Tag: Fábulas

A Rã e o Sapo – Fábula para Interpretação

A Rã e o Sapo – Um conto sobre a importância da Prudência

Olá Pessoal! Prontos para mais uma história de Esopo? Nesta fábula conta uma história de três animais, a rã, o rato e o falcão, e a forma como cada um enxerga as oportunidades que aparecem.

A Rã e o Rato

A Rã e o Rato

Um Rato em busca de aventuras corria sem medo próximo a margem de uma lagoa, onde vivia uma Rã.

Quando a Rã viu o Rato, ela nadou até a margem, e disse coachando:

“Você não quer me visitar? Prometo que, se aceitar meu convite, não vai se arrepender…”

Bem educado, o Rato aceitou a oferta sem pestanejar. Queria conhecer o mundo em seus maiores detalhes, e aquela parecia uma boa oportunidade.

Porém, consciente de que não sabia nadar, e que não era um animal da água, acabou por dizer que não entraria na lagoa sem ajuda.

Pensando em como ajudá-lo, a Rã teve uma ótima ideia. Amarrou uma das patas do Rato em sua fibra de junco, pulou dentro da lagoa com seu ingênuo companheiro.

Satisfeito, o Rato desejava o quanto antes voltar para terra firme. Mas o traiçoeiro anfíbio tinha outros planos. Aproveitando-se do fato de que ele estava preso a ela, a Rã puxou para as profundezas do lago, para afogá-lo.

Contudo, para a infelicidade do animal, um Falcão sobrevoava o lago, e percebeu tanto o Rato que boiava na água, como a Rã que tentava se desprender da fibra que a prendia ao já morto animal.

Com um voo rasante, suas fortes garras seguraram tanto a Rã como o Rato. E um só golpe, a Ave de rapina capturou ambos, com um farto jantar naquele dia.

Moral: Aquele que sempre procura prejudicar os outros através de suas próprias artimanhas, acaba machucando a si mesmo.

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

Questionário

  1. Quais os principais personagens do texto?
  2. 2. Quais sentimentos humanos você identifica na rã?
  3. 3. E na ave?
  4. O que fez o rato entrar na água?
  5. 5. Bem educado, o Rato aceitou­ substitua o termo em destaque por outro
  6. com mesmo sentido.
  7. 6. Mencione os adjetivos que são descritos para o rato no texto.
  8. 7. Mas a traiçoeira Rã tinha outros planos. Qual o sentido da palavra
  9. sublinhada?
  10. 8. qual a classificação animal da rã, do rato e falcão?
  11. 9. Como você entende a moral da história?
  12. 10.Em sua opinião, a rã teve uma postura correta?

Se você quer utilizar este material em sala de aula, use as fichas a seguir, tanto em sua versão .PDF como as imagens em PNG.

Versão do Aluno

Versão do Professor

Ficha para Impressão – Versão do Aluno

Ficha para Impressão – Versão do Professor

Gostaram da fábula? Na vida, sempre devemos buscar por oportunidades, mas sem prejudicar outras pessoas. E menos ainda, se aproveitar da ingenuidade de outros. Este tipo de atitude, cedo ou tarde, sempre pode se voltar contra nós, então procure sempre ser honesto e claro em suas atitudes.

Obrigado por acompanharem até aqui. Continuem com paz e luz e até a próxima fábula!

A Mulher e Sua Galinha – Fábula para Interpretação

A Mulher e Sua Galinha – Uma história sobre Paciência

Olá pessoal, tudo beleza? Hoje vamos contar uma história muito curiosa de Esopo, sobre uma galinha e de como uma mulher queria forçar ela a produzir ovos além de sua capacidade.

A Mulher e sua Galinha

A Mulher e sua Galinha

Uma mulher do campo tinha uma galinha especial, pois todos os dias, botava um ovo. Vendo esta situação, ela não deixava de pensar em formas que fizessem a galinha colocar dois ovos por dia.

