19 brincadeiras antigas de rua

0
4790
19 brincadeiras antigas de rua 8

Você gosta de brincadeiras antigas? Aqui estão 20 brincadeiras antigas super legais para brincar e se divertir com sua turma, filhos ou colegas.

São brincadeiras antigas de rua, as quais, se perguntarmos aos seus pais e avós certamente se lembrarão.

Brincadeiras Antigas de Rua

Como antes dos anos 80, não existia o mundo da conexão digital, a socialização das crianças, jovens e adultos, aconteciam na rua. Local onde trocavam informações e se divertiam. Selecionamos algumas destas brincadeiras, para compartilhar com você.

Lista com 20 brincadeiras antigas de rua para encantar pais e professores e na nostalgia movimentar a meninada. São ótimas atividades educativas para escolas com espaço e muita brincadeira.

Listamos as melhores brincadeiras antigas para que todos gostem:

Brincadeiras antigas: Pula corda

Características da brincadeira pular corda

  • Público Alvo: crianças.
  • Idade: a partir de 03 anos.
  • Recursos: corda
  • Objetivo: pular a corda, quando bater no chão.

Passo a passo da brincadeira pula corda

  1. Duas crianças (“batedores”) seguram cada uma em uma ponta da corda, uma vez que uma criança, salta toda vez que a corda tocar no chão. E Comum acrescentar à brincadeira Uma música that Envolva Comandos that devem Ser cumpridos pelo “saltador”.
  2. Gire um corda o mais devagar possível assim que começar.
  3. Quando ela tocar o chão, pule sobre a corda.

Brincadeiras antigas de rua:  Escolha a  Fita!

Escolha a fita, é uma brincadeira antiga de rua, que mostra como as escolhas na vida  poderão ser feitas   a cegas , tendo como prioridade apenas aspectos exteriores, como a cor. Pessoas especiais poderão ser esquecidas por um tempo,em algum lugar, mas seu valor será reconhecido em lugares nobres.

Recursos para a atividade de brincadeiras antigas de rua: Escolha a fita

  • Público alvo: Crianças a partir do terceiro período do ensino infantil a segunda  série do ensino  fundamental.
  • Idade: A partir de 5 anos
  • Recursos: Esta brincadeira não exige nenhum tipo de material, apenas um grupo formado por mais de 4  crianças.
  • Objetivo: trabalhar a aceitação social e escolhas, o que ocorrerá durante toda ávida de uma pessoa.

Passo a Passo da brincadeira antiga de rua: Escolha a fita

  1. Uma pessoa, que pode ser a professora, ou um colega escolhido, será o vendedor de fitas.
  2. Ele começará a brincadeira, colocando todas as demais crianças assentadas ou em pé como preferirem, mas, devem estar juntas uma das outras.
  3. Ele perguntará ao pé de ouvido de cada uma, qual a cor que elas escolhem para si, pois cada uma deve guardar em segredo sua cor.
  4. Não deve haver cores repetidas, se elas não souberem que cor escolher, o vendedor poderá ajudar.
  5. Outra criança escolhida será o comprador.  Ele virá de fora e simulará bater à porta da loja: toc, toc,toc.   O vendedor  simulará com a mão o  abrir da porta, e perguntará ao freguês: – O que deseja? – comprar uma fita!  Qual a cor você deseja?
  6.   Então o comprador dirá a cor, e o vendedor buscará a criança que representa a cor da fita solicitada e   entregará ao freguês.
  7.   A brincadeira vai se repetindo, até que fique a ultima fita na loja. Quando isto acontecer, pelo fato de sua cor não ser mencionada antes, esta fita será escolhida como um presente para a rainha, pois é de uma cor rara pouco comum no reino.

O dono da loja e o freguês poderão ser trocados, para dar a oportunidade de todos venderem e comprarem.

Esta brincadeira poderá ser usada para trabalhar a verdade sobre as escolhas que todos precisarão fazer na vida, como incutir na criança que, mesmo não sendo selecionado para algo que desejava, seu valor poderá ser encontrado em lugares especiais. Serve para trabalhar a auto estima, confiança e resistência à frustração.

Brincadeiras antigas: Bola de gude

Características da brincadeira bola de gude

  • Público Alvo : crianças.
  • Idade: a partir de 08 anos.
  • Recursos: bola de uso e uso das mãos.
  • Objetivo: acertar outra bola de gude para captura-la.

