Aula de inglês realmente faz diferença? É possível aprender inglês sozinho? Existem dicas para garantir esse aprendizado? Confira neste artigo!

Aprender inglês sozinho é possível, no entanto para isso é fundamental acompanhar as aulas de inglês, receber e aplicar dicas, buscar uma metodologia eficiente para você, estar motivado aprender o inglês.

As aulas de inglês podem ajudar muito e podem ser online, podem ser no YouTube, através de aulas transcritas em PDF e através de sites.

O inglês é a base de tudo e você vai precisar dele, então busque aulas de inglês que com certeza irão te ajudar consideravelmente em todos os âmbitos da sua vida.

Aula de Inglês

Hoje se tornou muito difícil conseguir um bom emprego, fazer uma viagem ao exterior e até mesmo se comunicar com turistas, sem o inglês. Pode dizer que o inglês não é só uma língua, mas também uma ferramenta de trabalho que abre muitas portas profissionais em todas as áreas.

Além disso, com todo o avanço tecnológico e tanta informação disponível, o inglês vai ajudar a se informar melhor sobre assuntos específicos, fazer cursos no exterior e para fazer as viagens tão sonhadas.

Aqui no Brasil, muitas empresas pedem Inglês intermediário como pré-requisito para vagas de atendimento, recepcionista, vendedor, etc. Sendo assim, se você deseja alçar voos altos deve-se aprender inglês.

A princípio todo mundo pode aprender inglês e até mesmo sozinho, só precisa ter uma boa metodologia na qual se identifique, determinação e motivação.

Procure aulas no Google, no YouTube, leia sobre inglês, se informe bastante, mas não se prenda na forma tradicional de aprender gramática primeiro, pois esse é um erro que pode te frustrar e te impedir de aprender inglês.

As aulas de inglês devem ser o seu auxílio que vão te direcionar e te nortear sobre o estudo do inglês, mas é imprescindível que você viva o inglês e que você tenha um input em inglês.

Como se aprende Inglês?

O inglês como toda língua, não deve ser aprendido como um conjunto de normas e regras, e sim como aprendemos a língua materna vivenciando o inglês.

Apesar da metodologia mais comum utilizada pelas escolas tradicionais de inglês ser centralizada no aprendizado de regras da língua, ou seja, ensinar os verbos, os pronomes, as conjunções, os advérbios, entre outros parâmetros da gramática. Assim pressupõe-se que dessa forma você será capaz de usar esse conjunto de regras para ler, entender, escrever e falar o idioma.

No entanto, as normas gramaticais que estão nos livros são simplesmente, uma forma de documentar os fenômenos que ocorrem em uma língua, logo as normas gramaticais somente explicam o que já existe e a forma correta para o uso.

Portanto se aprende inglês falando escutando vivenciando. Podemos dizer que aprender inglês é muito semelhante aprender a dirigir um carro, sabemos que aprender a dirigir só estudando a teoria não é possível, da mesma forma que é impossível aprender a dirigir estudando mecânica. Em resumo, se aprende a dirigir dirigindo e se aprende inglês usando o idioma.

A gramática só deve ser aprendida nos níveis avançados, como na língua materna devemos aprender a falar, a ouvir e entender o que está sendo dito, posteriormente a ler e a escrever, por último as regras para a escrita, que é a gramática.

Vale ressaltar que absorvendo inúmeras mensagens no idioma, consequentemente você irá aprender os padrões da língua, de forma que saberá a maneira correta de expressar uma ideia, além disso vai adquirir a gramática de forma natural e o vocabulário já em contexto, vai desenvolver a capacidade de entender o idioma falado e como as palavras se estabelecem em conjunto.

Origem do Inglês

O inglês é uma língua germânica ocidental que nasceu nos reinos anglo-saxônicos da Inglaterra e se espalhou para a região que que hoje corresponde ao sudeste da Escócia, a partir daí com o discorrer dos séculos se estendeu por toda a Inglaterra e por todo o Reino Unido.

O antigo inglês é uma língua preservada em diferentes Fontes como inscrições rúnicas traduções bíblicas complexas e fragmentos variados.

A transição do antigo inglês para o moderno ficou conhecido como Middle English, que aconteceu em 1066 quando o Rei William derrotou o exército dos anglo-saxões e logo determinou o implantou suas leis, sua língua e seu sistema de governo. Com isso, novas palavras foram incorporadas na língua falada popularmente, mais tarde os termos foram adotados na corte e dentre os militares.

Já as primeiras referências do inglês moderno foi em 1550, quando a Grã-Bretanha se tornou um império colonial, assim espalhou-se pelos demais continentes. Em geral, a diferença entre o antigo inglês e o moderno está na forma escrita, na pronúncia, no vocabulário e na gramática, portanto o antigo inglês é uma língua quase irreconhecível em comparação ao inglês moderno.