Determinada a atingir seu objetivo, passou a alimentar sua galinha com rações reforçadas, duas vezes mais do que o normal ao dia.

Desde então, a galinha comia sem parar. E com o tempo, não botou mais ovo algum, já que estava gorda e preguiçosa.

Moral: É melhor ter pouco e aproveitar bem do que não ter nada.

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

A Mulher e sua Galinha

Questionário

  1. Qual a principal ideia expressada no texto?
  2. Você consegue identificar os sentimentos humanos no texto?
  3. De acordo com o texto, o que a mulher faz para ganhar mais ovos?
  4. E o que aconteceu no final, com a galinha?
  5. Aponte três substantivos.
  6. Identifique três verbos
  7. Localize três adjetivos
  8. passou a alimentar sua galinha com rações reforçadas, duas vezes mais do que o normal ao dia. – na frase em destaque, quem é o sujeito da frase?
  9. Qual a classe gramatical da palavra galinha?
  10. Determinada a atingir seu objetivo – substitua o termo por outro termo de coesão.

Para utilizar este material em sala de aula, você pode optar pelas versões em .PDF ou as imagens em .PNG. Veja a seguir.

Versão do Aluno

Versão do Professor

Ficha para Impressão – Versão do Aluno

Ficha para Impressão – Versão do Professor

Que triste esta história, não é mesmo? Como vimos, nem tudo pode ser no ritmo que queremos. Sendo seres e pessoas diferentes, cada um possui o seu ritmo, e dentro destas possiblidades, oferecem aquilo que tem de melhor. Portanto, descubra quais são os seus limites, para que possa dar o seu melhor a cada dia!

Obrigado por tudo, muita luz, energia e paz! E até a próxima fábula!

A Partilha do Leão – Fábula para Interpretação

A Partilha do Leão – Uma Fábula sobre Poder

Olá pequenos e nem tão pequenos! Preparados para mais uma história de Esopo? A de hoje tem um clima mais assustador que as outras, e conta uma história de um leão, uma raposa, um chacal e um lobo, que resolveram caçar juntos e como a força é usada para se conseguir o que quer.

A Partilha do Leão

A Partilha do Leão

Em um dia de forte sol, quatro animais saíram para caçar juntos. De comum acordo, todos decidiram que iriam dividir tudo aquilo que encontrassem. Os animais eram o Chacal, o Leão, a Raposa, e o Lobo.

Pouco tempo depois de selarem o acordo, o Lobo conseguiu capturar um cervo. Reunindo os companheiros, ele cumpriu sua parte do acordo, deixando sua captura para que todos fizessem a partilha.

Contudo, o Leão tomou a liderança na decisão sem que ninguém o tivesse nomeado como tal. Por ele mesmo, decidiria quem ficaria com cada pedaço.

Embora parecesse imparcial, o Leão tratava os demais companheiros de caçada como seus subordinados. E representando a todos, começou a partilha do cervo.

“Um”, ele contou mostrando para seus “colegas” uma de suas garras, “que sou eu mesmo, o Leão. “Dois, esta é para o Lobo; três, esta para o Chacal, e finalmente a Raposa fica em quarto.”

Cuidadosamente, o Leão dividiu a presa em quatro partes iguais para todos.

“Eu sou o Rei Leão,” disse ele ao final da divisão, “logo, sem sombra de dúvidas, Eu tenho direito a primeira parte. A segunda parte também me pertence porque sou o mais forte, e a outra por eu ser o mais valente.”