Passo a passo da brincadeira bola de gude

  1. Essa brincadeira é uma das versões tradicionais, os participantes criam um triângulo no chão.
  2. Cada jogador é o mesmo número de bolinhas em qualquer lugar do círculo, reservando uma para ser a atiradora.
  3. Alternadamente cada jogador tentará acertar uma bolinha adversária de modo que ela saia da área marcada.
  4. Para esta lançar a sua atiradora, também do lado de fora do triângulo, com uma ajuda da polegar.
  5. A bola não está disponível dentro da área, senão o jogador perde a vez.

 Brincadeiras antigas de rua: Salada de  frutas.

A brincadeiras antigas de rua, Salada de frutas, esteve entre as preferidas por crianças e adolescentes, que eram adeptos de beijos e abraços. Ela pode ser muito útil para aproximar as crianças, combatendo o sentimento de rejeição.

Recursos para a brincadeira antiga de rua: Salada de frutas

  • Público alvo: Crianças a partir do terceiro período do ensino infantil à adolescentes.
  • Idade: A partir de 6 anos.
  • Recurso: Não necessita material algum, a menos que queiram brincar assentados. Ai no caso poderão usar as cadeiras.
  • Objetivo: Trabalhar o afeto, a aceitação social.

Passo a Passo da brincadeira antiga de rua: Salada de frutas

  1. As crianças poderão estar assentadas ou em pé.
  2. O coordenador da brincadeira deverá dizer ao ouvido de cada criança, qual fruta ela será.
  3. Ninguém pode saber qual fruta o colega do lado representa.
  4. Uma das crianças é retirada para iniciar a brincadeira.
  5. Ela iniciará a brincadeira indo até o vendedor das frutas e dizendo:- Quero uma fruta!
  6. O vendedor responderá: qual fruta você quer?
  7. O comprador responderá se deseja uva, pera,bana,laranja…
  8. Após escolher, a criança que representa a fruta que foi pedida vem para o meio.
  9. O vendedor dirá ao comprador: – O que você quer escolhe para acompanhar a fruta que você comprou: pera, uva maçã ou salada de frutas?
  10. Se o comprador  responder: pera, ele deverá dar um abraço no colega que representa a fruta que ele comprou.   Se disser maçã, deve dar um beijo no rosto,  se for uva um aperto de mão, e salada de fruta, um abarco e um beijo no rosto.
  11. A fruta comprada saí do circulo, e o comprador volta para comprar as outras frutas, repetindo a brincadeira, até esgotar o número de crianças.

Fizemos algumas adaptações na brincadeira para se encaixar melhor às crianças mais novas. Trata-se mesmo de uma brincadeira que desperta o afeto e companheirismo.

Brincadeiras de antigamente: Cabaninha

Características da brincadeira Cabaninha

  • Público Alvo: crianças.
  • Idade: qualquer idade.
  • Recursos: lençóis, mesa ou cadeira, colchonete, lanterna e um livro.
  • Objetivo: estimular a imaginação.
  • Participantes: a partir de 02 anos.

Passo a passo da brincadeira Cabaninha

  1. Com lençóis e apoio de uma mesa e cadeiras, monte uma cabaninha.
  2. Dentro dela, como crianças podem colocar colchonetes, almofadas, ou até fazer divisórias, dependendo do espaço disponível.
  3. É uma boa ideia reunir-se a noite na cabaninha com lanternas para contar histórias, simular um acampamento etc.

 Brincadeiras antigas de rua: Comprar Abóbora.

A brincadeira antiga de rua: Comprar abóbora, além de divertida, mostra como a capacidade de fazer escolhas está presente desde cedo no ser humano. Deve ser dito às crianças antes de iniciar, que se trata de uma brincadeira, e o colega não o estará ofendendo ou chamando o coleguinha de estragado. Apenas uma brincadeira, para que possam correr atrás dele.

 

 Recursos para a atividade de brincadeiras antigas de rua: Comprar Abóbora.

  • Publico Alvo: Crianças a partir do Terceiro período à quarta série do ensino fundamental.
  • Idade: De 5 anos em diante.
  • Recursos: Não há gastos materiais, apenas as crianças e um adulto para coordenar a brincadeira.
  • Objetivo: Ensinar que na vida sempre iremos ter que lidar com escolhas. As vezes escolhemos, e outras somos escolhidos,ou não.

