Neste texto vamos apresentar quem foi e falar um pouco de cada um dos seus melhores filmes de Charles Chaplin!

Charles Chaplin – Melhores filmes

É interessante observar que, embora as aparências possam variar durante o passar dos anos, os hábitos das pessoas, permanecem o mesmo! A prova disso, está nas comédias de Carlitos. Logo abaixo, veremos alguns dos principais filmes desse ícone, mas antes disso, você sabe quem foi Charles Chaplin?

Quem foi Charles Chaplin?

Charles Chaplin ou Charles Spencer Chaplin , é conhecido popularmente, como um ídolo do cinema mudo. Quase sempre seu personagem está associado a imagem do “Vagabundo”, homem com um pequeno bigode, chapéu, e uma caminhada engraçada.

Nosso artista nasceu em, Londres, Inglaterra, em 16 de abril de 1889, filho de Charles e Hannah (Hill) Chaplin, os pais eram músicos e se casaram em 22 de junho de 1885. Mas, alguns anos depois vieram a se separar.

Durante sua vida e carreira, Chaplin se envolveu em muitos escândalos. Sendo que, durante a I Guerra Mundial, sua fidelidade à Inglaterra, foi questionada. Muitos tinham Chaplin como um sujeito covarde e preguiçoso, o que na realidade não condiz com a realidade de alguém que consegue produzir tantos filmes.

1- Carlitos na farra – Charles Chaplin

Nesse filme, extremamente engraçado, dois homens na tentativa de fugirem da rotina e das reclamações de suas mulheres, se metem, em uma enrascada ainda maior. Eles tentaram fugir em um barco, no entanto, o mesmo estava furado!
Sinopse do filme:  Carlitos na farra – Charles Chaplin

Na tentativa de fugir das esposas, dois bêbados vão para um bar. Chegando lá utilizam as toalhas das mesas como cobertor e dormem. Quando as mulheres sentem a falta dos maridos, vão atrás dos malandros, no entanto, quando chegam ao bar uma confusão se inicia e os bêbados tentam  fugir delas para um barco, no entanto não percebem, que ele estava afundando.

Curiosidades do filme Carlitos na farra:

  • Esse é um dos filmes mais populares de Chaplin da fase “Keystone”. O outro vagabundo é interpretado pelo também grande comediante Roscoe “Fatty” Arbuckle.

Ficha técnica do filme Carlitos na farra:

Título: Carlitos na Farra
Título Original: The Rounders
Ano: 1914
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme de Charles Charplin:  Carlitos na farra:

Charles Chaplin

O Vagabundo

Roscoe ‘Fatty’ Arbuckle

Vizinho de Charlie

Phyllis Allen

Esposa de Charlie

Minta Durfee

Esposa do vizinho

Al St. John

Carregador / Garçom

Motivos para ver: Carlitos na farra

Como todo filme de comédia, você irá se divertir bastante,  sem contar que poderá fazer uma analise e comparar o comportamento dos homens para com suas mulheres antigamente, com os dias atuais. Portanto, acesse logo o filme completo, e se divirta ao máximo!

2 – Dois casais encrencados –  Charles Chaplin

Esse filme retrata aquele momento no qual a esposa espera que, o marido venha defendê-la e não deixar que ninguém se aproveite dela ou a humilhe. No entanto, acaba se frustrando com as tentativas devido ao vício do marido.

Sinopse do filme: Dois casais encrencados

Esse filme conta a história de Mabel, que retorna  para casa depois de ser humilhada por um espremedor de quem seu marido covarde não quer enfrentar. O marido, ao invés de consolá-la, sai para um bar e fica bêbado. Mabel compra um boneco de boxe esperando que isso possa inspirar o seu marido a reagir, mas quando ele retorna do bar os dois acabam brigando.

Ficha técnica – Dois casais encrencados

Título: Dois Casais Encrencados
Título Original: Mabel’s Married Life
Ano: 1914
Direção: Mack Sennett
Roteiro: Charles Chaplin, Mabel Normand
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme de Charles Chaplin – Dois casais encrencados

Charles Chaplin

Marido de Mabel

Mabel Normand

Mabel

Mack Swain

Wellington

Eva Nelson

Wellington esposa

Hank Mann

Barman

Charles Murray

Motivos para ver o filme de Charles Chaplin : Dois casais encrencados

Embora tenham sido produzidos há muitos anos atrás, os filmes de Charlie Chaplin, trazem mensagens atemporais. Ainda que sejam visto como comédia, trazem dolorosas realidades da vida comum, portanto, assisti-los trará um certo despertamento sobre o comportamento humano.

O Grande Ditador –  Charles Chaplin

O humor desse filme, tem início desde sua idealização. Segundo a história relatada, ele foi idealizado, devido as coincidências de nascimento, as semelhança entre Carlito e Hitler, e não para propagar o nazismo.

Sinopse do filme O grande Ditador

Vinte anos após o fim da Primeira Guerra Mundial, em que a nação de Tomainia estava do lado perdedor, Adenoid Hynkel subiu ao poder como o ditador implacável do país. Ele acredita em um estado ariano puro e na dizimação dos judeus.