O Leão olhava para os demais de forma agressiva. E com as garras soltas e apontadas para os três, ele ameaça: “Caso algum de vocês não concorde com a minha divisão, é bom se manifestarem!” O que se seguiu por um silêncio de todos…

Moral: Infelizmente, as Leis tendem a ser feitas pelos mais Poderosos

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

A Partilha do Leão

Questionário

  1. Qual a principal ideia expressada no texto?
  2. Explique com suas palavras a moral da história.
  3. Podemos identificar sentimentos humanos na história?
  4. De acordo com o texto, qual foi à postura do lobo em relação ao acordado?
  5. Após ter feito a divisão, como agiu o leão?
  6.  Os outros animais fizeram alguma coisa contra o leão? Por qual motivo?
  7. 7. Identifique no texto adjetivos, os quais o leão próprio se deu.
  8. 8. Na frase “Eu sou o Rei Leão,” como podemos classificar o termo em
  9. destaque.
  10. 9. agindo como se todos fossem seus subordinados ­ qual o sinônimo da
  11. palavra em destaque.
  12. 10. Qual frase no texto representa a superioridade do leão.

Se quiser utilizar este material diretamente em sala de aula, use as versões para alunos e professores a seguir. Salve e imprima da maneira que quiser.

Versão do Aluno

Versão do Professor

Ficha para Impressão – Versão do Aluno

Ficha para Impressão – Versão do Professor

A história, um pouco mais pesada, mostra uma natureza um tanto próxima da nossa realidade, sobre o que é poder e como as pessoas utilizam a força que possuem para fazer coisas erradas. Mas lembrem-se mesmo que exista alguém poderoso, em nada deve afetá-lo quanto a sua liberdade e felicidade.

Se em algum momento algo te incomodar, não deixe de comunicar sua família e seus professores. Pois a justiça é para todos e a verdadeira união faz a força e tamanho nunca é documento. Até a próxima fábula!

A Mulher e o Balde de Leite – Fábula para Interpretação

A Mulher e o Balde de Leite – Uma Fábula sobre Expectativas

Olá pessoal! Vamos para mais uma fábula hoje? A história da vez tem como objetivo nos mostrar como que pessoas que fazem planos muito precipitadamente podem acabar se surpreendendo!

A Mulher e o Balde de Leite

A Mulher e o Balde de Leite

Uma jovem e bela leiteira voltava do campo com um balde de leite, cheio até quase o topo, recentemente tirado das vacas. O balde transbordava, mas em nada abalava a moça, que balançava sua cabeça de maneira graciosa para se equilibrar.

Caminhando feliz de vida, a cabeça da jovem não parava de pensar. E sem prestar atenção à sua volta, organizar as atividades nas quais tinha interesse para os próximos dias.

Ela refletia consigo mesma:

“Este bom e rico leite me dará um formidável creme para manteiga. A manteiga eu levarei ao mercado, e com o dinheiro comprarei uma porção de ovos para chocar. E como serão lindos os pintinhos ao nascerem. Já posso vê-los correndo e ciscando pelo terreiro.”

“Quando o dia primeiro de maio chegar, eu venderei os pintinhos para todo mundo, e com o dinheiro comprarei um belo vestido novo. Com ele, quando for ao mercado, com certeza serei o centro das atenções. Todos os rapazes olharão para mim. Eles então virão e tentarão me paquerar, mas eu imediatamente mandarei todos cuidarem de suas vidas!”

Enquanto ela imaginava com exatidão todos os acontecimentos futuros de sua vida, jogou sua cabeça despreocupada para trás, derrubando o balde com o leite sem querer.

Com o leite derramado e absorvido pela terra, lá se foram a manteiga, os ovos, os pintinhos, o vestido novo, e todo seu orgulho de leiteira.

A Mulher e o Balde de Leite

Moral: Não conte com os pintinhos se eles sequer saíram do ovo.

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

Questionário

  1. Qual a principal ideia expressada no texto?
  2. Explique com suas palavras a moral da história.
  3. Aponte três substantivos.
  4. De acordo com o texto, o que acontece de inicio para que ela começasse a sonhar?
  5. E ainda segundo o texto, qual foi o fato que a fez acordar?
  6. Aponte os significados da palavra “leiteira”.
  7. Escreva uma frase, em que a palavra “leiteira” aparece em sentido diferente do texto.
  8. Identifique o trecho que o verbo “ser” aparece no futuro do presente.
  9. despreocupada, jogou para trás a cabeça – o que significa o termo em destaque.
  10. Reescreva a frase sem perder o sentido da palavra.