 Passo a passo da brincadeira antiga de rua : Comprar Abóbora.

  1. Irá precisar de 1 adolescente ou adulto, para ser o vendedor. 1 comprador, e as crianças. Quanto maior a quantidade das crianças, melhor.
  2. O vendedor colocará as crianças assentadas no chão, como se fossem várias abobrinhas.
  3.   O comprador então virá e dirá: – Quero comprar uma abóbora!   Responde o vendedor: Sim, o senhor pode escolher!    O comprador vai passando pelas abobrinhas e de leve bate com a mão fechada na cabeça de cada uma para ver como estão.
  4. Enquanto ele escolhe, fala o que pensa das abóboras:- Esta aqui, está aguada! , Esta está muito mole!  Esta aqui  é dura de mais!  E assim por diante, até encontrar a abóbora que quer comprar.
  5. Dependendo do numero de crianças que estiverem brincando, ele poderá comprar até 5 abóboras.
  6. As que não forem vendidas, no final da brincadeira se levantam e correm atrás do comprador para acertarem as contas.

É preciso orientar as crianças quanto á forma de brincar, para não baterem com força na cabeça e também, para terem cuidado ao correr atrás do vendedor.

Anúncios do Demonstre que vão te interessar:

Primeiro anúncio: Compre nossos ebooks autorais e ajude o blog!!!

EBOOKS DEMONSTRE

Fundamental I e II:

Livros com mais de 150 páginas cada, super ilustrados, com aulas e projetos completos para cada dia do mês:

48 Atividades com datas comemorativas para o mês de Setembro: 25,00 — Compre aqui!

45 Atividades com datas comemorativas para o mês de Agosto: 10,00 — Compre aqui!

31 Atividades com datas comemorativas para o mês de Julho: 10,00 — Compre aqui!

Educação Infantil:

Apostilas em PDF com 20 atividades específicas cada uma, que você professor poderá aplicar e utilizar com seus alunos para desenvolver várias habilidades.

Caderno de atividades sobre o Folclore: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o Circo: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o Índio 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o Carnaval: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o Natal: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o São João: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre a Páscoa: 6,00 — Compre aqui!

Concurso Público:

Meu primeiro caderno para concurso, nele você não aprende a resolver apenas questões de concurso, mas a fazer um PPP:

Apostila sobre o Projeto Político Pedagógico: 40,00 — Compre aqui!

Segundo anúncio: 

Estamos com o nosso aplicativo de formação de professores baseado em QUIZ já na Google Play. Baixe agora e teste suas habilidade docentes.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.demonstre.quizapp

O aplicativo é gratuito e recebe um teste novo por semana. Ideal para quem quer revisar o conteúdo ou estudar para concurso.

Obs: o aplicativo é preparado com uma metodologia baseada em reflexão de tarefa, então, cada questão e resposta são apresentadas de maneira a validar e construir o conhecimento do usuário.

Terceiro anúncio:

Continuamos com o projeto Poema de bom dia firme e forte, com mais de 30 publicações. Para ter acesso basta visitar o canal do Demonstre no Youtube: https://www.youtube.com/user/demonstrec ou clicar no play aqui na nossa playlist:

Para enviar o seu poema, basta encaminhar o mp3 + o texto para o e-mail: [email protected].

Brincadeiras antigas: Passar o Anel

A brincadeira antiga Passar o Anel, sempre foi muito utilizada por crianças e adolescentes, por ser uma brincadeira fácil, divertida  e não haver necessidade de muitas ferramentas, a não ser um anel e as pessoas que irão brincar.

Recursos para a brincadeira antiga: Passar o Anel

  • Público alvo: Crianças a partir do terceiro período do ensino infantil a quinta série do ensino  fundamental.
  • Idade: A partir de 5 anos
  • Recursos: Esta brincadeira , o professor precisará de 1 anel ,um grupo formado por mais de 4  crianças.
  • Objetivo: Desenvolver as habilidades intuitivas da criança  e a socialização.