Um barbeiro judeu-Tomainian simples que já foi hospitalizado como resultado de uma batalha da Primeira Guerra desconhece os planos de Hynkel. Entre esses planos incluem-se o desejo de dominar o mundo, começando com a invasão do país vizinho, que pode ser ameaçada por Benzino Napaloni, o ditador.

Prêmios do filme O grande Ditador

  • Indicado para o Oscar de 1941 nas categorias: Melhor Filme, Melhor Ator (Charles Chaplin), Melhor Ator Coadjuvante (Jack Oakie), Melhor Roteiro Original e Melhor Trilha. Esta foi a primeira premiação em que os vencedores foram mantidos em sigilo até a divulgação na cerimônia.

Curiosidades do filme O grande Ditador:

  •  Foi o primeiro filme falado de Chaplin. Na ocasião de seu lançamento, os Estados Unidos ainda não tinham entrado na Segunda Guerra Mundial.
  • Charles Chaplin teve a ideia de O Grande Ditador quando Alexander Korda, seu amigo, reparou na semelhança física existente entre Carlitos e Adolf Hitler. Posteriormente Chaplin descobriu que ele e Hitler tinham nascido com apenas uma semana de diferença, tinham a mesma altura e peso e ainda nasceram na pobreza e depois ascenderam.
  • A produção teve início em 1937, quando ainda não estava claro que o nazismo era uma ameaça real. Em 1940, quando foi lançado, não havia mais esta dúvida.
  • Quando Chaplin anunciou a produção de O Grande Ditador a Inglaterra logo divulgou que iria banir o filme de suas salas de cinema.
  • A Inglaterra anteriormente, estava buscando uma conciliação com o governo nazista. Na época em que o filme foi lançado, a situação tinha mudando drasticamente, já que a Inglaterra e a Alemanha estavam em guerra. O filme foi então usado, como veículo de propaganda anti-nazista.

Ficha técnica de O Grande Ditador:

Título: O Grande Ditador
Título Original: The Great Dictator
Ano: 1940
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Drama/Guerra
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme O grande Ditador:

Henry Daniell

Garbitsch

Charles Chaplin

Adenoid Hynkel

Jack Oakie

Benzini Napaloni

Reginald Gardiner

Commander Schultz

Billy Gilbert

Field Marshal Herring

Grace Hayle

Madame Napaloni

Paulette Goddard

Hannah

Pat Flaherty

Soldado amigável

Charles Irwin

Mordomo no banquete

Motivos para ver o Grande Ditador

Os motivos para que a nova geração conheça o filme: ” O grande Ditador”, e aqueles que já assistiram repita a dose, não tão somente se trata do humor e criatividade empregados no filme, como também, a possibilidade de analise que ele desperta no que diz respeito ao ideal de Hitler.

O Circo –  Charles Chaplin

Para se preparar para esse filme, Chaplin praticou como andar na corda bamba por semanas, antes do início das filmagens. Ele realmente gravou a cena a 12 metros de altura, mas o negativo onde estava gravada foi perdido. Chaplin então rodou-a novamente mas, segundo o próprio, a cena não ficou tão boa quanto a original.

Sinopse do filme “o circo”

Carlitos, o vagabundo,se esconde em um circo enquanto fugia da polícia, que o confundira com um ladrão de carteiras. Ele sem querer acaba entrando no espetáculo e fazendo grande sucesso com o público, sendo logo contratado pelo dono, que pretende explorá-lo.

Carlitos e o proprietário do circo acabam se desentendendo, mas a confusão realmente começa, quando o vagabundo arranja tempo, para se apaixonar pela acrobata, filha do proprietário.

Prêmios do filme  O circo

  • Ganhou o Prêmio honorário, em reconhecimento ao trabalho de Charles Chaplin como produtor, diretor, ator e roteirista no Oscar de 1929.

Curiosidades do filme  O circo

É o último filme totalmente mudo feito por Charles Chaplin. Ele ainda faria Luzes da Cidade (1931) e Tempos Modernos (1936), mas ambos possuíam música sincronizada na trilha sonora e efeitos sonoros.

Durante as filmagens Chaplin teve uma crise nervosa, devido a problemas pessoais que passava e também pelo fato de seu estúdio ter sido destruído por um incêndio.

Em 2010, foi lançado um disco de DVD extra no filme, com cenas que não foram ao ar na época. Uma dessas cenas fez muito sucesso, pois consiste em uma “mulher” com um sobretudo “segurando” algo no ouvido e conversando sozinha.

Nesse mesmo ano, o diretor independente George Clarke publicou um vídeo na internet sobre o fato. O vídeo já teve mais de 3 milhões de visualizações e o público acredita ser um viajante do futuro, falando ao celular.

