Tipos de redação: as construções mais comuns nas provas

Os tipos de redação tem bastante peso nas provas que dão acesso à Universidade. Para escrever uma boa redação, o fundamental é ler e praticar. Vamos conhecer

Tipos de Redação

Para escrever uma boa redação, é importante estar atento ao planejamento, estrutura do texto, o uso correto da língua e às regras essenciais da coerência e da coesão.

Tipos de Redação: Definição

Para se produzir uma boa redação, não existem fórmulas mágicas ou técnicas especiais. Se você dominar a norma culta e as regras, será uma grande passo.

As regras são as seguintes: lembre-se dos pontos estruturais (começo, meio e fim) distribua as ideias de maneira correta em cada período do texto.

As redações podem ser dissertativas, descritivas ou narrativas. Cada tipo de texto requer um cuidado especial.

Tipos de Redação: Dissertação

Tipos de redação: as construções mais comuns nas provas

A dissertação é um texto argumentativo em que o escritor disserta sobre determinado assunto, porém sempre com um teor opinativo.

O texto dissertativo é pautado na exposição de ideias, argumentos e ponto de vista do locutor.

Apresenta uma estrutura básica dividida em três partes: introdução (tese), desenvolvimento (antítese) e a conclusão (nova tese).

Introdução é o momento em que se apresentam as ideias que serão defendidas ao longo do texto.

No desenvolvimento, se desenvolvem as ideias anteriormente apresentadas, de modo a convencer o leitor por intermédio de argumentos sólidos

Já na conclusão, elabora-se um desfecho coerente do desenvolvimento com base nos argumentos apresentados.

Na dissertação, é permitido ao autor acrescentar julgamentos ou opiniões para defender sua ideia, desde que se transmitam credibilidade e consistência.

Tipos de Redação: Descrição

texto-descritivo-7201852-6617411

A descrição é um texto baseado na exposição/relato de objetos, pessoas, lugares, acontecimentos.

É um texto baseado na narração minuciosa na qual o locutor oferece uma impressão sobre algo.

A descrição pode ser objetiva que é descrição direta, simples, concreta ou subjetiva quando há emoção presente.

Tipos de Redação: Narração

narrativa-1868309-2654644

A característica mais marcante da narração é que neste tipo de texto o locutor conta ou narra um fato, uma história.

Os elementos básicos de uma narração são: enredo, tempo, espaço e personagens.

A narrativa é feita por meio de um narrador, o qual pode ser narrador personagem (1ª pessoa), narrador observador (3ª pessoa) ou narrador onisciente (1ª e 3ª pessoa).

Não obstante, o narrador personagem participa da história enquanto o narrador observador não participa da história.

Já o narrador onisciente conta a história em 3ª pessoa e pode intervir na narrativa por meia da 1ª pessoa.

A narração de fatos fictícios não tem compromisso com a realidade e permite inventar e criar fatos de acordo com a imaginação de quem relata.

Todo texto narrativo de acordo com uma ação praticada por personagens e conta com dois elementos principais: tempo e lugar.

Tipos de redação: Atividade

A diva

Vamos ao teatro, Maria José?

Quem me dera,

desmanchei em rosca quinze kilos de farinha,

tou podre. Outro dia a gente vamos.

Falou meio triste, culpada,

e um pouco alegre por recusar com orgulho.

TEATRO! Disse no espelho.

TEATRO! Mais alto, desgrenhada.

TEATRO! E os cacos voaram

sem nenhum aplauso.

Perfeita.

PRADO, A. Oráculos de maio. São Paulo: Siciliano, 1999.

Os diferentes gêneros textuais desempenham funções sociais diversas, reconhecidas pelo leitor com base em suas características específicas, bem como na situação comunicativa em que ele é produzido. Assim, o texto A diva

a) narra um fato real vivido por Maria José.

b) surpreende o leitor pelo seu efeito poético.

c) relata uma experiência teatral profissional.

d) descreve uma ação típica de uma mulher sonhadora.

e) defende um ponto de vista relativo ao exercício teatral.

Resposta: letra B

Sobre as características dos gêneros textuais, é INCORRETO afirmar que:

a) Os gêneros textuais desempenham funções sociais diversas, reconhecidas pelo leitor com base em suas características específicas, bem como na situação comunicativa em que ele é produzido.

b) Os gêneros textuais são estruturas relativamente padronizadas que variam de acordo com as várias situações comunicativas.

c) Os gêneros textuais são estruturas bem definidas, limitadas, e podem apresentar-se sob a forma de cinco diferentes tipos de texto.

d) Os gêneros textuais podem ser representados na linguagem verbal e não verbal, em anúncios publicitários, charges, tirinhas e também em reportagens, notícias, e-mails, etc.

e) Os gêneros textuais, por adequarem-se às necessidades linguísticas dos falantes de acordo com as mudanças históricas e sociais, são incontáveis, diferentemente do que acontece com os tipos textuais.

Resposta: alternativa C

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demonstre Atividades

Demonstre Atividades é um Portal Educacional focado em conteúdo e atividades para professores.