, falando e explicando como foi feito até os dias atuais, assim tanto nos negócios quanto na vida pessoal. Se você gostou compartilhe nas redes sociais.

Origem e evolução da vida

Olá pessoal hoje o demonstre traz um trabalho onde retrata do nosso dia a dia de acordo com o nosso modo de viver, com base no uso de práticas biológicas, e nesse post vamos trabalhar com o “Problemas ambientais: causas e consequências”.

Onde vamos mostrar o modo de se relacionar das pessoas baseada em práticas biológicas, que demonstram através de vários fatores do dia a dia.

Origem e evolução da vida

A Vida na Terra terá surgido á cerca de 3400 M.a., como o parecem demonstrar os fósseis de procariontes encontrados na África do Sul. As células eucarióticas terão surgido há cerca de 2000 a 1400 M.a., seguidas dos organismos multicelulares há cerca de 700 M.a.

Projeto sem título 13 1

Toda a Vida era obra de uma entidade toda poderosa, fato que servia para mascarar a não existência de conhecimentos suficientes para se criar uma explicação racional.

A biologia como ciência

A biologia ou ciências biológicas é a ciência que estuda os seres vivos, desde aqueles em escala molecular até o mais complexo dos organismos.

A biologia também estuda a interação dos seres vivos entre eles e com o ambiente físico em que vivem. A biologia como ciência se divide em vários ramos de estudo. Alguns estudam o organismo em si, outras a evolução das espécies e das populações, outro ramo estuda, por exemplo, o diagnóstico de doenças através de análises clínicas, entre outras.

história, métodos, técnicas e experimentação

A biologia surgiu a partir de quais plantas eram venenosas e quais não eram, quais frutos que podiam ser consumidos e os que não podiam.

Em 1650, com a descoberta do microscópio por Antony van Leeuwenhoek, os cientistas e curiosos puderam aprofundar mais seus estudos na biologia. Em 1735, Lineu, baseado nas semelhanças morfológicas de plantas e de animais, criou o sistema taxonômico e a nomenclatura dos seres vivos, que é utilizado até hoje, mas com algumas modificações.

Em 1809, Lamarck deu um passo à frente quando publicou um livro sobre a evolução das espécies, e em 1859, Charles Darwin, também evolucionista, publicou um livro sobre a origem das espécies, que é aceita até hoje como explicação para a evolução das espécies.

Vídeo sobre a biologia como ciência:

Hipóteses sobre a origem do Universo, da Terra e dos seres vivos

A origem do universo é representada de várias formas sendo que por algum tempo alguma teoria prevaleceu.

Essas teorias são representadas de formas que envolvem a vida dos humanos, animais e plantas.

Teorias

As teorias que envolvem os surgimento da vida são: Teoria do Big Bang, Teoria do Universo Oscilante, Teoria do Estado Estacionário, Teoria Inflacionária Gravidade quântica em loop, Teoria M, Seleção cosmológica natural, Criacionista, Panspermia, Abiogênese, Bóson de Higgs.

Vídeo sobre Hipóteses sobre a origem do Universo, da Terra e dos seres vivos:

Teorias de evolução

A Teoria da Evolução descreve o desenvolvimento das espécies que habitavam ou habitam o planeta Terra.

Resultado de imagem para Teorias de evolução

Sendo que as espécies atuais descendem de outras espécies que sofreram modificações ao longo do tempo e transmitiram novas características aos seus descendentes.

Quais são as teorias da evolução?

Criacionismo: As forças divinas são responsáveis pelo surgimento do planeta e de todas as espécies existentes. Nesse caso, não houve nenhum processo evolutivo e as espécies são imutáveis. Essa teoria relaciona-se com questões religiosas.

Evolucionista: Propõe a evolução das espécies por meio da seleção natural conforme ocorrem as mudanças ambientais.

Vídeo sobre Teorias de evolução:

Explicações pré-darwinistas para a modificação das espécies

Imagine que o senhor João na sua infância e adolescência sempre foi bem magro. Atualmente é um homem bem musculoso, e estes músculos foram adquiridos por meio da combinação de exercícios físicos e alimentação rica em proteínas.