Ficha técnica

Título: O Circo
Título Original: The Circus
Ano: 1928
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Drama/Romance
Nacionalidade: Estados Unido

Elenco do filme: O circo

harles Chaplin

O vagabundo

Henry Bergman

Um velho palhaço

Tiny Sandford

Encarregado

Al Ernest Garcia

O proprietário do circo

George Davis

O mágico

Merna Kennedy

A filha do proprietário do circo

Harry Crocker

Rex

John Rand

Assistente do encarregado / Palhaço

Steve Murphy

O ladrão de carteiras

Motivos para ver o filme : O circo

Entre tantos motivos para assistir esse filme estão, além do fato de ser bastante engraçado, a lição que ele traz, é de que, oportunidades podem surgir mediante a perseguição. O vagabundo tenta se esconder no circo, e se transforma em artista. Vai se apresentar e encontra uma namorada…  Não deixe de ver e tirar suas conclusões, além de dar muitas risadas!

             Luzes da Cidade –  Charles Chaplin

Luzes da cidade é uma super produção com Charles Chaplin, que vale a pena assistir! Romance, compaixão e coincidência… Tudo acontece, com um simples vagabundo que anda pela cidade sem rumo! Você precisa assistir!

Sinopse do filme Luzes da cidade

Carlitos anda sem rumo pela cidade, sempre se envolvendo em confusões, em suas andanças acaba impedindo um homem rico de cometer suicídio. O homem se torna muito amigo do vagabundo, porém só se lembra disso quando está bêbado. Carlitos ainda, ao mesmo tempo, se apaixona por uma jovem florista cega que acredita que ele é quem é rico.

Curiosidades do filme Luzes da cidade

  • O filme, além de bem recebido pela crítica e pelo público, também foi aclamado por diretores famosos, como Stanley Kubrick, Federico Fellini, Woody Allen e também Orson Welles, que o tinha como favorito.
  • Foi lançado na época em que o cinema mudo encontrava-se em declínio, porém como Chaplin operava como seu próprio produtor e distribuidor (sendo um dos proprietários da United Artists), ele foi capaz de conceber City Lights como um filme mudo.No entanto, tecnicamente, o filme não era totalmente mudo.
  • Embora o diálogo seja apresentado em letreiros, a trilha sonora do filme possuía música sincronizada, efeitos sonoros e no começo do filme alguns sons que zombavam padrões de fala.
  • É Considerado pelo American Film Institute (AFI) como o 11° melhor filme americano de todos os tempos. Pela britânica Sight & Sound é colocado como o 50° melhor filme em escala mundial.

Ficha técnica do filme Luzes da cidade

Título: Luzes da Cidade
Título Original: City Lights
Ano: 1931
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Romance
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme Luzes da cidade

Charles Chaplin

Vagabundo

Hank Mann

O ‘Prizefighter’

Al Ernest Garcia

Mordomo do Milionário

Virginia Cherrill

Garota Cega

Florence Lee

Avó da Garota Cega

Harry Myers

Milionário Excêntrico

Motivos para ver o filme Luzes da Cidade

Como todos os filmes de Charles Chaplin, essa super produção, está para lá dos tempos em que foi criada, pois consegue passar ensinamentos e mensagens incríveis! Você precisa assistir!

Tempos modernos –  Charles Chaplin

A revolução industrial, a exploração da mão de obra, o desrespeito para com a vida dos trabalhadores, tudo exposto no filme: Tempos modernos. Vale a pena assistir e conferir, como acontecia, naquele tempo, e comparar com a atualidade.

Sinopse do filme Tempos modernos

Um trabalhador de uma fábrica, tem um colapso nervoso por trabalhar de forma quase escrava. É levado para um hospital, e quando retorna para a “vida normal”, não existe mais barulho da cidade,  pois a fábrica havia se fechado.

Enquanto isso, uma jovem, órfã de mãe, com duas irmãs pequenas e o pai desempregado, tem que realizar pequenos furtos para sobreviver(roubar um pão para comer) . Após a morte do pai em uma manifestação, dois agentes do governo vão buscá-las para a adoção, mas a jovem foge.

Curiosidades do filme Tempos modernos

  • O filme foi censurado em vários países como na Alemanha Nazista, por conta de suas citações sobre o comunismo e a social-democracia.
  • O filme foi também criticado pela sociedade americana por causa das mesmas citações comunistas e social-democratas como críticas À Revolução Industrial, principalmente pelos industriais.
  • Outro ponto a citar, é que o filme é um tanto futurista, já que várias tecnologias mostradas no filme, ainda não existiam naquela  época.
  • Foi o último filme em que Chaplin interpreta o vagabundo, seu clássico personagem.

Ficha técnica do filme Tempos modernos

Título: Tempos Modernos
Título Original: Modern Times
Ano: 1936
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do Filme Tempos modernos

Charles Chaplin

Trabalhador da Fábrica

Paulette Goddard

Gamin

Henry Bergman

Proprietário do Café

Tiny Sandford

Big Bill

Chester Conklin

Mecânico

Hank Mann

Burglar

Stanley Blystone

Pai de Gamin

Al Ernest Garcia

Presidente da Fábrica

Motivos para ver: Tempos modernos

O filme tempos modernos de Charles Chaplim, poderá ser ricamente utilizado para mostrar, como ocorriam os abusos trabalhistas no tempo da revolução industrial, a forma como a tecnologia esperada realmente aflorou. É Excelente para inspirar palestras, discussões aulas temáticas… Portanto, use e abuse assistindo em alta qualidade: “Tempos modernos, com Charles Chaplin”.