Quer se preparar para um concurso público dando aula? Veja esse vídeo!

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Confira também as entrevistas que estamos realizando no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

 

10 aulas de Inglês – Iniciando tudo

Estudar inglês sozinho é difícil, ainda mais sem uma direção, então segue abaixo algumas aulas para te introduzir no inglês e te apresentar alguns canais que podem te ajudar nessa jornada de aprendizado. São boa metodologias, seguindo uma linha que te dará a direção para ter fluência em inglês.

Aula de inglês – Aprendendo o Alfabeto

A primeira aula em inglês deve ser introdutória para tal preciso saber qual é a primeira coisa que deve se aprender no primeiro contato com um idioma? O alfabeto, que claro é o nosso primeiro contato com todo e qualquer idioma. Portanto, o primeiro passo é aprender os códigos (letras) que são basicamente os mesmo da língua portuguesa, porém a forma como se pronuncia é totalmente diferente.

Aprenda a forma correta de pronunciar as letras do alfabeto e pratique bastante. Segue abaixo o alfabeto e sua forma de pronunciar:

Aula de Inglês – Números de 1 a 100

Os números são essenciais em qualquer língua, assim como o alfabeto. Então, após aprender o alfabeto, é muito importante para darmos o próximo passo.

Aulas de Inglês – Números ordinais

Nessa fase você provavelmente já conhece os números em inglês, porém como no português há uma maneira correta e diferente de se expressar quando se trata de números ordinais. Os números ordinais são utilizados para definir a ordem ou posição das coisas. Exemplos:

  • I live on the second floor.
  • This is the first day, of my second life.

Além disso, podem ser usados para se referir a datas. Exemplos:

  • What’s the date?
  • It’s the second of May.
  • I was born on the 4th of July.

Vale ressaltar que a maioria terminam com o sufixo “th”. Contudo, existem exceções que acontecem para os números terminados em:

  • 1st – first
  • 2nd – second
  • 3rd – third

Exemplos:

  • 21st – Twenty-first
  • 102nd – One hundred and second
  • 503rd – Five hundred and third

Veja esse e outros exemplos na aula seguinte:

Aula de Inglês – Informações pessoais

Antes de darmos início a conversação, é crucial que saibamos passar as nossas informações pessoais. Embora o vídeo a seguir já tenha mais de 9 anos, lhes garanto que será a melhor forma de se introduzir ao inglês. Este canal Inglês Winner é deveras sensacional para todas as fases do inglês, para quem está iniciando tem uma playlist com 75 vídeos de inglês básico, que devo dizer que me ajudou muito quando comecei a estudar inglês.

Com a metodologia desse curso é possível sentir uma evolução no inglês muito rápido, e o tempo que você levará para aprender só depende de você, as ferramentas estão todas disponíveis, logo você só terá que aplicá-las diariamente.

Lembre-se esforço e dedicação é a base do sucesso. A princípio nesta aula você vai aprender:

  • Qual é o seu nome? Meu nome é ____________.
    What’s your name? My name is ____________.
  • Qual é seu o primeiro nome? Meu primeiro nome é ____________.
    What’s your first name? My first name is ____________.
  • Qual é seu nome do meio? Meu nome do meio é ___________.
    What’s your middle name? My middle name is __________.
  • Qual é o seu último nome? Meu último nome é ___________.
    What’s your last name? My last name is __________.
  • Qual é o seu nome todo? Meu nome todo é ___________________________.
    What’s your full name? My full name is ___________________________.

Aula de Inglês – Apresentação, cumprimento, despedida e verbo To Be

Agora chegou a hora de aprender a colocar em prática aquilo que você já viu e absorveu. Neste próximo passo você aprenderá a se apresentar empregando os cumprimentos e despedidas. Exemplos:

  • Cumprimentos / Greetings
    Hi
    Hello
    Hey ther
    What’s up
    Hey dude
    How are you?
    How are you doing?
    Good morning!
    Good afternoon!
    Good evening!
  • Despedidas / Farewell
    Good night!
    Bye
    Bye bye
    Goodbye
    See you!
    See you later!
    See you soon!
    See you tomorrow
    See you next class

E, claro que não poderia faltar nesse módulo de apresentação, o Verb To Be. Não há como dizer onde está, qual a sua idade e como está sem usar o verb to be, que nada mais é do que o verbo ser/estar.

Exemplo:

How old are you? / What’s you age?
I’m 29 / I am 29

Veja outras formas de Verb To Be e como aplicá-las no vídeo do canal Mais Língua Concept, esse vídeo é a primeira aula de um curso online grátis de inglês excelente.

Aula de Inglês – Novo vocabulário e plural

Neste momento você já conhece o alfabeto, o verbo To Be, os numerais comuns e ordinais, já sabe passar as informações pessoais e se apresentar. Então o próximo passo é adquirir novo vocabulário, aprender o nome dos objetos, como são escritos e pronunciados no inglês, o ideal é que tudo seja feito de forma leve e natural, sem aulas cansativas.