Resultado de imagem para Explicações pré-darwinistas

No entanto o filho do senhor João, que se chama Paulo e tem 18 anos, é bem magrinho, desprovido de músculos bem desenvolvidos como os do pai. Ou seja, os caracteres (músculos) adquiridos pelo senhor João ao longo de sua vida não foram transmitidos para o seu filho. Estudos genéticos demonstram este e outros exemplos.

Mas não pense que Lamarck não tinha razão alguma. Muito pelo contrário! Veremos adiante que a sua teoria tem bastante a ver com a teoria de Darwin.

Vídeo sobre Explicações pré-darwinistas para a modificação das espécies:

A teoria evolutiva de Charles Darwin

Segundo Darwin, os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados, deixando um número maior de descendentes.

Resultado de imagem para A teoria evolutiva de Charles Darwin

Os organismos mais bem adaptados são, portanto, selecionados para aquele ambiente.

Princípios básicos

Os indivíduos de uma mesma espécie apresentam variações em todos os caracteres, não sendo portanto idênticos entre si.

Todo organismo tem grande capacidade de reprodução, produzindo muitos descendentes. Entretanto, apenas alguns dos descendentes chegam à idade adulta.

O número de indivíduos de uma espécie é mantido mais ou menos constante ao longo das gerações. Assim, há grande “luta” pela vida entre os descendentes, pois apesar de nascerem muitos indivíduos poucos atingem a maturalidade, o que mantém constante o número de indivíduos na espécie.

Na “luta” pela vida, organismos com variações favoráveis ás condições do ambiente onde vivem têm maiores chances de sobreviver, quando comparados aos organismos com variações menos favoráveis.

Vídeo sobre A teoria evolutiva de Charles Darwin:

Teoria sintética da evolução

A Teoria sintética da evolução ou Neodarwinismo foi formulada por vários pesquisadores durante anos de estudos, tomando como essência as noções de Darwin sobre a seleção natural e incorporando noções atuais de genética.

Resultado de imagem para Teoria sintética da evolução

A mais importante contribuição individual da Genética, extraída dos trabalhos de Mendel, substituiu o conceito antigo de herança através da mistura de sangue pelo conceito de herança através de partículas: os genes.

Vídeo sobre Teoria sintética da evolução:

Seleção artificial e seu impacto sobre ambientes naturais e sobre populações humanas

Seleção artificial é o processo de cruzamentos conduzido pelo ser humano com o objetivo de selecionar características desejáveis em animais e plantas. Estas características podem ser, por exemplo, um aumento da produção de carne, leite, lã, seda ou frutas.

Para esse fim foram, e são, produzidas diversas raças domésticas, como cães, gatos, pombos, bovinos, peixes e plantas ornamentais.

Processos

Os processos de seleção artificial são o endocruzamento, heterose e formação de híbridos. Através do endocruzamento o homem promove uma seleção direcional escolhendo os indivíduos portadores das características que pretende selecionar e promove o cruzamento entre os indivíduos selecionados; nas gerações seguintes faz o mesmo tipo de seleção.

Vídeo sobre Seleção artificial e seu impacto sobre ambientes naturais e sobre populações humanas:

FIM

Chegamos ao fim do poste onde fala das Estudo das práticas biológicas, falando e explicando como foi feito até os dias atuais, assim tanto nos estudos quanto na vida pessoal. Se você gostou compartilhe nas redes sociais.

Ecologia e ciências ambientais

Olá pessoal hoje o demonstre traz um trabalho onde retrata do nosso dia a dia de acordo com o nosso modo de viver, com base no uso de práticas biológicas, e nesse post vamos trabalhar com o “Ecologia e ciências ambientais”.

Onde vamos mostrar o modo de se relacionar das pessoas baseada em práticas biológicas, que demonstram através de vários fatores do dia a dia.

Ecologia e ciências ambientais

A ecologia é o estudo da vida de diversos seres vivos que tende estudar tudo que refere-se a natureza, observando os pontos principais.