Em busca do ouro –  Charles Chaplin

Este  filme, está entre os mais lucrativos e populares de Chaplin, com um grande orçamento, foi um dos maiores lançamentos da época.Hoje Em Busca do Ouro é colocado pelo American Film Institute (AFI) como a 25° maior comédia do cinema americano e 58° melhor filme.

Sinopse do filme em busca do ouro

O vagabundo foi para  Klondike, no Alasca, na época da “febre do ouro” em 1898, em busca da riqueza e felicidade. Carlitos acaba pegando uma tempestade e vai até a cabana de Black Larson, um fora da lei, para se proteger.

O bandido, tenta colocá-lo para fora, mas não consegue. Ao mesmo tempo Jim MacKay consegue encontrar uma montanha de ouro e devido a tempestade também tem que se abrigar na cabana.

Prêmios do filme em busca do ouro

  • Recebeu duas indicações ao Oscar para sua reestreia em 1942, nas categorias de Melhor Trilha Sonora e Melhor Som – Gravado.
  • Venceu na categoria de Melhor Filme Estrangeiro no Kinema Junpo Awards 1927 (Japão).

Curiosidades do filme em busca do ouro

  • O filme reúne cenas famosas do cinema, como a dança dos pãezinhos, ou a que mostra o devaneio do aventureiro Big Jim que, alucinado pela fome, vê Carlitos metamorfoseado em frango. A mais conhecida é a do cozido das botinas de Carlitos onde o personagem faz dos seus cordões um delicioso espaguete.
  • Carlitos e seu companheiro de cena realmente comeram as botinas, feitas de alcaçuz por um confeiteiro contratado para a tarefa. Chaplin fez dezenas de tomadas e mais de vinte pares de botinas saírem do forno, antes de a cena ser aprovada.
  • Este era o filme mudo preferido do próprio Chaplin.
  • A personagem Georgia foi escrita por Chaplin especialmente para sua nova esposa, Lita Grey, que posteriormente teve que desistir da personagem por ter engravidado.
  • Há duas versões de The Gold Rush, a primeira de 1925 e a outra de 1942. A versão sem som tem 82 minutos de duração, enquanto a versão sonorizada tem 74 minutos de duração.

Ficha técnica do filme em busca do ouro

Título: Em Busca do Ouro
Título Original: The Gold Rush
Ano: 1925
Direção: Charlie Chaplin
Roteiro: Charlie Chaplin
Gênero: Comédia/Aventura/Drama/Romance
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme em busca do ouro

Charles Chaplin

Lone Prospector

Henry Bergman

Hank Curtis

Mack Swain

Big Jim McKay

Tom Murray

Black Larsen

Malcolm Waite

Jack Cameron

Georgia Hale

Georgia

Tom Wood

Garimpeiro

Motivos para ver: Em busca do ouro

Como todos os filmes de Chaplin, insistência, imprevistos, novas oportunidades e possíveis soluções para diversos tipos de problemas podem ser pensados. Portanto, você precisa ver esse filme, e conhecer o que ele tem para lhe ensinar.

Pastor de almas –  Charles Chaplin

Pastor de Almas, foi o último filme de Chaplin a contracenar com a atriz Edna Purviance. Ele voltaria a trabalhar com ela no primeiro filme da United Artists, A Woman of Paris, mas Chaplin somente dirigiu o filme enquanto ela protagonizou.

Sinopse:

Um presidiário escapou da prisão e, para não ser reconhecido, se livra de seu uniforme de presidiário e se disfarça de pastor. Ele acaba ficando em uma pequena cidade em que as pessoas acham que ele é realmente um pastor. Mas sua vida estará prestes a ser ameaçada quando um comparsa seu descobre todo o seu plano.

Curiosidades:

  • O ator Dean Reisner constatou anos depois que ele não queria bater na cara de Charles Chaplin, mesmo que no roteiro estava escrito para ele fazer isso. Então, Chaplin e seu irmão, Syd Chaplin, começaram a se bater um no outro na cara, para convencer Reisner de como aquilo era divertido.
  • Em 1959, Chaplin incluíu Pastor de Almas como um dos três filmes que compõem a coleção The Chaplin Revue. Ligeiramente re-editado, o filme contem uma canção, “I’m Bound For Texas”, escrito e composto por Chaplin, e cantada por Matt Monroe.

Ficha técnica

Título: Pastor de Almas
Título Original: The Pilgrim
Ano: 1923
Direção: Charlie Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme pastor de almas

Charles Chaplin O Vagabundo
Edna Purviance Srta. Brown
Kitty Bradbury Sra. Brown
Syd Chaplin Eloper/Condutor do Trem/ Pai do menino
Mack Swain Diácono
Mai Wells Mãe do menino
Dean Riesner Menino
Loyal Underwood Ancião

Motivos para ver: Pastor de almas

Os motivos para ver o filme pastor de almas, além de ser uma diversão, é também um ensinamento, alertando, sobre o fato de que algumas pessoas, poderão se passar por outras usando de engano, e precisamos estar alerta para isso. Então, que tal ver o filme e tirar suas conclusões?