Caso queira utilizar estes materiais diretamente em sala de aula, você pode conferir as fichas tanto para alunos como professores a seguir. Baixe e Imprima da maneira que achar melhor.

Versão do Aluno

Versão do Professor

Ficha para Impressão – Versão do Aluno

Ficha para Impressão – Versão do Professor

E aí, gostaram? Tomar cuidado com as expectativas é essencial para que não se cometa erros que mudem completamente os seus planos. Se você não cria-las em um nível muito grande, as chances de se diminuir as frustrações, e mesmo se deixar surpreender, se tornam ainda melhores. Então, tome sempre cuidado com as expectativas.

Quer mais histórias assim? Então não deixe de assinar o canal e conferir também o nosso blog! Estamos cada vez com mais fábulas e textos maravilhosos! Até a Próxima!

A Mula Vaidosa – Fábula para Interpretação

A Mula Vaidosa – Uma História para Reflexão

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Vamos para mais uma fábula? Desta vez, a fábula conta a história de uma mula que pelo seu orgulho e vaidade não enxergava sua verdadeira origem.

Vamos para a história?

A Mula Vaidosa

Em um curral, uma mula vivia de forma sempre folgada. Por não trabalhar, e mesmo assim receber uma boa quantidade de milho para seu alimento, se considerava privilegiada.

Graças a essa posição, a mula era muito vaidosa, sentindo-se o animal mais importante no local.

Gostava repetir para si mesma, exacerbada em orgulho: “Meu pai, certamente, deve ter sido um grande e Belo Raça Pura. Sinto-me orgulhosa por ter herdado toda sua graciosidade, resistência, espírito e superioridade…”

Moral: Ao desejar ser aquilo que não somos, estamos plantando dentro de nós a semente da frustração.

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

A Mula Vaidosa

Questionário

  1. Qual a principal sentimento expressado no texto?
  2. Explique com suas palavras a moral da história.
  3. Porque a mula se sentia diferente das outras?
  4. De acordo com o texto, o que aconteceu para a mula perceber a verdade?
  5. O que seria uma mula?
  6. Belo Raça Pura…. O que seria o termo em destaque?
  7. “Meu pai, certamente, deve ter sido um grande e Belo Raça Pura” ­- Reescreva substituindo o termo em destaque, sem que se perca o sentido da frase.
  8. Aponte três adjetivos no texto.
  9. Qual a classe verbal da palavra “tenha”?
  10. Qual antônimo da palavra “privilegiada”?

Para usar em aula, utilize as fichas para alunos e professores abaixo.

Versão do Aluno

Versão do Professor

Ficha para Impressão – Versão do Aluno

Ficha para Impressão – Versão do Professor

E aí, o que achou? Esta fábula de Esopo mostra o quanto devemos tomar cuidado com pretensões e supostos privilégios, para não cair em armadilhas criadas por nós mesmos. Sendo humilde consigo mesmo, você perceberá muito mais dentro de si.

Quer mais histórias assim? Então não deixe de conferir as outras! Estamos cada vez com mais coisas bacanas na área! Obrigado por tudo e até a próxima!

A Lebre e o Cão de Caça – Fábula para Interpretação

A Lebre e o Cão de Caça – Um conto sobre o Apreço pela Vida

Olá pessoal, tudo bem? Hoje trazemos uma fábula um pouquinho diferente da anterior, sobre As Duas Cabras. Aqui, vamos mostrar como o valor pela vida pode ser mostrado não com orgulho, mas com auto-preservação. A fábula A Lebre e o Cão de Caça conta a história de um cão de caça, um pastor de cabras e uma lebre e como cada um pode enxergar a mesma situação por um lado diferente.

Leia e Interprete a Fábula a seguir, bem como sua moral. Em seguida, responda o questionário sobre a história.

