Burdiju Alamassi – uma lenda da Argélia

0
1344
Burdiju Alamassi - uma lenda da Argélia 1

Burdiju Alamassi – uma lenda da Argélia

Burdiju Alamassi – Existem lugares em nosso planeta cuja simples menção é capaz de fazer nossa criatividade voar alto, imaginando o que poderá estar escondido num lugar tão grande e tão desconhecido, esquecido pelo homem.

Burdiju Alamassi - cidade cristal

Um desses lugares é o deserto do Saara, o maior deserto de nosso planeta: apenas para você ter uma ideia do tamanho do deserto do Saara: ele é maior que a área de nosso país!

E é claro que um lugar tão fantástico como este despertou ao longo dos séculos a imaginação de pessoas que por ali viveram. O resultado foram lendas que foram passadas para as gerações seguintes e algumas delas puderam sobreviver ao tempo e chegar até os nossos dias.

Anúncios do Demonstre que vão te interessar:

Primeiro anúncio: Compre nossos ebooks autorais e ajude o blog!!!

EBOOKS DEMONSTRE

Fundamental I e II:

Livros com mais de 150 páginas cada, super ilustrados, com aulas e projetos completos para cada dia do mês:

48 Atividades com datas comemorativas para o mês de Setembro: 25,00 — Compre aqui!

45 Atividades com datas comemorativas para o mês de Agosto: 10,00 — Compre aqui!

31 Atividades com datas comemorativas para o mês de Julho: 10,00 — Compre aqui!

Educação Infantil:

Apostilas em PDF com 20 atividades específicas cada uma, que você professor poderá aplicar e utilizar com seus alunos para desenvolver várias habilidades.

Caderno de atividades sobre o Folclore: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o Circo: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o Índio 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o Carnaval: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o Natal: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre o São João: 6,00 — Compre aqui!

Caderno de atividades sobre a Páscoa: 6,00 — Compre aqui!

Concurso Público:

Meu primeiro caderno para concurso, nele você não aprende a resolver apenas questões de concurso, mas a fazer um PPP:

Apostila sobre o Projeto Político Pedagógico: 40,00 — Compre aqui!

Segundo anúncio: 

Estamos com o nosso aplicativo de formação de professores baseado em QUIZ já na Google Play. Baixe agora e teste suas habilidade docentes.

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.demonstre.quizapp

O aplicativo é gratuito e recebe um teste novo por semana. Ideal para quem quer revisar o conteúdo ou estudar para concurso.

Obs: o aplicativo é preparado com uma metodologia baseada em reflexão de tarefa, então, cada questão e resposta são apresentadas de maneira a validar e construir o conhecimento do usuário.

Terceiro anúncio:

Continuamos com o projeto Poema de bom dia firme e forte, com mais de 30 publicações. Para ter acesso basta visitar o canal do Demonstre no Youtube: https://www.youtube.com/user/demonstrec ou clicar no play aqui na nossa playlist:

Para enviar o seu poema, basta encaminhar o mp3 + o texto para o e-mail: [email protected].

Resumo da lenda de Burdiju Alamassi

Nove homens viajavam já por vários dias através do deserto, montados em dromedários.

Saara-02

Seu objetivo era encontrar Burdiju Alamassi, uma cidade que segundo os rumores que haviam ouvido era feita de cristal, diamantes e outros materiais extremamente preciosos.

Porém, conforme o tempo foi passando e a viagem se extendendo ao que parecia um período sem fim e as reservas de água que levavam consigo se esgotavam, os viajantes começaram a desanimar e a acreditar que aquela busca era uma grande tolice.

Mesmo assim, decidiram prosseguir. O caminho se tornava cada vez mais difícil e mais cheio de obstáculos até que por fim se tornou tão apertado que obrigou os homens a deixarem suas montarias e seguirem a pé dali em diante. Dois deles, cansados demais para andar, montaram um acampamento e ficaram ali para tomar conta dos dromedários, enquanto os outros sete seguiram seu caminho, o qual se tornou cada vez mais difícil, com espinhos, rochas e outros obstáculos.