O garoto – Charles Chaplin

O Garoto se destaca por se tratar de comédia e drama juntos. Como o prefácio diz: “Uma comédia com um sorriso, e talvez, uma lágrima”. O Biógrafo de Jeffrey Vance escreveu  “O Garoto continua a ser uma importante contribuição para a arte,  uma comédia longa-metragem, que também trouxe revelações sobre o seu criador.

Sinopse do filme: O Garoto

A jovem Edna planejava se suicidar, contudo, antes quer abandonar seu bebê em uma limousine. Porém a limousine é roubada por ladrões que largam o bebê em uma lata de lixo. O vagabundo acaba encontrando o bebê e o leva para sua casa.

Cinco anos mais tarde Edna tornou-se uma estrela de ópera, mas faz trabalhos de caridade para jovens nos subúrbios na esperança de reencontrar seu filho. Um médico acaba descobrindo o que aconteceu e relata às autoridades que se mobilizam para tirar o menino de Charlie, mas o vagabundo e o garoto já possuem uma relação muito forte e irão lutar para permanecerem juntos.

Curiosidades:

  • Este foi o primeiro longa-metragem de Chaplin como diretor. Foi um enorme sucesso, sendo a segunda maior bilheteria em 1921, atrás apenas do Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse.
  • Em 2011, The Kid foi selecionado para preservação no National Film Estados Unidos Registry pela Biblioteca do Congresso como sendo “culturalmente, historicamente ou esteticamente significativo”.
  • Inovadora portanto, em sua combinação de elementos cômicos e dramáticos, The Kid é amplamente considerado um dos melhores filmes do cinema mudo.

Ficha técnica do filme O garoto

Título: O Garoto
Título Original: The Kid
Ano: 1921
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Drama
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme: O garoto

Charles Chaplin

Um Vagabundo

Edna Purviance

A Mulher

Jackie Coogan

O Garoto

Carl Miller

O Homem

Granville Redmond

O Amigo do Homem

May White

Empregada

Tom Wilson

Policial

Motivos para ver o filme: O garoto

O garoto é um filme extraordinário, que deve ser assistido, por aqueles que buscam referências sobre como ocorria o processo de adoção antigamente. Veja que abandonar o bebê é uma prática antiga, que até hoje acontece, e o filme com Carlito destaca isso.

Veja o filme online O Garoto 1921 do Charlie Chaplin agora!

Neste link dispomos do filme do Charlie Chaplin na íntegra e com legenda, aproveite:

O Garoto (1921) – The Kid (1921) – Charlie Chaplin from Demonstre on Vimeo.

Se preferir, pode ver no post dedicado ao filme:

O Garoto (1921) – The Kid (1921) – Charlie Chaplin – Filme Online

Carlitos na trincheira – Charles Chaplin

A trincheira é um filme que foi lançado , bem antes do Armistício, o que não ajudou portanto, a levantar a moral americana. Mas, contudo, depois, acabou se tornando um grande sucesso. Esse é o segundo filme de Chaplin para a First National Pictures.

Sinopse do filme: Carlitos na trincheira

Carlitos é convocado para a guerra, mas antes ele passa por um duro treinamento no “esquadrão desajeitado”. Uma vez na França a dura luta começa e ele é o único dos soldados que não recebe cartas de casa.

Até que recebe um pacote contendo queijo limburger, que requer uma máscara de gás e que ele resolve jogar para a trincheira dos alemães.

Curiosidades do Filme: Carlitos na trincheira

  • Shoulder Arms foi considerado, o filme mais popular de Chaplin, criticalmente e comercialmente. Foi um filme revolucionário na época, apresentando um novo estilo de comédia. Mas mesmo assim, ele se trata da guerra, portanto se  tratava de um assunto sério.
  • Antes do filme ser considerado, o mais popular de Chaplin, contudo, o público ficou com receio, em relação a pessoa mais famosa de Hollywood, querer mostrar um filme, que se tratava da Primeira Guerra Mundial.

Ficha técnica do filme: Carlitos na trincheira

Título: Carlitos nas Trincheiras
Título Original: Shoulder Arms
Ano: 1918
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Guerra
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do Filme: Carlitos na Trincheira

Charles Chaplin

recruta

Edna Purviance

moça francesa

Syd Chaplin

sargento/kaiser

Jack Wilson

Príncipe da Alemanha

Henry Bergman

sargento alemão

Albert Austin

soldado/motorista do kaiser

Tom Wilson

sargento treinador de campo

John Rand

soldado norte-americano

J. Parks Jones

soldado norte-americano

Loyal Underwood

oficial

 

Motivos para ver o filme de Charles Chaplin: Carlitos na trincheira

Por ser um filme que mostra detalhes da primeira guerra mundial, ele será ótimo para ajudar no aprendizado de fatos aí ligados.Portanto, não deixe de assistir agora mesmo, Carlito na trincheira

Vida de Cachorro – Charles Chaplin

As mudanças em nossas vidas podem acontecer nos momentos em que menos esperamos, essa é uma das mensagens do filme “vida de cachorro”

Sinopse do filme de Charles Chaplin: Vida de Cachorro

O vagabundo Carlitos salva a vida de Scraps, um cachorro que está sendo atacado por outros cães na rua. Ele acaba gostando do cachorro e com Scraps escondido dentro de suas calças, vai para um baile, mas acaba expulso. É aí que Scraps encontra algo que pode mudar sua vida.