A Lebre e o Cão de Caça

A Lebre e o Cão de Caça

Certa vez, um Cão de Caça fez uma Lebre sair de sua toca. E depois de uma longa perseguição, o Cão desistiu da caça, exausto diante de tanta correria.

Enquanto passava pela floresta, Um Pastor de Cabras percebeu a postura abatida e prostrada do cão, e não perdeu tempo em ridicularizá-lo: “Aquele pequeno animal é melhor corredor que você”, disse o pastor.
Ao que o Cão de Caça responde: “você não é capaz de perceber a verdadeira diferença entre eu e ele. Eu corri atrás dele para ter o que comer. Enquanto ele corria para manter sua vida.”

Moral: o que determina a qualidade final de sua tarefa é o motivo pelo qual você a realiza

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

Questionário

  1. Em sua opinião, como você avalia a postura do cão?
  2. De acordo com o texto, como agiu o pastor?
  3. O que acontece no final da história, com a lebre?
  4. Explique a moral da história.
  5. Aquele pequeno animal é melhor corredor que você.” – A quem refere-se o termo grifado?
  6. Identifique três pronomes no texto;
  7. abatida e prostrada”, qual sinônimo da palavra em destaque?
  8. Eu corri” – qual o tempo verbo sublinhado?
  9. Cite um trecho com elemento de coesão, no texto.
  10. Reescreva o trecho que representa uma interjeição.

Dever de Casa

Pesquise raças de cão de caça, e como eles são treinados para essa atividade.

Faça o Download da fábula e material para aluno e professor!

E não deixe de baixar as versões do professor e do aluno, para usar em sala de aula! Elas serão muito úteis para incrementar os estudos dos seus alunos, além de mostrar uma história simples e rápida.

Versão do Professor

Versão do Aluno

Ficha para Impressão – Versão do Professor

Ficha para Impressão – Versão do Aluno

A lebre e o cão de caça - Versão do Aluno

Galeria de Imagens A Lebre e o Cão de Caça

A Lebre e o Cão de Caça pode levar a uma reflexão simples sobre o que é a prudência e o valor à vida. Sabendo como o mundo está hoje em dia, é uma boa forma de garantir uma lição valiosa para cada um deles.

As Duas Cabras – Fábula para Interpretação

As Duas Cabras – Uma lição sobre Orgulho

Olá pessoal, tudo certo? Hoje vamos conhecer mais uma fábula clássica de Esopo: As duas cabras, com uma lição importante que muitas vezes passa despercebida inclusive pelos adultos. Aplicando-a em sala de aula corretamente, você pode surpreender os alunos e abrir o diálogo para diversos questionamentos.

Esta fábula refere-se a duas cabras que terminaram sendo levadas pelas correntezas do rio, porque não podiam deixar de lado suas vaidades e conviver uma com a outra.

Leia e Interprete a fábula. Após a leitura, responda o questionário a seguir.

As Duas Cabras

As Duas Cabras

Em um vale montanhoso, duas cabras brincavam felizes e despreocupadas sobre as pedras. Porém, ambas estavam separadas por um abismo. E em seu fundo, corria um rio, caudaloso, que descia pelas montanhas.

Para cruzar o perigoso espaço, era preciso cruzar o tronco de uma árvore, e esta tinha uma forma muito estreita. Para se ter uma ideia, dois esquilos não eram capazes de atravessar ao mesmo tempo a ponte improvisada sem correr grandes riscos.

Nenhum ser vivo em sã consciência teria de coragem de atravessar aquela travessia instável. Ninguém, exceto as duas Cabras.

O orgulho de ambas era tamanho que uma não suportava a ideia da outra estar diante de si. Era uma afronta, uma ameaça, mesmo que separadas por um perigoso abismo.

Incentivadas por este sentimento, decidiram atravessar o caminho improvisado ao mesmo tempo, e resolverem suas desavenças veladas ali mesmo. Iriam decidir quem deveria ficar naquela garganta. No meio do tronco, as duas se encontraram, e começaram a brigar ali mesmo, acertando uma a outro com seus chifres.