Passo a Passo da brincadeira antiga: Passar o Anel:

  1. Reúna as crianças e coloque-as assentadas em roda ou mesmo sobre os pés.
  2. Escolha duas  delas para iniciar a brincadeira.
  3. Todas as crianças deverão fechar as mãos em forma de concha, mas não poderá ficar nenhum espaço vago entre os dedos .
  4.    Uma das crianças escolhidas, estará com um anel dentro das mãos apostas  e visitará cada criança em seu lugar, simulando depositar em suas mãos o anel, podendo deixar o anel na mão de uma delas, ou permanecer com ele dentro das próprias mãos.
  5. Todas crianças devem permanecer com as mãos fechadas. Então a professora ou a criança que passou o anel irá perguntar a outra que também foi escolhida:  – Com quem está o anel?
  6. A criança terá que usar sua intuição ou sensibilidade para tentar descobrir com quem está o anel.
  7. Terá 2 oportunidades  Se ela acertar, recebe o anel e será ela quem irá passá-lo entre os colegas. Se errar, terá que ir para junto dos colegas e outra criança virá para tentar  descobrir com que está o anel.
  8. Esta brincadeira não tem momento de terminar. Normalmente é tão divertido que é possível ficar um longo tempo brincado. O professor encerrará o momento que achar adequado, ou quando as crianças se cansarem.

trata-se de uma brincadeira  ótima para desenvolver  a percepção, a capacidade da criança observar detalhes e interagir com os colegas, além de ser muito divertida.

Brincadeiras antigas de rua: Pular foguinho

As brincadeiras antigas de rua, sempre são cercadas de desafios. Pular foguinho é um deles, uma brincadeira que verdadeiramente esquenta!

Recursos para a brincadeira de Pular Foguinho

  • Público alvo: crianças a partir da terceira série do ensino fundamental jovens e adultos.
  • Idade: A partir de 9 anos.
  • Recursos: 1 corda.
  • Objetivo: Treinamento de resistência física e interação social.

Passo a passo da Brincadeira antiga de: Pular Foguinho.

  1. Precisa-se no mínimo de 3 participantes.
  2.  De 2 pessoas para tocarem a corda e 1 para pular,  revezando sempre que aquele que estiver pulando errar.
  3. Quem estiver tocando a corda, deverá iniciar lentamente, e ir aumentando a velocidade na medida em que a pessoa que estiver pulando for dando conta de pular.
  4. Quando ela errar, deverá sair e vir  o próximo da fila, ou caso estejam só três,  deverá trocar com o colega que estava batendo corda.

Além de brincadeira interativa, é excelente exercício físico para queimar calorias.

Brincadeira antiga: Bambolê


Características da brincadeira bambolê

  • Público Alvo: crianças.
  • Idade: a partir de 03 anos.
  • Recursos: bambolê.
  • Objetivo: rodar o bambolê em volta da cintura, sem deixar cair.

Passo a passo da brincadeira bambolê

  1. Segure firme o bambolê com as mãos, encoste-o na cintura, de qualquer lado.
  2. No começo, pode ser nas costas para facilitar.
  3. Em seguida, movimente a cintura em círculos e impulsione com as mãos o aro para que ele acompanhe o seu movimento, soltando-o em seguida.

Brincadeiras antigas de rua: Pique e pega

Esbanjando energia, as crianças até hoje gostam da brincadeira de Pique e pega. Correr e alcançar o colega… Excelente para o condicionamento e desenvolvimento físico de crianças em fase de crescimento.

Recursos para a brincadeira antiga do Pique e Pega:

  • Público alvo: Crianças e adolescentes cursando ensino fundamental
  • Idade: A partir de 7 anos de idade.
  • Recursos: Não há necessidade de material, a não ser as crianças que irão brincar.
  • Objetivo: Funciona como exercício físico, e interação social.

Passo a passo da brincadeira antiga de rua: Pique e pega:

  1. Não há restrição para o número de crianças que irão brincar, mas o ideal é que seja um grupo de 3 a 10 participantes.
  2. As crianças irão tirar a sorte para saber quem iniciará a brincadeira.
  3. Feito a escolha, a criança deverá virar as costas e fechar os olhos, contando de 1 a 5, para dar tempo dos colegas se afastarem.
  4. Após contar, irá virar-se e correr atrás dos colegas tentando pegá-los.
  5. A medida que são capturados, são colocados na prisão ( imaginária), até que todos sejam pegos.
  6. O último, ou o que não for pego, se torna o próximo a ser o  capturador.

Esta brincadeira é também conhecida como “Pega ladrão”, no entanto, optamos pelo Pique pega.  É bom para as crianças queimarem energia e desenvolverem o físico. Após a brincadeira, só resta um banho e bom sono.