Curiosidades do filme de Charles Chaplin: Vida de cachorro

  • Este foi o primeiro filme de Chaplin feito para a First National Films.
  • Sydney Chaplin (irmão de Chaplin) teve um pequeno papel neste filme. Esta foi a primeira vez que os dois irmãos apareceram na tela juntos.
  • Esse curta faz parte do filme “Carlitos em Desfile”, lançado em 1959, que é a reunião de três curtas (Vida de Cachorro, Carlitos nas Trincheiras e Pastor de Almas).

Ficha técnica do filme de Charles Chaplin: Vida de cachorro

Título: Vida de Cachorro
Título Original: A Dog’s Life
Ano: 1918
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme: Vida de cachorro

Charles Chaplin Carlitos
Edna Purviance Cantora desafinada
Syd Chaplin Dono da lanchonete
Henry Bergman Gordo desempregado/senhora do teatro
Charles Reisner Funcionário da agência de empregos
Albert Austin Vigarista
Tom Wilson Policial

Motivos para ver o filme: Vida de cachorro

Não apenas por ser ótimo filme, mas, por também por mostrar que a sorte pode acontecer, quando encontramos algo na vida, que passamos a valorizar.

O Imigrante -Charles Chaplin

Sinopse do filme de Charles Chaplin : O imigrante

Carlitos está no seu caminho para os EUA. Ele ganha um dinheiro em um jogo de cartas mas acaba dando o dinheiro para Edna (ela e sua mãe doente foram roubadas). Mais tarde, já em terra firme, Charlie encontra uma moeda e vai para um restaurante.

Lá ele encontra Edna, cuja mãe morreu, e pede-lhe para se juntar a ele, mas quando chega a hora de pagar a refeição com a moeda percebe que ela escapou por um buraco em seu bolso.

Curiosidades do filme : O imigrante

  • The Immigrant foi o décimo-primeiro filme de Charles Chaplin de sua série de doze comédias para a Mutual Film, sendo lançado em 17 de junho de 1917.

Ficha técnica do filme: O imigrante

Título: O Imigrante
Título Original: The Immigrant
Ano: 1917
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Drama/Romance/Curta-Metragem
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme : O imigrante

Charles Chaplin Imigrante
Edna Purviance Imigrante
Eric Campbell O garçom chefe
Henry Bergman O Artista

Motivos para ver o filme: O imigrante

Um forte motivo para assistir esse filme, é devido ele mostrar que fazer o bem sempre é importante, mesmo por que o retorno sempre será certo.Portanto, assista esse maravilhoso filme.

O roubo frustado – Charles Chaplin

Aceitar convites de estranhos, poderá levar o sujeito, a caminhos perigosos, fazendo que se meta em enrascadas sem saber.

Sinopse do filme: Roubo frustrado

Charlie é solto da prisão e imediatamente é enganado por seu comparsa. Ele convence Charlie a ajudá-lo a roubar uma casa. No dia do roubo a moradora da casa os flagra, e liga imediatamente para a polícia. Mas a polícia demora muito e o inesperado acontece.

Ficha técnica do filme de Charles Chaplin: Roubo frustrado

Título: O Roubo Frustrado
Título Original: Police
Ano: 1916
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia
Nacionalidade: Estados Unidos
Duração: 22 minutos

Elenco do filme: Roubo Frustrado

Charles Chaplin Charlie
Edna Purviance Filha da Câmara
Wesley Ruggles Preso
James T. Kelley Bêbado
Leo White Vendedor de frutas
John Rand Policial
Fred Goodwins Pregador

Motivos para ver o filme de Charles Chaplin: O roubo frustrado

Um bom motivo para ver esse filme, é a instrução que ele traz sobre o que acontece com pessoas desligadas, que podem entrar para o crime sem perceber ou aber o que está acontecendo.

O conde – Charles Chaplin

Carlitos é um aprendiz de alfaiate que, por acidente, queima a calça do conde e por isso é demitido. O alfaiate encontra um bilhete dizendo que o conde não pode ir na festa, então ele se veste como um conde e vai na festa.

Sinopse do filme de Charles Chaplin : O conde

Carlitos vai até a casa onde a festa acontece e encontra o alfaiate. Os dois tentam conquistar a empregada mais bonita da casa, mas não têm sucesso. Carlitos é atraído por uma jovem cigana e o alfaiate tem que distrair os outros pretendentes. O verdadeiro conde aparece na festa, vê os dois impostores, chama a polícia, e eles têm que fugir.