Decididas em sua motivação de supremacia e dominação, as cabras continuavam seu embate sem perceber que, pouco a pouco, seu palco de batalha cedia. E em pouco tempo, o tronco não suportou, e ambas caíram na grota, sendo levadas pela correnteza do rio…

Moral: na maioria das vezes, o ato de abrir mão de uma vaidade pessoal, orgulho ou teimosia, pode nos proporcionar grandes benefícios.

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

As Duas Cabras

Questionário

1. Explique com suas palavras o que entendeu da história.
2. Segundo o texto, como que era o caminho que separava as duas cabras.
3. O que significa a expressão grifada: “… E em seu fundo, corria um rio, caudaloso…”.
4. Aponte três substantivos simples no texto.
5. De acordo com o texto, o que acontece com as cabras no final?
6. Ainda de acordo com o texto, no quinto parágrafo, a palavra ”garganta” apresenta um sentindo figurado. Qual o sentido literal da palavra?
7. Crie uma frase com a palavra “garganta”, no sentido explicado na questão anterior.
8. Identifique os principais adjetivos citados no texto.
9. Qual a principal ideia expressada no texto?
10. O que significa “grota”?

Dever de Casa

Pesquisar sobre o orgulho, vaidade e outros pecados capitais. E incentivar o debate sobre o assunto, que muitas vezes pode envolver o Bullying e outros problemas dentro e fora de sala de aula.

Faça o download da fábula e de nosso questionário!

Você pode aplicar esta fábula em sala de aula com as nossas fichas, tanto para alunos como para professores. Confira as versões em PDF, e nas imagens em PNG.

Versão do Professor

Versão do Aluno

Ficha para o Professor

Ficha para o Aluno

A fábula das Duas Cabras pode ser um interessante estudo para quem busca um entendimento maior sobre si mesmo. Não deixe de aplicar em sala de aula.

A Águia e a Gralha – Fábula para Interpretação

A Águia e a Gralha – Fábula para ensinar valores importantes aos alunos

Olá pessoal, tudo certo? Para nossa fábula da semana – A Águia e a Gralha – temos um conto espantoso sobre a natureza da inveja, e o que a consciência dela pode ensinar aos alunos, para que não caiam no mesmo destino. Saber qual o nosso lugar no mundo nos ajuda a ter mais convicção de nossas atitudes, então ter conhecimento de que não se deve fazer isso tomando o lugar de outros é essencial.

Esta fábula, A Águia e a Gralha, conta a história de uma gralha que tinha muita inveja de uma águia, mas essa sua vontade de ser igual ao outro pássaro fez com que ela se desse muito mal.

Leia e Interprete a Fábula. Após a leitura, responda o questionário seguinte.

A Águia e a Gralha

ae_1-1-5407344-4055488

Certa vez, uma enorme águia, em um voo rasante vindo de seu ninho no alto do penhasco, realizou uma captura perfeita de uma ovelha no pasto. Presa em suas garras afiadas, a ave de rapina a levou para seu ninho.

A Gralha, testemunhando todo o processo, e motivada pela inveja, decidiu fazer o mesmo.

Voou até o ponto mais alto do penhasco para tomar impulso, e ainda mais veloz do que a águia, avançou sobre outra ovelha, tentando agarrá-la com suas garras tal como a ave de rapina fizera.

Contudo, suas garras eram pequenas e bem mais fracas, e ao se chocar com a espessa lã da ovelha, elas acabaram embaraçadas. A gralha tentou se soltar com todas as forças que podia, mas não obteve sucesso, se prendendo por completo no manto do animal.

O Pastor que cuidava das ovelhas, percebendo o que ocorrera em seu campo, conseguiu capturar a ave. E sem pensar duas vezes, ele cortou as penas da gralha, e assim ela não poderia mais voar.

De noite, o pastor das ovelhas levou a gralha para seus filhos, como um novo brinquedo para elas.

“Que pássaro engraçado é esse?”, uma das crianças perguntou.