Ciências do ambiente são um campo acadêmico multidisciplinar que integra ciências físicas, biológicas e da informação para o estudo do ambiente e soluções para problemas ambientais.

Ecossistemas

Ecossistema é o conjunto dos organismos vivos e seus ambientes físicos e químicos. O termo ecossistema é originado a união das palavras “oikos” e “sistema”, ou seja, tem como significado, sistema da casa.

Resultado de imagem para ecossistemas

Ele representa o conjunto de comunidades que habitam e interagem em um determinado espaço.

Ecossistemas Brasileiros

A Amazônia: ocupa a Região Norte do Brasil, abrangendo cerca de 47% do território nacional. É a maior formação florestal do planeta, condicionada pelo clima equatorial úmido. Esta possui uma grande variedade de fisionomias vegetais, desde as florestas densas até os campos.

O Semi-árido (Caatinga) A área nuclear do Semi-Árido compreende todos os estados do Nordeste brasileiro, além do norte de Minas Gerais, ocupando cerca de 11% do território nacional. Seu interior, o Sertão nordestino, é caracterizado pela ocorrência da vegetação mais rala do Semi-árido, a Caatinga.

O Cerrado ocupa a região do Planalto Central brasileiro. A área nuclear contínua do Cerrado corresponde a cerca de 22% do território nacional, sendo que há grandes manchas desta fisionomia na Amazônia e algumas menores na Caatinga e na Mata Atlântica.

A Mata Atlântica, incluindo as florestas estacionais semideciduais, originalmente foi a floresta com a maior extensão latitudinal do planeta, indo de cerca de 6 a 32oS. Esta já cobriu cerca de 11% do território nacional. Hoje, porém a Mata Atlântica possui apenas 4% da cobertura original.

O Pantanal mato-grossense é a maior planície de inundação contínua do planeta, coberta por vegetação predominantemente aberta e que ocupa 1,8% do território nacional. Este ecossistema é formado por terrenos em grande parte arenosos, cobertos de diferentes fisionomias devido a variedade de micro relevos e regimes de inundação.

Vídeo sobre Ecossistemas:

https://youtube.com/watch?v=_d0mo6MK4TE

Fatores bióticos e abióticos

Fatores bióticos: Todos os organismos vivos. Produtores primários, consumidores, decompositores e parasitas.

Imagem relacionada

Fatores abióticos: Ambiente físico e químico que fornece condições de vida. Nutrientes, água, chuva, umidade, solo, sol, ar, gases, temperatura,etc.

Vídeo sobre Fatores bióticos e abióticos:

Habitat e nicho ecológico

Habitat é um local específico ou região onde se desenvolvem ou vivem seres vivos de forma organizada.

Resultado de imagem para Habitat

O habitat oferece as condições climáticas, físicas e alimentares adequadas para o desenvolvimento de uma determinada espécie. O mangue, por exemplo, é o habitat de algumas espécies de caranguejos.

Nicho Ecológico

O nicho ecológico é o conjunto de condições e recursos que permitem a uma espécie sobreviver no ambiente. Podemos dizer que representa o papel ecológico de um indivíduo no ecossistema. Cada espécie possui um nicho diferente. Isso porque não existem duas espécies exatamente iguais, cada uma possui diferentes formas e exigências de interagir com o ambiente.

Vídeo sobre Habitat e nicho ecológico:

Teia alimentar

Teia alimentar é um conjunto de cadeias alimentares interligadas entre si.A teia alimentar representa as muitas relações entre os organismos de um ecossistema.

Resultado de imagem para Teia alimentar

Ecossistema é o local ou meio ambiente em que se desenvolvem relações mútuas entre todos os seres que nele habita.

Cadeia alimentar

Cadeia alimentar é uma sequência de seres vivos que se dividem em produtores, consumidores e decompositores. Na sequência alimentar, os seres vivos se alimentam daqueles que os antecedem na cadeia, para depois serem comidos por aqueles que estão a seguir, de acordo com a hierarquia.

Vídeo sobre Teia alimentar:

Sucessão e comunidade clímax

É um Processo ordenado da instalação e desenvolvimento de uma comunidade.