Ficha técnica do filme: O conde

Título: O Conde
Título Original: The Count
Ano: 1916
Direção: Charlie Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin, Vincent Bryan, Maverick Terrell
Gênero: Comédia
Nacionalidade: EUA
Duração: 20 minutos

Elenco do filme: O conde

Charles Chaplin

Aprendiz

Eric Campbell

Alfaiate

Edna Purviancer

Srta. Moneybags

Leo White

Conde Broko

May White

Senhora gorda

Albert Austin

Convidado alto

Charlotte Mineau

Sr. Moneybag

Motivos para ver o filme: O conde

O maior motivo mesmo seriam as grandes gargalhadas, diante das cenas mais incríveis que já presenciamos em toda vida. A disputa pelo amor da empregada e outras cenas para morrer de rir.

Pintor apaixonado – Charles Chaplin

As vezes as frustrações da vida são inevitáveis, mas, cedo ou tarde algo acontece, e o amor desejado pode ir embora, deixando só saudades e uma história… Você precisa ver esse filme!!!

Sinopse do filme de Charles Chaplin: Pintor apaixonado

É uma sátira derivada de um poema de Hugh Antoine D’Arcy (Face On The Barroom Floor). O pintor corteja Madeleine mas a perde para o cliente rico que se encanta com o seu retrato. O artista desesperado desenha retrato da menina no chão de bar e é jogado para fora.

Anos mais tarde ele a vê com seu marido e sua horda de filhos. Quando vê a mulher acompanhada por meia dúzia de crianças, sua dor diminui.

Curiosidades do filme: Pintor apaixonado

  • Produzido por Mack Sennett para os Estúdios Keystone.

Ficha técnica do filme: Pintor apaixonado

Título: Pintor Apaixonado/Sobrado Mal-Assombrado
Título Original: Face On The Barroom Floor
Ano: 1914
Direção: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco:

Charles Chaplin

Pintor

Cecile Arnold

Madeleine

Fritz Schade

Bêbado

Vivian Edwards

Modelo

Chester Conklin

Bêbado

Harry McCoy

Bêbado

Hank Mann

Bêbado

Wallace MacDonald

Bêbado

Motivos para ver o filme de Charles Chaplin : O pintor apaixonado

Esse filme é convidativo, para aqueles que perderam uma paixão. Principalmente pessoas com paixões impossíveis deveriam vê-lo.

Carlitos dentista – Charles Chaplin

Um filme muito louco e engraçado até dizer chega! Na realidade, se estivéssemos no lugar de Carlito, não desejaríamos fazer o mesmo?

Sinopse do filme: Carlitos dentista

Chaplin é o ajudante de um dentista com muitos pacientes. Um dos pacientes tem um ataque de riso por causa da anestesia, e Carlitos o reanima com um golpe na cabeça.

O dentista manda Carlitos buscar um remédio na farmácia, e no caminho, ele briga com um homem e joga-lhe um tijolo no rosto, acontece uma perseguição, e Carlitos arranca a saia da mulher do dentista que casualmente passava por ali. O dentista sai do consultório, avisado que sua esposa tivera um acidente, e ao voltar ao consultório Carlitos toma o lugar do dentista.

Escolhe a paciente mais bonita e acaba beijando-a na boca. Entra um novo paciente, exatamente aquele homem com quem Carlitos havia brigado. Eles se perseguem, correm e o consultório se converte em um caos.

Ficha técnica do filme: Carlitos dentista

Título: Carlitos Dentista
Título Original: Laughing Gas
Ano: 1914
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme Carlitos dentista

Charles Chaplin Assistente
Fritz Schade Dentista
Alice Howell Esposa o dentista
Slim Summerville Paciente
Josef Swickard Paciente
Mack Swain Paciente

Motivos para ver Carlitos dentista

O melhor motivo seria para rir abundantemente, pois é impossível não achar engraçado! O outro motivo será para ficar mais atento quando for ao dentista, para o assistente dele não te pegar de jeito!

Divertimento – Charles Chaplin

Diversão de montão nesse filme, portanto, continue assistindo as confusões dois rapazes, brigando com tijolos, competindo por uma garota, que no final fica presa junto a eles!

Sinopse do filme de Charles Chaplin: Divertimento

Carlitos está andando no parque. Uma menina deixa um marinheiro em um banco e se junta a Carlitos em outro, contudo, o marinheiro acorda. Ele e Carlitos se enfrentam em uma luta de tijolos. Policiais prendem os dois homens. A luta segue mesmo assim, os policiais, o marinheiro, Carlitos e a menina acabam todos tendo o mesmo destino.

Ficha técnica do filme:Divertimento

Título: Divertimento
Título Original: Recreation
Ano: 1914
Direção: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme de Charles Chaplin: Divertimento

Charles Chaplin

O Vagabundo

Charles Bennett

Marinheiro

Helen Carruthers

Garota no parque

Edwin Frazee

Policial

Motivos para ver Divertimento

Divertimento é um filme, o qual mostra que nem sempre, se mostrar valente para conseguir algo, é interessante. As vezes abrir mão de alguma coisa que outro deseja é sair fora da confusão.

Corrida de automóveis para meninos – Charles Chaplin

Como todos os filmes de Charles Chaplin, a confusão e o  humor estão presentes. Pela segunda vez o vagabundo aparece conquistado muitas risadas do publico.