Após uma longa noite de caminhada por esse cenário hostil o dia enfim começou a nascer. Mas algo mais a frente em seu caminho brilhava ainda mais forte que o Sol e ofuscou os olhos dos sete viajantes. Haviam finalmente encontrado Burdiju Alamassi.

O cansaço e desânimo que haviam sentido pouco antes agora haviam sumido, e eles seguiram em direção à cidade com energia renovada. Chegando mais perto avistaram a cidade de diamante, e ao seu redor um lago de águas límpidas circundava toda a cidade.

Dois dos homens não resistiram ao impulso e se atiraram no lago, apenas para descobrir, uma fração de segundo antes de bater a cabeça e morrer,  que o que parecia ser água era na verdade uma superfície de cristal sólido!

Após se recuperarem do choque, o restante do grupo não podia desistir agora que estavam tão perto e assim atravessaram com cuidado a placa de cristal até chegar ao outro lado. Lá uma grande placa de bronze bloqueava a entrada para a cidade.

Os homens se olharam, sem saber o que fazer. Parecia que por fim sua viagem havia chegado ao fim. Mas havia entre eles um velho sábio chamado Hakkim. Ele bateu sete vezes sobre a placa de bronze com o cabo de seu punhal e após um momento de profundo silêncio o portal por fim se abriu.

Os homens entraram enfim na cidade.

As paredes eram cobertas de diamantes cintinlantes que ofuscavam os olhos e fascinavam os viajantes. Foi então que eles se deram conta de que estavam perdidos! As paredes eram todas idênticas e formavam um labirinto à sua volta. Muitas delas eram tão brilhantes que pareciam espelhos, aumentando ainda mais a confusão mental.

Dois deles nunca conseguiram sair daquele labirinto.

Os outros três – o velho sábio e mais dois homens mais jovens – conseguiram retornar à entrada. Mas quando estavam prestes a sair daquele lugar, ouviram uma voz suave lhes suplicando que voltassem. Quando se viraram avistaram uma linda mulher, a princesa do Hoggar, que lhes chamava do alto da muralha da cidade de diamantes.

Os dois homens mais jovens não conseguiram resistir ao encanto da mulher e acabaram voltando para dentro do labirinto, onde desapareceram para sempre.

Apenas o velho Hakkim conseguiu sobreviver à expedição maldita e retornar ao acampamento, onde encontrou os outros dois viajantes junto com os dromedários. Eles então se apressaram em voltar para suas casas, lamentando o destino terrível que seus companheiros tiveram

Durante os anos que se passaram Hakkim contou sobre sua aventura a muitas pessoas, que ouviam fascinadas. E desde então muitos partiram em busca da lendária Burdiju Alamassi – a cidade de diamante.

Curiosidades sobre Burdiju Alamassi

viajante Burdiju Alamassi

  1. -Quando se ouve a palavra “deserto”, logo nos vem à mente um mar de areia até onde a vista consegue enxergar, não é? Mas você sabia que na verdade a areia corresponde apenas a 20% da área total?
  2. -Cientistas já comprovaram que o Saara nem sempre foi como é hoje. Ele já foi uma floresta tropical densa, com o rio Nilo correndo pela região em direção ao oceano Atlântico.
  3. -As tempestades de areia que ocorrem no Saara são tão violentas que a areia chega até o oceano Atlântico e a floresta amazônica!

Sites, textos e livros sobre Burdiju Alamassi

Burdiju Alamassi - o livro

Livro “Terras de Mistério”: http://www.livrariamachadodeassis.com.br/livro-terras-de-misterio-9788508074273,ra1628.html

Mais sobre a lenda: http://morricomendopeixe.blogspot.com.br/2015/03/burdiju-alamassi-lenda-do-deserto-do.html

Sugestão de atividade para os professores utilizarem em sala de aula para fixar a lenda de Burdiju Alamassi.

Uma sugestão é pedir aos alunos a leitura do livro “Terras de Mistério” (link acima) e após isso realizar uma conversa em sala sobre o tema tratado no livro.

Galeria de imagens sobre viajante Burdiju Alamassi

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.