Imagem relacionada

Que ocorre com o tempo e termina quando se estabelece na área uma comunidade estável.

Comunidade Clímax

É o último estágio alcançado por comunidades ecológicas ao longo da sucessão ecológica. Este estágio é caracterizado por compreender espécies que são as melhores competidoras da comunidade local.

Vídeo sobre Sucessão e comunidade clímax:

Dinâmica de populações

As populações possuem diversas características próprias, mensuráveis. Essas populações podem ser bastantes diversas englobando diferentes tipos.

Resultado de imagem para Dinâmica de populações

Cada membro de uma população pode nascer, crescer e morrer, mas somente uma população como um todo possui taxas de natalidade e de crescimento específicas, além de possuir um padrão de dispersão no tempo e no espaço.

Vídeo sobre Dinâmica de populações:

Interações entre os seres vivos

A relação entre seres vivos uns com outros, tanto da mesma espécie (relações intraespecíficas) quanto de espécies distintas (relações interespecíficas).

Resultado de imagem para Interações entre os seres vivos

Essas relações podem ser harmônicas, quando não há prejuízo para nenhum dos indivíduos envolvidos, ou desarmônicas, quando pelo menos um se prejudica.

Relações Intraespecíficas Harmônicas

Indivíduos da mesma espécie que se mantêm anatomicamente separados e que cooperam entre si por meio de divisão de trabalho. Geralmente, a morfologia corporal está relacionada com a atividade que exercem. Ex.: abelhas, cupins, formigas, etc.

Relações Intraespecíficas Desarmônicas

Canibalismo: ato no qual um indivíduo alimenta-se de outro(s) da mesma espécie. Competição: disputa por territórios, parceiros sexuais, comida etc.

Vídeo sobre Interações entre os seres vivos:

Ciclos biogeoquímicos

Os ciclos biogeoquímicos são processos que ocorrem na natureza para garantir a reciclagem de elementos químicos no meio.

Resultado de imagem para Ciclos biogeoquímicos

São esses ciclos que possibilitam que os elementos interajam com o meio ambiente e com os seres vivos, ou seja, garantem que o elemento flua pela atmosfera, hidrosfera, litosfera e biosfera. Os principais ciclos biogeoquímicos encontrados na natureza são o ciclo da água, do carbono, do oxigênio e do nitrogênio.

Como o ciclo ocorre?

O ciclo ocorre através do Reservatório do elemento químico (atmosfera, hidrosfera ou crosta terrestre); Existência de seres vivos; Movimentação do elemento químico pelo meio ambiente e pelos seres vivos de um ecossistema.

Vídeo sobre Ciclos biogeoquímicos:

Fluxo de energia no ecossistema

A luz solar representa a fonte de energia externa sem a qual os ecossistemas não conseguem manter-se.

Resultado de imagem para energia no ecossistema

A transformação (conversão) da energia luminosa para energia química, que é a única modalidade de energia utilizável pelas células de todos os componentes de um ecossistema, sejam eles produtores, consumidores ou decompositores, é feita através de um processo denominado fotossíntese.

Vídeo sobre Fluxo de energia no ecossistema:

FIM

Chegamos ao fim do poste onde fala das Estudo das práticas corporais, falando e explicando como foi feito até os dias atuais, assim tanto nos negócios quanto na vida pessoal. Se você gostou compartilhe nas redes sociais.

Conservação e recuperação de ecossistemas

Olá pessoal hoje o demonstre traz um trabalho onde retrata do nosso dia a dia de acordo com o nosso modo de viver, com base no uso de práticas biológicas, e nesse post vamos trabalhar com o “Conservação e recuperação de ecossistemas”.

Onde vamos mostrar o modo de se relacionar das pessoas baseada em práticas biológicas, que demonstram como estão se sentindo.

Conservação e recuperação de ecossistemas

Os ecossistemas devem ser conservados e recuperados de forma que tem a intensão de ter uma maior biodiversidade, fazendo assim uma grande diferenciação na biologia atual.