Sinopse do filme de Charle Chaplin: Corrida de automóveis para meninos

Charlie, vestido como o vagabundo pela primeira vez, vai para uma corrida de automóveis de brinquedo em Venice, Califórnia. Ele causa uma grande quantidade de problemas e confusão, tanto para fora da pista (ficando no caminho do cameraman) quanto dentro (ficando no caminho dos carros). Consegue irritar tanto os participantes como o público.

Curiosidades do filme: Corrida de automóveis para meninos

  • Este é o segundo filme de Charlie Chaplin, e o primeiro que ele interpreta seu mais famoso personagem, o vagabundo.

Ficha técnica: Corrida de automóveis para meninos

Título: Corrida de Automóveis para Meninos
Título Original: Kid Auto Races at Venice
Ano: 1914
Direção: Henry Lehrman
Roteiro: Henry Lehrman
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco de corrida de automóveis para meninos

Charles Chaplin

Vagabundo

Henry Lehrman

Diretor do filme

Frank D. Williams

Cameraman

Billy Jacobs

Garoto

Charlotte Fitzpatrick

Garota

Thelma Salter

Garota

Gordon Griffith

Garoto

Motivos para ver: Corrida de automóveis para meninos

Assistir esse filme é dar espaço à criança que existe dentro de nós, portanto, vamos rir a vontade, enquanto assistimos Carlito!

Carlitos repórter – Charles Chaplin

Este filme ficou muito famoso por ser o documento da estreia de uma das maiores lendas do cinema de todos o tempos, Charles Chaplin. O primeiro filme.

Sinopse do filme de Charles Chaplin: Carlitos repórter

Um vigarista arruma um emprego como repórter. Depois de testemunhar um carro capotar por cima do penhasco, ele pega a câmera de um repórter rival e corre para o escritório do jornal para entregar a foto como se fosse sua. Seu rival chega atrasado e tenta captura-lo. O vigarista segue com a distribuição do papel contendo “seu trabalho” em torno da cidade e o repórter rival o persegue.

Curiosidades  do filme de Charles Chaplin: Carlitos repórter

  • O título do filme no Brasil foi uma estratégia de marketing, pois o famoso personagem Carlitos só aparece no filme seguinte de Charlie Chaplin

Ficha técnica

Título: Carlitos Repórter
Título Original: Making A Living
Ano: 1914
Direção: Henry Lehrman
Roteiro: Reed Heustis
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unido

Elenco:

Charles Chaplin Swindler
Virginia Kirtley Filha
Alice Davenport Mãe
Henry Lehrman Repórter
Minta Durfee Mulher
Chester Conklin Policial / Vagabundo

Motivos para ver o filme: Carlitos repórter

Para quem gosta de se deliciar em riso ao assistir esse ícone do cinema, não pode perder a oportunidade de ver, o filme que inaugurou sua carreira.

A nova colocação de Carlitos – Charles Chaplin

Um jovem contrata Carlito, para que este  passeie com seu tio inválido enquanto ele vai visitar uma amiga. Carlitos aceita a oferta e põe a cadeira de rodas do tio junto de um esmoleiro, de quem ele subtrai a placa onde estava escrito “inválido” e o recipiente para coletar a esmola.

Sinopse  do filme de Charles Chaplin: A nova colocação de Carlitos

Isso faz com que comecem a ganhar dinheiro, que Carlitos pega para ir comprar um trago. Ao voltar, Carlitos começa a paquerar uma jovem, e depois de empurrar o tio em sua cadeira de rodas e brigar com dois policiais, um dos quais prende o tio, ele vai embora com a jovem.

Curiosidades do filme de Charles Chaplin: A nova colocação de Carlitos

  • Produzido por Mack Sennett para os Estúdios Keystone, e dirigido e protagonizado por Charles Chaplin, o filme também é conhecido como The Good For Nothing/Sua Nova Profissão/O Inútil

Ficha técnica: do filme de Charles Chaplin: A nova colocação de Carlitos

Título: A Nova Colocação de Carlitos
Título Original: His New Profession
Ano: 1914
Direção: Charles Chaplin
Roteiro: Charles Chaplin
Gênero: Comédia/Curta
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme de Charles Chaplin: A nova colocação de Carlitos

Charles Chaplin Charlie
Jess Dandy Tio inválido
Charley Chase Sobrinho
Cecile Arnold Garota com os ovos
Roscoe ‘Fatty’ Arbuckle Bartender fumando

Motivos para ver o filme de Charles Chaplin: A nova colocação de Carlitos

Esse filme bem familiar com o estilo de Charles Chaplin, não pode deixar de ser assistido. Pois além de conhecimento, de como funciona o mundo dos espertos, fara você dobrar de risos e aumentar a dopamina do cérebro. Assista portanto: ” A nova colocação de Carlitos”.

Fim

Aqui terminamos um incrível catálogo com “Charles Chaplin melhores filmes”. Para ver mais listas assim, se mantenha conectado conosco!

Um abraço e até breve!

21 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.