Brincadeiras antigas: Gato mia

Características da brincadeira antiga Gato Mia

  • Público Alvo: crianças.
  • Idade: a partir de 05 anos.
  • Recursos: uma venda para os olhos.
  • Objetivo: pegar uma pessoa, com os olhos vendados.

Passo a passo da brincadeira Gato Mia

  1. Uma pessoa deve ficar de olhos vendados e procurar os outros participantes. Quando encostar em alguém, deve falar: “Mia, gato”.
  2. Quem foi apanhado deve “miar” para a pessoa tentar adivinhar quem é.
  3. Se acertar, quem miou vira o próximo pegador.

 Brincadeiras antigas de rua: Esconde – esconde.

Brincar de esconde –  esconde, é tão prazeroso quanto o pique, a diferença é que não  necessita correr tanto, e nesta brincadeira os deficientes físicos, também podem participar, com ajuda de ouros colegas.

Recursos para a brincadeira antiga de rua: Esconde-esconde.

  • Público alvo: Crianças a partir do primeiro ano do ensino fundamental.
  • Idade: 7 anos em diante.
  • Recursos: Não necessita de nada material, apenas os participantes.
  • Objetivo: Treinar habilidades para se proteger ( as crianças que se escondem). E para aquele que irá procurar,  treinará suas habilidades para fazer descobertas.

Passo a passo da Brincadeira antiga de rua: Esconde – esconde:

  1. Dá mesma forma que sucede ao pique, a criança que for escolhida para iniciar a busca, deve ficar virada, com olhos fechados.
  2. Só que nesta brincadeira, a contagem deverá ser maior, para dar tempo para as crianças se esconderem. Ele irá contar até 60 e ao abrir os olhos todas as crianças deverão já ter se escondido.
  3. O detetive, irá procurar uma por uma das crianças. Na medida em que forem encontradas serão detidas. Assim se fará até conseguir encontrar a todos.
  4. O ultimo a ser encontrado, ou que não consiga ser achado por ele, será o vencedor da brincadeira, e deverá ser o próximo a procurar os colegas.

A presente brincadeira funciona como excelente despertador das possibilidades de encontrar meios para a alta  proteção , e desenvolver na criança, o potencial de investigador.

Brincadeiras de antigamente: Uma palavra, uma música

Características da brincadeira Uma palavra, uma música

  • Público Alvo: qualquer público.
  • Idade: a partir de 05 anos.
  • Recursos: uma palavra.
  • Objetivo: adivinhar a música pela palavra.

Passo a passo da brincadeira antiga uma palavra, uma música

  1. Uma pessoa dita uma palavra.
  2. Os outros falam uma música que tem a palavra.

 Brincadeiras antigas de rua: Pular a Altura.

A brincadeira antiga de rua, Pular a Altura, possivelmente já foi a primeira motivação recebida por alguns dos grandes atletas, que hoje concorrem nas Olimpíadas.

  • Publico alvo: crianças a partir da primeira série do ensino fundamental, adolescentes, jovens e até adultos, caso desejarem.
  • Idade: A partir de 7 anos.
  • Recursos: 1 corda.
  • Objetivo: Além de interação social e diversão, funciona como treinamento físico, estimulando a capacidade olímpica daquele que  brinca.

Passo a Passo da Brincadeira antiga de rua: Pular a Altura:

  1. A brincadeira deve contar com 3 participantes ou mais.
  2. 2 pessoas seguram a corda na extremidades.
  3. Organiza-se uma fila de quem irá pular, para ficar melhor.
  4. Quem estiver segurando a corda, começará com ela no chão, e  irá levantando-a aos poucos até que a pessoa que estiver saltando de um lado para o outro consiga seu salto maior.
  5. Quando a pessoa que estiver pulando tropeçar na corda, ela erra, deverá ir para o final da fila e dar lugar ao próximo.

Trata-se de uma brincadeira saudável, porém não se deve descartar o perigo para ser realizada com crianças pequenas, pelo risco de tropeçarem.

Brincadeiras de antigamente: Pega-pega

Características da brincadeira Pega-pega

  • Público Alvo: crianças
  • Idade: a partir de 05 anos.
  • Recursos: nenhum, apenas o uso do corpo para correr.
  • Objetivo: o pegador pegar os participantes.