“Ele é uma Gralha, meus pequenos. Só que se você perguntar a ele, dirá que é uma águia.”

Moral: Nossa ambição nunca deve nos levar além dos nossos limites.

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

Responda as questões a seguir:

  1. No trecho… “em um voo rasante vindo de seu ninho no alto do penhasco”.., como podemos substituir o termo em destaque , sem prejudicar o sentido da frase?
  2. Explique, com suas palavras, o que entendeu da moral história.
  3. Do ponto de vista biológico, as aves podem ser consideradas do mesmo porte?
  4. De acordo com o texto, qual castigo foi aplicado à gralha?
  5. Qual lição o pastor quis mostrar ao seu filho, com a frase: “Ele é uma Gralha, meus pequenos. Só que se você perguntar a ele, dirá que é uma águia.”.
  6. Identifique e classifique o tipo de sujeito da frase: “ele cortou as penas da gralha”.
  7. Explique: o que é um Pastor de Ovelhas?
  8. Quais sentimentos podemos identificar nos personagens?
  9. Monte uma frase em que o adjetivo espessa, é usada no mesmo sentido do texto: “e ao se chocar com a espessa lã da ovelha, elas acabaram embaraçadas”.
  10. Quais palavras, podemos identificar no 4º paragrafo, como adjetivos?

Dever de Casa

Pesquisar sobre a vida das águias e das gralhas, seus habitat, alimentação e etc.

Faça o download desta fábula e atividade!

Para aplicar a fábula em sala de aula, você pode usar fichas específicas tanto para os alunos como para você. Confira as versões em PDF abaixo, e as versões em imagens, para imprimir ou usar em aparelhos mobile como desejar.

Versão do Aluno

Versão do Professor

Ficha de Atividade de Interpretação para o Aluno:

Ficha do Professor:

Gostou da fábula? Não deixe acompanhar o Demonstre. Teremos muito mais fábula e outras lendas para incentivar as atividades dos alunos nas formas mais variadas.

A Lebre e a Tartaruga – Fábula para Interpretação

A Lebre e a Tartaruga – Uma Fábula Clássica

Hoje vamos conhecer uma das fábulas mais clássicas e bem conhecidas do pulico: A lebre e a tartaruga, que conta um dos aspectos da vida que na fase escolar começam a aparecer com cada vez mais frequência. Ela é tão fácil e simples de ser compreendida pelas crianças quanto a nossa  última fábula, então pode ser aplicada regularmente nos ensinos.

Esta fábula conta a história da lebre e da tartaruga, e como nunca devemos menosprezar um adversário ou ainda duvidar da capacidade das outras pessoas.

Leia e Interprete a Fábula a seguir, e responda ao questionário logo após o fim do texto.

A Lebre e a Tartaruga

Um certo dia, numa floresta, a Lebre ridicularizou as pernas curtas e a lentidão da Tartaruga. Sorridente, a tartaruga respondeu: “você acredita ser rápida como o vento; Contudo, eu acredito que se estivéssemos em uma corrida, eu venceria.”

A Lebre e a Tartaruga

A Lebre, obviamente, achou tal afirmação absurda e improvável de acontecer. Mas aceitou o desafio, confiante de sua vitória.

Ambos convidaram a Raposa para que fosse o juiz da competição, além de definir o trajeto e o ponto de chegada. Com dia e hora marcada, a Lebre e a Tartaruga foram ao ponto inicial.

E enfim foi dada a largada. A Tartaruga, com seu passo naturalmente lento, seguiu focada, com passos firmes e incansáveis. Enquanto isso, a Lebre, que já estava em uma vantagem enorme graças a sua velocidade, simplesmente tirou um cochilo.

Quando acordou, a Lebre percebeu que tinha perdido a noção do tempo, e mesmo com toda sua velocidade, a Tartaruga já havia passado a linha de chegada, descansando tranquila em local mais arejado.