Projeto sem título 11 1

Sendo que as atividades humanas em favorecimento da preservação ambiental quando não realizadas de forma organizada e consciente sempre produzem resultados negativos no meio ambiente. Esses resultados podem ser de forma direta, em atuações específicas em áreas naturais ou mesmo de forma indireta, quando o resultado de alguma atividade humana gera impactos em um ecossistema.

Conservação da biodiversidade

A conservação da diversidade Biológica consolidou em três grandes grupos as diferentes formas possíveis de conservação: a clássica, com o estabelecimento de áreas com restrição de acesso e uso, a de uso sustentável e a repartição de benefícios oriundos do uso da biodiversidade.

Imagem relacionada

Essa conservação da biodiversidade é feita através de diversos recursos que protegem os animais e as plantas.

Iniciativas de proteção de espécies

É a colaboração para a conservação do ecossistema onde a espécie habita, pois boa parte das ameaças à integridade da espécie provém da destruição de seu habitat. Um bom exemplo é o projeto de recuperação das populações do mico-leão-dourado.

Vídeo sobre Conservação da biodiversidade:

Tecnologias ambientais

Tecnologia ambiental é a aplicação das ciências ambientais para a proteção e conservação da natureza, espaço natural ou biodiversidade, no sentido de prevenir ou mitigar os impactos negativos do homem no ambiente.

Resultado de imagem para Tecnologias ambientais

Nos tempos atuais, a tecnologia ambiental ganhou uma nova força, no sentido de corresponder as necessidades impostas pelo desenvolvimento sustentável.

Objetivos da Tecnologia Ambiental

Tecnologia ambiental ou tecnologia verde é a aplicação das ciências ambientais para a proteção e conservação da natureza, espaço natural ou biodiversidade, no sentido de prevenir ou mitigar os impactos negativos do homem no ambiente. Nos tempos atuais, a tecnologia ambiental ganhou uma nova força, no sentido de corresponder as necessidades impostas pelo desenvolvimento sustentável.

Vídeo sobre Tecnologias ambientais:

Noções de saneamento básico

O saneamento básico é o que todas as pessoas tem direito a ter em relação a limpeza e higiene, com água encanada, esgotos feitos com tubulações embaixo do chão, coleta de lixo, limpeza de rua e outros.

Sendo que as pessoas são asseguradas por lei e todas as pessoas tem direito a ter e receber esses serviços.

Saneamento Básico no Brasil

No brasil o saneamento básico ainda é muito precário, chegando a ser de péssima qualidade, sendo que em grandes capitais funciona de uma boa forma mas deixa muito a desejar ainda. Em cidades pequenas funciona da mínima forma possível.

Vídeo sobre Noções de saneamento básico:

Noções de legislação ambiental da água

A água é considerada um bem de domínio público e um recurso natural limitado, dotado de valor econômico.

Resultado de imagem para água

A Lei prevê que a gestão dos recursos hídricos deve proporcionar os usos múltiplos das águas, de forma descentralizada e participativa, contando com a participação do Poder Público, dos usuários e das comunidades. Determina que, em situações de escassez, o uso prioritário da água é para o consumo humano e para a dessedentação de animais.

Vídeo sobre Noções de legislação ambiental da água:

Noções de legislação ambiental de florestas

As lei ambientais da floresta faz a proteção das matas do nosso país de acordo com as leis  a serem seguidas.

Resultado de imagem para florestas

Essa proteção é feita a través da lei federal 4.771/65.