Passo a passo da brincadeira pega-pega

  1. Os participantes escolhem um pegador. Os fugitivos ficam espalhados.
  2. Todos os outros fogem. Quem for pego passa a ser o pegador.

 Brincadeiras antigas de rua: Chicotinho queimado.

Como a maior parte das brincadeiras antigas, chicotinho queimado treina a agilidade e a percepção, desafiando aos participantes, a serem bons o suficiente, a fim de não desistirem daquilo que buscam, até que o encontrem.

Recursos para a brincadeira antiga de rua: Chicotinho queimado.

  • Publico alvo: Crianças a partir do terceiro período do ensino infantil.
  • Idade: De 4  até 10 anos ou mais.
  • Recursos: 1 correia velha e um grupo de crianças.
  • Objetivo: treinar as habilidades em vencer os desafios e buscar o que se deseja, desenvolvendo tato olfato e audição.

Passo a passo da brincadeira antiga de rua: Chicotinho Queimado:

  1. Uma criança irá esconder o chicote em um local próximo da brincadeira, enquanto isso as outras deverão estar com olhos fechados.
  2. Quando a criança terminar de esconder, deverá gritar “Chicotinho Queimado”.
  3.   As crianças irão virar, e todas sairão à procura do chicote.
  4. A medida em que aproximarem-se do local, o menino que escondeu o objeto, deve gritar: quente quente ou fervendo.
  5. Quando forem se afastando, ele grita: frio, muito frio, gelado.
  6. Aquele que encontrar o chicote, será o vencedor da brincadeira.  E deverá ser o próximo  a esconder o chicote.

A professora pode dar dicas às crianças antes de iniciarem a brincadeira: Que ouçam o direcionamento do menino quando gritar. Devem também, tocar o objeto antes, e tentar sentir o cheiro dele, para ajudar na busca.

Brincadeiras antigas: Batata quente

Características da brincadeira Batata quente

  • Público Alvo: crianças.
  • Idade: qualquer idade.
  • Recursos: bola ou objeto qualquer.
  • Objetivo: não estiver com a bola quando parar de cantar

Passo a passo da brincadeira Batata quente

  1. As crianças sentam-se em círculo e alguém fica de fora (de costas ou com os olhos vendados);
  2. Enquanto a criança de fora estiver cantando: “Batata quente, quente, quente…” as crianças da roda passam uma bola ou objeto de mãos em mãos até que ela diga: “queimou”.
  3. Quem estiver com o objeto na mão, neste momento, passa a ficar de fora e a cantar.

Brincadeiras de antigamente: Amarelinha

Características da brincadeira amarelinha

  • Público Alvo: crianças.
  • Idade: qualquer idade.
  • Recursos: giz ou fita, uma pedrinha.
  • Objetivo: chegar ao outro lado.

Passo a passo da brincadeira amarelinha

  1. Risca-se o chão com giz branco ou fita, uma sequência de uma e duas quadras até que complete 10.
  2. A criança deve pular com um e dois pés até chegar ao céu.
  3. A criança pode também jogar uma pedrinha, e na quadra que ela parar fica proibido encostar os pés.

 Brincadeiras antigas de rua: Cabra cega

Esta brincadeira é ótima para treinar as crianças com relação à noção de espaço e identificação por meio de audição. É necessário bastante cuidado, para as crianças não se machucarem.

Recursos para a brincadeira antiga de rua: Cabra cega

  • Público alvo: Crianças, adolescentes, jovens e adultos.
  • Idade: à partir de 7 anos
  • Recursos: 1 venda e mais de 3 pessoas.
  • Objetivo: Socialização, treinar noção de espaço e equilíbrio de olhos vendados.

Passo a passo da brincadeira Cabra cega

  1. A pessoa escolhida para iniciar a brincadeira deverá ter os olhos vendados.
  2. Tentará tocar nos colegas, que se desviarão dela.
  3. Quando conseguir apanhar o primeiro companheiro , deverá antes de tirar a venda descobrir quem é que foi pego. Poderá reconhece-lo  pelo toque ou audição da voz.

É melhor que esta brincadeira seja realizada em um espaço que não ofereça perigo de tropeçar ou bater em objetos. É ótima para treinar os sentidos.

FIM

Bom, é isso, espero que você tenha gostado do nosso material. Confira outras listas de brincadeiras em nossa fanpage e não deixe comentar e compartilhar!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.