Moral: Ao trabalhador que realiza seu trabalho com zelo e persistência, sempre o êxito o espera

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

Vamos para o questionário? Veja as questões a seguir e deixe a compreensão do conteúdo ainda melhor para os alunos.

  1.  Qual a principal ideia expressada no texto?
  2.  Explique a moral da história.
  3.  De acordo com o texto, qual o animal era juiz da corrida?
  4.  Cite sinônimos da palavra juiz.
  5.  O que aconteceu após a largada?
  6.  Aponte três substantivos.
  7.  Aponte três verbos
  8.  Quando acordou, a Lebre percebeu… O que significa o termo grifado?
  9.  “Você acredita ser rápida como o vento; Contudo, acredito que se estivéssemos em uma corrida, eu venceria.” – A quem refere-se o termo EU?
  10.  Identifique no 5º parágrafo, três adjetivos.

Dever de Casa:

Convide seus alunos a pesquisar situações da vida real que sejam semelhantes ao exemplo da fábula nos mais diversos contextos.

Faça o download desta fábula e do nosso questionário!

Para facilitar a aplicação da fábula em sala de aula, baixe as versões para o professor e a para o aluno da fábula.

Versão do Aluno

Versão do Professor

A Lebre e a Tartaruga

Não deixe de aplicar para seus alunos, eles vão adorar!

A Galinha e os Ovos de Ouro – Fábula para Interpretação

Olá pessoal, tudo bem? Na nossa série de fábulas, que agora volta com tudo, vamos trazer uma cujos elementos são bem familiares para quem gosta de uma certa história infantil, bem fácil de ser reconhecida. Hoje, vamos conhecer a clássica fábula da Galinha e os Ovos de Ouro.

Este texto tem como objetivo nos contar a fábula da galinha e dos ovos de ouro e como a ganância pode ser prejudicial ao ser humano.

Leia e Interprete a fábula e a sua moral, e responda as perguntas a seguir.

A Galinha e Os Ovos de Ouro

A Galinha e O Ovos de Ouro

Há muito tempo, em uma fazenda afastada da cidade, um casal de camponeses descobriu que uma de suas galinhas botava ovos de ouro, todos os dias, no mesmo horário e sem atrasos.

Ao perceberem o que tinham, e motivados pela ganância, o casal simplesmente sacrificou o pobre animal, acreditando que dentro dele haveria uma grande reserva de ouro, suficiente para torná-los ricos da noite para o dia.

Para a infelicidade dos dois, não havia nada de diferente dentro da galinha dos ovos de ouro em relação as outras do galinheiro. E graças ao desejo do casal em enriquecer rapidamente, eles ficaram sem uma fonte valiosa que já oferecia os recursos que eles precisavam.

Moral: Quem tudo quer, Tudo perde

Autor: Esopo
Adaptação: Felipo Bellini Souza

Para complementar a compreensão da fábula, responda as seguintes perguntas:

  1. Qual o principal sentimento expressado no texto?
  2. Explique com suas palavras qual a moral da história.
  3. Aponte três substantivos.
  4. De acordo com o texto, o que tinha a galinha de diferente das outras?
  5. O que aconteceu ao abrir a galinha?
  6. “o casal simplesmente sacrificou o pobre animal…” Qual o tempo verbal da palavra sublinhada?
  7. Identifique um adjetivo no texto.
  8. E graças ao desejo do casal em enriquecer rapidamente. … De acordo, com o texto o que significa a palavra em destaque?
  9. Reescreva a frase acima com suas palavras, mas de forma que o sentido seja mantido.

Dever de Casa

Pesquise outras histórias semelhantes ao tema da fábula.

Para aplicar esta atividade diretamente para os alunos, você pode baixar as nossas versões do exercício tanto em .pdf abaixo, ou as imagens em PNG:

Versão para o Aluno

Versão par o Professor

Atividade de Interpretação para o Aluno:

Ficha de Atividade para o Professor:

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.

Demonstre Atividades - 2020 | Desenvolvido por Nixem Dev