Lei federal 4.771/65

Art. 1° As florestas existentes no território nacional e as demais formas de vegetação, reconhecidas de utilidade às terras que revestem, são bens de interesse comum a todos os habitantes do País, exercendo-se os direitos de propriedade, com as limitações que a legislação em geral e especialmente esta Lei estabelecem. Parágrafo único. As ações ou omissões contrárias às disposições deste Código na utilização e exploração das florestas são consideradas uso nocivo da propriedade (art. 302, XI b, do Código de Processo Civil). § 1o As ações ou omissões contrárias às disposições deste Código na utilização e exploração das florestas e demais formas de vegetação são consideradas uso nocivo da propriedade, aplicando-se, para o caso, o procedimento sumário previsto no art. 275, inciso II, do Código de Processo Civil. (Renumerado do parágrafo único pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001) § 2o Para os efeitos deste Código, entende-se por: (Incluído pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001) (Vide Decreto nº 5.975, de 2006) I – pequena propriedade rural ou posse rural familiar: aquela explorada mediante o trabalho pessoal do proprietário ou posseiro e de sua família, admitida a ajuda eventual de terceiro e cuja renda bruta seja proveniente, no mínimo, em oitenta por cento, de atividade agroflorestal ou do extrativismo, cuja área não supere: (Incluído pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001) a) cento e cinqüenta hectares se localizada nos Estados do Acre, Pará, Amazonas, Roraima, Rondônia, Amapá e Mato Grosso e nas regiões situadas ao norte do paralelo 13o S, dos Estados de Tocantins e Goiás, e ao oeste do meridiano de 44o W, do Estado do Maranhão ou no Pantanal mato-grossense ou sul-mato-grossense; (Incluído pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001) b) cinqüenta hectares, se localizada no polígono das secas ou a leste do Meridiano de 44º W, do Estado do Maranhão; e (Incluído pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001) c) trinta hectares, se localizada em qualquer outra região do País; (Incluído pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001) II – área de preservação permanente: área protegida nos termos dos arts. 2o e 3o desta Lei, coberta ou não por vegetação nativa, com a função ambiental de preservar os recursos hídricos, a paisagem, a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo e assegurar o bem-estar das populações humanas; (Incluído pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001) III – Reserva Legal: área localizada no interior de uma propriedade ou posse rural, excetuada a de preservação permanente, necessária ao uso sustentável dos recursos naturais, à conservação e reabilitação dos processos ecológicos, à conservação da biodiversidade e ao abrigo e proteção de fauna e flora nativas; (Incluído pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001) IV – utilidade pública: (Incluído pela Medida Provisória nº 2.166-67, de 2001)

Vídeo sobre Noções de legislação ambiental de florestas:

Noções de legislação ambiental de unidades de conservação

O Brasil é um país que possui ampla legislação ambiental em todas as esferas de poder público: federal, estadual e municipal. Cada uma destas esferas possui determinadas atribuições que se não forem pensadas em conjunto, não surtirão efeito. Um ambiente ecologicamente equilibrado é um direito de todos enquanto cidadãos.

Portanto, a proteção ambiental deve ser pensada, ao mesmo tempo, nas três esferas de poder público para que sejam praticadas ações e promovido o perfeito uso dos bens ambientais em áreas cada vez maiores, pois assim, além de conservar o meio ambiente, a qualidade de vida de toda a sociedade estará sendo melhorada. Para tanto existem diversas categorias de Unidades de Conservação, tanto de uso direto quanto de uso indireto.

Vídeo sobre Noções de legislação ambiental de unidades de conservação:

Noções de legislação ambiental de biodiversidade

A diversidade biológica, a despeito de sua notória complexidade científica, foi definida pela Convenção sobre Diversidade Biológica,

Resultado de imagem para biologia

sendo que variabilidade de organismos vivos de todas as origens, compreendendo, dentre outros, os ecossistemas terrestres, marinhos e outros ecossistemas aquáticos e os complexos ecológicos de que fazem parte: compreendendo ainda a diversidade dentro de espécies, entre espécies e de ecossistemas.

Direito do meio ambiente

O objetivo do direito do meio ambiente, por sua finalidade aparente e característica de preservação da natureza, leva fundamentalmente, à proteção do homem, que em conseqüência, possui um direito à conservação da natureza, em complemento aos outros direitos garantidos aos indivíduos.

Vídeo sobre Noções de legislação ambiental de biodiversidade:

FIM

Chegamos ao fim do poste onde fala das Estudo das práticas biológicas, falando e explicando como foi feito até os dias atuais, assim tanto nos estudos quanto na vida pessoal. Se você gostou compartilhe nas redes sociais.

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.

Demonstre Atividades - 2020 | Desenvolvido por Nixem Dev