O professor Mr. Diniz preparou um curso de inglês para iniciantes gratuito no canal dele, são aulas de inglês descontraídas, com dicas fundamentais para esse processo de aprendizado.

Aula de Inglês – Textos em Inglês e tradução

O inglês é simples de se aprender, com dedicação e foco é possível estar fluente em inglês em poucos meses. Contudo, é comum que você veja uma dica de que para aprender em inglês você não deve traduzir e isso pode ajudar sim, mas não agora no início. Afinal, como falar e entender inglês sem saber o significado das palavras, ou melhor dizendo, sem saber o que está sendo dito? Impossível.

Logo, essa fase inicial é imprescindível fazer a tradução das palavras, para isso utilize textos com tradução e com áudio para que saiba como pronunciar a palavra a palavra, como também é importante repetir várias vezes até que consiga entender sem a tradução.

Aula de Inglês – Estudando todos os dias

Inglês tem que ser estudado todos os dias, porque aprendemos o português que é a nossa língua assim, com total imersão, ou seja, vivendo essa linguagem. Desde bebês ouvimos nossos pais falando português, as pessoas ao nosso redor, a TV e a maioria das músicas também, portanto isso é um processo natural.

No entanto, ter essa mesma imersão no inglês é muito difícil, a princípio o ideal é estudar um pouco todos os dias, tendo em vista que treinar inglês é de fato a sua melhor chance de ser fluente em inglês.

Então planeje-se para estudar todos os dias, mesmo sem tempo.

Aula de Inglês – Input

Input na tradução literária significa “entrada”, mas no contexto de aprendizado do inglês remete a imersão em inglês como falamos no tópico da aula anterior. Portanto, Input nada mais é do que tudo aquilo que você absorve na língua, principalmente através da leitura e da escrita.

Veja no vídeo do Mairo Vergara, como funciona e como fazê-lo.

Aula de Inglês – Inglês com músicas

E por último a aula mais esperada ou mais comentada: Inglês com música. Sabemos que uma da dicas mais recorrentes, é estudar inglês com músicas, isso porque quando ouvimos, assistimos e fazemos algo que gostamos, não encontramos dificuldades para memorizar. Além disso, ao ouvir e cantar músicas em inglês treinados o speaking e listening, sendo assim temos o famigerado Input.

E segue abaixo novamente um vídeo do canal Inglês Winner, no qual me ajudou muito na trajetória de aprendizado do inglês.

10 dicas rápidas para aproveitar aula de inglês e aprender mais

Organização! Você vai precisar ser organizado dá espaço para o inglês entrar e se estabelecer em sua vida.

Curiosidade – dicas para aula de inglês

Esclareça todas suas dúvidas com o professor e os colegas em fóruns da internet. Vale ressaltar que existem apps de aulas e mediatas que são excelentes, além disso você pode fazer a aula quando quiser, de onde quiser e ainda pode falar com um nativo. Os aplicativos mais conhecidos são o Cambly e o Italki.

Releitura – dicas para aula de inglês

Releia o material de estudo em voz alta, mesmo estando sozinho. Se possível, grave sua leitura e ouça algumas vezes.

Desafio – dicas para aula de inglês

Use a aula de inglês para o seu próprio desafio. Se desafie desde o nível básico ao mais avançado, isso pode ser feito através da leitura de notícias e artigos em inglês.

Associação – dicas para aula de inglês

Associe os assuntos os momentos mais memoráveis para você. Escreva as frases novas para aumentar o seu vocabulário e de acordo com aquilo que você gosta.

Concentração – dicas para aula de inglês

Avalie sua concentração ao estudar Assistindo TV e ouvindo música posteriormente identifique a melhor forma de estudar.

Foco – dicas para aula de inglês

É importante ter foco para não se deixar procrastinar, então retire tudo que pode desviar a sua atenção do seu alcance.

Persistência – dicas para aula de inglês

No início de um projeto de estudos, geralmente ficamos animados e empolgados para estudar. Contudo, com o passar do tempo a sua disposição tende a diminuir, então lute contra isso e estude mais, se fosse a aprender e absorver o conteúdo.

Contexto – dicas para aula de inglês

Tenha cuidado com exercícios que não vão te ensinar e só vão te fazer decorar como resolvê-los.

Regularidade – dicas para aula de inglês

Mergulhe no inglês e se permita viver nesse universo uma das coisas que mais funcionam estudar regularmente. Isso pode ser feito assistindo séries e filmes preferidos em inglês com legenda em inglês.

Despedida

Gostou do texto? Bom, se quiser mais dicas para aprender inglês, não deixe de seguir os nossos artigos do Em Inglês aqui no Demonstre.

Até a próxima!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.